1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

E se Aulë não tivesse criado os anões???

Tópico em 'E Se...?' iniciado por Ardanos, 23 Jan 2008.

  1. Ardanos

    Ardanos Usuário

    O que seria da Terra Média sem os anões????
     
  2. Tuor

    Tuor Usuário

    Bastante coisa aconteceria. Por exemplo, não teria aquele conflito entre Thingol e os Anões de Ered Luin por causa da Silmaril pega por Beren; Mîn não teria enganado Túrin, como o fez; Eru não teria dado um puxão de orelha em Aulë; e um dos mais importantes, senão o mais: Bilbo não teria nunca saído do Condado junto com os anões em direção a Erebor. Sem isso, o Anel continuaria nas mãos de Gollum por sei lá quanto tempo até que caísse nas mãos de alguém que poderia ser aquele que revelaria o Anel a Sauron.
     
    • Ótimo Ótimo x 1
  3. Palando

    Palando Mago Azul

    Ou tudo poderia ser bem diferente mesmooo.
    Pensem bem sem os anões Thingol não iria morrer, sendo assim o reino de Melian e seu cinturão nunca seriam quebrados, logo então eu queria ver se Sauron, tendo em vista como Melian se portava com o mesmo, teria capacidade de tentar enganar o povo élfico e ter forjado o um anel sabendo que Melian protegeria seus reinos e ela nunca precisou de um anel nem de nenhum artifícer para mostrar quem manda em seus dominios, logo então Sauron teria achado dificuldades em tomar a terra média´.Aliás acho que ele não arriscaria nem sequer uma icursão contra os númenorianos sabendo que deixar elfos tão poderosos na terra média sozinhos e sem vigia poderia ser sua ruina pois bem fala que no momento em que Sauron foi ao posto numenoriano ele deixou seu anel em mordor, na segurança de sua fortaleza em bharad-dhur.E digo mais é só pensar mais alto ainda... Eles não teriam escavado as porras das minas de mória e acordado a besta fera lá ^^ sendo assim gandalf estaria vivo e quem sabe boromir tbm. Queria ver aqueles orcs asquerosos lutar com boromir ao mesmo tempo q ganfdalf, aliás queria ver a sociedade se separar.

    Quem precisa dos anões uashuahauhsuhasauahs '' o povinho mal educado viu...

    Zuera ... a historia teria empobrecido muito sem eles. :D
     
  4. Gerbur Forja-Quente

    Gerbur Forja-Quente Defensor do Povo de Durin

    Sem anões?
    Glaurung teria vencido aquela batalha e guerra, que seria a última, pois contra tal poder os elfos pouco podiam. Morgoth seria de fato Rei Supremo da Terra-Média. Pois sem Azaghâl e Belegost, Glaurung teria acabado com todos os eldar na Terra-Média naquele exato instante.
    Talvez, antes mesmo disso. Talvez Morgoth nem precisaria criar Glaurung e os dragões, pois sem os anões, o armamento de elfos e homens seriam muito mais empobrecidos, e não só: Doriath e principalmente Nargothrond seriam muito mais fracas e cairiam à sombra do leste muito mais cedo.
    Sem contar é claro, que não haveria nem sol, nem lua.
    É, sem os khazâd a Terra-Média seria muito diferente, pois sem os anões a Terra-Média não teria elfos, homens ou hobbits. Seria apenas sombra e caos.
     
  5. Palando

    Palando Mago Azul

    Amante de anão :blah:
     
  6. Finwë Fëfalas

    Finwë Fëfalas Nas Echoriath...

    Sem os Anões teria que mudar radicalmente a história de O Hobbit, seria muito diferente, aliás, mudaria tudo.
    Metade dos livros de Tolkien seriam praticamente retirados só pelos Anões. É a mesma coisa que falar em tirar os Elfos, que pesa mais ainda.

    Os Anões são fantásticos, sem eles não teria muita graça na história.
     
  7. Guga_theOld

    Guga_theOld Excluído a pedido

    Bom, para saber o que iria acontecer, teremos que saber as coisas que seriam evitadas, já que os anões não iriam existir.

    Colocarei um texto e veremos as possibilidades que seriam evitadas através da não existência dos anões.

    Este é um texto bem resumido!

    Moria

    Primeira Era
    Esse reino fora fundado por Durin, o Imortal muito antes da criação do Sol e da Lua. Durin havia despertado no Monte Gundabad não muito depois dos Elfos, e foi o mais velho dos Sete Pais dos Anões, tendo grande proeminência entre eles.

    Do Monte Gundabad, o clã de Durin foi para o sul sob ataque de orcs de Morgoth, e Durin encontrou um vale sobre o qual se erguiam três montanhas cintilantes de neve, e no qual havia várias pequenas cachoeiras que desaguavam num lago ovalado, que parecia mágico: "Lá brilhavam estrelas como jóias nas profundezas, muito embora o sol brilhasse no céu". Durin então nomeou o lago de Kheled-zarâm, o Lago-espelho. Os três picos que sombreavam o lago eram Barazinbar, ou Caradhras, Zirakzigil, ou Celebdil e Bundushathûr, ou Fanuidhol.

    Os descendentes de Durin ergueram um monolito cheio de runas no exato lugar em que ele havia primeiramente contemplado o Lago-espelho, e, mesmo que as runas tivessem sido apagadas pelo tempo, a influência de Durin, o Imortal jamais foi esquecida. Moria cresceu em tamanho e população nos tempos de Durin, até que tornou-se o maior reino dos Anões, e isso se deu mesmo antes da Volta dos Noldor.

    Depois da morte de Durin, a reputação de seu reino continuou a crescer, não apenas por ser seu povo descendente do mais velho dos Sete Pais dos Anões, nem pelo tamanho do reino, mas porque somente lá se encontrava Mithril, a Prata dos Anões, ou Prata Verdadeira, um metal muito mais caro e cobiçado que o ouro.

    Segunda Era
    Depois da destruição de Beleriand, muitos Anões das cidades arruinadas de Nogrod e Belegost se refugiaram em Khazad-dûm, aumentando ainda mais seu poderio, e junto com uma aliança com Humanos, os Anões venceram facilmente os Orcs, aumentando sua área de domínio.

    Com a fundação do reino de Eregion a oeste de Moria, os Elfos e os Anões mantiveram relações amistosas. Inclusive muitos elfos auxiliaram no desenvolvimento dos salões de Khazad-dûm, tornando-a muito mais bela neste período. Celebrimbor (neto do elfo Noldorin Fëanor) e Narvi fizeram juntos os Portões Oeste. Essas portas permitiram que a Senhora-élfica Galadriel passasse para o leste de modo a consolidar seu reino, Lothlórien.

    Os Portões Oeste e os Grandes Portões continuaram como os únicos conhecidos, mas se provaram úteis durante a Guerra dos Elfos e de Sauron, o Segundo Senhor do Escuro, na metade da Segunda Era: depois de vencer os elfos de Eregion, as hostes de Sauron foram surpreendidas por um ataque maciço de Anões de Khazad-dûm, que se retiraram para trás dos portões de Narvi quando seu propósito foi atingido. Depois disso, Sauron passou a odiar Khazad-dûm e atacá-la sempre que possível. Embora encontrasse grandiosa resistência, o povo de Durin passou a diminuir.

    Terceira Era
    Com a primeira derrota de Sauron Khazad-dûm pode de certa forma se recuperar, e somente 1300 anos depois os ataques de orcs recomeçaram. Mas o perigo de fora não era o maior: como as minas de Mithril mais superficiais haviam se esgotado, os Anões cavaram mais fundo, acabando por despertar um demônio de Morgoth, o Primeiro Senhor do Escuro: um Balrog. Esse balrog acabou matando o Rei Durin VI, e seu filho, Náin. Os Anões não conseguiram vencê-lo, e fugiram então para Erebor. Esse balrog ficou conhecido como A Ruína de Durin. Khazad-dûm ficou deserta, e os elfos aí a renomearam Moria. Os Orcs das Montanhas Nbulosas se alojaram lá, provavelmente por ordens de Sauron.

    Muitos séculos depois, despachado de Erebor pelo Dragão Smaug, Thrór, herdeiro de Durin tentou recuperar Moria, mas foi assassinado pelo chefe Orc Azog. Houve uma Batalha, a Guerra dos Anões e Orcs, na qual Azog foi decapitado por Dáin II, Pé-de-ferro. No entanto, os Anões sofreram grandes perdas e não ousaram enfrentar a Ruína de Durin. Os Anões tiveram de queimar seus mortos já que não dispunham de criptas suficientes. Depois disso, Thrór, filho de Thráin II tentou recuperar as minas, mas Dáin o impediu e profetisou que um poder que não era dos anões deveria chegar antes que o povo de Durin pudesse retornar a Moria.

    Perto do fim da Terceira Era, o Anão Balin trouxe alguns companheiros para tentar reabrir a cidade, mesmo contra o desejo do Rei. No início tudo deu certo, mas cinco anos depois os Orcs destruíram a cidade. O Rei Dáin foi por duas vezes visitado por mensageiros de Mordor, a mando de Sauron, que dizia devolver três dos Anéis dos Anões se ele ajudasse na procura do Um Anel.

    A Sociedade do Anel passou pelos Portões de Narvi no ano 3019 da Terceira Era, e à essa epóca os Grandes Portões já estavam desmoronados. Uma grande parte do subterrâneo estava inundada e inacessível, e eles contavam que a maioria dos orcs já devesse ter sido morta durante a Batalha dos Cinco Exércitos, mas eles tiveram de enfrentar um grande número de orcs e um Troll, antes de encontrar com a própria Ruína de Durin, contra qual Gandalf lutou, e os dois, Balrog e Mago caíram no abismo. O resto da Sociedade conseguiu escapar, e Gandalf e a Ruína de Durin continuaram sua batalha épica longe de outros olhos, nas profundezas de Moria.

    Quarta Era
    Mesmo depois de seu exílio de Khazad-dûm, os Anões nunca deixaram de ansiar por seu reino, mesmo depois de mil anos terem passado. Com a morte do Balrog, a Ruína de Durin, o caminho estava livre para que eles a reconquistassem, e consta que em algum século da Quarta Era, Durin VII liderou seu povo de volta para seu reino, conseguindo recuperar algumas antigas riquezas da antes poderosíssima Khazad-dûm.



    Possibilidades:

    Melkor, não atacaria Monte Gundabad;

    Muitas preciosidades não seriam descobertas pelo os Anões, talvez ela nunca seriam achadas por ninguém;

    Khazad-dûm não seria construida;

    Os Portões Oeste de Moria não seriam construídos, sendo assim Galadriel não iria passar pelo o Leste;

    O demônio de Morgoth não seria despertado pelo os anões, sendo assim, Gandalf continuaria o Cinzento, e a Sociedade não passaria por Moria;

    Não seria dado para anões os Sete Anéis.

    Não deu para falar muito, mas o que acho que mudaria mais é o fato que Gandalf continuaria ser o Cinzento, não tendo possibilidades de lutar contra Saruman, Saruman podaria atrapalhar a Sociedade e muito.

    A Sociedade não passaria por Moria, por onde ela então passaria?
     
  8. Almirante Ackbar

    Almirante Ackbar Usuário

    Não vamos crucificar os anões, por acaso um filho tem culpa da mãe se p***?

    Aulë não criou os anões com más intenções...

    Gebur Forja-Quente definiu bem a falta dos anões!
     
  9. msadock

    msadock Banned

    Os anões são como Gollum. Mesmo não kerendo, eles foram sem dúvida um dos mais importantes elementos.
     
  10. Iracema

    Iracema Usuário

    Muita coisa bela não teria existido se os anões não fossem criados por Aulë.
    Mesmo com a personalidade marcante e muitas vezes teimosos e rudes,eles de certa forma contribuíram para deixar a terra média mais bela,com suas cavernas bem trabalhadas,entre outros!
    Eram seres talentossísimos!!!!!!!
    :abraco:
     
  11. Tarik Khalil

    Tarik Khalil Usuário

    É interessante que sempre que eu vejo alguem tentando fazer uma analise da obra os anões ficam em segundo plano por serem sempre coadjuvantes e em poucas épocas terem tido grande participação, mas podemos ver que caso eles não tivessem existido a história ou seria empobrecida em alguns pontos tornando certos acontecimentos mais faceis ou teria permitido dominio supremo do Primeiro Senhor das Trevas sobre a Terra Média.
     
  12. Dáin-Pé-de-Ferro

    Dáin-Pé-de-Ferro Citando posts esquecidos

    Sem os anões, Thingol não teria morrido tão cedo, os Dragões teriam tido maior sucesso, teriam ficado para apoiar, talvez, Sauron, Bilbo não teria achado o Anel, não haveria Batalha dos Cinco Exércitos, o Norte pulularia de Orcs, Beorn morreria, um monte de equipamentos não existiria, o ataque de Sauron no Norte teria destruído Valfenda, A Sociedade não teria se formado, Nargothrond não teria existido, a Guerra do Anel seria perdida. E mais algumas coisas.
     
  13. GasparG

    GasparG Guardião das Tradições

    Pura verdade.
    A historia simplesmente não seria mudada mais sim perdido um pouco do seu brilho..
    Afinal eles tiverem papeis pequenos se comparado a Elfos e Homens mais mesmo assim seus atos tiveram grande importância em Arda.

    A lista de coisas mudadas na historia sem ele é enorme...
     
  14. Com certeza a Terra-Média seria mais triste, eles são tipo de personagem que nos ensinam a vencer as dificuldades... Não teria a menor graça!
     
  15. Mariana Hoffmann

    Mariana Hoffmann Meldanë

    Seríamos privados de conhecer esta espécie tão maravilhosamente digna de admiração por saber reconhecer coisas belas, além de não podermos conhecer as coisas belas que eles criaram, pois suponho eu que são os anões a espécie que mais fundo escavou a terra para de lá extrair riquezas, que nem seriam conhecidas se não fossem eles!!!!
     
  16. Foxwulf

    Foxwulf Banned

    A Terra Média ficaria conhecida como a Terra dos Bambis saltitantes... Nem preciso falar nada dos elfos... Dos hobbits só se salva o Bilbo "Chuck Norris" Bolseiro, e o Urratouro... Fora isso, bom, Frodo, Sam, Pippim e Merry já dizem tudo.

    Dos homens, poucos se salvam, como o Boromir, o guerreiro fodão. Mas são fracos demais.

    Balin, Thorin, Azaghâl e Gimli mostram que na Terra Média tem cabra homi.
     
  17. Almirante Ackbar

    Almirante Ackbar Usuário

    Essa foi boa:lol::lol::lol::lol::lol:
     

Compartilhar