• Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Donnie Darko (idem, 2001)

Sua nota para o filme:


  • Total de votantes
    55

Lukaz Drakon

Souls. I Eets Them.
É o filme mais superestimado do mundo, IMO. :clap:

Eu li todo o tópico e a única opinião que foi parecida com a minha foi essa aqui, do Hugo:

O longa começa bem, com ECHO AND THE BUNNYMEN na trilha, que por sinal, é a melhor coisa do filme (mas não a única). Alguns nomes famosos dos mal-vistos anos 80, estão incluídos lá como: Duran Duran, Joy Division e Tears for Fears. Mas como nem só de trilha, vive o cinema, vamos ao que interessa: o filme em si.

O namoradinho da Kirsten Dunst, Jake Gyllenhaal (que se destacou também em THE GOOD GIRL) é o protagonista. E ele está muito bem como um louco, mas não um típico louco. Temos também um Patrick Swayze perfeito, interpretando um guru canastrão de auto-ajuda e ainda uma Drew Barrymore fazendo figuração de luxo (mas também ela que pagou o filme, tinha que ter uma pontinha né).

Devo dizer que, na primeira vez que vi este filme, não gostei muito, mas ele melhorou na segunda vez, o que não quer dizer que seja todo bom. O maior defeito pra mim do longa, é ir longe demais na sua pretensão, abordando vários temas complexos, mas não chega a satisfazer em nenhum. Se analizarmos como uma SciFi, está bem aquem do esperado. Tem algumas coisas bem non-sense e o tratamento superficial de alguns assuntos prejudica. Agora como um drama, até que funciona. Tem momentos bem cômicos e diálogos inspirados, que até empolgam, mas o resultado final deixa a desejar. Ás vezes parece uma fita B de terror, noutras um filme mais profundo e filosófico e isso atrapalha, pois não há definição da proposta. Nem com as várias referências e citações a outras obras e autores, o filme se sustenta.

Mas é uma fita que deve agradar aos adolescentes. Uma espécie de SciFi teen.

**

O filme não chega a ser fraco ou ruim, mas achei que é pretensioso demais. Trata de diversos assuntos e não foca em nenhum, fica uma coisa perdida. Não é suspense, não é ficcão cientifica, não é drama. Só um filme com várias cenas bem fodas e um final meia boca.

Classificação: Bom
 

Sister Jack

Usuário
É o filme mais superestimado do mundo, IMO.

Incorreto. Esse título é de Herói.

O filme não chega a ser fraco ou ruim

Verdade.

mas achei que é pretensioso demais.

Por que?

Trata de diversos assuntos e não foca em nenhum

O filme toca em diversos aspectos da experiência de ser adolescente, mas ele só trata de um (IMO), que é a transição da infância para a maturidade, vista por um prisma espiritual (e também sexual, sugere Jim Emerson).

fica uma coisa perdida.

Eu acho que você se perdeu.

Não é suspense, não é ficcão cientifica, não é drama.

Na verdade, é um pouco de cada. Adicione "romance" e "sátira".

um final meia boca.

Por que?
 

Lukaz Drakon

Souls. I Eets Them.
Incorreto. Esse título é de Herói.

Herói não é 1/3 superestimado quanto Donnie Darko.


Por que ele não foca em nenhum elemento e tenta se aprofundar em vários.

O filme toca em diversos aspectos da experiência de ser adolescente, mas ele só trata de um (IMO), que é a transição da infância para a maturidade, vista por um prisma espiritual (e também sexual, sugere Jim Emerson).

Acredito que você diga isso por que o final mostra como ele realmente percebe as consequencias dos atos dele, mas ele só trata desse assunto nesse momento. Não há a mínima mudança nos atos dele até esse momento, então o filme fica falando sobre o que durante a sua exibição?

Eu acho que você se perdeu.

O filme trata sobre um jovem subestimado por várias pessoas a sua volta, que encontra conforto em situações que abranjem temas complexos, até que começa a se ver dentro de um deles. Seu "problema" mental mostra coisas que acontecerão futuramente. Primeiro sendo contatado na forma de alucinações (Frank) e depois de uma forma mais direta e imediatista (a bolha saindo do peito). Adquirindo conhecimento, ele percebe que aquilo é real e que pode ser mudado, até chegar no ponto em que ele deve fazer uma escolha crucial para salvar alguem que ele gosta.

Estou perdido?

Na verdade, é um pouco de cada. Adicione "romance" e "sátira".

Mais 2 pra lista dos que não funcionam.

eu acho que vocês acham demais.

É, eu também.
 

Khansc

Banned
Eu sempre achei que os filmes mais superestimados do mundo fossem The Lord Of The Age Of Empires By Peter Jackson I, II e III.
 

Sister Jack

Usuário
Este post contém spoilers da fita Donnie Darko. Cuidado. :hanhan:

Por que ele não foca em nenhum elemento e tenta se aprofundar em vários.

Incorreto. O filme inteiro gira em torno os sentimentos conflitantes do Donnie: parte dele acredita numa trama fantástica envolvendo um coelho metálico o colocando numa posição messiânica/super-heróica (que é uma observação afiada do solipsismo de ser um adolescente); outra parte dele (a qual essa primeira parte reagiu) está começando a sentir as pontadas de reconhecimento da Morte como um Fim - lembra aquela cena com a psicóloga que ele fala que "não quer morrer sozinho"? - e reconhecimento das mentiras dos adultos sob as quais é estruturada a infância - e.g. a professora de Religião falando a baboseira sobre Love & Fear. E outra parte ainda começa a enxergar os efeitos básicos da Puberdade: não só as constantes referências a sexualidade (Smurfs, Married With Children, palavrões na mesa de jantar), mas um desejo proibído e secreto pela irmã dele (note que o Frank é na verdade o namorado dela).

Acredito que você diga isso por que o final mostra como ele realmente percebe as consequencias dos atos dele, mas ele só trata desse assunto nesse momento.

Incorreto. Veja a minha (brevíssima) interpretação acima, ou então leia o ótimo ensaio do Jim Emerson. O filme todo bate nas teclas da confusão psicológica do Donnie em frente a transição do menino (que acredita em Coelhos da Páscoa) para o homem (que começa a enxergar "por trás das coisas", perde certas esperanças e ideais, etc).

O final lida diretamente com a escolha que o Donnie fez, o auto-sacrifício no Universo Tangente, virando um mártir (típica fantasia solipsística adolescente), i.e. ele escolhe permanecer na ilusão da infância.

Não há a mínima mudança nos atos dele até esse momento, então o filme fica falando sobre o que durante a sua exibição?

Anh?

O filme trata sobre um jovem subestimado por várias pessoas a sua volta, que encontra conforto em situações que abranjem temas complexos, até que começa a se ver dentro de um deles. Seu "problema" mental mostra coisas que acontecerão futuramente. Primeiro sendo contatado na forma de alucinações (Frank) e depois de uma forma mais direta e imediatista (a bolha saindo do peito). Adquirindo conhecimento, ele percebe que aquilo é real e que pode ser mudado, até chegar no ponto em que ele deve fazer uma escolha crucial para salvar alguem que ele gosta.

Estou perdido?

Sim. Você basicamente descreveu a trama - e descreveu mal. Ele é realmente um jovem "subestimado", ou apenas se sente assim? Ele percebe que o quê é real? Suas alucinações? Ou você tá encarando a história como algo literal? (dica: não é uma boa idéia).

Falhou em mencionar qualquer coisa relacionada aos temas que o filme toca (i.e. a parte relevante).

Mais 2 pra lista dos que não funcionam.

Talvez você devesse dar uma olhada no filme de novo.
 
Última edição:

Shazan

siscapuliu
Tive que reviver o tópico, só porque eu assisti o filme depois de todos esses anos. Minha namorada, que caça títulos na locadora e na internet me fez alugar e, puxa vida, depois de assistir a vários títulos "marromenos" tenho que dizer que gostei muito desse filme. Não quero pensar demais ou ler todos esses posts anteriores, porque o filme em si é bastante confuso e repleto de informações pra originar teses bem extensas.

Resumo dizendo que o filme valeu a pena. Já estou até com vontade de assistir denovo. Devo comprar pra ter na minha coleção pessoal.
 

elrohir99

Banned
Voces já viram o directors cut que tem 122 minutos, aqui já saiu mas eu não vi.
Só vi o original e gostei, francamente bom e interessante.
No mesmo seguimento ja viram o Efeito Borboleta, é mais actual mas tb é no mesmo estilo, mesmo a assim o Donnie Darko é melhor.
 

Tisf

Delivery Boy
Eu acho Efeito Borboleta tão ruim, não entendo como as pessoas amam tanto esse filme :burp:
 

Stu

This is Spartaaaa
Acho que dei bobeira em não ter visto o filme quando passou no sbt. Achei que jogar na internet seria mais legal pra uma noite de sábado.

Agora me sinto um idiota =/
 

Tuor

Usuário
Talvez eu seja muito limitado com relação a certos filmes, mas ouso dizer que, pra mim, Donnie Darko foi o filme mais complexo que eu já vi em toda a minha vida. Talvez apareça algum outro que me faça quebrar a cabeça horas e horas depois de o filme terminar...
 
Talvez eu seja muito limitado com relação a certos filmes, mas ouso dizer que, pra mim, Donnie Darko foi o filme mais complexo que eu já vi em toda a minha vida. Talvez apareça algum outro que me faça quebrar a cabeça horas e horas depois de o filme terminar...
Olha, eu assisti nesse domingo um chamado A Montanha Mágica. É o tipo de filme que poderíamos nos reunir num grupo, passar um mês discutindo, e ainda assim só abordaríamos ele superficialmente.
 

Deriel

Administrador
É um bom filme, mas muito "hypado". Aliás, hypado como todo filme de adolescente, que no final atinge uma veia qualquer do pessoal da idade e vira quase religião: Donnie Darko, Ghost World e Brick.

(ia colocar High School Musical junto mas desisti :g: )
 

Valinor 2021

Total arrecadado
R$150,00
Meta
R$4.800,00
Termina em:
Topo