1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Dois lados da história

Tópico em 'Clube dos Bardos' iniciado por White Mask, 23 Ago 2009.

  1. White Mask

    White Mask Usuário

    [align=left]Será que não te vou esquecer?
    Que este sentimento perseguirá-me até morrer?
    Este sentimento que tanto me tortura,
    Algo que me mata aos poucos como uma faca fria e dura.
    Porque é que criaste esta ilusão?
    Porque maltratas o meu coração?
    Como consegues sorrir todo o dia?
    Será que não passei de mais uma rapariga?
    Talvez fui apenas usada,
    Usada e nunca (como eu pensava) amada,
    Será que olhas para mim como olhas para uma rapariga de rua?
    Alguém que não tem valor a não ser nua
    Será que és assim tão indiferente?
    O que se passa na tua mente?
    Será que és mais um mascarado?
    Alguém que esconde com um sorriso um coração magoado.
    [/align]

    [align=right]Quando eu sorrio, vejo-a chorar:
    Lágrimas de raiva e de dor,
    Lágrimas que invejo por lhe poderem tocar,
    Lágrimas que eu sei que sou o causador.
    Mas eu não posso voltar,
    Ameaçaram que a iam matar.
    Se algum dia eu voltasse a ter,
    Se eu a voltasse a ver.
    Passo perto da sua casa, ouço a soluçar
    O som do seu choro faz o meu coração morrer.
    Mil bocados no meu peito a voar,
    E um sentimento que teima em fazer-me sofrer.
    Ser queimado vivo era melhor para mim,
    Porque é que tinha de ser assim?
    Mas se a todas as ordens deles eu não me submeter.
    Temo que a veja nos meus braços, morrer.
    [/align]

    [align=center]
    Salto a janela dela, eu tenho de lhe beijar.

    Ele salta a minha janela será que estou a sonhar?
    Que prazer os seus lábios nos meus.
    Ahhh tão bom os meus lábios nos seus.
    Eles vieram... oh não vão a matar!
    Quem são estes que possuem maldade no olhar?
    Última coisa que sinto é a arma no meu corpo.

    Eu choro enquanto pego o seu corpo morto.

    Pega na sua menina com destreza,
    Procura o veneno com grande beleza,
    Um último beijo apaixonado,
    E morrem juntos lado a lado.
    [/align]

    ***

    Comentem se gostarem e se não gostarem também, gostava de saber as vossas opiniões =D
    Desde já obrigada, beijos WM (White Mask)
     
  2. um poema que disseca muito bem a substância que molda
    a infelicidade amorosa.
     
  3. imported_Wilson

    imported_Wilson Please understand...

    Bem bonito o poema. E gostei do arranjo também
     

Compartilhar