1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

E se as Silmarils jamais existissem?

Tópico em 'De Fã Para Fã' iniciado por Olórin of Lórien, 10 Dez 2007.

  1. Então galera, quero saber o que vocês acham: além de jamais ter acontecido o mar de sangue e desgraças chamado Quenta Silmarillion, o que aconteceria se Fëanor jamais tivesse tido a idéia de criar as famosas jóias com a luz das Duas Árvores?
     
  2. Arwan

    Arwan Usuário

    Sem as Silmarils, não haveriam todas as batalhas que ocorreram por causa do juramento de Fëanor, os noldor não sairiam de valinor e assim Morgoth, provavelmente reinaria livremente na TM, já que sem os elfos por lá ele não enfrentaria resistência..
    E além disso, Beren não teria morrido..:osigh:
     
  3. Menegroth

    Menegroth Bocó-de-Mola

    Movido para o Dfpf.
     
  4. Nica Tinúviel

    Nica Tinúviel Usuário

    Mas Feanor é assim porque roubaram as Silmarils dele, e mataram seu pai...
     
  5. ALF

    ALF The Proudest Monkey!!

    Sem as Silmarils a coisa toda porderia ter ficado assim:
    01 - Fëanor seria BEM menos arrogante, talvez eu até seria mais simpático com ele;
    02 - Não haveria um juramento estúpido (a estupidez está no fato de ter sido feito por um, em nome de todos os Noldor) feito por um Elfo prepotente (viu, eu poderia ser mais simpático com ele), que levou a morte muitos dos melhores Noldor em seu amaldiçoado cumprimento;
    03 - Não haveira o fraticídio em Alqualondë;
    04 - Talvez os Noldor não tivessem deixado Valinor, mas, vale lembrar que, Morgoth já havia semeado a discórdia entre os Elfos e a maioria deles estava com a idéia fixa de que eram escravos alí enquanto poderiam ter suas próprias terras para governarem na Terra-média;
    05 - Thingol teria governado por mais tempo o reino de Doriath e teria resistido ao domínio de Morgoth, mais provável que ninguém chegasse a conhecer o verdadeiro local do Reino Escondido e este caísse no esquecimento durante Eras até ressurgir, por algum motivo importante qualquer, ou sumir para sempre, por um outro motivo qualquer mais importante ainda;
    06 - De uma forma ou de outra, os Valar não abandonariam os Elfos que permaneceram na Terra-média e nem os Homens ao destino cruel de serem massacrados e dominados por Morgoth. Então existiria uma enorme possibilidade de os Valar, junto com os Eldar, saírem em auxílio dos moradores da Terra-média. Aqui, (se os Noldor tivessem se livrado da influência de Morgoth e ficado em Valinor) poderia voltar à memoria dos Noldor as mentiras de Morgoth e, independente do resultado da batalha contra Morgoth (mas supondo uma derrota do lado negro da força), eles poderiam decidir ficar e conduzirem seus próprios reinos. Os Valar ficariam sentidos com a decisão, mas não os obrigariam a voltarem com eles para Valinor;
    07 - No lugar dos Eldar, os Edain seriam convidados a morarem nas Terras Imortais e não haveira a necessidade da existência de Númenor; (Tá.... viajei legal nessa, passagem só de ida e sem previsão de escalas, mas seria interessante)
    08 - As Terras Imortais não teriam sido removidas das esferas do mundo até a revolta de Númenor, caso a opção acima não tivesse sido cogitada nem de longe pelo mais desmiolado dos Maiar ou até mesmo um Vala de coração mole;
    09 - A influência dos Eldar sobre os Edain em Númenor teria sido maior, mais intensa e, talvez evitasse que Sauron os lançasse contra os Valar;
    10 - Como os Eldar eram os mais velhos e mais sábios dentre os moradores da Terra-média, talvez eles resolvessem manter Sauron em cativeiro e fossem eles os corrompidos pela astúcia e malícia do Inimigo. Teriam motivos de sobra... os Valar preferiram levar os Edain para a terra que fora deles muito tempo atrás equanto eles foram deixados na Terra-média para viverem num mundo em constante conflito e mais uma tonelada de blá-blá-blá... que brotaria da mente perversa de Sauron.

    Acho que até aqui eu já baguncei com a idéia original o bastante mas, por mais que eu pense em novas possibilidades, ainda existiriam guerras, discórdias e tudo o que houve. Talvez isso fosse uma condição inerente de toda a Terra-média, arriscaria dizer que até de toda Eä. Tudo bem que, desde a criação das Silmarils, o destino do mundo havia sido ligado à sua existência e futura maldição mas sempre se chegaria ao mesmo final, a diferença estaria nos acontecimentos no decorrer do tempo. Talvez houvessem só uma ou duas Eras do Sol, Fingolfin, Fëanor e companhia limitada durassem até o fim dos tempos entre os vivos e não esquentando o banco nas moradas de Mandos vendo tudo pelo telão de plasma de chossentas polegadas e comendo uma pipoquinha...
     
    • Ótimo Ótimo x 2
  6. Nerdanel

    Nerdanel Usuário

    É, como o ALF disse, não haveria o Juramento, não haveira o fraticídio em Alqualondë, talvez não haveria a Maldição de Mandos, etc etc etc...
    Nossa, o ALF já disse praticamente tudo!
     
  7. Tarik Khalil

    Tarik Khalil Usuário

    ALF falou sobre tudo ou quase tudo...

    O mais importante é: Sem Silmarilis: Sem Silmarilion... Sem Curse of Fëanor, Into the Storm xD.

    Fingolfin não teria peitado Morgoth em não teriamos Time Stands Still... pensando bem não teriamos Nightfall In Midle Earth... os mundos ( o nosso e Eä ) seriam lugares mais sombrios.
     
  8. Finwë Fëfalas

    Finwë Fëfalas Nas Echoriath...

    Uma série de fatores aconteceria se Fëanor não tivesse criado as Silmarils.
    É um pensamento que não sabemos ao certo mais tentamos chutar o certo.
    Porque mudaria o quadro de tudo.
    Porém não temos o direito de fazer isso a não ser; Tolkien.
     

Compartilhar