1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Dor e Lágrimas - O PARAÍSO...

Tópico em 'Clube dos Bardos' iniciado por imported_Cabal, 16 Abr 2008.

  1. imported_Cabal

    imported_Cabal O Poeta Aprendiz

    A dor da perda arrebata seu coração destroçoando-o por inteiro, ele se ajoelha e olha para frente, sente o vento bater em seu rosto, e com ele suas lágrimas irem embora para a eterna vinda de outras mais, o tempo está fechado, o vento forte, nem a luz da lua aparece, a noite é negra e ele grita, ele grita pelo nome daquela que o deixou.

    CLAIRE!!! – CLAIRE!!!

    oh Deus, porque fizeste isso comigo, O DEUS, O DEUS, PORQUE, PORQUE, PORQUE, PORQUE???!!!, EU NÃO SEI O QUE FAÇO, EU GOSTARIA DE FINDAR, EU GOSTARIA DE APAGAR, EU QUERO MORRER, DEUS!!!!, ME CONCEDA A CHANDE DE PEDIR A MINHA MORTE!!!!, POR FAVOR, POR FAVOR, EU QUERO MORRER E JURO COM TODAS AS MINHAS FORÇAS QUE DIGO A VERDADE, ALGUÉM ME ESCUTE!!!!!!!!!!!!!!!!!!!...por favor.... por favor...

    Ele grita tais palavras enquanto o vento forte bate em seu rosto, a chuva cai de maneira forte e terrível, seus joelhos já machucados pelo chão duro e dormentes pelo frio gritam de dor, ele sente o coração apertar e ficar cada vez menor, o vazio começa a se apoderar de seu corpo, ele sente a agonia dos eternos e começa a se abraçar forte, como se quisesse suprimir a dor que está sentindo, mas sabe que isto não é possível, e por isso chora, chora feito uma criança que perdeu seu melhor brinquedo, chora feito um jovem que perdeu o seu primeiro amor, chora feito um homem ao perder a mulher amada, chora por saber que o amor não vence a morte, e chora por ela não ter atendido o seu pedido. Ele olha para o céu, escuro, sem vida, morto, e pensa consigo mesmo, será que estou no paraíso?, e em sua cabeça vem a imagem do que seria a porta do céu.
     
  2. imported_Amélie

    imported_Amélie Usuário

    Nossa, que triste! É belo, mas é tão triste! Toda perda de um grande amor é insuperável...
     
  3. imported_Cabal

    imported_Cabal O Poeta Aprendiz

    Acho que na verdade faltou até uma parte, escrevi isso quando tinha 18 anos, não sei ao certo porque, mas minhas poesias, contos e pontos levam sempre um ar mais Byroniano, mais Alvarez de Azevedo. Tenho essa imagem perfeita na minha cabeça, a chuva, o tempo cinza, a dor, o grito de desespero, com certeza tem algo pessoal, porém inconsciente, não lembro aonde lí está frase mais achei perfeita:

    Nunca diga que esqueceu um grande Amor, diga apenas que consegue falar dele sem chorar.

    O Amor é tudo, só por ele me movo, hoje em dia não consigo criar um interpretação pra ele, amar é bom, estar apaixonado melhor ainda, pois só assim fazemos coisas loucas, que no final esperamos que não nos traga prejuízo, sentir o coração batendo forte, o nervosismo ao simplesmente ver ela passar do outro lado da rua, e um simples aceno de OI ser suficiente pra criar uma poesia e marcar teu dia.
     
  4. imported_Amélie

    imported_Amélie Usuário

    Sabe, é engraçado como uns 70% das coisas que leio são motivadas por algum tipo de amor... Anti-amor, amor pela vida, pela liberdade, pela juventude, pelo escuro, pelo outro, até por porquinhos-da-índia ...

    Eita coisinha dificil de ser explicada né?
     
  5. imported_Cabal

    imported_Cabal O Poeta Aprendiz

    Pois é, as vezes acho melhor não ter explicação, é bom apenas sentir, não importa como, sentir o amor no peito é muito bom, em todas as suas vertentes.

    O Sorriso de um abraço!
    O carinho de um Beijo!!
    A volta do pássaro ao ninho.
     
  6. Fernando Giacon

    Fernando Giacon [[[ ÚLTIMO CAPÍTULO ]]]

    Cabal...futuro Machado de Assis! HUhauha...depois diz que eu é que sou fora do comum, olha esse escrito teu aeee, que profundidade de sentimentos, seria uma época que você estava vivendo um lance com algum amor quando escreveu? (indiscreto pacas rs) Parabéns cara, muito bom mesmo...
     
  7. imported_Cabal

    imported_Cabal O Poeta Aprendiz

    Fala Fernandão,

    Esse texto não teve haver com um amor não, esse não, mas 98% do que escrevo tem alguma coisa influência desse coração que teima em se apaixonar.

    Obrigado pela palavras!!!! ;)
     
  8. Artanis Léralondë

    Artanis Léralondë Ano de vestibular dA

    *-*
    Imaginei até a cena, triste =(
    ótimo texto Cabal ^^
     
  9. imported_Cabal

    imported_Cabal O Poeta Aprendiz

    Obrigado Maníaca, fico feliz por vc falar que imaginou a cena, pois a idéia é essa mesmo, e sei que esta triste a cena pois queria que ela ficasse assim mesmo, fico feliz que vc tenha sentido isso.
     

Compartilhar