1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

E se Eru Iluvatar não tivesse intervido???

Tópico em 'E Se...?' iniciado por ancalagon_killer, 14 Nov 2010.

  1. ancalagon_killer

    ancalagon_killer Usuário

    Bom, o proposito do topico e saber: e se Eru não tivesse estalado os dedos e acabado com Numenor, e os exercitos de Ar-Pharazon continuasse com seus planos loucos e guereassem com os Vanyar e os Valar, como seria o resultado ?? Quem sairia vencedor??Quais seriam as possiveis estrategias??
    Então, raciossinemos..
     
  2. Dorak

    Dorak -Morgoth! Não me chame de

    Na minha humilde opinião Manwë não sabia o que fazer. Ou intervia contra (um tsuname de Ulmo, ou uma tempestade conjunta bastaria - revoltada da natureza, dos ainur), ou deixava as coisas acontecerem. Mas como saber qual seria o desejo de Eru? Como saber se a vontade dele[Manwë] não estava contra os planos de Ilúvatar? Entrar em um embate contra os Filhos?

    Manwë e os Poderes não aguentavam mais intervir nas vidas dos Filhos, pois quase sempre isso perdão pela palavra dava merda. Então Manwë e os Valar renunciaram a autoridade sobre Arda, e resolveram fazer algo do tipo: "Eru, faça-se a Tua vontade!"
    (bem ao estilo Jesus dizendo “Pai, se possível, passa de mim este cálice sem que eu beba, todavia não se faça a minha vontade mais a Tua”. Lucas 22:42. )


    Agora voltando a hipótese de um confronto, e sendo direto: os numenorianos não tinham chance.
     
    Última edição: 15 Nov 2010
  3. ALF

    ALF The Proudest Monkey!!

    Sem intervenção de Eru, os moradores de Valinor teriam que, no mínimo, se defender do ataque dos Númenóreanos.

    Os Vanyar não tinham muita experiência em batalha, tendo em vista que apenas participaram da Guerra da Ira. Isso

    provavelmente seria um fator a favor dos "invasores". O grande problema para os Númenóreanos seria ter que enfrentar os

    Grandes Poderes de Arda em um terreno totalmente desconhecido por eles. Por mais que os Valar não desejassem causar mal aos Sucessores, não poderiam deixar que Homens e Elfos se enfrentassem em suas próprias terras. Acredito mais em uma tentativa de forçarem a rendição de Ar-Pharazôn e seu exército - ainda que por meio do uso da força - do que uma aniquilação completa do exército Númenóreano. Caso houvesse rendição, o que restasse do exército seria mantido "preso" em Valinor, uma vez que nenhum mortal que pusesse os pés nas praias de Aman poderia sair de lá.

    Há que se avaliar o peso da não intervenção de Eru também com relação à Queda de Númenor e, consequentemente, à "destruição" de Sauron.

    Uma vez terminada a "Batalha de Valinor" quais notícias chegariam à Númenor? Quem assumiria o trono dos Homens? Os Fiéis ainda estavam perto de Númenor quando Ar-Pharazôn desembarcou em Valinor e teriam duas escolhas a fazer: Fugir para a Terra-média ou voltar e lutarem contra Sauron pelo poder de Númenor.

    Sauron permaneceria em Númenor até conseguir dominar o sucessor de Ar-Pharazôn e novamente lançar os Númenóreanos contra Valinor ou arrasar o reino com uma guerra civil, supondo que os Fiéis ficassem para lutar, até assegurar por completo o seu domínio sobre Númenor e seus habitantes, fazendo da terra um posto avançado de seu domínio e transformandou seus habitantes em escravos.

    Os Valar iriam até Númenor enfrentar Sauron e libertar seu povo ou esperariam por um novo ataque que talvez nunca chegasse?
     

Compartilhar