1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Douglas Adams

Tópico em 'Autores Estrangeiros' iniciado por Anica, 30 Nov 2007.

  1. Anica

    Anica Usuário

    Quando li O Guia do Mochileiro das Galáxias pela primeira vez, lembro que defini o humor "igual ao do Monty Python". O tempo passou e eu descobri que na verdade o Adams chegou a escrever para o grupo, o que explica muita coisa. Infelizmente morreu cedo e nos deixou sem novos momentos hilários como o que segue:

    "… Também não se falou mais no fato de que, contra todas as probabilidades, um cachalote havia de repente se materializado muitos quilômetros acima da superfície de um planeta estranho.

    E como não é este o meio ambiente natural das baleias em geral, a pobre e inocente criatura teve pouco tempo para se dar conta de sua identidade “enquanto” cachalote, pois logo em seguida teve de se dar conta de sua identidade “enquanto” cachalote morto.

    Segue-se um registro completo de toda a vida mental dessa criatura, no momento em que ela passou a existir até o momento em que ela deixou de existir.

    Ah…! O que está acontecendo?, pensou o cachalote.

    Ah, desculpe, mas quem sou eu?

    Ei!

    Por que estou aqui? Qual a minha razão de ser?

    O que significa perguntar quem sou eu?

    Calma, calma, vamos ver… ah! que sensação interessante, o que é? É como… bocejar, uma cócega na minha… na minha… bem, é melhor começar a dar nome às coisas para eu poder fazer algum progresso nisto que, para fins daquilo que vou chamar de discussão, vou chamar de mundo. Então vamos dizer que esta seja a minha barriga.

    Bom. Ah, está ficando muito forte. E que barulhão é esse passando por aquilo que resolvi chamar de minha cabeça? Talvez um bom nome seja… vento! Será mesmo um bom nome? Que seja… talvez eu ache um nome melhor depois, quando eu descobrir para que ele serve. Deve ser uma coisa muito importante, porque tem muito disso no mundo. Epa! Que diabo é isso? É… vamos chamar essa coisa de rabo. Isso, rabo. Epa! Eu posso mexê-lo bastante! Oba! Oba! Que barato! Não parece servir para muita coisa, mas um dia eu descubro para que ele serve. Bem, será que eu já tenho uma visão coerente das coisas?

    Não.

    Não faz mal. Isso é tão interessante, tanta coisa pra descobrir, tanta coisa boa por vir, estou tonto de expectativa…

    Ou será o vento?

    Realmente, tem vento demais aqui, não ??

    E puxa! Que é essa coisa se aproximando de mim tão… tão depressa? Tão depressa. Tão grande e chata e redonda, tão… tão… Merece um nome bem forte, um nome tão… tão… chão! É isso! Eis um bom nome: chão!

    Será que vou fazer amizade com ele?"
     
  2. Ronzi

    Ronzi Oh, Crap!

    Esse cara é ótimo, eu só li mesmo o Guia do Mochileiro das Galáxias, mas gostei bastante. Qual que é o dia da toalha mesmo?
     
  3. Anica

    Anica Usuário

    25 de Maio -> http://www.towelday.kojv.net/ :cerva:
     
  4. Bagrong

    Bagrong RaG

    Preciso dizer que eu gosto dele? :dente:

    DNA é um autor fantástico! Seu humor irônico, toda a crítica, a ironia! Tudo se encaixa muito bem, é extremamente legal! E tem um toque de nonsense que eu gosto muito.

    Essa cena da baleia mostra mesmo como é o humor dele! É uma das minhas preferidas.

    Ah, o livro é recheado de frases legais, principalmente do Marvin. =D
     
  5. Ronzi

    Ronzi Oh, Crap!

    O filme eu achei uma bosta... tirando o Marvin.
     
  6. Bagrong

    Bagrong RaG

    Bah, o filme é bem pior que o livro.
     
  7. Skywalker

    Skywalker Great Old One

    Eu li todas as histórias do Guia. É uma pena que a única realmente boa seja a primeira, porque depois cai vertiginosamente.

    Mas o primeiro livro é genial.
     
  8. Fëanor

    Fëanor Fnord Usuário Premium

    Eu gostei bastante de todas as partes que li. Só falta ler o último, Praticamente Inofensiva.

    Um dos trechos mais hilários, IMO, está no segundo livro. O trecho em questão:

    Por exemplo, quando os editores do Guia foram processados pelas famílias daqueles que tinham morrido por terem levado ao pé da letra o verbete sobre o planeta Traal (esse verbete dizia: "As Bestas Vorazes de Traal freqüentemente fazem para os turistas uma boa refeição"), eles alegaram que a primeira versão da frase era esteticamente mais agradável, intimaram um poeta qualificado para declarar, sob juramento, que beleza é verdade, verdade é beleza, e esperaram assim provar que o verdadeiro culpado no caso era a própria Vida, por deixar de ser ao mesmo tempo bela e verdadeira. Os juízes concordaram e, num discurso comovente, sustentaram que a própria Vida era um desacato àquele tribunal e confiscaram-na prontamente de todos os presentes antes de saírem para uma agradável partida de ultragolfe noturno.
     
  9. Pips

    Pips Old School.

    Ainda acho que pegam muito no pé da qualidade dos livros.

    o 1º é genial e original.

    o 2º é mais complexo em algumas piadas.

    o 3º é nonsense total, está no nível do primeiro. Tem tanta coisa, tanta informação que na segunda leitura fica mais engraçado ainda.

    o 4º é mais parado, menos comédia e mais romance.

    o 5º é a mistura dos quatro, mas o final é o melhor.
     
    • Ótimo Ótimo x 1
  10. Tenho de admitir que o meu sonho é encontrar o planeta onde os seres esferografóides vivem.

    Talvez lá eu encontre a melhor esferográfica da história, que nunca falhe e nunca acabe a tinta, para que eu possa tornar-me o vogon mais realizado do mundo: aquele que passará o resto dos seus dias preenchendo formulários ininterruptamente. :)
     
    • Ótimo Ótimo x 1
  11. imported_Elring

    imported_Elring Usuário

    Li todos os volumes do Adams! O cara sabe do que está falando quando faz críticas ácidas ao modo de vida contemporâneo, as descobertas científicas que mais atrapalham do que ajudam e aos governos em si.

    Há muitas passagens hilárias como a descrição darwiniana do surgimento do aparecimento de um sujeito legal que dizia para todos se amarem, mas que no fim o pregaram numa cruz de madeira. Toda a hitória da civilização feita em poucas frases para chegar a conclusão de que o homem nunca deveria ter desido da árvore.

    Douglas Adams é insuperável em fazer piada de duplo e sem sentido, lógica e espiritualidade pseudo-filosófica.
     
  12. Estranho

    Estranho Dancer

    Li os 4 primeiros da "trilogia"(como o próprio autor definia), e adorei.

    To enrolando com o 5º aqui em casa, mas pretendo ler esse final de ano.

    E na minha opinião:

    1º>3º>4º>2º
     
  13. Niphredil

    Niphredil Usuário

    Terminei O Guia do Mochileiro das Galáxias semana passada, e achei realmente ótimo, não tem como não rir, e muito, lendo este livro.
    Os personagens são muito sem noção, e adorei o Marvin, com seu jeito depressivo e irônico.

    O engraçado é que pensei bastante antes de comprar, lia por aí que era genial, hilário etc. mas pensava que eu poderia não gostar, já que nunca tinha lido nada sobre ficção científica e não tinha tanto interesse em ler algo do gênero. Acabou que por ser um livro barato (tudo bem que não é tão grande, mas no preço que andam os livros hoje...) comprei, e não me arrependo mesmo. Pretendo ler os outros também, mas só pra ano que vem.
     
  14. Ptah

    Ptah Usuário

    Eu tenho um carinho muito grande pelos livros do Douglas Adams porque os li numa época que não tinhamos grana para compra livrose eu ia até a biblioteca pública sanar meu vicio. Um dia um bibliotecario, que me considerava mascote da Mario de Andrade, me indicou um livro que gostava. A partir daí devorei as edições em português de portugual, super mal traduzida, mas que me fez ficar apaixonada pelo autor. Bom, continuo tendo como meu preferido este que li primeiro, O Restaurante do fim do universo.

    Gostei também da série da Agencia de detetives Holistica, as ainda é inferior ao Mochileiro...

    ps: douglas Adams escreveu episódios para uma das minhas séries preferida, a Doctor Who?
     
    • Ótimo Ótimo x 1
  15. .Penny Lane.

    .Penny Lane. Usuário

    Não preciso dizer que gosto, né? Basta ver meu nick. E esse é meu primeiro post aqui também, vim logo procurar se esse tópico existia... não sou muito fã da Trillian,[Marvin é DEUS] mas o DNA não criou muitas personagens femininas...
    Sem mais enrolação, o primeiro é excelente, o segundo é o mais engraçado dos 5, o terceiro é o meu preferido[tem uma história, eles não vão vagando sem rumo pelo espaço xD] e o quarto e o quinto... bom, não são tão bons quanto os primeiros, principalmente o quarto, o quinto ainda tem o Ford pulando de um prédio duas vezes XD Mas sei lá, todos valem a pena.
    E citaram Monty Python aí? Foi graças ao Adams que me interessei por eles, humor inglês é vida *-*

    Só pra terminar, um trecho... gosto bastante da poesia vogon, não sei se já citaram pois não li o tópico todo... o regente do universo é sensacional, Marvin no planeta dos colchões e contra o tanque também... ah, o Marvin é sempre bom!
    Chega XD
     
  16. Zuleica

    Zuleica Usuário

    CREDO! :eba: pode ser genético esse lance de interesse por canetas :think:
    Durante muitos anos meu avatar era o Marvin, enquanto "Não entre em pânico" era a minha expressão predileta. Meu senso crítico fica jogado no chão, quando se trata de Douglas Adams.
     
  17. Marco

    Marco may the force be with... wait

    Vc poderia usar o nick Marvina!
     
  18. .Penny Lane.

    .Penny Lane. Usuário

    Huauhauahauhauhauh é verdade...[/quote]
    Na verdade eu gosto da Trillian, mas ela é muito normal, enquanto outros personagens são mais marcantes e/ou engraçados XD
     
  19. imported_Amélie

    imported_Amélie Usuário

    Sabe que li o primeiro e não tive paciencia para terminar o segundo? Será que tem algo de errado comigo huhuh acho que talvez não fosse um momento bom de vida... vou tentar de novo... :)
     
  20. Anica

    Anica Usuário

    Não, Fran, o pessoal reclama mesmo que a história fica maisomeno depois do primeiro.
     

Compartilhar