1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

E se os Beatles ainda existissem?

Tópico em 'Música' iniciado por Dimitri, 20 Set 2003.

  1. Dimitri

    Dimitri om pah, om pah, pah

    Imaginemos que Brian Epstein não tivesse morrido. Que Yoko Ono nunca tivesse aparecido na vida de John. Que eles não brigassem tanto. Ou que qualquer outro motivo que tenha levado a os Beatles a se separarem não tivesse ocorrido e eles ainda tivessem aí, tal qual os Rolling Stones.
    Vocês acham que eles seriam OS Beatles? Ou ficariam chatos e monótonos?

    Na minha opinião, eles ainda seriam bons. Acho que eles não continuariam inovando como na década de 60. Ainda teria muita coisa boa, visto que na carreira solo, os integrantes ainda fizeram muuuita coisa boa. Eles até poderiam lançar menos álbuns, mas nunca viveriam do passado.
     
  2. Faram¡r

    Faram¡r Dr. Benway

    Eu acredito que eles continuariam fazendo álbuns bons. Alias, eu tenho quase certeza que eles fariam Rock próximo ao progressivo, a sua própria maneira. O psicodelismo que eles mostraram na sua segunda fase poderia se desenvolver em mais experimentalismos, que é o cerne do Rock Progressivo. Mas eles apenas lançariam uns álbuns assim, logo se cansariam e fariam outra coisa, provavelmente mais pop.

    Os melhores álbuns dos Stones são os de 68 ate 72, e durante os anos 70 eles tiveram uma carreira brilhante. Não acredito que os Beatles juntos seriam seriam tão bons, mas coisa ruim não ia sair. Acredito que eles ainda lançariam uns 2 álbuns essenciais nos anos 70, pelo menos.
     
  3. Golgo13

    Golgo13 Usuário

    Se não tivessem acabado não seriam OS BEATLES, seriam apenas os beatles.
     
  4. Muot-Hart

    Muot-Hart Usuário

    Boa pergunta.
    Brian Enpstein e Yoko Ono não foram realmente fatores decisivos para a separação dos Beatles. Na verdade, influenciaram em muito pouco, senão em nada. O motivo real para separação foram diferenças artísticas e questões administrativas e financeiras.
    Se as diferenças artísticas não tivessem chegado ao ponto de gerar brigas e desentendimentos tão amargos, e se a Apple não tivesse sido criada, talvez esses problemas não teriam ocorrido.
    Primeiramente, vale ressaltar que, por maior que tenha sido o estouro Beatleamaníaco na década de 1960, as carreiras solo, principalmente no período da década de 1970, foram cruciais para a formação da imagem que a banda tem nos dias atuais. Se os Beatles não tivessem se separado, por melhor que continuassem suas músicas, poderiam cair numa espécie de lugar comum. Bandas como Pink Floid seriam muito mais lendárias hoje se tivessem rupturas tão escandalosas e dramáticas quanto a dos Beatles. A banda poderia ser famosa e respeitada como um todo, mas as personalidades por trás receberiam um destaque individual bem menor. Com exceção talvez de John Lennon, se ele morresse do mesmo jeito que ocorreu em 1980.

    Agora, interessante mesmo seria se, em 93 por exemplo, com Lennon ainda vivo, os Beatles voltassem. Se só com Free As a Bird e a coleção Anthology a mídia fez tanto estardalhaço, imagine com um álbum de músicas recém saídas do forno.
     
  5. Waters

    Waters Usuário

    Tem uma frase interessante de Paul Mcartney quando os Beatles acabaram que tem um pouco a ver com o tópico.

    Perguntaram para ele sobre a dissolução do grupo , da decepção dos fãs etc. e ele disse quem se sentia muito órfão da banda era só pegar as melhores músicas isoladas das carreiras solo dos membros (todos os integrantes lançaram discos solo nos anos 70) e vc teria um disco ou mais dos Beatles, já que todas as opiniões isoladas dos integrantes sempre foram ouvidas quando o grupo estava na ativa.
    Portanto pelo menos nos anos 70 acho que os Beatles soariam como a carreira solo de seus integrantes, que nada mais era do que uma continuação do som deles mesmos.
     
  6. Dimitri

    Dimitri om pah, om pah, pah

    Mas as questões administrativas e financeiras vieram da morte de Epstein que cuidava de tudo e então foi obrigado a criar a Apple. Mas acho que o maior motivo foi a briga de egos.
    Podemos fazer uma comparação com Pelé que parou no auge e Maradona que parou gordo e drogado.
    Mas dos 4 Beatles, John com certeza não se juntaria de novo. Por dinheiro nenhum.

    Se os Beatles ficassem junto nos anos 70, as músicas iriam ficar parecidas com as carreiras solos, não por causa disso que o Paul falou, mas porque eles cada vez mais perto do final, faziam músicas individuais.

    Mas já em Abbey Road e Let It Be eles pararam com essa onda mais psicodélica e voltaram um pouco as raízes. Acho que eles iriam bem progressivamente parando de lançar coisas boas.
     

Compartilhar