1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Dúvida : Sendas dos Mortos

Tópico em 'J.R.R. Tolkien e suas Obras (Diga Amigo e Entre!)' iniciado por Anonymous Inc., 16 Jan 2003.

  1. Anonymous Inc.

    Anonymous Inc. Usuário

    Bom ... sou novato e tenho uma dúvida! Estou lendo O Senhor dos Anéis pela segunda vez e estou na parte em que Aragorn passa pela Fenda dos Mortos, mas eu queria saber o seguinte, ele realmente convoca mortos ou é uma metáfora? Me desculpem se eu estou fazendo uma pergunta "boba", é que realmente eu fiquei perdido!
    Qualquer opinião é bem vinda!
    Valeu
     
  2. Fëaruin Alcarintur ¥

    Fëaruin Alcarintur ¥ Alto-rei de Alcarost

    Bem vindo caro Anonymous.
    A Sendas (nãos Fendas) dos Mortos realmente são de um exército de homens mortos, que foram amaldiçoados como castigo.

    Na Guerra da Última Aliança esse exército jurou a Isildur ajudar os exércitos da Aliança. Mas na hora do vamo ver, ele "deram o cano". Assim, Isildur os amaldiçoou a ficarem "presos" nas Sendas até que eles cumprissem sua palavra. Ou seja, ajudar Gondor numa guerra contra Sauron, que foi o que aconteceu no final da Terceira Era.
    Aragorn levou-os para a Guerra e essa foi a "redenção" deles, com a qual eles finalmente conseguiram o perdão e o descanso.

    Certim?? :wink:
     
  3. Anonymous Inc.

    Anonymous Inc. Usuário

    Certim Fëaruin Kanon Alcarintur, muito obrigado pelo esclarecimento!!! :D
     
  4. Olwë

    Olwë Usuário

    A questão que eu qcho mais interessante nessa parte da história é que Aragorn "suja as mãos" para vencer Sauron. Ao contrário da maior parte dos heróis das mitologias que Tolkien tanto gostava que não trocavam a honra pela vitória, Aragorn pega pesado, faz o que precisa fazer e... ganha a guerra.
     
  5. -=|Nemesis|=-

    -=|Nemesis|=- Usuário

    Olwë falou uma verdade....Aragorn recorreu a ajuda dos mortos e foi a um lugar que assustava todos os povos da Terra-Média...mesmo os elfos sentiam a presença dos espirítos no lugar...os animias...tudo.
    O cara realemnte queria ganhar a guerra :|
     
  6. É por isso q eu adoooooorooooooooooooooooo o :grinlove: Aragorn :grinlove: !
    ekeé um verdadeiro herói!
     
  7. Skywalker

    Skywalker Great Old One

    Ele fez o que tinha que ser feito. Os mortos estavam em débito para com GOndor. O Aragorn apenas cobrou a dívida. E eu questiono se ele queria ou não ganhar a guerra... :obiggraz:
     
  8. Olwë

    Olwë Usuário

    A idéia de que Aragorn "sujou as mãos", ao convocar os perjuros não é minha.
    Cito em Comentários Sobre "O Senhor dos Anéis"; "Uma Introdução à Obra Maior de Tolkien"
    por Enerdhil (Hypolito José Kalinowski), a seguinte passagem:

     
  9. Swanhild

    Swanhild Usuário

    Skywalker, acho que ele queria ganhar sim. A iniciativa de olhar no palantír ele tomou sozinho, e essa inciativa foi o estopim da guerra. A questão é por que ele queria ganhar a guerra. Não era por si mesmo, ele não se importava realmente em recuperar os reinos antigos para si e menos ainda em adquirir poder com isso. Ele queria ganhar a guerra por causa da Arwen.

    Olwë, tem um artigo do Martinez (traduzido na Valinor) que argumenta que a necromancia era uma arte do Inimigo. Acho que é com base nesse argumento que o Enerdhil diz que o Aragorn sujou as mãos, já que ele convocou os mortos.
     
  10. The Dark Elf

    The Dark Elf Usuário

    Algumas duvidas e comentarios!

    claro q Aragorn queria ganhar a guerra, mas mesmo com os mortos (q soh serviram pouco... q me lembre, soh pra derrotar os corssarios...) a guerra naum seria vencida atravez de batalhas... mesmo q os mortos ainda sim ajudassem dentro de mordor

    otra coisa... se A guerra acabasse sem os mortos serem invocados (tanto faz qual lado fosse o vencedor) esses mortos continuariam presos ou algo do genero (interrogação)
     
  11. Pandatur

    Pandatur Usuário

    Se eles não fossem convocados eles permaneceriam "presos" ao mundo, pois não cumpririam o juramento.Mas vale lembrar que um vidente (não lembro o nome), previu que Aragorn levaria os Mortos para a Guerra e os libertaria.Uma dúvida que eu tenho, é a seguinte....os mortos convocados eram "esqueletos", sombras negras, ou espectros invisíveis com armaduras e armas(tipo os nazgûl)?
     
  12. Eru- o Ilúvatar

    Eru- o Ilúvatar Usuário

    Não acho que sujou as mãos... Foi quitar uma dívida... E mais, todo mundo saiu feliz: Os mortos se viram livre da maldição (se alguém pegou pesado foi o Isildur), o Aragorn conseguiu a vitória alí (aliás liberou eles cedo), Gondor acabou resistindo, os reforços chegaram a tempo, e o Olho ficou com insônia sem conseguir piscar... :D

    Fui!
     
  13. The Dark Elf

    The Dark Elf Usuário

    otima duvida
    pena q eh puramente expeculatica....
     
  14. Fëaruin Alcarintur ¥

    Fëaruin Alcarintur ¥ Alto-rei de Alcarost

    Entre essas alternativas que vc citou, eu votaria na dos espectros. Era a mais provável, apesar de que poderiam ser algo como as Criaturas Tumulares.
    Mas as Sendas dos Mortos levantavam um medo incondicional, talvez fossem espectros, talvez semelhantes aos nazgûl, de certa forma.

    O homem que previu que o Herdeiro de Isildur iria às Sendas foi Malbeth, o Vidente, ele viveu em Arthedain nos seus últimos anos. Além de previr que Aragorn passaria pelas Sendas, ele também previu que Arvedui seria o último rei de Arthedain.
     
  15. Eu acho que os mortos estavam em dívida com os homens, não com Gondor.

    Como disse o Legolas na página 49 do Livro V,
    Os Mortos estão nos seguindo. Vejo vultos de homens e cavalos, e pálidas bandeiras como retalhos de nuvens, e lanças como arbustos hibernais numa noite de névoa. Os Mortos estão nos seguindo...
    Mas, na página 146, Aragorn conta o que aconteceu:
    "E então, o Rei dos Mortos apresentou-se à frente do exército, quebrou sua lança e a jogou no chão. Depois, fez grande reverência e virou-se..."

    Portanto, eu creio que o exército era como uma grande sombra, mas se vc olhasse atentamente poderia ver formas...
    E o Rei dos Mortos deve ter imagem próxima aos Nâzgul, vistos como Frodo os viu no Topo do Vento...
     
  16. -=|Nemesis|=-

    -=|Nemesis|=- Usuário

    Na minha opinião, eram espectros. E isso fica meio que claro pela descrição do livro.
     
  17. Gildor

    Gildor Usuário

    Sim, muito interessante esse ponto de vista. Nunca tinha enxergado a coisa por esse ângulo, o que me faz admirar ainda mais a história. Em vez de mergulhar no estereótipo do "herói-sempre-certinho", Tolkien colocou essa pitada sutil de "sujeira" na ação do Aragorn. 8-)
     
  18. Fëaruin Alcarintur ¥

    Fëaruin Alcarintur ¥ Alto-rei de Alcarost

    É por isso que eu gosto do Aragorn. O cara vai e faz o que tem que fazer, tenta de tudo quanto é jeito, mas faz.
    Lembra-me até, de certa forma, a mais famosa das citações teóricas de Maquiavel: "Os fins justificam os meios.".

    Mas claro que não com tanta radicalidade, só lembra. :wink:
     
  19. Swanhild

    Swanhild Usuário

    Eu acho que os Mortos eram um tipo de espectros. Há várias descrições deles no livro que indicam que eles tinham uma forma meio etérea. Mas tem um grande problema em dizer que eles eram exatamente como os Nazgûl: Gimli podia vê-los. Quem conta a parte que o Rei dos Mortos quebra a lança é o Gimli, e ele diz que VIU o Rei fazer aquilo.

    Edit. Pensando um pouco mais nisso, acho que é uma pena. Se o Legolas tivesse relatado toda a história da viagem de Erech até Minas Tirith, daria para a gente dizer que os Mortos eram exatamente como os Nazgûl: humanos aprisionados durante séculos no mundo das sombras. Mas parte da história é contada do ponto de vista do Gimli, portanto não há essa possibilidade.
     
  20. Fëaruin Alcarintur ¥

    Fëaruin Alcarintur ¥ Alto-rei de Alcarost

    Como os nazgûl não creio que fosse. Ainda mais que o que eles eram, a "magia" contida em cada um dos dois era diferente. Nos nazgûl é a necromancia saurônica, enquanto nos Mortos, bem, eu não saberia dizer direito como é, uma maldição, sim, mas que tipo de "magia". Mas definitivamente não era algo com influência de Sauron.

    Talvez os mortos fossem espectrais, um tanto etéreos, como os nazgûl como são vistos com o Anel em utilização. Manifestações, formas fantasmagóricas de seres humanos.

    Não necessariamente deformados como zumbis ou cadáveres em estado de decomposição. Eles poderiam ser amedrontadores, mas em nenhuma menção é dito que eles são "horrendamente feios".
     

Compartilhar