• Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dúvida sobre Lúthien

Mithrellas

Usuário
Oioi gente..

Hm...queria que alguém me explicasse uma coisinha...quando Beren e Luthien voltaram, eles não voltaram sendo humanos??

Tah, até aí é uma duvida, depois, o que Tolkien quis dizer com "E Lúthien foi a Menegroth e curou o inverno de Thingol com um toque de sua mão."?

Tipo, isso foi num sentido simbólico, tipo, ela voltou lá, o viu e ele meio que descongelou a sí proprio, amenizou sua dor e pá, ou foi num sentido tipo, "mágico", assim, ela curou algo físico, tipo um inverno de verdade, ou foi simbólico?

E, caso tenha sido num sentido físico e tals, e ela tivesse voltado como humana, como ela conseguiu fazer algo desse nipe? tipo, usar magia e pá?

Nossa, quantos "se" hehehe :roll:

Brigadinha desde já,
 

Tilion

Administrador
Ela nunca deixou de ser elfa. Ela apenas fez a famosa "escolha", abdicando de sua "imortalidade", para fazer parte do destino dos homens, por amor a Beren.

Ela voltou como elfa e, ao morrer novamente, teve o destino dos homens no pós-vida (que é desconhecido de todos).

Eis um trecho no final do cap. De Beren e Lúthien no Silma que se refere à segunda morte dela: (...) "Por isso é que somente ela de todos os eldalië morreu de fato, e deixou o mundo há muito" (...)

Quanto ao Thingol, creio que foi algo simbólico mesmo, realizado pela alegria dele ao ver a filha de novo. Mas o toque dela também pode (e é bem provável que isso tenha acontecido) ter exercido um efeito restaurador em um sentido mais "mágico", devido à sub-criatividade inata dos elfos.

Mesmo assim, prefiro ver esse episódio pelo lado mais poético do mesmo. :wink:
 

Sercelda

Usuário
É pode crer.

O fato da pessoa "escolher" ter o destino dos homens não significa que ela perde suas habilidades. O caso de Luthien foi assim, quando ela "voltou" ela continuou a mesma Luthien, com a mesma beleza, os mesmos pensamentos e inclusive as mesmas habilidades onde está incluída a capacidade sub-criativa. Eu imagino que o toque de Luthien em Thingol ouve algo a mais do que apenas a alegria de Thingol rever sua tão amada filha. A Luthien tinha uma coisa muito poderosa, do tipo iluminava o ambiente onde estava, chamava a atenção, algo inato dela, mas "magico". Talvez só o fato dela voltar, dela estar presente, foi necessário para que a tristeza de Thingol fosse embora... sacas???
 

Valinor 2020

Total arrecadado
R$50,00
Meta
R$4.800,00
Termina em:
Topo