• Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Mellime

Ohlala
Usuário Premium
não sei como vocês ainda conseguem ter saúde mental para este tópico.

Acabei de ler umas 3 páginas acumuladas que ainda não tinha visto e minhas reações são mais ou menos isso:

Reaction GIF


e depois

The Office No GIF


e depois...

roll autobots GIF


boa sorte aos que ficam. e boa sorte na terapia.
 

Béla van Tesma

Blood-sucker
Bolsonaro vai ter que prestar contas durante a próxima campanha, coisa que nunca fez na vida. Antes era fácil bater nos governos passados e fazer promessas. E desta vez não vai ter facada pra fugir de debates. Muita água ainda pra rolar até o dia da eleição (isto é, se ele for mesmo candidato :hxhx:)...
 

Mellime

Ohlala
Usuário Premium
Bolsonaro vai ter que prestar contas durante a próxima campanha, coisa que nunca fez na vida. Antes era fácil bater nos governos passados e fazer promessas. E desta vez não vai ter facada pra fugir de debates. Muita água ainda pra rolar até o dia da eleição (isto é, se ele for mesmo candidato :hxhx:)...

pffft, ele vai fazer o mesmo de sempre: só conversar com a base no mundo paralelo insano deles, e é bem capaz de funcionar. responder? prestar contas? nem a pau

nossa melhor chance é que os poderes que usaram ele de fantoche resolvam se aliar a algum outro direitista menos intragável, tipo o doria. eu já estou a ponto de torcer pro doria, acredita? negócio de fechar o nariz e votar e depois passar uma semana esfolando a mão de tanto passar alcool gel, mas se for o que precisar ser feito, eu faço
 

Mellime

Ohlala
Usuário Premium
Só que a "base" dele não ganha eleição. :think:

este tópico é prova de que basta sim. 30% minion convicto, 30% esquerda convicta, 40% de meião votando no menos pior - e vivemos uma onda de direita e extrema direita no mundo todo, o que empurra boa parte do meião para o candidato de direita com mais votos. por enquanto, esse candidato ainda é o bozo por causa dos 30% dos doentes da realidade paralela. é 2018 all over again
 

Mellime

Ohlala
Usuário Premium
Ah, e nunca tem mais de 70% do povo votando. Quanto mais maníaco, mais comparecimento no dia da eleição. Já viu, né.
 

Melian

Período composto por insubordinação.
não sei como vocês ainda conseguem ter saúde mental para este tópico.
Num tenho, não. Meu post mais recente neste tópico demonstra isso. Explico falsa simetria para meus alunos de nono ano, quando estudo Artigo de Opinião com eles. No mais, tô deixando pra lá.
 

Béla van Tesma

Blood-sucker
Texto do Mavericco lá no bloguinho dele.

É melhor eleger um autoritário ou um corrupto?

[...] No jogo democrático, precisamos estabelecer um critério mínimo para que nossas escolhas políticas sejam racionais: escolher candidatos que pelo menos respeitem a democracia. Isso é necessário para que possamos resguardar o direito das gerações futuras de continuar fazendo suas escolhas. Se escolhemos A só porque ele é bom para nós hoje, mas sacrificando todo o sistema democrático, nós estamos colocando na balança apenas nossos interesses imediatos. A princípio não há nada de errado nisso, já que são interesses sérios, legítimos e urgentes. O problema é que só faz sentido priorizá-los se estivermos decidindo entre candidatos que se comprometem com as regras do jogo democrático.[...]
 

Grimnir

Well-Known Member
Usuário Premium
Bolsonaro vai ter que prestar contas durante a próxima campanha, coisa que nunca fez na vida. Antes era fácil bater nos governos passados e fazer promessas. E desta vez não vai ter facada pra fugir de debates. Muita água ainda pra rolar até o dia da eleição (isto é, se ele for mesmo candidato :hxhx:)...
A prestação de contas dele é sempre na conta dos outros: "Não me deixaram governar."

Texto do Mavericco lá no bloguinho dele.

É melhor eleger um autoritário ou um corrupto?

[...] No jogo democrático, precisamos estabelecer um critério mínimo para que nossas escolhas políticas sejam racionais: escolher candidatos que pelo menos respeitem a democracia. Isso é necessário para que possamos resguardar o direito das gerações futuras de continuar fazendo suas escolhas. Se escolhemos A só porque ele é bom para nós hoje, mas sacrificando todo o sistema democrático, nós estamos colocando na balança apenas nossos interesses imediatos. A princípio não há nada de errado nisso, já que são interesses sérios, legítimos e urgentes. O problema é que só faz sentido priorizá-los se estivermos decidindo entre candidatos que se comprometem com as regras do jogo democrático.[...]
Fiquei meio na dúvida sobre quem são o corrupto e o autoritário nesse caso.
 

Béla van Tesma

Blood-sucker
#EuJáSabia :P

Eu não duvido que tenha partidos pequenos interessados nele, pra talvez fazer uns 5% dos votos (meio que o que o Geraldo Alckmin conseguiu no gigante PSDB). Mais que isso eu duvido que o Huck conseguiria, na boa. O problema é o que está em jogo para o próprio Huck: se ele não ganhar, ele não volta para a Rede Globo nunca mais, porque é política da empresa. Ele tem muito a perder e quase nada a ganhar, sendo realista. Por isso eu acho que ele vai arregar na última hora e dizer que nunca cogitou de fato. Mas enfim. Ano que vem a gente desenterra esta conversa. XD

O único erro foi que ele não fingiu que tinha cogitado, depois da proporção que a coisa tomou, nem era possível mesmo. :hxhx:
 

Mavericco

I am fire and air.
Fiquei meio na dúvida sobre quem são o corrupto e o autoritário nesse caso.
O autoritário seria o Bolsonaro e o corrupto seria o Lula. Mas isso é apenas uma simplificação filosófica muito generosa com um dos lados, visando defender que em nenhum cenário eleger o autoritário seria melhor. Na prática sabemos que autoritários costumam ser muito corruptos, por exemplo :tsc:

A resposta é que é infinitamente melhor não eleger esses dois (merdas) enquanto dá. Simples.
Também concordo, Fúria, mas e se não der para eleger um terceiro candidato no primeiro turno? E se a escolha for realmente essa? Você defendeu noutro tópico a abstenção, dando a entender que as duas alternativas são idênticas. Defendi nesse meu textinho que não são.

Aliás, eu fui bem generoso com os bolsonaristas nesse caso, partindo do princípio que o candidato autoritário do cenário hipotético é realmente uma pessoa honesta e que, além disso, durante seu governo o país teria um crescimento notável. Sabemos que com Bolsonaro não é nem uma nem outra coisa. Meu argumento central é o que o Luis destacou: candidatos autoritários não são uma opção viável e nem mesmo racional dentro de uma democracia.
 

Melian

Período composto por insubordinação.
Mavz, como sempre, polido. Aprendeu com a saitorë. Só se tiver aprendido comigo o que NÃO se deve fazer, né?

Mas eu fiquei com uma dúvida: QUEM É LUÍS? :hihihi: Daqui a pouco, ele aparece aqui para me dizer que é "Mavês", não "Mavz".
 

Grimnir

Well-Known Member
Usuário Premium
O autoritário seria o Bolsonaro e o corrupto seria o Lula. Mas isso é apenas uma simplificação filosófica muito generosa com um dos lados, visando defender que em nenhum cenário eleger o autoritário seria melhor. Na prática sabemos que autoritários costumam ser muito corruptos, por exemplo :tsc:
Sua educação desarmou o meu deboche. Não curti.
 

Fúria da cidade

ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ
Também concordo, Fúria, mas e se não der para eleger um terceiro candidato no primeiro turno? E se a escolha for realmente essa? Você defendeu noutro tópico a abstenção, dando a entender que as duas alternativas são idênticas. Defendi nesse meu textinho que não são.
Na realidade o que mais defendo é um primeiro turno amplamente e muito bem debatido as claras midiaticamente (se o horário gratuito não ajuda pois não existe a palavra democracia em relação a divisão do tempo de exposição dos candidatos, ao menos na Internet isso é possivel), pois só assim a população teria chance de ter acesso e maiores condições de levar ao segundo turno uma nova opção pro país.

Eu não entro nessa discussão de segundo turno forçadamente antecipado, sem passar pelo primeiro e sem antes sabermos em que condições o Bolsonaro vai chegar pra essa disputa, pois pode até acontecer algo que o impeça ser o candidato. Enfim, não quero colocar a carroça na frente dos bois.
 

Zirak-tarâg

Moleculista
Então, isso seria lindamente possível se política fosse questão de racionalidade e não, primariamente, de afeto. Política, pelo menos atualmente, é feita pelo fígado, é uma disputa estética.

O que vai acontecer todo mundo já sabe: um show de horrores. Fazer o que? Enquanto os atenienses preferirem os vendedores de doces aos dentistas, todos terão cáries.

paulo_freire_quando_a_educacao_nao_e_libertadora_o_sonh_lmg7383.jpg
 

Valinor 2021

Total arrecadado
R$200,00
Meta
R$4.800,00
Termina em:
Topo