1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Educação Infantil!

Tópico em 'Nostalgia' iniciado por *Nienna*, 9 Mar 2003.

  1. *Nienna*

    *Nienna* Usuário

    tenha medo.. muito medo..

    As vezes eu me lembro, com um pouco de ressentimento, de algumas coisas q meus pais faziam e que hoje eu condeno. Não sei qual era a verdadeira intenção deles.. hehe, mas é de se imaginar q eles queriam boicotar minha infância 8O
    Eu falo dos medinhos q os pais e tios, avós, enfim, adultos em geral insistem em colocar nas crianças.
    O monstro q supostamente existia no escuro.. incluindo embaixo da cama, dentro dos armários e em todos os outros lugares pra onde a curiosidade infantil naturalmente leva as crianças. Mas a curiosidade não é importante para o aprendizado? A curiosidade por acaso não leva ao desenvolvimento e descoberta?
    E a bruxa do sabão?! Eu não podia questionar nada do q me era dito pq senão a bruxa do sabão ia me carregar, cozinhar e me transformar em.. sabão! :roll: Mas será q questionar não é saudável? Não é importante pra formação crítica da criança? Para a formação do seu caráter?
    A timidez, por exemplo, não é algo que se nasce com. Não será então possível que muitos dos casos de timidez tenham raízes nessas pequenas "repressões" q sofremos qd crianças? "Fica quietinho que ninguém vai gostar de vc se ficar se metendo nas conversas dos adultos", "O homem do saco sempre leva as crianças que conversam com estranhos", "Se vc não se comportar, Papai Noel não vai te dar presentes no natal", e por aí vai. Tá certo q deve-se prevenir as crianças em relação a estranhos por exemplo, mas eu fiquei anos sem nem ao menos falar bom dia a pessoas q eu não conhecia e sem me aproximar de outras crianças na escola! Depois dos meus primeiros anos de escolinha eu superei essa do "homem do saco" e comecei a me relacionar com os outros, mas quantas pessoas não devem ter se tornado tímidas por falta de contato, por medo, trauma psicológico da aproximação.
    Já se valeram da minha crença em Papai do Céu pra me obrigar a ficar quietinha, a comer td q tinha no meu prato, a tomar banho! "Papai do Céu não gosta de crianças sujas, por isso você tem que tomar banho e depois não pode sair pra brincar mais". Um absurdo! Absurdo usar de tal forma a minha crença no Papai bonzinho! Depois disso ele não me pareceu tão bonzinho.. atualmente nem acredito nele.
    Acho errado e prejudicial que se jogue e manipule assim os sentimentos e crenças das crianças. Elas não estão psicologicamente preparadas pra receber tais "mentirinhas". Suas personalidades e valores ainda não estão formados pra que possam descartar daquilo que lhes dizem, o que não lhes é benéfico. Isso pode inibir o crescimento intelectual de uma criança, pode lhe causar traumas, pode interferir no que acredita, em como se relaciona, em seu caráter, em sua personalidade..
    E aí gente, o que vcs acham?

    a opinião dos adultos em relação as crianças qd eu era menor ..: "criança até calada tá errada.."
    ouvi isso tantas vezes


    p.s: não sei se esse é um tópico pro Insônia ou aqui pro Nostalgia.. :roll:
    Mods façam dele o q quiserem.. :?
     
  2. Digo_s

    Digo_s Olifantástico

    Gostei do seu post *Nienna*, tanto q tirei ele do topico "Você tinha medo de quê?" e to abrindo um novo topico pra ele!
    Assuntos parecidos com esse ja surgiram varias vezes aqui no CdN pq no meio das nossas lembranças as vezes acabavamos questionando a educaçãoq recebemos de nossos pais!
    Isso nao é um assunto do nostalgia propriamente dito, mas eta corelacionado, entao é melhor q tenhamos mesmo um topico para isso aqui, assim fica mais organizado e nao atrapalha os outros topicos q servem para lembrarmos das cosias ao invez de discutir isso!

    Então usemos esse topico para falar de educação infantil de uma maneira geral, sobre q a recebemos, a q achamos certa, a q iremos usar... :D
     
  3. Eu sou a favor de falar a verdade sempre!
    Pq dizer que Papai do Céu não gosta de crianças sujas se falar que ninguém vai gostar de vc fedendo pode ter o mesmo efeito?
    Pq inventar um Homem-do-Saco pra afastar as crianças de estranhos se uma conversa sobre como as pessoas podem ser ruins e podem te maltratar ou sequestrar funciona até melhor?
    Pq ficar criando seres fantásticos se todos esses monstros existem de verdade?
    Eu sou a favor de desde cedo, mostrar às crianças o mundo da forma como ele é. Maravilhoso de um lado e cruel de outro, mas usando sempre a verdade!
    Vou ensinar meus filhos a serem boas crianças sem precisar ameaçá-las com a ira do Papai Noel que não vai trazer seus presentes de Natal.
    E a curiosidade na minha casa vai ser estimulada e não repreendida. É claro que as crianças devem ter noções de limites, de educação e de conveniência para que estas sejam aceitas na sociedade, mas refrear a curiosidade é um crime!
    Eu considero a verdade o melhor caminho para a educação dos filhos.
    Meus filhos vão rir da cara dos colegas na escola com a historinha da cegonha... Vão rir muito! :lol:
     
  4. Morgoth

    Morgoth Stalker

    Homem-do-Saco e Bicho-Papão são legais...
    Coelho da Páscoa tb

    Já a Cegonha...essa ñ dá mesmo! :lol:
     
    Última edição: 26 Out 2017
  5. Adri-Undómiel

    Adri-Undómiel Usuário

    Eu cansei de ouvir da minha mãe, claro q de brincadeira (eu axo :mrgreen: ), tipo qdo eu me machucava, coisa pequena... e ia falar pra ela toda manhosa soh pra fazer ceninha.. hehe ai ela falava... "aah não esquenta não filha, quando casar sara!" :lol: :lol:
     
  6. De volta!!! Mas vamos ao assunto!
    Uma frase clássica aqui em casa era o "criança não tem querer", ou seja, na infância eu não poderia escolher o que eu queria e sim o que eles queriam. Será que isso acontece ainda hoje?
     
  7. Tauraherion

    Tauraherion The eyes of truth

    eu até aceito isso...mas não tenho certeza das consequências que uma educação nesse sentido pode causar à criança...ser confrontada com uma brutalidade real, uma ameaça constante à sua vida... algo nu e cru assim pode ser traumático... ou será que não?

    eu vou falar a verdade a meus filhos na hora que achar que eles estão preparados para saber a verdade... principalmente com assuntos violentos...

    sob outro aspecto, fui educado de maneira rígida pelos meus pais, e sou grato por isso... um filho criado com liberdade demais acaba não dando valor ao que tem... não respeitando os pais...( a meu ver, é claro, e isso tb não é uma regra)

    mas o mais importante de tudo... amor e compreensão... acima de tudo
     
  8. Adri-Undómiel

    Adri-Undómiel Usuário

    Eh tb cansei mto de ouvir isso, até hj minha mãe fala.. "A gente não faz soh o q gosta!" :roll:
    Acho ridiculo isso, dá vontade de.... sei lá! hehe :disgusti:
     
  9. A fantasia criada tb é brutal. O que eu não vejo é muita diferença entre a realidade brutal e a fantasia brutal.
    A parte da fantasia das crianças que é boa não é incutida por ninguém e vem de sua própria imaginação. Ninguém nunca me ensinou a brincar de Comandos em Ação, etc.
    Seria perfeitamente possível a criança ter uma compreensão mais verdadeira do mundo e, ao mesmo tempo, deixar intocável a parte da criatividade e da fantasia que ela mesma cria para si, para suas brincadeiras, etc.
    As mentiras sugeridas pelos adultos não deviam fazer parte do universo infantil e são tão cruéis, ou até mais, que a realidade.
    O que assusta mais: o homem-do-saco ou um seqüestrador? Ladrões e assaltantes ou bichos-papões e fantasmas?
    Pq esconder de onde vêm os bebês e contar a história da cegonha se queremos que nossos filhos encarem o sexo de forma natural?
    Pq contar a história do Papai Noel? Não é melhor dizer que se não se comportar o papai (que não é o Noel) não vai dar presente e explicar os verdadeiros motivos de se ter um bom comportamento (ao invés da criança aprender que tem q se comportar apenas pra ganhar presentes)?
    Sei lá...
    Eu ainda penso que as crianças devem saber a verdade das coisas assim que elas despertarem curiosidade sobre estas, sem rodeios ou historinhas fantasiosas.
     
  10. *Ëarwen*

    *Ëarwen* Usuário

    a q eu mais tive medo foi q a minha avó disse q qdo c briga c/ a família, o cap... vai no seu quarto de noite e passa o rabo na sua boca p/ vc não falar mais....olha só!!!

    eu passei minha infância toda com medo disso!!!!
     
  11. #_Slash_#

    #_Slash_# Philip Marlowe Follower

    hauhuahuahua .... !!! minha mãe falava do homen do saco dai eu vi um lixero cum saco na mao e falei pra minha mãe :? - a lah o homem do saco !!!
    crinça ingenua !!
     
  12. Ivan

    Ivan Vai passar do joelho

    Acho que tudo depende de como se é utilizado essas mentirinhas. Minha mãe nunca me falou essas coisas dessa forma. Pra mim o Papai Noel só era o velhinho que trazia presentes para mim, só me lembrava dele em dezembro e nunca me preocupei em me comportar. A mesma coisa com o coelhinho da páscoa ou o bicho-papão, eram só ícones, personagens divertidos. Já o homem do saco eu só conhece o do chaves.
     
  13. Tauraherion

    Tauraherion The eyes of truth

    exato Ringil, vou usar teu post pra responder ao túrin ali em cima...

    eu não pretendo criar mentiras escabrosas ou traumatizantes como a história do homem do saco...ou do bicho papão... mas tb não pretendo tirar toda a magia que o natal e aquele velhinho de barba branca tem na vida de uma criança...

    o tipo de coisas que vou contar e até onde vou continuar contando vai depender exclusivamente do comportamento do meu filho frente a situação...
    por isso é difícil dizer que vou criar de um jeito e não de outra maneira, eu não sei nem se terei filhos!

    mas uma coisa é certa... minha relação com ele será baseada no respeito mútuo... e talvez por isso eu não precise inventar mentiras pra que ele se comporte...
    espero conseguir isso apenas com um pedido e uma explicação satisfatória do pq deve se comportar no momento...
     
  14. VihVs_

    VihVs_ Eu não sou um

    Pra mim o pior naum eh dizer q tem Papai Noel ou outras mentiras... acho q nenhuma dessas coisas me afetou.

    O pior era dizer q criança naum tinha q dar opinião. Pra mim isso eh o absurdo!
    Eu nunca questionava nada por causa disso pq sempre achava q perguntar naum seria certo.
    Isso sim me afetou. Mesmo sabendo que devo perguntar ainda naum consigo.
    E eu acho q muitas crianças sofrem isso, ou pior, porque tb foram educadas dessa maneira.
    Naum sei como um pai pode fazer isso. Eu nunca faria....
    Eu soh queria entender o porque disso.
     
  15. Goba

    Goba luszt

    Essas repressões ajudam a formar cirnaças padronizadas, do modo que os pais querem, de acordo com que a sociedade pede. Formam-se como adultos também padronizados que vivem uma vida muitas vezes programada.

    Essas repressões fazem com que as crianças ao crescerem sejam pessoas reprimidas, tímidas e em certos casos que têm a opinião dos outros pra si, não formam uma pois lhes foram ensinado que é feio...

    Porém, depois, ao crescerem os pais kerem um filho que forme opinião, inteligente, etc., mas na infância que é a época onde nós absorvemos muita informação, damos razão para os pais em tudo, eles nos disserem para se calar e ficar longe. Estranho não?

    Felizmente meus pais me ensinaram para ter opinião própria e sempre me ouviram. Mesmo colocando certos medos como odo Papai Noel e do Homem do Saco, eles me ensinaram bem, tanto que nem religião eles me impuseram, me deixaram acreditar se assim eu quisesse. Eu fiz apenas o último ano de catequese e fiz primeira comunhão. Antes disso, fui batizado apenas aos 7 anos pra decidir quem eu queria de Madrinha e Padrinho, mas mesmo assim, hoje sou ateu, e minha mãe está bem com minha decisão, mesmo ela acreditando (apesar de não ser praticante católica).

    Fui criado pra formar opinião, e assim eu faço, e agradeço meus pais por isso! :obiggraz:

    Enfim, conclusão: alguns medos são necessários para a educação da criança, mas outras inibições sao ridículas e devem ser banidas da face de Eä! :mrgreen:
     
  16. Ivan

    Ivan Vai passar do joelho

    Ou seja: eduquem seus filhos para terem opinião própria e vcs terão como resultado um Goba! 8O :roll: (brincadeirinha :mrgreen: ).

    Sem sacanagem agora, essas mentiras não são inventadas para produzirem o tipo de pessoas que a sociedade quer. As coisas não operam assim nesse ponto, nada tão conspiratório. Elas são fruto da preguiça dos pais em terem que explicar tudo e precisarem censurar as crianças a todo momento. Com esses artifícios imaginários eles fazem as crianças evitarem cometer besteiras por elas próprias.
     
  17. Goba

    Goba luszt

    Uma parte das mentiras é preciso existir. Outras formam sim pessoas padrões (nem sempre), sem mesmo que os pais tenham intenção, apenas por instinto talvez. Got it? :mrgreen:

    E sim, criem pessoas com opinião própria!!! Mais gobas peo mundo a fora!!! :lol:
     
  18. Ivan

    Ivan Vai passar do joelho

    Eu estava falando de como e por quê essas mentiras surgem, não dizendo o que elas causam, nem dizendo se elas são necessária ou não. Got it? :mrgreen:
     
  19. Goba

    Goba luszt

    Eu sei que tais mentiras não surgem apenas para formar pessoas robôs... Mas mesmo que sem intenção, elas acabam formando, quer dizer, contribuem para isso... É meio confuso, mas "entendível"... :mrgreen:
     
  20. Vela- o Rousoku

    Vela- o Rousoku Sirius Black

    Eu tive educação bastante rígida. Já lavaram minha boca com sabão... etc. Mas pouquíssimas histórias desse tipo me foram contadas. Só o tradicional, como Coelhinho da Páscoa e Papai Noel.

    Mas... "homem-do-saco" ?!?!? Pelo amor de Eru ! Nunca ouvi dessas. Sou muito grato por isso, e hoje os resultados de minha educação foram extremamente satisfatórios.

    Farei assim com meus filhos.
     

Compartilhar