1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

E se Christopher se propusesse a continuar SdA?

Tópico em 'De Fã Para Fã' iniciado por Tek, 19 Jun 2007.

  1. Tek

    Tek Girls tend not to like me

    Não tenho talento para ser publicitária, já que minhas idéias só surgem sem programação. Só bolo um tópico novo tendo uma idéia num post. Enfim...
    E se Christopher Tolkien continuasse SdA, contando a história de Sam casado e com seus 14 filhos (eram 14, né?), o povo em Valinor, a vida de Aragorn, de Éowyn e Faramir:D ? Seria legal? Talento é hereditário ou pula uma geração?
     
  2. Vivi

    Vivi Parmandili of Thrones

    Acho que talento é único..
    Os livros de Tolkien foram tão mágicos pq foram dele, pois ele teve a história de vida dele, pq ele era um fanático por linguas, pq ele era o fodão em dialetos antigos, pq era ele que quando criança brincava de inventar linguas diferentes e mundos imaginários.. ou seja, apenas Tolkien poderia ser o proprio Tolkien..
    Acho que se o filho se interessasse poderia escrever sua própria obra baseado nos mundos fantásticos do pai, mas jamais teria o status pra continuar uma obra como o SdA ou qqr outra, esse tipo de talento é único, e ficaria sempre aquele gostinho que não é a mesma coisa.
    Quem dera essas coisas fossem genéticas..
     
  3. Primula

    Primula Moda, mediana, média...

    Não é questão de talento, é questão de imersão e de estudo.

    O mundo da Terra-Média só conseguiu tomar a amplitude que tomou por um motivo: JRR Tolkien não via o trabalho como sendo apenas uma estórinha para contar para seus filhos. Havia o desafio de criar 1) uma mitologia britânica e 2) onde aplicar seus esforços e estudos linguísticos no desenvolvimento de sociedades.

    Christopher, em todas as publicações deixa claro que ele mesmo não tem a palavra final, apesar de chegar perto. Ele mesmo não consegue entender os alguns rascunhos e observações que lhe parecem contraditórias (algumas ele escreveu no meio do século, outras mais recentes de 1970, parecem "piores" que o original, provavelmente porque não se lembrava do que escrevera uns vinte anos antes...)

    Ou seja, apenas a vontade de continuar a obra do pai pode não ser suficiente, mesmo depois de toda uma formação acadêmica semelhante ao do do pai (inclusive seguindo carreira acadêmica).

    Para que a obra não descambasse em uma piada de mau-gosto, seria necessário que Christopher fosse um telepata. São vidas e vivências diferentes, e quer queira ou não, Christopher Tolkien não viveu um mundo antes da 1a. Guerra Mundial, não viveu o despertar de um mundo de máquinas, para assim desenvolver um amor à natureza em um estado tão profundo e arraigado, mas que não soasse piegas e frívolo (como parecem ser os defensores da natureza de hoje).

    Christopher é o filho, é inútil, tremendamente desgastante e algo que Tolkien abominaria (estranho pensar em abominação... Duna de novo na cabeça) para seu filho

    (Santa Alia da Faca, spoiler de Duna:
    Ela nasceu consciente, e por isso pode lembrar todas as vidas de seus ancestrais. No entanto, quando isso acontece com uma criança que ainda não desenvolveu sua personalidade, é muito fácil um dos antepassados simplesmente "roubar" a vida da criança e viver de novo.

    E no caso, por uma tragédia do destino, um dos seus antepassados é o seu pior inimigo, o nojento Barão Harkonnen (tão gordo que precisa de flutuadores para não morrer esmagado pelo seu peso). E Alia perde sua vida para o Barão, notadamente percebemos que ela fica obesa como o Barão, e no final, sem escapatória - esbravejando e bufando com duas vozes diferentes - ela comete suicídio. Engraçado como isso explicaria também alguns dementes mentais.

    Por isso as Bene Gesserit chamam as crianças que nasceram conscientes de Abominação, e daí a ironia de minha colocação JRR Tolkien viver literalmente em Christopher seria uma abominação, seria o pai roubar a vida do filho

    Tolkien manifestou isso de forma sólida, na forma de Ents! Criaturas inteligentes em extinção. Que se tornam cada vez mais "arvorescos", saindo do nosso cenário. Mas ainda presentes pois são imortais. Ou avatares como Alan Moore lembrou no seu Promethea (Monstro do Pântano pela DC lembra muito Barbárvore), sonhos e mitos que não morrem.

    OK, falei muito, mas é para ficar claro que tudo isso é necessário para não fazer pouco de qualquer esforço de Christopher Tolkien neste sentido... mas ficaria muito aquém do que deve ser. (uma caca)
     
  4. Thor_theOld

    Thor_theOld Banned

    Absqve vado flvvivs, nec stat sine pelice proles


    Em longa geração, há conde e ladrão...

    Não acho que talento seja hereditário.
     
  5. Neithan

    Neithan Ele não sabe brincar. Ele é Mito

    Até por que, Tolkien não era talentoso, era um gênio, Cristopher fez um ótimo trabalho editando Silma, Contos e tudo mais, mas o SdA ja estava concluído, não vejo o que por ali...Faramir e Éowin, Sam e rosinha, isso ja era ouutra história...o título diz tudo: O Senhor dos Anéis, que era Sauron, com sua morte, só temos os finalmentes e fim. Senão teríamos uma história sem fim concordam? Pois iriam ficar curiosos para saberem o que aocnteceu com os netos de faramir....o SdA é completo!
     
  6. Vivi

    Vivi Parmandili of Thrones

    Eu gosto muito dos posts pra Primula, ela é batuta como diz a Joy, mas eu acho que tb tem que ser levada em consideração o talento que Tolkien tinha para transformar a sua vivencia e as suas imaginações em frases no papel, precisa ter uma certa sensibilidade pra fazer as palavras ficarem com um tom mágico.
     
  7. Elring

    Elring Depending on what you said, I might kick your ass!

    Posso estar enganado, mas nunca vi um escritor razoavelmente talentoso assumir ou continuar a obra literária do pai ou da mãe. Ser infuenciado é uma coisa, reeditar um livro é outra; agora "criar" uma parte dois é ser totalmente caça-níqueis e sem um pingo de vergonha. Claro, os editores aplaudiriam efusivamente. Só eles.

    Por mais que um autor repasse detalhadamente sua estória para outra pessoa, jamais será 100% fiel ao que o escritor imaginou em sua mente.
     
  8. Danee

    Danee Demônio angelical

    Eu acho que não seria bom.. NADA bom...
    Nao consigo ver muita coisa interessante na vida do Sam, nem na santa paz de Valinor.
    A não ser que Tolkien tenha deixado idéias sobre como seria o fim da TM, mas um confronto, ou algo realmente grande. Mas acho que dps do Sda qualquer coisa que fisessem ficaria meio ensosso e forçado sabe?!
     
  9. Eriadan

    Eriadan Usuário Usuário Premium

    Eu acho que fanáticos o assassinariam alguns dias depois da publicação.
     
    Última edição: 20 Jun 2007
  10. Vainkan

    Vainkan Não sou um

    Está nos incluindo nisso Eriadan?
     
  11. Eriadan

    Eriadan Usuário Usuário Premium

    Talvez. :mrgreen:
     
  12. Neithan

    Neithan Ele não sabe brincar. Ele é Mito

    Eu estaria lá, com uma moto-serra!
     
  13. Tek

    Tek Girls tend not to like me

    Ah, pode ser que não ficasse tão ruim! Poderia ser ruim pelo fato de Christopher, e não John Ronald, continuar a história, mas não porque houve um continuação. SdA é continuação de OH! Então vocês dirão "mas OH deixou algo no ar: o Anel malvado ainda existia. SdA acabou e não sobrou problema a ser resolvido". Mas poderiam inventar outro problema! "Os hobbits, os Sacola-Bolseiros, também forjaram um Anel...":lol: É melhor eu parar por aqui antes que o Neithan decida vir com a moto-serra pra cima de mim:flag:
    Bem, mas é fato: problemas, guerras, conflitos sempre aparecem! Dá pra inventar alguma coisinha legal para vermos os filhos e netos de nossos heróis lutando! (Daramir e Araborg aprendendo a lutar, Éolyn e Marwen tomando chá das 5, fofocando....). Ih, a moto-serra!
     
  14. Neithan

    Neithan Ele não sabe brincar. Ele é Mito

    Mas não seria o SdA!! Seria o New Shadow, que Tolkien começou a escrever...
     
  15. Tek

    Tek Girls tend not to like me

    Não precisa ser SdA, precisa ser sua continuação. SdA é continuação de OH e as obras têm nomes diferentes. New Shadow é a continuação de SdA (certo?), mas com nome diferente.
     
  16. Rise from Darkness

    Rise from Darkness NightWalker

    Acho que seria igual a H. G. Wells... acho que só o bisneto de Tolkien poderia fazer isso...rsrs
     
  17. Elring

    Elring Depending on what you said, I might kick your ass!

    Para que tal façanha acontecesse, o gênio teria de convencer a família Tolkien com uma continuação "felomenal" e depois lançar um teaser na internet para testar a reação de fãs no mundo todo. Se, e repito, SE, o livro obtivesse a aceitação, ele poderia ser editado.
     
  18. Neithan

    Neithan Ele não sabe brincar. Ele é Mito

    O Sda não é bem uma continuação, vbasta ver a forma de escrita dos dois, o Hobbit é um conto infantil, SdA é um épico complexo e Magnifico. Seria uma continuação na ordem cronológica....e o NEw Shadow, outra continuação na ordem cronológica...continuação seria As duas torres, e depois o Retorno do Rei.
     
  19. Lady Nati

    Lady Nati ---

    Para mim,talento não é algo hereditário,mas sim uma coisa exclusiva de cada ser,ou seja algo único.

    Creio que seria muito interessante se houvesse uma continuidade da obra.
    Porém levariam tempos para que fosse concluida,mas se acontecesse seria mais interessante ainda,ver a reação do público ao ler,os fans no geral e a crítica.
     
  20. Neithan

    Neithan Ele não sabe brincar. Ele é Mito

    Ao meu ver, o que poderia até ser feito por Christopher era continuar o New Shadow. Quem sabe ele não demostre um pouco da genialidade de seu pai?
     

Compartilhar