1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Doping no Esporte e o Caso Dodô

Tópico em 'Esportes' iniciado por Fingolfin, 2 Ago 2007.

  1. Fingolfin

    Fingolfin Feitiço de Áquila

    Pra quem quiser acompanhar o julgamento do Dodô no STJD
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    ************
    O advogado do Dodô diz que o caso dele é muito parecido com o do Alex Alves que teve votação empatada em 4 a 4 e foi punido no voto de minerva do presidente. Mas naquela época houve um relator que faltou a audiencia. O Botafogo crê que os votos irão se repetir e conta com a presença deste relator para conseguir a vitória

    ***********************
    Minha opnião é que o Dodô deveria ser absolvido mas o Botafogo punido com a perda dos pontos da partida. Segundo o relator do caso, a CBF não reconhece o uso de medicamento manipulado como lista de medicamentos permitidos aos atletas oq significa que o Botafogo, se não foi culpado, foi no mínimo imprudente ao dar tais capsulas de cafeína aos jogadores.

    Acho que os clubes deveriam ser punidos sempre q um jogador é pego no dopping. Qdo um atleta de um revezamento é pego todo o grupo é desclassificado.

    Por um lado dizem que o clube não tem como controlar oq cada atleta ingere. Eu digo que tem sim. Basta exigir um exame de sangue ou urina quinzenalmente ou até mesmo mensalmente. Assim o jogador q fosse pego dificilmente conseguiria ir pra um novo clube. A pena seria muito maior e o controle tb.

    Veja o Renato Silva q tomou 60 dias e já tá no Botafogo. Isso é uma vergonha. O cara não foi nada prejudicado. Só não digo q valeu a pena ter se dopado pq no caso dele foi maconha.

    Aqui no Brasil existe uma certa tolerancia ao doping não anabolizante. Ah, era um remédio de desentupir nariz, ou de emagrecer; coitada, ela só queria acabar com a celulite. E por aí vai.

    Nunca aconteceu, mas imagina uma final de copa onde os jogadores fazem um pacto de tomar alguma substancia sem conhecimento dos dirigentes. O time inteiro dopado, campeão não seria punido. Afinal não houve culpa da confederação. Acho que isso é apenas um jeito de se tolerar o doping.
     
  2. LatinoAmericano

    LatinoAmericano Aqui jaz Alcarecco

    E o Dodô acabou absolvido por 5 votos a 3 e já pode voltar a jogar.
    Acho que com esses últimos jogos o André Lima ganhou a posição do Jorge Henrique.
    Sobre o doping, no Brasil realmente é tolerável até demais. O que eu acho que deveriam fazer é o jogador cumprir a pena mesmo. Porque ultimamente quando acontecem coisas desse tipo, ou o cara é absolvido pouco tempo depois, como no caso Dodô, ou o time entra com efeito suspensivo, e o jogador volta normalmente, deveria ter algo mais rígido quanto a isso.
     
  3. Krebain

    Krebain Banned

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Oito auditores votaram sobre o pedido de recurso do atacante Dodô. Antes do primeiro voto, o presidente do STJD, Rubens Approbato Machado, fez questão de informar que três dos auditores eram botafoguenses, sendo dois deles conselheiros do clube.


    Grande Foguin hein
     
  4. Fera

    Fera Sóbrio habitual

    Eu não acredito em nenhum tipo de seriedade nas instituições que regulam o futebol profissional brasileiro.

    CBF, STJF, FPF etc...

    E a sujeira não é nem escondida.
    Como no caso do Dodô, - não vou entrar no mérito da questão e dizer se acho ele inocente ou culpado - deixar que dois relatores notoriamente Botafoguenses decidirem o caso é palhaçada, ou será que ninguém no STJD ouviu falar de conflito de interesses ?

    Outro bom exemplo é o citado Rubens Aprobatto aí no post de cima, Corinthiano confesso, conselheiro do clube e cotado para assumir a presidência no lugar do Dualib.


    P.S - Parei pra pensar agora, e não consegui exemplo de nenhuma instituição brasileira que me convença de uma atuação séria. É, tamo fudido mesmo.
     
  5. ExtraTerrestre

    ExtraTerrestre Usuário

    Fazer o quê. Time não vem no RG e não está em documento nenhum da pessoa. A única coisa que os impediriam de arbitrar sobre o caso é o bom senso, mas se isso não tiveram... paciência.
     

Compartilhar