1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

E se Frodo pedisse para Bombadil destruir o Um?

Tópico em 'J.R.R. Tolkien e suas Obras (Diga Amigo e Entre!)' iniciado por Alucard, 13 Dez 2005.

  1. Alucard

    Alucard Um completamente aleatório

    Galera, eu estava pensando no seguinte:
    Nada se fala sobre Tom Bombadil a respeito de sua existência, sua vida, sua natureza, e o que ele é. Alguns dizem que ele é Maia, Vala, e tem umas teorias que dizem que ele é o própio Eru! ( :lol: )

    Só que ele foi o único que colocou o Um e, para ele, não fez efeito nenhum. Não fazia diferença nenhuma aquele artefato.
    Então, e se Frodo, em algum momento pedisse para ele "Você pode tentar destruí-lo?", o que ele faria? Ele simplesmente iria colocar o anel em uma das mãos, iria fechá-la e destruir ele como se fosse poeira? Ele iria falar que não poderia se intrometer no que diz respeito aos homens? Ele tentaria mais fracassaria?
    E se o Tom destruisse o Anel? Eles, pegavam, dava todo mundo meia volta e voltavam para bolsão?

    Pode parecer uma questão meio maluca, mais me é muito intrigante... :eek:
     
  2. Mith

    Mith This server is too busy!

    Ha ha, parece maluca mesmo. Mas eu tenho quase certeza de que o Um só poderia ser distruído onde foi feito, ou seja, Mordor, lá na Montanha da Perdição. ^^
     
  3. Alucard

    Alucard Um completamente aleatório

    Então, mais se o Bombadil fosse realmente alguem muuuuiito poderoso? :think:

    Para ele poderia ser piada destruir o Um se ele fosse um grande Vala... (ou até mesmo Eru)
     
  4. Smaug

    Smaug Cacho

    Tolkien nega que o Tom seja Eru.

    Mas ao assunto principal: o Anel só poderia ser destruído sendo atirado no fogo da Montanha da Perdição. Nem o fogo de um dragão poderia destruir o Anel, como disse Gandalf, nem qualquer outra arte, seja até mesmo dos Valar. É uma espécie de regra na história.
    Até vale umas viagens dentro da história, se isso ou aquilo não ocorresse, mas com o Tom destruindo o Anel, não haveria mais história para contar, né? :dente:
     
  5. Maglor

    Maglor Lacho calad! Drego morn!

    No Conselho eles consideram a possibilidade de levar o Um pro Tom, não é? Parece ter sido consenso que isso era ineficiente mesmo. O Tom tinha seu poder, mas ele não era como os outros, não tinha esse tipo de interesse. Certamente não destruiria o Um, e se ele apenas o guardasse, seria muito arriscado.
    Além disso, como ficamos sabendo, o Anel existindo significava que Sauron ainda seria uma ameaça, e militarmente ele estava quase invencível.
     
  6. _Eldariel_

    _Eldariel_ Usuário

    Aiya nildonyar,
    Se Tom pegasse o Um para guardar, assim como disse Maglor, realmente seria arriscado; ele acabaria não dando importâcia, ou até esquecendo o anel, pondo em risco o destino dos Homens.
    E ele não se importava com isso, já que seu destino era separado do de Arda.
    Namárië.
     
  7. nana

    nana Usuário

    Dos Homens, dos Anões, dos Hobbits, dos Elfos... :mrgreen:
     
  8. Alucard

    Alucard Um completamente aleatório

    Então, isso que eu estava pensando...

    Por exemplo, caso o corresse isso, embora não fosse provável, os hobbits voltariam para o Condado e Frodo nunca iria para Aman. Provavelmente o livro vermelho não teria grandes fatos, pois foi o cargo de Frodo continuá-lo, e Sam provavelmente nunca iria escrever nele.
    A guerra do Anel não existiria, pois não existiria anel nenhum ( :lol: ), Théoden não morreria, Eowyn não se casaria com Faramir.

    Sem a guerra do Anel, Aragorn não ficaria consagrado como o Rei Elessar, e os Regente ainda estariam governando em Gondor, ao lado do trono do Rei. E como Boromir não teria morrido, provavelmente ele seria o novo Regente... :eek:


    Enfim, tem um monte de coisas que seriam diferentes no mundo. :roll:
     
  9. Mith

    Mith This server is too busy!

    E se isso realmente tivesse acontecido, não existira a história do Senhor dos Anéis, e Tolkien provavelmente tacaria tudo na lixeira. :mrgreen:
     
  10. Thais Tûk

    Thais Tûk (avulsa)

    Hehe, de fato. :hanhan:
     
  11. Alucard

    Alucard Um completamente aleatório

    :rofl:
    É verdade... eu não tinha imaginado isso...

    Ou seja, se isso acontecesse, iriamos achar a história tão bosta que não iriamos nem estar aqui discutindo as obras do cara... :lol:

    Tudo bem. eu sei que esse foi um tópico inútil :doh:, mais pelo menos eu expus minha opinião. :dente:
     
  12. Ramalokion

    Ramalokion Mecha-de-Folha

    Olha

    eua cho que em vez das coisas ficaram tão "em paz" assim, na evrdade teriamos uma baita geurra. Edesses personagens poucos estariam vivos! vejam bem:

    Com o Um "esquecido" nas mãos do Tom (e Sauron logo saberia disso e tentaria dar um ejito de toma-lo!) uma guerra seria iniciada ainda mais rapidamente. Gondor e Rohan teriam que se virar EM SEPARADO (afinal Gandalf iria ficar tentando proteger o lar do Tom - que pore sua vez só iria agir caso alguém ENTRASSE lá, de resto não ia dar bola ), Sauron faria um cerco pra não deixar ninguém entrar e sair, Galadriel e Elrond não poderiam usar seus Anéis (vai que sauron desse um ejito de pegar o Um... enfeitiçando um certo Hobbit??).

    Ou seja: Seria um samba do crioulo doido!! E uma bela história!!
     
  13. Se o Bombardil tivesse aceitado pegar o Um, então Frodo e os outros teriam retornado para o Condado, só que o Gollum já tinha dito o nome Bolseiro em Mordor. Então, provavelmente Sauron iria atrás de Frodo e cia. e mataria a tds até descobrir que o Um estava com Bombardil e não mais com Frodo, até aí ele já teria destruído o Condado.

    Bom, Gandalf com certeza teria ficado protegendo o Bombardil, se bobear o Aragorn tbm, desta forma:

    1º Aragorn jamais iria a Rohan, e provavelmente os rohirrim teriam perdido a batalha do Abismo de Helm, a Éowyn não teria se iludido e tbm não iria a um campo de batalha, consequentemente o rei bruxo nunca morreria e ela não ia conhecer o Faramir.

    2ºAragorn tbm nunca iria a Gondor, e ele naum iria ser reconhecido como rei, uma vez que não teria ninguém para ser curado, nem Éowyn (em Rohan), nem Faramir (não teria ido a Osgiliath, pq provavelmente Boromir teria se oferecido) e nem o Merry (q já estaria morto no Condado), e com isso Denethor seguiria regendo Gondor até q Boromir assumisse o trono e por aí vai....(aliàs, segundo o que li nos livros, Boromir não queria se casar, sendo assim, ele não teria filhos e desta forma Faramir assumiria o trono, só que eu duvido q Denethor não forçasse um casamento para Boromir, afim de que ele tivesse filhos e não passasse o trono pra Faramir)

    3º Gandalf jamais se tornaria o Branco.

    Bom, sendo isso, a Arwen teria partido para os portos, uma vez q o Elrond tinha dito que ela só seria esposa do rei de Gondor....

    A Galadriel e os elfos de Lothlorien tbm teriam ido para os portos e talvez o Elrond tbm.

    Bom: Condado destruído, rohan tbm pelo abismo de helm, gondor ainda resistiria mas, por pouco tempo.

    Voltando ao anel....Sauron descobriria onde Ele está (com Bombardil) e iria até lá, mataria Gandalf e Aaragorn e quem mais estivesse protegendo o Bombardil, pegaria o anel de volta e aí teriamos uma era de escuridão.

    Bom, tem o saruman tbm, mas não sei se o Sauron iria dar Isengard à ele, de graça, afinal de contas no que ele ajudaria? Tem o Gríma tbm, que já teria feito a cabeça do Theoden e tentaria levar a Éowyn com ele, pra onde não sei. Mas se pensarmos desse lado, talvez Theoden nem teria ido ao Abismo de Helm.....aí o fim de Rohan seria mais rápido ainda.....Éomer nunca se tornaria rei tbm.

    Acho que seria isso. Ou eu esqueci de alguém?
     
  14. Glaurung- o pai dos dragões

    Glaurung- o pai dos dragões Lagarto de Morghoth

    mas a questão levantada não era de deixar o anel nas mãos do tom, mas simse o tom conseguisse DESTRUIR o anel
     
  15. No próprio livro diz: O Um anel só pode ser destruído onde ele foi forjado, na Montanha da Perdição. Ou seja, Bombardil NÃO conseguiria destruir o Um, e na minha opinião aconteceria o q eu já escrevi anteriormente. Isso, se o Bombardil não deixasse o Um largado por aí, como Gandalf mesmo disse no conselho de Elrond. Neste caso, a história poderia ser outra...
     
  16. Coiote

    Coiote Fallin´

    Tem uma coisa q é absoluta,o resto é relativo:o único modo de destruir o Um Anel era jogá-lo nos fogos da Montanha de Perdição.Partindo daí,Tom não poderia destruir o Um.
     
  17. Aracáno Elessar

    Aracáno Elessar Nietzsche

    Sim, mesmo imaginando que os Valar não desejassem, e nem viam necessário intervir diretamente, somente temos a informção de que o Um Anel só pode ser desfeito onde fora forjado.
    Mas isso não retira a hipótese de um Vala poder destruí-lo, ou não.

    Abraços.
     
  18. Coiote

    Coiote Fallin´

    O Um Anel foi forjado com o poder de um Ainu.E é esse tipo de poder imortal q foi transferido ao Anel.Dado o seu comprovado imenso poder,talvez até os Valar não podessem destruí-lo.Apesar de serem superiores ao maia Sauron.

    Aliás,eu acho e é uma certeza (entre os mais entendidos em Tolkien :oops: )q os
    Valar não poderiam destruir o Anel,não é?
     
  19. Alucard

    Alucard Um completamente aleatório

    Eu acho muito difícil Tulkas, por exemplo, não conseguir destruir o Anel, e olha que ele nem tem tanto poder subcriativo como Manwë (Ps.: ele tem poder de subcriação? :think: )

    Mais, voltando a falar do Tom. Por mais que ele NÃO se importassem com o destino de Arda, ele bem que poderia viver alguma aventura como nos velhos tempos, não? Então, ele poderia, quem sabe, levar o Um para a Montanha da Perdição. E nesse caso eu não acredito que ninguem (pois Sauron já não possuia mais corpo) poderia impedí-lo de chegar calmamente na lava da montanha e jogar aquele porcariazinha lá como se não tivesse valor algum...

    Depois, ele poderia voltar feliz para casa cantando e pulando como ele sempre faz e chagando lá iria tirar um cochilo como se nada tivesse acontecido. :g:
     
  20. A muito, muito tempo ouvi um historia do meus ancestrais:

    Dizem que na guerra dos anjos, quando Deus expulsou Lúcifer do paraíso e o lançou em direção ao inferno; Lúcifer chegando ao Inferno percebeu que não estava sozinho, diante de si estava uma figura obscura, antiga como o próprio tempo, quando perguntado seu nome o ser respondeu: Faço-me chamar Satan e estou aqui desde quando o tempo não existia, sou o primeiro após "O Primeiro" e de nada me interessa vossa guerra.

    Satan, dizem meus ancestrais, nada mais era que a própria consciência de Deus, que após refletir durante muito tempo sobre a criação do universo, não conseguia se convencer, pois a voz da sua consciência o impedia de criar o cosmos, insistia que seria um erro. Mas Deus cansado da discussão arrancou sua própria consciência e a lançou no lugar que hoje é conhecido com Inferno, e lá chegando Lúcifer após eras sem fim encontrou a consciência de Deus, já naquele lugar sombrio a eras. E Satan não se importava com as guerras dos anjos, demônios e homens.

    Quando Melkor chegou a Terra-média, Tom Bombadil já estava lá a muitas eras.
    Tom Bombadil nada mais é que a própria consciência de Eru Iluvata, que foi banida para a Terra-média para que Eru finalmente decidisse iniciar a canção que criou “tudo”, e Tom não se importava com as guerras entre orcs, homens, elfos e Maias.
     

Compartilhar