1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

E se Sauron fosse humildemente pedir perdão para os Valar?

Tópico em 'E Se...?' iniciado por Lord Khamûl, 30 Mar 2008.

  1. Lord Khamûl

    Lord Khamûl Usuário

    Então turma, estive pensando...e se Sauron mesmo derrotado largasse sua arrogância e se humilhasse e de coração e com toda sinceridade fosse pedir perdão de todos os seus erros, maldades, pecados e tudo mais.


    Será que ele seria perdoado?

    Será que ele ficaria um bom tempo, ou algumas eras, preso nos palácios de Mandos para se recuperar e ganhar novamente a confiança dos Valar?

    Então.. e se Sauron pedisse perdão?

    O que aconteceria a ele?
     
  2. moriel

    moriel Banned

    não sei se os Valar topariam. Só se eles não aprenderam nada com o Melkor...
     
  3. Thui

    Thui Bezerrinhos do mundo, uni-vos!

    Ele ainda seria Sauron? :lol:


    Bom, os Valar erraram com Melkor justamente por não saber o que Melkor realmente 'sentia'.
    Nesse caso, não importa o quão arrependido Sauron estivesse, cachorro mordido por cobra tem medo de lingüiça.
     
  4. Húrin

    Húrin Amante da Calíope

    "Cachorro mordido por cobra tem medo de linguiça!" :lol: Muito boa essa frase!! Eis uma outra: "Galinha que segue pato morre afogada ou com o pescoço quebrado!".

    Voltando ao tópico:

    Caso Sauron se arrependesse e se voltasse para o lado da Luz, os Valar teriam um grande novo istari e Morgoth teria muitos problemas com ele!!
     
  5. lukazjau

    lukazjau Usuário

    Como já disseram antes, não sei se os Valar aceitariam ele novamente, já que a confiança não existe mais entre eles não é mesmo?
    Mas se aceitassem, com certeza teriam um grande aliado ao lado deles!!
     
  6. Numenorean

    Numenorean Usuário

    Acho que eles não negariam o perdão a nínguem, agora acho que ele seria condenado a uns bons anos de servidão para provar se de facto se tinha arrependido ou não.

    Claro que se o arrependimento fosse sincero, ele após isso seria perdoado e seria completamente redimido dos seus pecados.

    Se assim não fosse, e ele passado um pouco se rebelasse, seria facilmente derrotado, afinal ele é apenas um Maia, até Lorien lhe ganharia. :D
     
  7. Mestre Elrond Peredhil

    Mestre Elrond Peredhil Blá blá blá

    Humildade? Sauron não conhecia essa palavra... :mrgreen:

    E se... Bem, penso que os Valar o perdoariam sim, mas qualquer gracinha e :chibata:
     
  8. Samuel Lima

    Samuel Lima Usuário

    Olha,isso seria bem difícil de acontecer,Sauron,se humilhar assim!!!!???
    Mais se acontecesse acho que os Valar não o perdoariam,aprederam a lição com Melkor!!!!
     
  9. Samuel Lima

    Samuel Lima Usuário

    Outra cnsequencia se no caso eles aceitassem ele!!!!
    Boa Lukaz!!!!^^
     
  10. Tarik Khalil

    Tarik Khalil Usuário

    Creio que era quase impossivel, Sauron conhecia o bem, mas se auto-humilhar estava além da capacidade dele. Mas acredito que os Valar o aceitariam, mesmo que pedissem para que ele passasse um tempo em reclusão nos palacios de Mandos.
    Essa situação depende muito da época em que isso teria acontecido, ao final da guerra do anel seria algo bem impensado da parte dele fazer isso... acho que a unica vez que ele realmente teve chances de se redimir foi ao final da Guerra da Ira e da Primeira Era...
     
  11. Dúnadan Thorongil

    Dúnadan Thorongil Mensageiro de Gondor

    Perdoar eles até poderiam perdoar, o difícil era Sauron pedir perdão...E mesmo perdoado, acho que Sauorn não ficaria nas Terras Imortais do mesmo jeito que morgoth ficou, andando para lá e para cá...Eles colocariam ele pra fazer alguma coisa, ficariam de olho nele... Afinal, quando se trata de Melkor e seus aliados, acho que os Valar aprenderam de uma maneira bem ruim que eles têm que ficar sempre vigiados.
     
  12. Duilin

    Duilin Eruhín Alcarohtar

    Como disseram, acho que não negariam o perdão.
    Mas pra provar que isso pudesse ser sincero, eu diria que Sauron ia comer o lembas que Melkor amassou. :lol:

    Eles aprenderam sim com Melkor.
    Mas isso não os faz cruéis, frios e arrogantes quanto o senhor do escuro.
    Acredito que concederiam o perdão, após duras penas sim, mas Sauron seria de novo um ser livre. Talvez não pudesse mais viver em alguns lugares nas Terras Imortais, mas poderia ser contado entre os bons de novo. E claro, os Valar jamais deixariam de vigiá-lo como fizeram com seu confrade.
     
  13. Tuor

    Tuor Usuário

    Depende da boa vontade dos Valar. Pode ser que aceitassem o arrependimento dele, mas não sem uma punição por isso; posteriormente, ele seria libertado e ficaria sob a vigia dos Valar. Ou pode ser que não aceitassem e o deixassem na mesma situação que Morgoth, não libertando-o mais, sem direito a nada. Eu fico com a primeira hipótese, pois creio que os Valar são misericordiosos e dariam pelo menos a primeira chance de Sauron se "redimir". Caso Sauron se desviasse, aí eu já acho que o tratamento seria como o de Morgoth.
     
  14. Fringway

    Fringway Andarilho do Norte (187)

    Eu não consigo imaginar Sauron pedindo perdão todo humilhado. E acho que ele tentaria se redimir só pro seu próprio bem, não porque ele realmente estava arrependido, então não duraria por muito tempo. Como já diria uma música do Metallica: A sinner once, a sinner twice

    Mas se isso tudo acontecesse, eu acho que os valar olhariam para ele a princípio com suspeita, fariam ele REALMENTE provar que estava arrependido e aí, quem sabe, perdoá-lo.
     
  15. zannah

    zannah The Red

    Nào imagino Sauron se pondo, humildemente, diante dos Valar e pedindo perdão. Mas, se porventura isso acontecesse e os Valar o perdoassem, isso não quer dizer que eles confiariam nele em absoluto. Até porque já teriam experiência com o caso do Melkor, para saber que esse "arrependimento" poderia esconder segundas intenções...
     
  16. Calenardhon

    Calenardhon Cavalariço de Rohan

    Bom, se ele estivesse arrependido de CORAÇÃO não seria Sauron, acho que olhando do ponto de vista emocional ele nem tinha coração, não acho que se ele pedisse perdão seria por arrependimento, mas sim por medo de se ferrar denovo, prometendo não aprontar mais e ficando sob vigilância, mas se arrepender, nunca, afinal ele é Sauron^^
     
  17. Haran Alkarin

    Haran Alkarin Usuário

    Sauron chegara a dar uma "pequena arrependida" após a queda de Melkor e considerou pedir perdão aos valar (conselho este dado por Eönwë), mas não o fizera por medo. O que já mostra que ele não era um ser tão irremediável como Melkor, talvez se os valar tivessem ido até ele (se ele topasse por acaso com um, etc) a coisa teria dado certo.
     
  18. Fimbrethil

    Fimbrethil Esse chato é um

    Eu acho que se o Sauron tivesse ido humildemente pedir perdão pros Valar, os mesmos em toda sua (não) sabedoria, o teriam perdoado, e teriam levado na cabeça, como quando perdoaram Morgoth:lol:
     
  19. Aira/Jackie

    Aira/Jackie Quero abraçar um

    Nossa Luis_Rohirrim, lendo sua resposta, parecia que eu tava lendo a minha própria (que eu iria escrever assim mesmo!)

    Realmente, se Sauron tivesse coração, não seria Sauron.

    E se ele pedisse perdão, os Valar iriam perdoar (sem sabedoria, como já disseram por aqui).

    um abraço da
     
  20. Finwë Fëfalas

    Finwë Fëfalas Nas Echoriath...

    Duvido que os Valar iriam fazer isto.

    Pois já fizeram uma vez com Melkor, e tiveram sua experiência enquanto a isso e suas conseqüências.

    Acho muito difícil fazerem com Sauron também pois o mesmo iriam fazer não muito diferente que Melkor um dia.
     

Compartilhar