1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Drácula (Bram Stoker)

Tópico em 'Literatura Estrangeira' iniciado por Snaga, 12 Jun 2008.

  1. Snaga

    Snaga Usuário não-confiável!!!

    Usei o procurar, mas não achei nada sobre o Conde. Pois então.

    Li Drácula durante este último mês. E, assim como os dois últimos clássicos de terro que li (Frankenstein e O Médico e o Monstro), esse livro não era nada do que eu imaginava. A diferença é que os dois primeiros que li eram bons. E Drácula é bem ruinzinho!

    Existem alguns pontos interessante, como o fato do livro ser todo narrado a partir de diários dos personagens, o que faz o leitor nunca ter o mesmo ponto de vista da história.

    No entanto, isso mata o personagem principal, que nunca aparece e não passa de uma ameaça invisível no decorrer de quase todo o livro. Sem contar o ápce final que acontece de repente e... fim!

    Enfim... alguém já leu?! Gostou?! Eram o que esperavam?

    Ah, e devo contar também que a edição da L&PM Pocket é cheia de erros de ortografia e troca vários pontos por vírgulas (identificados devido à frase começar com letra maiúscula depois da vírgula).
     
  2. Jorge Leberg

    Jorge Leberg Palavras valem por mil imagens

    Adorei esse livro, uma das três grandes obras-primas da literatura de horror. Porém, dentre eles prefiro o Frankenstein, da Mary W. Shelley. Drácula é um livro empolgante, soturno, entremeado com momentos de tensão e ação de modo bem cadenciado; a estrutura narrativa epistolar lhe dá um caráter singular, abordando pontos de vista distintos, como você frisou, Snaga. Mas carece de uma certa densidade - "escassez" comum nos livros do período romântico - , além de uma complexidade/ambiguidade psicológica - que o Frankenstein possui. Drácula traz personagens bons ou maus, o escritor revestiu a obra de um teor extremamente maniqueísta - apesar de abordar a tentação, o sexo, o pecado e a culpa, simbolizados pela figura malévola e demoníaca do vampiro. Talvez a grande "proposta" do romance é representar o embate entre a virtude e o pecado, o Bem e o Mal, Deus e o Diabo, através da "guerra" entre os personagens cristãos e Drácula. E, referente ao final do livro, concordo com você. Foi um desfecho abrupto, mal finalizado.

    Transcrevendo alguns comentários meus pertinentes de outros fóruns:

     
  3. Snaga

    Snaga Usuário não-confiável!!!

    Ainda não li os dois últimos comentários, me perdoe por isso.

    Mas escrevi sobre o Drácula no Covil. Se estiverem interessados: www.covildoorc.wordpress.com
     
  4. Tilion

    Tilion Administrador

    O fato de Drácula ser na maior parte do tempo essa "ameaça invisível" pra mim é exatamente um dos pontos fortes do livro (a la Sauron - se bem que é o Sauron que é a la Drácula :dente: ).

    Acho que a maioria das pessoas simplesmente se acostumou com um tipo de "vilão" em obras de literatura, cinematográficas, etc, que vem, aparece, mostra o quanto é mau, luta com o mocinho, leva um pau desse e é derrotado miseravelmente e/ou vai para o lado do "bem". Um tipo de vilão "james bondiano" que simplesmente não consigo engolir. Mais clichê e previsível impossível.

    Independente de qualquer outro aspecto do texto, o Drácula em si é ponto para o Stoker.
     
  5. Jorge Leberg

    Jorge Leberg Palavras valem por mil imagens

    Concordo plenamente com você, Gabriel.
     
  6. Breno C.

    Breno C. Usuário

    Eu estou lendo agora e estou adorando. Realmente não é como eu pensava, para falar a verdade passa bem longe do que eu esperava. No fundo acredito que essa surpresa está sendo muito boa, porque estou lendo cheio de preconceito e faço cada um deles cair quando viro uma página. Acho melhor que o Médico e o Monstro, pois li o mesmo e não gostei muito.

    Quando o livro é escrito como um diário, acaba-se por ter a impressão de que o personagem principal é o escritor do diário e não o mesmo que dá nome e sentido ao livro, mas acho que deixar de gostar desse tipo de literatura é pura questão de gosto, e não posso discutir isso.
     
  7. imported_Capitu

    imported_Capitu Usuário

    Bom eu ja faz um tempão, mas eu gostei bastante, primeiro po que eu amo hisórias de vampiros e bem, o Drácula é o pai!! Mas quanto ao desfecho eu concordo foi bem abrupto.
     
  8. Angélica

    Angélica Visitante

    Olá pessoal: apenas vi o filme que, aliás, adorei. Este livro é outro que marca presença na lista de desejos mas ouvi dizer que passa longe de ter o romantismo presente no filme... Mas vou pagar pra ver... bj da angel ;)
     
  9. imported_Daniel_

    imported_Daniel_ Usuário

    Angélica, você viu qual filme?

    Em tempo, já li o Médico e Monstro, e o Drácula. Pelo segundo eu tenho um carinho todo especial, e um fascínio muito grand pela forma como a trama é apresentada e conduzida pelo autor, em vários momentos. A presença, por exemplo, do Vampiro em determinados pontos causa um suspense enorme.
     
  10. Angélica

    Angélica Visitante

    Oi Daniel, o filme que vi é o Drácula de Bram Stoker... Ainda não tenho o livro... E, agora, pergunto eu, por qual Drácula você tem esse carinho especial? Adoro personagens que causam fascínio... bjs da angel ;)
     
  11. Knight of Cups

    Knight of Cups Usuário

    Se estiver se referindo ao filme do Coppola, que eu suponho que seja, o filme é mesmo ótimo, e dá a mesma sensação de ler o livro, pelo menos pra mim. XD
    E o filme também é muito fiel ao livro, a não ser umas partezinhas aqui e ali no início e também, a cena final, que aliás é fantástica pelos efeitos especiais e o jogo de luzes. :pipoca:

    Mas agora sobre o livro, tenho certeza que se não fosse o estilo epistolar, que estava em moda quando da publicação dele, o mesmo perderia sua aridez e ganharia um olhar mais simpático da minha parte. Mas que junto com isso perderia também a sua beleza poética, e perderia um pouco do suspense natural do estilo. Mas no geral o livro ficaria melhorzinho, não que fosse de todo ruim, mas se o livro fosse escrito numa forma romanceada seria a solução para que muita gente lesse o livro ao invés de protelar, como eu fiz... :calado:
    Mas continuando... o livro pariu o nosso vilão maior, o arquétipo do vilão inatingível, ou seja, o cara. E pegando emprestado o que o Tilion escreveu lá em cima, um vilão à la Sauron... :sim:
    Enfim, a história é foda e o vilão é mais foda ainda... Tanto é que até hoje ainda é o vampiro mais famoso de todos os tempos...
     
  12. imported_Daniel_

    imported_Daniel_ Usuário

    Angélica, eu me referia mesmo ao livro. Mas também gosto muito do Drácula de Bran Stoker.
     
  13. imported_Cabal

    imported_Cabal O Poeta Aprendiz

    Drácula é Drácula!!!
     
  14. malves

    malves Usuário

    Eu acho o livro simplesmente ótimo, o filme também. Drácula é o vilão de maior destaque em minha lista de preferidos.
     
  15. imported_Nanda

    imported_Nanda Usuário

    Comecei a ler Drácula mas não lembro o que aconteceu direito na época, que eu não terminei e devolvi o livro q me emprestaram. Sei queaté onde li tb pra mim foi totalmente diferente do que esperava, o lance do diário é bacana mas achei o começo bem lento.
    Tenho em inglês agora, e assim que eu acabar com a minha lista de livros pra ler eu pego de novo e vejo se termino dessa vez.
     
  16. Reverendo

    Reverendo Usuário

    O Drácula de Stoker, perde longe para o Drácula de Marv Wolfman e Gene Colan. Mas este tipo de comentário estaria melhor na parte de quadrinhos.
     
  17. imported_Daniel_

    imported_Daniel_ Usuário

    Pessoalmente, se você apresentasse argumentos eu acho que tá muito bem por aqui.
     
  18. JLM

    JLM mata o branquelo detta walker

    Quer uma dica mto boa? Leia assim q terminar o Drácula, O Historiador, da Kostova. é um livro escrito por uma fã de Stoker imitando bastante o estilo do ídolo.
     
  19. malves

    malves Usuário

    Tinha lido em português da primeira vez, uma edição com vários erros de ortografia que peguei na biblioteca da escola... Recentemente comprei em inglês mesmo da Barnes&Noble, comecei a reler, mas fui colocando outros livros na frente... Vou pegá-lo em breve.
     
  20. Ramalokion

    Ramalokion Mecha-de-Folha

    Clássico é clássico, e Drácula do irlandes É um classsicão! Eu acho que muitas vezes a egtne fica irritado com o estilo mais vitoriano so Stoker, ams a história é ótima e o livro é leitura de 1ª.

    A ação e o suspense se mantem o livro inteiro, a forma de contar a história ajuda muito nisso.
     

Compartilhar