1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Eles, os Anões (Parte II)

Tópico em 'Comunicados, Tutoriais e Demais Valinorices' iniciado por Deriel, 17 Jun 2004.

  1. Deriel

    Deriel Administrador

    A maior parte do que conhecemos a respeito da cultura e costumes dos Anões deriva dos escritos de Tolkien sobre o Povo de Durin, os Anões Barbas-longas de Khazad-dûm, Erebor e as Colinas de Ferro. O Povo de Durin foi possivelmente o mais sociável de todos os povos anões, interagindo com Elfos, Homens e hobbits, em menor ou maior grau. Os Anões de Ered Luin (os Barbas-de-Fogo e Vigas-largas) também estavam intimamente associados com Elfos e provavelmente interagiram com Homens na Segunda e Terceira Eras, da mesma forma que os hobbits do Condado na Terceira Era, mas parece que, numericamente, eles se tornaram relativamente poucos após a Primeira Era.

    Esta é a segunda e última parte do indispensável texto do
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    , traduzido por Cláudia 'Claurelin'. Ver
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    completo. Ah! aqui vai o link para
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    também.
     
  2. Smaug

    Smaug Cacho

    Primeiramente parabens pela tradução de Cláudia :obiggraz: .

    Alem da explicação do texto, eu acredito que os anões são 'reservados' na sua cultura. Isso é, uma cultura seguida a 'gerações'. Os costumes são aqueles velhos seguidos a anos e anos...

    Hum, mais uma pra minha lista de misterios: Tom Bombadil e outras coisas e agora os nomes secretos dos anões 8-) ... É por isso que as obras de tolkien me deixam tão curioso 8-) ...

    8O Antes desse texto eu imaginava que eram os elfos os mais sábios. Hum, só se depender de 'experiência' ou coisa do tipo, mas a imortalidade dos elfos permite muito mais experiência. É um tanto complicado essa questão, mas pode ser que assim como os elfos usavam o tempo que tinham para 'estudar' os anões tambem usavam o mesmo tipo de 'estudo' em menos tempo, pode ser... mas eu não concordo totalmente, ainda prefiro acreditar que os elfos são mais espertos 8-)

    Obrigado! Agora eu acredito que não só eu, mas outros devem ter entendido o porque dessa proibição, eu tinha poucas informações, mas agora com o texto melhorou ainda mais :D . Sorte do Gmili que pode entrar na floresta e sentir seu ar puro, pena que não olhou 8-) ...

    Como já foi comentado aki em alguns tópicos do forum Valinor, os anões do fim da 3º era para inicio da 4º era se 'refugiaram', em parte, em Kazad-dûm para não 'sofrer' ou coisa do tipo. E lá viveram até o fim do ultimo anão, triste sim, mas foi de certa forma colocada por Tolkien como algo bom, como a passagem ou abertura de novas portas para os homens, que por sua vez 'conquistariam' as terras da TM.


    Bom, em resto o texto foi muito profunda e rico em detalhes, um ótimo texto que 'não esta a meu alcançe' :mrgreen: de comentar 'muita' coisa... portanto destaquei algumas partes importantes...

    :obiggraz: parabens novamente pelo texto :obiggraz:
     
  3. Tilion

    Tilion Administrador

    Os sete povos aos quais o texto refere-se são os sete povos anões, ou seja, as sete casas anãs, e não o povo anão em relação a outros sete povos, ou melhor, raças (ainda mais porque não são "sete" os povos dotados de livre-arbítrio).
     
  4. Smaug

    Smaug Cacho

    ah bom, eu desconfiava, seria um tanto estranho para mim e tanto para outros, anões serem mais espertos do q elfos :roll: :mrgreen: Elfos serão elfos eternamente e ninguem supera-os nesse quesito 8-)

    mas pelo menos a duvida foi sanada

    :obiggraz:
     
  5. Olá, Sr. Cachopardo.

    O brigada pela gentileza, fico feliz que tenha gostado da tradução. :obiggraz:

    :D
     
  6. Smaug

    Smaug Cacho

    mal entrou na colaboração e já esta se destacando, parabens :obiggraz:

    e a respeito desses textos dos anões, se teve o 1 e 2, vai ter um 3º texto sobre os anões ? :wink:
     
  7. Olá.

    Olha... lendo a parte II, tem-se a nítida impressão de que o assunto não está esgotado, e que mais coisas poderiam ser escritas... mas não sei se o Michael Martinez escreveu a parte III... mas caso tenha feito ou ainda vá fazê-la, adoraria traduzir. :mrgreen: :obiggraz:
     
  8. Phairanum

    Phairanum Nem tudo que é ouro fulgura...

    :clap: Parabéns pelo trabalho...
    Estes textos que a Valinor traz são uma ótima forma de estudo da obra do Mestre.
     
  9. Phairanum

    Phairanum Nem tudo que é ouro fulgura...

    Desculpem, o pc mandou 2 posts...
     
  10. guilhermebaraz

    guilhermebaraz Usuário

    realmente esses textos mostrao as coisas por tras da historia que esconde uma historia ainda maior.


    alem disso informa, pelo menos no meu caso de morar em manaus, fontes que eu dificilmente acharia aqui em manaus nao so no caso dos anoes mas tambem outros yextos maravilhosos que a valinor traz pra nos em um trabalho como o da Claurelin, a Dourada que tradusiu o texto
     
  11. thunderbreaker

    thunderbreaker Usuário

    rpz vc mora em que bairro??

    estamos juntos afundados nesse fim d mundo :lol: :lol: :lol:
    o jeito é se contentar com a concorde vendendo sda silma e contos
     
  12. Evestar

    Evestar Usuário

    nossa super 10 parabens pelo trabalho :clap:
     

Compartilhar