• Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Doutor Estranho 2 no Multiverso da Loucura (Doctor Strange in the Multiverse of Madness, 2022)

Como você avalia este filme?

  • Fenomenal (9-10)

    Votos: 1 25,0%
  • Ótimo (7-8)

    Votos: 1 25,0%
  • Sessão da Tarde (5-6)

    Votos: 1 25,0%
  • Ruim (3-4)

    Votos: 1 25,0%
  • Excremental (1-2)

    Votos: 0 0,0%

  • Total de votantes
    4

Indu

The Craft
Mano, horror cósmico não combina com super-herói de colante. Não tenha nenhuma esperança. :lol:
Zero empolgação para esse dai também. Os filmes da marvel se resumiram a criar hype para o próximo filme, ou aparição de algum personagem/grupo.
A alguns anos isso era legal, quando o mercado de heróis não estava tão saturado, mas a formula não mudou (e nem precisa ainda da certo), só que me cansou.
Eu queria muito que a Marvel abrisse caminho para anti-heróis, personagens mais cinza e grupos como o Thunderbolts ou os Vingadores Sombrios.

Wandavision e a deixa em Falcão e o Soldado Invernal, com o Zemo e a Fontaine recrutando John Walker, deixa isso a entender. Ou eu quero acreditar que a Marvel vá trabalhar com algum grupo mais sombrio.
 

Mavericco

I am fire and air.
Usuário Premium
Não saí do cinema tão empolgado quanto com o Homem Aranha, mas foi divertido e tem uns toques de terror realmente bem bolados! Em alguns momentos a gente fica com medo mesmo da Feiticeira Escarlate!

Um pouco decepcionante ver os Illuminati serem massacrados pela Wanda, mas é em certo sentido compreensível: os únicos que tinham alguma chance contra a Wanda seriam o Xavier e a Capitã Marvel, mas, como a Wanda estava com sangue nos olhos e totalmente fora de controle, não tiveram chance! A mulher controla a realidade. Esticar o corpo feito borracha e jogar um frisbee não vão adiantar muito :P
 

Omykron

far above
Zero empolgação para esse dai também. Os filmes da marvel se resumiram a criar hype para o próximo filme, ou aparição de algum personagem/grupo.
A alguns anos isso era legal, quando o mercado de heróis não estava tão saturado, mas a formula não mudou (e nem precisa ainda da certo), só que me cansou.
Eu queria muito que a Marvel abrisse caminho para anti-heróis, personagens mais cinza e grupos como o Thunderbolts ou os Vingadores Sombrios.

Wandavision e a deixa em Falcão e o Soldado Invernal, com o Zemo e a Fontaine recrutando John Walker, deixa isso a entender. Ou eu quero acreditar que a Marvel vá trabalhar com algum grupo mais sombrio.
Parabéns, você não é mais o publico alvo do MCU. Pode passar no RH e pegar sua dor de velho chato.

Universo Marvel nos quadrinhos é bem complicado de acompanhar depois de uma idade. Você acaba migrando inicialmente para algumas histórias da DC pelo que eles permitem debater (sério, olha o que a DC deixou o Gunn fazer em the Peacemaker).

Ainda ter de ver série para saber onde está cada personagem principal...
 

Bruce Torres

Let's be alone together.
Não saí do cinema tão empolgado quanto com o Homem Aranha, mas foi divertido e tem uns toques de terror realmente bem bolados! Em alguns momentos a gente fica com medo mesmo da Feiticeira Escarlate!

Um pouco decepcionante ver os Illuminati serem massacrados pela Wanda, mas é em certo sentido compreensível: os únicos que tinham alguma chance contra a Wanda seriam o Xavier e a Capitã Marvel, mas, como a Wanda estava com sangue nos olhos e totalmente fora de controle, não tiveram chance! A mulher controla a realidade. Esticar o corpo feito borracha e jogar um frisbee não vão adiantar muito :P
Lado bom que assim não arrisca ter mais filmes sobre eles. :rofl:

Imagino a Marvel pro Sam Raimi:
— Ei, tem como incluir esses caras aqui?
— Ter tem, mas empaca o filme.
— E quem quer filme? A gente quer hype! Então incorpora, ok?
— Pode deixar. Eu vou incorporar. ;)
 

Béla van Tesma

#TeamLombadeiro. E vai ter elfo negro, sim.
:hihihi:

Ali por volta dos 6 minutos, eu acho, mencionaram os elementos de terror, que o @Mavericco havia comentado também. Mas também recomendaram ver antes o Wanda/Vision, que eu não vi. Então bora lá ver antes :P (assim que passar a prova da faculdade kk)
 

Bruce Torres

Let's be alone together.
Mas também recomendaram ver antes o Wanda/Vision, que eu não vi.
Essa bagaça não é tudo isso que falam.
Começa bem, mas depois vira mais do mesmo.
Na boa, Legion ainda é a melhor série da Marvel — e nem sei se está no Disney+, mas com certeza não é do MCU.

PS: ver série pra entender filme? Eu não vi um episódio de Firefly e consegui entender Serenity!
 

Ilmarinen

Usuário
ó.... Muito bom o filme... Gostei pra caramba dele.


Eu sempre achei que era um absurdo não terem aproveitado ainda o Sam Raimi os filmes de superheróis pós trilogia original do Miranha.

Acho que acompanhar o Wanda Vision faz mais falta pra sentir o filme do que entende-lo

Para mim, um dos melhores do Marvel universe, sem dúvida nenhuma.

Recomendo ler esse daí;


O tal roteirista do filme pelo jeito MERECE o hype que está começando a ter;


Futuro escrtor de um dos próximos Star Wars da Disney.

 
Última edição:

Béla van Tesma

#TeamLombadeiro. E vai ter elfo negro, sim.
PS: ver série pra entender filme? Eu não vi um episódio de Firefly e consegui entender Serenity!
Ah, não tanto pra entendeeeer o filme, mas pra acompanhar o MCU. Já me tinham falado bem da série antes, de qualquer modo. Estou vendo agora uns episódios e está bem legal. 🤷‍♂️
 

Bartleby

how are you? from 10 to 1?
essa daqui me desanimou um pouquinho, mas vou ver assim mesmo pq as cenas individuais parecem legais de ver na telona :3

 
Última edição:

Rowel

Usuário
Queria ter saído do cinema achando um dos melhores filmes que a Marvel já fez, como foi com Homem Aranha sem volta pra casa, mas talvez em outro universo seja mesmo.

É um bom filme, mas a sensação de que poderia ter sido tão melhor é grande. E não é bem questão de expectativa gratuita.

A sequência de Doutor Estranho é um Wandavision 2.0. O filme em si é bem feito, os personagens bons, o visual bem legal, efeitos bem feitos, uma trama básica, uma trilha variável. Alguns momentos empolgantes, outros um tanto cansativos, alguns curiosos, outros genéricos.

A America Chavez tá lá por estar, e pra justificar colocaram ela como a chave da trama. O tema do Multiverso é explorado moderadamente. What If que veio antes explorou muito mais. Mas ok. Algumas participações especiais são de tremer, só que o contexto não é dos melhores, e isso acaba pesando em parte por deixar a situação mais rasa. O filme do Aranha teve muito mais peso, muito mais emoção, muito mais carga dramática, por exemplo. Quem acaba roubando a cena aqui é a Wanda. Descontrolada, maligna, sedenta. Ela que rende a maior parte das cenas voltadas mais pro terror (Sam Raimi, notei algumas referências), um gênero que a Marvel poderia explorar. Aqui abraçam a ideia e isso é bem legal.

Em geral, No Multiverso da Loucura possui bons momentos, mas seu conjunto ao todo não é grande coisa. São ideias que não abraçam a loucura ao seu todo como sugerem no título e se limitam demais, mas agrada pela aleatoriedade e pelas curvas fora da reta mesmo o próprio filme seguindo o padrão Marvel.
 

Grimnir

Well-Known Member
Usuário Premium
O começo é confuso, o meio é empolgante o desfecho é bobo. Acho que meu maior problema com o filme é sobre um dos seus melhores aspectos: a Feiticeira Escarlate. Senta que lá vem textão.

Se você aceita que ela é a vilã e ponto final, a personagem é ótima. É como o T-1000 em Exterminador 2, implacával na perseguição, inabalável na convicção e tudo no seu caminho é atropelado - e ambos causam a mesma sensação de "fudeu" quando estão em cena. O filme faz isso muito bem, dado que você aceita que ela é a vilã e ponto final.

A questão é que há zero desenvolvimento entre Wandavision e Doutor Estranho 2. Literalmente na primeira cena dela com o Doutor já é estabelecido que ela é a vilã e que está disposta a matar uma criança para conseguir seus filhos de volta - e ao longo do filme vemos que ela faz coisa muito pior. No final do filme ficamos que a explicação de que a culpa foi do Darkhold. Em tese eu não vejo nada de errado nisso, já que é análogo ao Um Anel, mas eu acho que o filme faz um trabalho muito ruim em explicar o que está por trás do Darkhold, que força é essa que corrompe as pessoas, corrompe com que propósito e etc. Esse é o ponto central da minha crítica e o resto do post é apenas um desenvolvimento disso.

Em Wandavision ela está em pleno luto e em um momento catártico, dado seu desconhecimento sobre seus próprio poderes, o Hex foi criado e uma cidade inteira foi escravizada. Ou seja, "foi sem querer". Ela não acordou pensando em escravizar uma cidade inteira para simular a vida dos seus sonhos, mas depois que a merda já tinha sido feita, ela encontrou seus próprios mecanismos de enfrentamento para ignorar a crueldade que de fato estava em andamento. E olha que eu não gosto muito da série, mas eu respeito o que fizeram, ou seja, se esforçaram para ir um pouco além do "dêem um desconto, ela está em luto".

No final da série ela reconhece seus erros, pede desculpas e parte para um exílio. Agora o luto dela é duplo, pois perdeu Visão e seus filhos (nasceram dentro do Hex e eram sentientes, então eram reais sob algum ponto de vista metafísico que não vou entrar aqui). Ela descobriu que tem poderes muito maiores do que imaginava e acredita que o Darkhold pode ajuda-la. O desfecho da série só reforça a necessidade de que a continuação dos eventos da série deveria deixar bem claro para todos nós os perigos do Darkhold. E Doutor Estranho 2 não faz isso bem.

Deveriam ter dado mais ênfase (visualmente, narrativamente) nos eventos do universo dos Iluminati que culminaram na execução do Doutor Estranho (eu fiquei meio sem entender). Deveriam ter dado mais ênfase, talvez mais cedo na história, sobre os eventos do universo do Sinister Strange (sinistro só nos trailers, pq no filme é um Lame Stranger). E se o Darkhold era o verdadeiro inimigo, isso também deveria ter ficado mais claro dentro das motivações dos personagens, tipo Strange e Wong dialogando sobre como destruir o livro, sei lá. A sensação é que no final a destruição do Darkhold e do templo foram apenas uma forma de aliviar a barra de Wanda.
 
Última edição:

Jhulha

Voltando a caverna
Vi esse filme a dois dias, mas ainda estou besta como a disney consegue estragar algo que tem uma direção boa, era para ser um filme sobre problemas psicológicos básicos
Alguem queria uma mãe, outra uma esposa, e outro filhos, era para trabalhar nisso, mas ao contrario ficaram batendo na tecla de mostrar as escolhas estupidas do Doutor (que juro que seria um bom mago supremo, mas o Wong mostrou que não) e dos Iluminates que passaram anos planejando, mas apanharam de graça, piadas fora de eixo, e um bater na mesma historia que ninguém se interessa no romance inexistente do doutor.
Tão cansativo, ainda bem que só gastei tempo procurando no torrent.
 

Valinor 2021

Total arrecadado
R$950,00
Meta
R$4.800,00
Termina em:
Topo