1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Dúvida de Valarin

Tópico em 'Idiomas Tolkienianos' iniciado por Eriadan, 26 Nov 2005.

  1. Eriadan

    Eriadan Bears. Beets. Battlestar Galactica. Usuário Premium

    Tenho dúvida se os nomes dos Valar são de origem Valarin mesmo ou são nomes em Quenya conforme os altos-elfos os denominaram em Aman? Se for a 2ª opção, eu pergunto: existe algum nome conhecido em Valarin? :quest:

    Outra coisa: qual o significado do -, muito usado nos nomes primitivos? (Ingwë, Finwë, Elwë, Olwë...).

    E só + uma, se ñ for pedir demais :mrgreen: : Qual o significado de Oromë, Aulë, Mandos, Nienna, Tulkas, Eönwë, Ossë e Uinen? Valeu! :cerva:
     
  2. Slicer

    Slicer Não estava vivo no Dilúvio, mas pisei na lama.

    Nomes é o que mais tem. Só que eu não vou citar aqui todo o texto que o Gabriel já traduziu em
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Tenn' enomentielva!
     
  3. Aracáno Elessar

    Aracáno Elessar Nietzsche

    Nomes como Manâwenûz são de origem Valarin, adaptados de certa forma ao Alto-Élfico. [Manwë = O Abençoado*]
     
  4. Eriadan

    Eriadan Bears. Beets. Battlestar Galactica. Usuário Premium

    Aliás, pra quê que os Valar inventaram um idioma pra eles? Eles não podiam comunicar-se por uma espécie de fala mental, qual a utilidade de uma verbal também? :? Ou será que Tolkien já havia idealizado essa língua, e a considerava digna do maior dos povos? =]
     
  5. _Eldariel_

    _Eldariel_ Usuário

    Bem, eles podiam sim se comunicar de forma mental, mas se até a espécie mais imunda tinha uma língua, por que não criar uma para a raça mais elevada?

    Entendo que seja apenas uma alegoria.
     
  6. Slicer

    Slicer Não estava vivo no Dilúvio, mas pisei na lama.

    Vou colar aqui o primeiro parágrafo do texto cujo link coloquei acima:

    Os Valar criaram seu próprio idioma, indubitavelmente a mais antiga de todas as línguas de Arda. Eles não precisavam de uma linguagem falada; eles eram espíritos angelicais e podiam facilmente se comunicar telepaticamente. Mas como o Ainulindalë conta, "os Valar assumiram formas e matizes" quando entraram em Eä no início do Tempo. Eles se tornaram auto-encarnados. "A criação de uma lambe [língua] é a principal característica de um Encarnado", Pengolodh, o sábio de Gondolin, observou. "Os Valar, tendo se vestido desta maneira, inevitavelmente criariam uma lambe para si próprios durante sua longa permanência em Arda" (WJ: 397). Não havia dúvida de que este foi, de fato, o caso, pois havia referências ao idioma dos Valar na antiga tradição dos noldor.

    Suponho que foi respondida a pergunta agora. ^^


    Tenn' enomentielva!
     
  7. Acretido que Valar...seja uma palavra em quenya...tanto que no arquivo do curso de quenya existe esse exemplo para o plural...onde Vala=1 e Valar=vários...sendo o "r" o sufixo que representa o plural em quenya...
     
  8. Eriadan

    Eriadan Bears. Beets. Battlestar Galactica. Usuário Premium

    Dúvida respondida, mas não inteiramente compreendida - ou melhor, não me conformo muito com essa justificativa: os Valar criaram uma língua só porque assumiram formas e matizes? Bem, prefiro considerar que Tolkien criou uma bela língua e preferiu dá-la a mais bela das raças. :xmas:

    Não é isso que está em discussão, rapaz... :doh::lol: O que perguntei, inicialmente, no tópico foi se os nomes dos Valar eram em Quenya.

    O nome "Valar" é, sim, Quenya, mas quer dizer na verdade "poderes" (vala=poder; -r= desinência de plural). ;)
     
  9. Cildraemoth

    Cildraemoth Usuário

    Eu diria que mesmo que a comunicação seja telepática e não verdadeirmente oral, ainda assim eles precisariam de uma língua para organizar os pensamentos e transmiti-los.
     
  10. Slicer

    Slicer Não estava vivo no Dilúvio, mas pisei na lama.

    Na verdade, não. Talvez esta seja a nossa dificuldade em conceber a comunicação não-verbal do Osanwë-Kenta; pois tudo que você precisa fazer é passar a idéia para o outro, e para isto não é preciso regras gramaticais. O nosso corpo que o diga! A expressão corporal substitui muito bem nossas palavras em alguns momentos!

    Eu ainda acho que você não leu direito aquele artigo! :rofl: Sinceramente, o Valarin é PHEIO, com PH mesmo! :lol: A idéia era exatamente esta: passar a noção de que, sendo naturalmente desencarnados, os Ainur não teriam a afinidade com seu corpo avançada o suficiente para ter noção do que seria uma bela língua ou não. Se Aulë concebeu os anões feios daquele jeito, porque essa era a idéia que ele tinha dos Filhos na cabeça, eu só imagino os outros! :blah:


    Tenn' enomentielva!
     
    Última edição: 2 Jan 2006

Compartilhar