1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Eleni Valinóreva III - Entrevista com Haran Alkarin

Tópico em 'Comunicados, Tutoriais e Demais Valinorices' iniciado por Pandatur, 29 Jun 2005.

  1. Pandatur

    Pandatur Usuário

    Haran Alkarin foi vencedor do III Eleni Valinóreva na categoria "Destaque Tolkien", escolhido tanto pelo voto do Juri quanto do Popular.


    Colaboradores Valinor: Nós queremos saber: como o Haran Alkarin conheceu as obras de J.R.R. Tolkien?

    Haran Alkarin: Bom, primeiramente tenho que falar como conheci o mundo da literatura. Nunca fui muito incentivado a ler. No fim de 2001 peguei meningite e tive que ficar dez dias internado. Meu tio deu o segundo livro do Harry Potter (não ria!), pensando que era o primeiro. Sem nada pra fazer, comecei a lê-lo, mesmo sem algumas informações contidas no primeiro livro. Depois saiu o primeiro filme, eu o vi, e continuei lendo os demais livros. Daí saiu o filme d’O Senhor dos Anéis. Acredite, não fui vê-lo porque era legendado (tinha 11 anos na época, não era ligado muito a filmes ou a livros). Quando saiu em DVD eu assisti, mas não me interessei muito. Meu irmão não perdia a chance de dizer que o livro era mais amplo e de certa forma melhor do que Harry Potter. Via vários comentários iguais na Internet, e quando vi As Duas Torres no cinema eu me interessei de vez. Comprei O Senhor dos Anéis, o li e não parei mais. Depois li O Silmarillion, O Hobbit e Contos Inacabados, tornado cada vez mais fã. Em 2003 procurei um site sobre o assunto no Guia SobreSites, e achei a Valinor.
    No mesmo ano me cadastrei no fórum, inicialmente para resolver dúvidas, depois participando de discussões, estando lá até hoje.


    Colaboradores Valinor: Depois de conhecer Tolkien e a valinor agora perguntamos: quando você ingresou no Fórum. Porque?

    Haran Alkarin: Bom, entrei no fórum primeiramente para esclarecer dúvidas (que na época era coisa bem de leigo mesmo...). Só depois que comecei a participar de discussões.


    Colaboradores Valinor: Que livros você já leu do Tolkien? Dentre eles, qual você prefere, e porque motivo?

    Haran Alkarin: Li os principais lançados no Brasil: O Silmarillion, O Hobbit, O Senhor dos Anéis e Contos Inacabados, de uma a três vezes cada um. Eu prefiro O Silmarillion, pelo clima mais mitológico do livro e por apresentar histórias mais emocionantes e gloriosas.


    Colaboradores Valinor: Qual das histórias do Silma que você mais gosta?

    Haran Alkarin: Sem dúvida a história de Túrin Turambar, por apresentar um personagem com uma grande evolução com o passar da história: desde um pequeno garoto até um grande guerreiro, ou até mesmo um nobre arrogante que causou a ruína de Nargothrond. Ele passa por diversas situações dos mais diversos tipos: mata seu melhor amigo, casa com sua irmã, derrota um dragão, lidera um grupo de proscritos... É uma história e uma personagem riquíssima. Admiro também o Ainulindalë, é a melhor e mais complexa teoria de criação do universo que já vi; e os contos de personagens individuais pela grande emoção: a história de Beren e Lúthien, de Maeglin e Eöl, além da já mencionada história de Túrin Turambar.


    Colaboradores Valinor: Qual foi a sua reação ao estar entre os concorrentes a Destaque Tolkien neste Eleni?

    Haran Alkarin: Todos já devem ter falado isso, mas eu realmente não esperava a indicação, quanto mais o prêmio. Realmente fiquei muito surpreso e feliz com isso.


    Colaboradores Valinor: Porque seu nick é Haran Alkarin ? Como você escolheu este nome?

    Haran Alkarin: Bom, já tive vários nomes: Quendi, Búrz, Haldir de Lórien, e alguns outros que não lembro agora. Não achava nenhum desses originais, e então resolvi fazer um outro nick, com um significado legal. Fui em um dicionário da Dúvendor de português para quenya, e lá achei Haran, que significaria rei, e Alkarin, que significaria glorioso. O nome ficou bonito e com um bom significado (Rei Glorioso) e comecei a usá-lo. Só depois fui postar na seção de Lingüística para ver se o nome estava correto, mas descobri que o correto seria Aran (rei) e Alcarin, que na verdade significava glorioso, e não brilhante. Mas acabei decidindo permanecer com o Haran Alkarin (já que o nome só continha poucas alterações), caso contrário o nome perderia sua sonoridade e sua certa beleza na escrita.
    [page]

    Colaboradores Valinor: Dos filmes: Qual deles da trilogia você mais gostou? E conhecendo os livros, a história, o que você diria sobre os filmes: foram bons adaptados, passaram a emoção de um jeito certo, poderiam ter sido melhores em algumas partes... ?

    Haran Alkarin: Não tenho certeza de qual dos filmes eu prefiro. O primeiro foi sem dúvida o mais fiel, mas essa fidelidade teve um preço alto: tudo ficou muito rápido, diminuindo muito as passagens. O segundo foi o com frases mais legais, com um estilo mais épico. Já o terceiro, o bom mesmo foram os discursos e o final (do portal negro pra frente), que é bem emocionante. Não gostei da Batalha dos Campos de Pelennor, ficou algo como uma batalha sem conteúdo, vazia, exceto pelos rohirrim e sua chegada. Os mortos como os maiores vencedores da batalha também não ficou legal: eles são um instrumento perigoso, o diretor teria que tê-los usado mais sabiamente. Deveria ser como no livro: os mortos apenas tomarem os navios corsários, e Aragorn, Halbarad e cia chegarem de forma triunfante e vencerem. Essa foi a pior mudança, na minha opinião. Erkerbrand também fez falta, mas não tanto quanto Halbarad ou os huorns, que deveriam ter sido incluídos no filme.

    A outra mudança que não gostei foi Théoden: foi transformado em um rei arrogante, em especial naquela cena "Que eu saiba é Théoden, e não Aragorn, o rei de de Rohan" ou "O que devemos a Gondor?". Ah, o fato de Gondor não ajudar por simplesmente não querer (pelo menos ficou parecendo isso) ficou péssimo. O filme deveria ter explicado o fato de Gondor também ter suas próprias guerras (o que alias explicou, mas Théoden parece ignorar ou não saber disso). Além do que, o rei de Rohan parece ligar mais para glória e fama do que para seu povo. Por fim, acho que Glorfindel não fez tanta falta: foi um meio para o diretor incluir Arwen e seu romance na trama. Mas, no geral, Peter Jackson e sua equipe fizeram um bom trabalho. As melhores cenas são sem dúvida a morte de Boromir, de Gandalf e o final a partir do portão negro, além da cena de Gandalf em Meduseld (quanto a ele "tirar" Saruman de Théoden, bom, não foi uma mudança tão forte, ficaria estranho em um filme Gandalf chegar lá, dar um conselho ao rei e ele se tocar), onde só há falas clássicas. Sem falar das trilhas sonoras, que é uma das melhores (talvez a melhor) que já vi.


    Colaboradores Valinor: Jogo rápido agora:

    Sauron ou Melkor?

    Haran Alkarin: Difícil, mas escolho Sauron, pois a história deste é mais diversificada: causou a ruína de Númenor e Eregion, enganando elfos e homens genialmente; lutou pessoalmente contra Elendil e Gil-galad; foi um dos grandes mestres da necromancia, tirou a liberdade de criaturas dotadas de livre-arbítrio (lobisomens e nazgûl); foi o mestre da arte dos anéis.
    Sauron foi único. Já Melkor, encarou bem menos seus inimigos no cara a cara, seja na batalha, ou na “corrupção” ou “enganação” do ser. Claro, temos Fingolfin, destruição das Duas Árvores e a “corrupção” dos noldor, mas fora isso foi pouco do que ele poderia ter feito, apesar de ser derrotado só com a ajuda dos valar. Já Sauron, de certa forma, foi um tolo, por não proteger Mordor devidamente e por também não buscar o portador do anel devidamente, apesar de que ele teve muitos motivos para escolher o rumo errado, como Pippin no palantír ou a segurança de que ninguém poderia jogar o anel na lava por livre vontade. Foi um golpe de sorte Gollum cair na lava com o Um.


    Colaboradores Valinor:Terra-média ou Terras Imostais?

    Haran Alkarin: Terra-média, afinal, é onde se passa a maioria dos fatos interessantes e marcantes de Arda.


    Colaboradores Valinor: Sam ou Frodo?

    Haran Alkarin: Sam, por ser aquele que mantém a razão da dupla e que ajuda Frodo a manter o caminho certo, tanto em sua jornada quanto psicologicamente, em especial seus feitos da toca de Laracna em diante.


    Colaboradores Valinor: Túrin ou Tuor?

    Haran Alkarin: Túrin, por esta personagem viver altos e baixos, não ser um herói de fato bonzinho e tampouco um modelo, e por viver as mais diversas situações: matar seu melhor amigo, liderar um grupo de proscritos, matar um dragão, ficar com sua irmã, causar a ruína de um reino, etc.
     
    Última edição por um moderador: 23 Jun 2011

Compartilhar