1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Electra - (Eurípedes)

Tópico em 'Literatura Estrangeira' iniciado por Pandatur, 22 Set 2004.

  1. Pandatur

    Pandatur Usuário

    Electra era filha de Agamemnon (Rei de Argos (ou Micenas), que levou o imenso exército grego à Tróia para resgatar Helena, mulher de seu irmão) e de Clitemnestra (irmã de Helena).
    Quando retornou da Guerra de Tróia, Agamemnon e sua amante troiana Cassandra foram mortos por Clitemnestra e seu amante Egisto.
    Orestes, filho de Agamemnon e Clitemnestra foi salvo por um velho que fora mestre do rei de Argos, e criado longe do reino de seu pai. Electra fora criada pela mãe e pelo padastro, e a mando deles casou-se com um homem simples, que vivia em uma choupana fora da cidade.

    A história tem então início com Orestes retornando a Argos para vingar a morte do pai. Encontra sua irmã e juntos tramam a morte de Egisto e Clitemnestra.

    Um conto interessante, vale a pena ser lido. Em certo momento, Clitemnestra diz certas palavras à Electra, que depois pretendo colocar aqui para discutirmos também. Vou esperar antes, para ver se alguém já leu ou se ao menos conhece esta bela história grega.
     
  2. Ana Lovejoy

    Ana Lovejoy Administrador

    Não é um conto, é um drama.
     
  3. Pandatur

    Pandatur Usuário

    Não se pode chamar um drama de conto? Tipo... apesar de tudo é um conto... não?

    Aulinha da Joy, tra lá lá lá lá lá! :mrgreen:
     
  4. Ana Lovejoy

    Ana Lovejoy Administrador

    Não, não é um conto. Drama é o texto para teatro (o caso do Electra), com falas, rubricas e tudo mais. O conto é uma narrativa curta, quase um mini-romance. :wink:
     
  5. Pandatur

    Pandatur Usuário

    Ah tá... agora eu entendi... :kiss:

    Joy, você podia aproveitar e dar seu parecer sobre Electra, né... :mrgreen:
     
  6. Ana Lovejoy

    Ana Lovejoy Administrador

    Bem, eu gosto mais do que da Electra do Sófocles porque a de Eurípedes tem um caráter mais humano, mas como tragédia não acho grandes coisas se comparada com uma Oréstia de Ésquilo, por exemplo.

    Para falar bem a verdade, de Eurípedes eu gosto mais de As Bacantes. É bem interessante, ainda mais porque tem muito sobre os costumes nessa tragédia.
     
  7. Pandatur

    Pandatur Usuário

    Uma coisa que eu achei interessante é a diferença de opiniões em relação à mulher, entre Clitemnestra e Electra, durante a discussão delas sobre o que levou a rainha a matar Agamemnon.

    Clitemnestra primeiramente mostra o ódio que sentiu pelo marido ao saber que ele sacrificou Ifigênia, filha dos dois:
    Em seguida ele afirma que apesar de tal ato, ela não matara o marido por isso, mas por outra causa:
    E eis agora o que ela diz quanto a atitude de Agamemnon, e sua postura mais feminista:
    O estranho é que mesmo dizendo anteriormente que ao sacrifício da filha não a levaria a matar o marido, Clitemnestra termina por dizer (negrito meu):
    Voltando à questão da opinião acerca da mulher, Electra diz a mãe:
    Ou seja, vemos aí, ao meu entender, que Electra defendia uma posição mais submissa da mulher em relação ao homem, enquanto Clitemnestra já não aceita isso.

    Com relação aos motivos da mãe em ter matado Agamemnon devido ao sacrifício de Ifigênia, Electra a repreende afirmando:
    Isso quer dizer que, para Electra, a morte da irmã não foi o motivo para Clitemnestra matar Agamemnon, mas apenas um "bode espiatório".
     

Compartilhar