• Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dúvidas a Respeito dos Livros

Dostoiévski

Usuário
Em “A Sociedade do Anel”, no capítulo Fuga para o Vau há uma passagem marcante e interessante.

Na perseguição a Frodo pelos Nove Cavaleiros, diz-se o seguinte:
Naquele momento, houve um trovão e um estrondo: um ruído enorme de águas fazendo rolar muitas pedras. Com a visão embaçada, Frodo conseguiu distinguir o movimento do rio embaixo dele se levantando, e descendo seu curso veio uma cavalaria emplumada de ondas brancas. (...) Os três Cavaleiros que ainda estavam na água sucumbiram: desapareceram, subitamente cobertos pela espuma furiosa. Os que estavam atrás recuaram, com medo.
Em Silmarillion referindo-se a Ulmo:
...pois a chegada do Rei dos Mares era terrível, como uma onda que se agiganta e avança sobre a terra, com elmo escuro e crista de espuma...
A julgar por essa semelhança, pode-se afirmar que houve a intervenção de Ulmo ou de Ossë, vassalo de Ulmo em favor de Frodo?

Segunda pergunta.
Por que Melkor odiava e temia a Varda mais do que qualquer outro ser criado por Eru?
 
Última edição:

Snaga

Usuário não-confiável!!!
A julgar por essa semelhança, pode-se afirmar que houve a intervenção de Ulmo ou de Ossë, vassalo de Ulmo em favor de Frodo?´
Não.
A "magia" foi feita por Elrond. Ele controlava o rio, provavelmente com a ajuda do Anel que possuia.

Já as espumas em forma de cavalaria, foram "um brinde" de Gandalf. Ele mesmo diz isso à Frodo, se não me engano.

Segunda pergunta.
Por que Melkor odiava e temia a Varda mais do que qualquer outro ser criado por Eru?
Varda era a Luz, enquanto Melkor era o Escuro.

Eles eram os opostos por excelência, tanto que Varda foi a única que o desafiou após a queda das Lamparinas, quando a Valië esculpiu nos céus a Valacirca, a Foice dos Valar.
 

Dostoiévski

Usuário
Não.
A "magia" foi feita por Elrond. Ele controlava o rio, provavelmente com a ajuda do Anel que possuia.

Já as espumas em forma de cavalaria, foram "um brinde" de Gandalf. Ele mesmo diz isso à Frodo, se não me engano.


Varda era a Luz, enquanto Melkor era o Escuro.

Eles eram os opostos por excelência, tanto que Varda foi a única que o desafiou após a queda das Lamparinas, quando a Valië esculpiu nos céus a Valacirca, a Foice dos Valar.
Entendi o que disse. Mas, já que você citou Elrond com sua "magia", não podemos ligar esse evento a uma possível súplica de sua parte a Ulmo? Porque eu não encontrei essa parte de Gandalf diz a Frodo que lhe ofereceu um brinde, como você diz. =]

Sobre Varda, muito obrigado por me ajudar a entender.
Obrigado por sanar minhas dúvidas!
 

Café

O importante é o que importa
Entendi o que disse. Mas, já que você citou Elrond com sua "magia", não podemos ligar esse evento a uma possível súplica de sua parte a Ulmo? Porque eu não encontrei essa parte de Gandalf diz a Frodo que lhe ofereceu um brinde, como você diz. =]

Sobre Varda, muito obrigado por me ajudar a entender.
Obrigado por sanar minhas dúvidas!
Dostoiévski, segue a parte em que Gandalf afirma que as ondas foram sua obra e a enchente obra de Elrond:

"{...} Elrond a comandou - respondeu Gandalf. - O rio sob este vale está sob o seu domínio, e pode se levantar em ira quando há uma grande necessidade de barrar o Vau. Assim que o capitão dos Espectros do Anel cavalgou para dentro da água, a enchente foi lançada. Se é que posso dizer isso, acrescentei uns toques próprios: você pode não ter notado mas algumas das ondas tomaram a forma de grandes cavalos brancos com cavaleiros brancos e brilhantes, e haviam muitas pedras que rolavam e se esfacelavam. Por um momento, pensei termos liberado uma ira muito intensa, e que poderiamos perder o controle da enchente, que os carregaria para longe..." (O Senhor dos Anéis - A Sociedade do Anel)
 

Skywalker

Great Old One
A intervenção dos Valar na 3ª Era era bem mais sutil do que durante a 1ª, principalmente por causa dos eventos que levaram à destruição de Númenor.

Dificilmente Ulmo interviria nesse caso, ainda mais porque o Gandalf fala especificamente a respeito desse evento, como disse o Snaga.
 

Pityë Lómelindë

numa Gondolin imaginária
Creio que o Snaga respondeu os questionamentos com perfeição.:joinha:

Só gostaria de acrescentar que os sentimentos de Melkor em relação aos outros eruhin eram, em parte, semelhantes e, em parte, diversificados. Por exemplo, ele invejava e desejava as criações de Aulë, mas também invejou e desejou o que Fëanor criou: as Silmarills. O ódio que ele dedicava a Varda era também dedicado a tudo que havia de belo, verde, brilhante e especial no mundo, independente se a criação era de um Vala ou do próprio Eru (como os homens e os elfos). Acho que o que muda é a intensidade, mas os sentimentos são maldosos e cruéis com todos do mesmo jeito. :yep:
 

Dostoiévski

Usuário
Dostoiévski, segue a parte em que Gandalf afirma que as ondas foram sua obra e a enchente obra de Elrond:

"{...} Elrond a comandou - respondeu Gandalf. - O rio sob este vale está sob o seu domínio, e pode se levantar em ira quando há uma grande necessidade de barrar o Vau. Assim que o capitão dos Espectros do Anel cavalgou para dentro da água, a enchente foi lançada. Se é que posso dizer isso, acrescentei uns toques próprios: você pode não ter notado mas algumas das ondas tomaram a forma de grandes cavalos brancos com cavaleiros brancos e brilhantes, e haviam muitas pedras que rolavam e se esfacelavam. Por um momento, pensei termos liberado uma ira muito intensa, e que poderiamos perder o controle da enchente, que os carregaria para longe..." (O Senhor dos Anéis - A Sociedade do Anel)
Muito obrigado, Cafe! Essa parte passou desapercebido por mim. É bom compartilhar minha dúvidas com vocês, porque são feras em se tratando de Tolkien.
 

Valinor 2020

Total arrecadado
R$1.495,00
Meta
R$4.800,00
Termina em:
Topo