1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

[Eleições 2018] Em quem você pretende votar para Presidente?

Tópico em 'Atualidades e Generalidades' iniciado por Eriadan, 13 Set 2017.

?

Em quem você pretende votar para Presidente da República em 2018?

  1. Álvaro Dias

    0 voto(s)
    0,0%
  2. Ciro Gomes

    26,6%
  3. Geraldo Alckmin

    1,6%
  4. Jair Bolsonaro

    12,5%
  5. Doria

    6,3%
  6. Lula

    15,6%
  7. Marina Silva

    4,7%
  8. Ronaldo Caiado

    0 voto(s)
    0,0%
  9. Outro (informar no post)

    10,9%
  10. Nulo/Não votarei

    21,9%
  1. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    E com a definição das coligações eis definição da divisão do tempo no rádio e TV.
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    • Aloisio Mauricio/Fotoarena/Estadão Conteúdo
      Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

      Bolsonaro (foto) deve ter 9 segundos no horário fixo, 40% a menos que Enéas em 1989

    A eleição presidencial terá sete candidatos com "padrão Enéas" de propaganda, ou seja, com menos de 15 segundos para pedir votos em cada bloco do horário eleitoral fixo. Um deles é o deputado Jair Bolsonaro (PSL), líder nas pesquisas no cenário em que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), condenado e preso na Operação Lava Jato, não é incluído.

    Também estão nessa situação Guilherme Boulos (PSOL), Cabo Daciolo (Patriota), José Maria Eymael (DC), Vera Lúcia (PSTU), João Goulart Filho (PPL) e João Amoêdo (Novo).

    Na campanha presidencial de 1989, o então candidato Enéas Carneiro (Prona) se notabilizou como o mais caricato dos chamados "nanicos" por falar de forma rápida na TV e concluir sempre seus discursos, aos gritos, com o bordão "Meu nome é Enéas!".

    As regras de distribuição destinaram aos candidatos do PSDB, do PT e do MDB cerca de 85% do tempo de propaganda. O tucano Geraldo Alckmin, por formar a coligação que elegeu mais deputados na eleição anterior, terá a maior fatia: cerca de 5 minutos e meio em cada bloco de 12 minutos e 30 segundos. A seguir vêm Lula (2 minutos e 20 segundos) e o ex-ministro da Fazenda Henrique Meirelles (MDB), com quase 2 minutos.

    Até 2014, os partidos pequenos tinham acesso privilegiado à propaganda na TV - desproporcional a seu número de votos - por causa de uma regra na legislação que determinava que um terço do horário eleitoral fosse dividido igualmente entre todos os candidatos a cargos executivos. Os outros dois terços eram rateados de acordo com o tamanho das bancadas dos partidos ou coligações na Câmara dos Deputados.

    Pelas regras atuais, porém, apenas 10% do tempo é dividido igualmente entre os candidatos, em vez de 33%. Os outros 90% são rateados proporcionalmente ao número de deputados eleitos. Apenas os seis maiores partidos de uma coligação são considerados nos cálculos.

    Bolsonaro deve ter 9 segundos no horário fixo, 40% a menos que Enéas em 1989. O tempo é suficiente para dizer o total de palavras deste parágrafo - sem pausa para respirar.

    Jorge Araújo/Folhapress
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Na campanha presidencial de 1989, o então candidato Enéas Carneiro (Prona) se notabilizou como o mais caricato dos chamados "nanicos" por falar de forma rápida na TV e concluir sempre seus discursos, aos gritos, com o bordão "Meu nome é Enéas!"
    Inserções

    A desvantagem do candidato do PSL ao Palácio do Planalto também salta aos olhos quando se avalia a distribuição das inserções - peças publicitárias de 30 segundos que são divulgadas ao longo de todo o dia, em meio à propaganda comercial exibida pelas emissoras. Enquanto Alckmin poderá exibir 364 inserções nos 35 dias de propaganda, Bolsonaro terá apenas 10 à sua disposição - menos de uma inserção a cada três dias.

    Embora não estejam no bloco dos "Enéas", as coligações encabeçadas pelo senador Alvaro Dias (Podemos), pelo ex-ministro e ex-governador Ciro Gomes (PDT) e pela ex-senadora Marina Silva (Rede) não estão em posição muito confortável no chamado palanque eletrônico. Os dois primeiros terão cerca de um décimo do tempo de Alckmin, e a terceira, menos ainda. As informações são do jornal "O Estado de S. Paulo".
     
    • Ótimo Ótimo x 1
  2. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    Parece que a fase zicada do Ciro Gomes nos últimos dias tá respingando na família. Que fase hein?
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Lia Ferreira Gomes é candidata a uma cadeira na Assembleia Legislativa do Ceará
     
    • LOL LOL x 2
  3. Eriadan

    Eriadan Usuário Usuário Premium

    • LOL LOL x 1
  4. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    O primeiro turno das eleições presidenciais tem, até o momento, nove debates marcados. O UOL promove o seu debate junto com o SBT e a Folha de S. Paulo no dia 26 de setembro. Veja abaixo as datas dos eventos e quais veículos de comunicação vão realizá-los:
    • 9 de agosto: Band
    • 17 de agosto: RedeTV e revista "IstoÉ"
    • 27 de agosto: rádio Jovem Pan
    • 9 de setembro: TV Gazeta e jornal "O Estado de S. Paulo"
    • 18 de setembro: revista "Piauí" e site Poder360
    • 20 de setembro: TV Aparecida
    • 26 de setembro: UOL, SBT e Folha
    • 30 de setembro: Record
    • 4 de outubro: Globo
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  5. Haran Alkarin

    Haran Alkarin Usuário

    Seja lá quem ganhar em outubro, já temos uma boa notícia... :hxhx:

    Ciro diz que esta será sua última disputa à Presidência: "já cansei"

    Do UOL, em São Paulo
    08/08/2018 21h12 > Atualizada 08/08/2018 21h14

    Candidato à Presidência pelo PDT, Ciro Gomes afirmou nesta quarta-feira (8) que esta será a última vez em que participa da disputa ao Planalto.

    "Eu paro por aqui. Porque já cansei. Já lutei. Estou entusiasmadíssimo, mas é a última vez que eu vou disputar", disse.

    Esta é a terceira vez em que Ciro concorre à Presidência. Em 1998, quando Fernando Henrique Cardoso (MDB) foi eleito no primeiro turno, Ciro foi candidato pelo PPS e recebeu 10,97% dos votos válidos. Em 2002, quando Lula venceu... - Veja mais
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    .

    Veja também:
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    -------------------------------------------------------

    :byebye: Pode ser papo furado, e a vontade de divar falar mais alto em 2022... Mas acho que no fundo ele tem noção do papelão que fez nessa eleição, desgastes e picaretagens a troco de nada, e deverá gastar de forma mais adequada sua terceira idade... De sorte que, creio eu, ele representará um fenômeno como Enéas Carneiro: uma candidatura em torno de um acochambro de ideias e intuições pessoais e momentâneas, que ganham fôlego apenas em função da figura do sujeito, e uma vez que essa figura sai de cena, o fenômeno termina, na medida em que tal acochambro não se traduz em um corpo de ideias consequentes, razoavelmente unitárias, impessoais, que podem ser conhecidas sem se recorrer a manifestações da figura em questão.
     
    Última edição: 9 Ago 2018
    • LOL LOL x 2
  6. Giuseppe

    Giuseppe Eternamente humano.

    Não vou dizer em quem vou votar pois todos tem o direito ao voto secreto e também não costumo falar muito sobre política (apesar de acompanhar e me preocupar muito com esse assunto que é tão importante). Também não costumo falar sobre qual é a minha ideologia política, mas só digo que sou contra todo tipo de extremismo, tanto de esquerda quanto de direita.
    Eu só estou passando aqui nesse tópico porque estou muito preocupado com a atual situação do nosso Brasil e também com o que vai acontecer nos próximos anos, seja lá qual for o resultado. Só quero pedir para que cada um de vocês leve essas eleições à sério (assim como todas as futuras eleições), pois votar não é brincadeira nem piada.

    Cada um de nós, independente de suas crenças, valores e ideologias tem o dever de corrigir o que está errado à sua volta (não só na hora de votar, como também no dia a dia). Portanto, tenham em mente o fato de que não é um candidato sozinho que vai consertar todos os problemas do país, pois isso é pura ilusão, não há nenhum salvador da pátria (apesar de muitos quererem se passar por tal papel), a mudança no país não vem de cima pra baixo e sim de baixo pra cima, ou seja, seja lá quem for que vencer não vai fazer tudo melhorar de repente se não houver uma mudança de atitude por parte de toda a população (e eu disse TODA a população, não só os políticos mas NÓS TAMBÉM).
    Você é um cidadão, mas não é só isso. É humano também. Então, por favor, não pense só nos seus próprios interesses na hora de votar, mas pense naquilo que será melhor para todos, não só para o seu emprego, seu grupinho e sua classe social (seja ela qual for).

    Então eu faço este apelo para vocês: não escolham um candidato só por pressão por parte da família, ou dos amigos, ou de qualquer outra pessoa (inclusive pressão por parte da "maioria"). Não escolha um candidato só porque "falaram que é bom". Não acredite em tudo o que você lê no WhatsApp e nas redes sociais, porque tem muita mentira e notícia falsa. Não escolham um candidato sem antes refletir muito sobre essa escolha. E pense por um minuto se você realmente confia nessa pessoa, se você gostaria de tê-lo como seu vizinho, como seu chefe, ou até mesmo como um colega de trabalho.

    Eu gostaria que o vencedor dessas próximas eleições fosse uma pessoa que tem sabedoria, competência, honestidade, compaixão, bondade, coragem, e muitas outras qualidades indispensáveis para alguém que sequer pensa em ser o líder de uma nação. Mas quando eu vejo a lista de candidatos eu só sinto um vazio, uma angústia, uma apreensão terrível e sim, tenho que dizer, medo.
    Infelizmente tem muitos por aí que são o que eu chamo de idiotas profissionais. E eu não quero um idiota profissional tomando as decisões que vão afetar a vida de todos que eu amo e de inúmeras outras pessoas pelos próximos anos, isso sem falar nos efeitos colaterais de decisões ruins que ecoam durante muito tempo e causam um grande impacto negativo em muitas vidas.

    Eu tenho muito mais o que dizer sobre esse assunto que está sempre em meus pensamentos, mas apesar do meu interesse não sou nenhum especialista e não tenho a eloquência ou a qualificação necessária para falar muito sobre isso com a clareza que eu gostaria.
    Há candidatos que passam um sentimento realmente muito ruim, então por favor, eu lhes peço (e sinto muito pesar por ter que usar a seguinte expressão em um país democrático): tenham cuidado.
    Perdão pela postagem ter ficado longa, eu espero não ter tomado muito o tempo de vocês.
     
    Última edição: 9 Ago 2018
    • Gostei! Gostei! x 1
  7. Calion Alcarinollon

    Calion Alcarinollon Filho da Santa Igreja Católica Apostólica Romana

    O primeiro debate chega ao fim, e o Bolsonaro é o candidacto mais equilibrado, humilde, realista e inteligente no debate todo. O Boulos e aquelle Patriota sâm escandalosos. A Marina e o Álvaro Dias sâm inócuos. O Álckmin (meu parente por parte de mãe) e o Ciro Gomes sâm farinha do mesmo saco, e o Meirelles é huma caricatura do centrão; o Lula nem devia estar concorrendo.

    Queria votar em outro, mas nam há outra opção. #Bolsonaro2018; hum grande presidente elle será; nam perfeito, mas sufficiente: é delle que ora o Brasil precisa.

    Salve Maria!
     
    Última edição: 10 Ago 2018
    • Ótimo Ótimo x 1
  8. Haran Alkarin

    Haran Alkarin Usuário

    Impressões descompromissadas, sem pensar muito:

    (1) Alckmin "ganhou" o debate...

    (2) Porém, debate bem monótono e maçante, e isso para mim, imagina para alguém extremamente leigo... Diversas ideias jogadas rapidamente, sem muita coesão.... Aposto que os debates televisivos terão pouco importância na campanha, e contribuirão meramente para consolidar Alckmin no segundo lugar...

    (2) Bolsonaro não foi tão ruim quanto apostavam que seria...

    (3) Cabo Daciolo wtf? Não que eu ache que o Bolsonaro seja louco, mas já que tentam imputar isso a ele, esse cabo locão aí até ajuda a afastar esse rótulo do Bolsonaro, por contraste. Aliás, ter esse cara no debate, e ainda pondo-se como o "novo", e não ter João Amoedo do Novo, é foda...

    (4) Ciro até pareceu uma pessoa normal.

    (4) Revogar dívida no SPC!? (Ou ajudar quitar, que seja) Essa é nova, não lembro do Ciro ter proposto isso, e se propôs foi algo bem menor em todos os assuntos que ele aborda, mas no debate ele bate nessa tecla várias vezes... Me parece desespero pra receber votos...

    (5) Ciro Gomes e Bolsonaro cheio de coleguismos, ué, Ciro não ia desmascarar o cara? Bolsonaro, inclusive, até poderia ter contrariado mais essa ideia do SPC, ter dito algo do tipo "Não acho que o presidente poderia intervir diretamente e de forma significativa, no meu governo esse problema seria resolvido naturalmente conforme o emprego e a renda do brasileiro aumentassem", mas ficou no mero "Ué, que ideia legal, não saberia como fazer isso, diz aí como, vamos conversar"...

    (6) Ciro mencionando por duas vezes o salário (mínimo? Não lembro) da Alemanha e a China, pra suportar suas ideias anti reforma trabalhistas.... Esses salários não seriam antes um efeito, ao invés da causa do sucesso econômico desses países?
     
    • Ótimo Ótimo x 1
    • Mandar Coração Mandar Coração x 1
  9. Giuseppe

    Giuseppe Eternamente humano.

    ATENÇÃO ELEITORES!!!

    Só porque alguém critica o Bolsonaro isso NÃO quer dizer que essa pessoa necessariamente vá votar no Lula ou em algum outro candidato do seu partido.
    Só porque alguém critica o Lula e seu partido isso NÃO quer dizer que essa pessoa necessariamente vá votar no Bolsonaro.

    Espero que tenha dado pra entender, porque estou cansado dessa mentalidade hostil de "nós contra eles". Não existem só dois tipos de pessoa no mundo, ok?
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  10. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    Nos últimos dias foi feito até um grande esforço com uma lista recolhendo muitas assinaturas pra tentar encaixar o Amoêdo neste debate, já que ele está num partido literalmente NOVO na acepção da palavra, estando com uma representatividade política baixíssima e a Band decidiu não convida-lo.

    Mas diante do que aconteceu ontem, acho que ele não perdeu grande coisa.
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  11. Calion Alcarinollon

    Calion Alcarinollon Filho da Santa Igreja Católica Apostólica Romana

    Acho que a Band, seguindo sua postura desde a aquisição do Pánico na Band, quis investir na comédia. "Povo brasileiro, atenção" já é meme na internet.
     
  12. Nírasolmo

    Nírasolmo Usuário

    Qndo o Daciolo falava parecia que estava passando o Show da fé...
     
    • LOL LOL x 2
  13. Mellime

    Mellime A little less lost

    Quanto mais leio sobre o debate, mais agradeço por não ter visto. Os comentários que eu mais vejo são no sentido de que o estado laico ficou em um distante sonho de democracia, décadas atrás.
     
    • Bobo Bobo x 1
  14. Eriadan

    Eriadan Usuário Usuário Premium

    Acho provável que seja sincero, mas também que ele mude de ideia daqui a 4 ou 8 anos, porque tem se preparado quase a vida inteira para isso - ache-o bem sucedido nisso ou não, é ao que ele tem se esforçado. Ele passou por todos os estágios possíveis para se gabaritar ao posto mais alto de governo (deputado estadual e federal, prefeito, governador, secretário duas vezes, ministro duas vezes) e demonstra um conhecimento assombroso das matérias que são da competência do cargo. Qualquer um que o assiste ser sabatinado por organizações da indústria, dos bancos, da construção civil, do agronegócio, da ciência e tecnologia, das microempresas, dos sindicatos, constata isso: a desenvoltura com que ele responde e dialoga com profissionais qualificados sobre políticas de governo em suas áreas só pode ser resultado de muito estudo e experiência. É um investimento muito valioso e bem intencionado - e eu insisto que é um desperdício não aproveitá-lo -, portanto acredito que tente mais uma vez.

    E ele já resolveu abandonar a política duas vezes (em 1995 para estudar no exterior e em 2015 para o setor privado) mas acabou retornando à vida pública - em ambas as oportunidades apresentando um projeto à Presidência da República. Então acho que, para a sua infelicidade, Haran, não será a última. :lol:

    Mas discordo particularmente do que você falou aqui:

    A estratégia de Ciro, ao iniciar lá por volta de 2016 um movimento de palestras pelas universidades e grupos diversos da sociedade civil (inclusive que o antagonizam, como liberais), foi construir uma corrente de opinião. Ele expunha um quadro geral dos problemas do país e sustentava que somente um consenso do Estado com a iniciativa privada e as universidades em torno de um novo Projeto Nacional de Desenvolvimento seria capaz de nos devolver aos eixos, então ia aos poucos lançando as pistas do projeto que ele próprio defendia, como o desenvolvimento de um complexo industrial nos setores em que o passivo líquido é maior (Defesa, Agronegócio, Saúde e Petróleo e Gás). Três ideias dão a tônica do seu discurso: 1) apostar na democracia, porque é ilusão acreditar que o espaço da política não será preenchido, para o bem ou para o mal; 2) desintoxicar-se de "interdições ideológicas" (esquerdismos e direitismos) e adotar um pensamento pragmático: o que tem dado certo no mundo? Poderia ser aplicado no Brasil?; 3) restabelecer a priorização dos interesses [interÉsses :lol:] de quem produz (empresas e indústrias) e os de quem trabalha (massa de empregados) contra os da especulação financeira que têm levado os bancos a calcular lucros cada vez mais exorbitantes enquanto os "motores" de um possível desenvolvimento só se retraem.

    Tudo isso deixa um legado. O perfil dos eleitores mais convictos dele, e eu falo isso como frequentador de grupos voluntários de campanha que foram se formando este ano, é o de admiradores do conteúdo dessas palestras, não da pessoa - eu já disse, inclusive, que não simpatizo muito com a personalidade dele. Ciro é hoje apenas aquele que se apresenta como o mais preparado para levar essa corrente de opinião à prática política, mas não existe nenhum messianismo em torno dele, como é notório com Lula e Bolsonaro.
     
    Última edição: 10 Ago 2018
    • Ótimo Ótimo x 1
    • Fail Fail x 1
  15. Meneldur

    Meneldur We are infinite.

    Deus foi tão citado no debate que a Band devia dar direito de resposta.
     
    • LOL LOL x 2
    • Bobo Bobo x 1
  16. Elring

    Elring Depending on what you said, I might kick your ass!

    Para um primeiro debate, não foi tão ruim como eu estava esperando. Henrique Meirelles e Geraldo Alckmin são continuações do governo Temer e suas alianças de ocasião (até a Ana Amélia eles cooptaram), Marina ficou bem aquém daquela candidata que manteve-se firme após derreterem ela nas redes sociais e muito abaixo de quando ela e o saudoso Plínio Arruda detonaram a Dilma nos debates.

    Cabo Daciolo era pura diversão por falar em rede nacional o que todo mundo gostaria de dizer para os candidatos e nada mais.

    O Boulos só panfletou, emulou algumas trejeitos do Lula do inicio de campanha.

    Ciro fez um debate muito bom e com propostas realistas (só a história de tirar o povão do SPC que me deixou meio com os dois pés atrás).

    O Álvaro Dias colocou algumas questões na pauta como o BNDES e poderia ter mostrado mais de seu plano de governo ao invés de ficar de declarando para o juiz Sergio Moro.

    E Bolsonaro não me pareceu esse monstro assassino que pintaram nos jornais e internet e até me surpreendeu, só faltou plano de governo. Agora é aguardar os próximo debates.
     
    • Mandar Coração Mandar Coração x 1
  17. Haleth

    Haleth There's no such a thing as a mere mortal

    Encontrei uma matéria curiosa sobre os presidenciáveis:

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Nesse mesmo site, colocaram uma tabela comparando o patrimônio de cada um:

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    E aqui no Nexo tá bem mais legal a comparação entre eles
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Essas informações não têm sentimentos, mas cá na minha cabecinha rolaram vááários...
    Minhas especulações selvagens:
    - Exceto Lula, os candidatos no topo da pirâmide são de direita (o Álvaro Dias não faço ideia, ainda não li o PG e Podemos se autodefine pra frentex).
    - A base da pirâmide é de esquerda (Cabo Daciolo, você é o que, afinal? Cria do PSOL ou herdeiro do Enéas?).
    Esses dois pontos acima fazem tanto sentido que quase raia à obviedade, né não?
    - Amoêdo é sangue novo :sacou: e ganha estimadamente R$ 1 milhão/mês em rendimentos fixos. Isso pode indicar que ele é sincero a respeito da reforma política e pode, sim, cair desregulando tudo e todos economicamente, já que o dele e dos Amoedinhos está garantido.
    - Como é que o Eymael fez tanto dinheiro?
    - Não me espantaria se o Meirelles fizesse de tudo pra economia ficar estável, ainda que isso custe um fígado de cada cidadão - a grana dele está todas em ações (elas provavelmente não dependem do mercado brasileiro, mas enfim). Também é possível que ele favoreça o mercado financeiro de forma nunca antes vista na história desse país. Falando nisso, achei o máximo ele se esquivar de mencionar o nome do Lula e do Temer no debate apesar de depender exclusivamente de sua experiência como ministro para ser relevante na corrida. Malandrinho...
    - Goulart Filho declarou ter duas casas com valor de R$ 1, e o Meirelles tem um terreno de R$ 1 também. Meu Filho, me vende uma casa dessas aí agora mesmo? Pode quintuplicar o valor que eu compro! Ah, quer 100 vezes mais? Fechou, bora já pro cartório! (Eu sei que isso deve ter uma explicação judicial/legal por causa da troca de moeda e tal, mas sério... Ninguém merece.)
    - Eu super esperava que a Marina tivesse mais do que isso. Vai ver investiu tudo no
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    . Ou colocou em nome do marido. Não gosto de político que põe bens em nome de outros. To querendo muito que não seja o caso dela.
    - Descobri que existe uma coisa chamada VGBL. Sabe qual é um diferencial desse treco? Via de regra, o dinheiro que está lá não pode ser penhorado pela Justiça. Sr. Lula e Sr. Alkmin estão de parabéns.
    - Boulos é todos os millenials do mundo.
    - Cabo Daciolo tá parecendo muito suspeito. Se fosse estreante e declarasse não ter nada, eu acreditava piamente. Mas ele está ganhando salário de deputado há 3 anos e não comprou sequer um carrinho velho? Hum...
    - Meirelles e Amoêdo se fizeram trabalhando pro setor financeiro. Beleza, legal e legítimo. De resto, é impressão minha ou todos os outros acumularam seus milhões fazendo carreira política? (Exceção da Marina, e espero que seja pelos motivos certos). Sério, que raio. Tinha que ter uma lei obrigando político a viver com um padrão de vida equivalente ao da média da população. Legislar pro olho dos outros é muito fácil. Hmpf.

    Pronto, acabei.
     
    Última edição: 16 Ago 2018 às 11:31
    • Gostei! Gostei! x 1
    • Bobo Bobo x 1
  18. Giuseppe

    Giuseppe Eternamente humano.

    Tem pessoas no poder que não sabem (ou não lembram) o que é ter que juntar moedas pra poder ir ao mercado.
     
    • Gostei! Gostei! x 1

Compartilhar