1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Dicionario do Metal

Tópico em 'Música' iniciado por Silenzio, 7 Mar 2004.

Situação do Tópico:
Fechado para novas mensagens.
  1. Silenzio

    Silenzio Visitante

    Gothik Aurelium
    Enriqueça seu vocabulário com o novo dicionário de gotiquês
    Por Drackullah, Priscila Maquiavel e uma outra bicha não-identificada


    "Após meu amigo de infância Toddy ter se descoberto gótico, não entendia mais nada que ele dizia. Com o Gothik Aurelium agora tudo ficou mais fácil. Adquira já o seu!" (Grupo Imagem e Teleshop)

    "A mais completa reunião de termos da cultura perdida, com material coletado dos antigos papiros e tomos infernais" (Diário de Itapegica)

    Absinto - sm. Álcool engarrafado que teria virado moda no Brasil se não custasse tão caro pra fazerem eventos com "absinto free a noite inteira, mano!". Essa idéia, após fracassar, foi usada numa bebida de menor teor alcoólico feita de uvas passas, o vinagrette.

    Androginia - sf. Característica do gótico XY que não quer parecer homem, e ao mesmo tempo tem medo de sair do armário.

    Ankh - sf. Totem sexual egípcio que simboliza nada mais nada menos que um pau e uma boceta, e que os trevosos amam carregar no pescoço. Geralmente eles descobrem o significado da Ankh depois de alguns invernos.

    Black Metaller - adj infame. e sf. Mutação gênica entre baianos, metaleiros e mixiricas, que adquiriram com o tempo as qualidades de não tomar banho, adorar a morte, o splatter, se dizerem "pagãos", e verem coerência em serem nazistinhas tendo pele escura. Alguns se refugiam em florestas, outros em criptas, mausoléuns, vamp festivals, cavernas e circos de horrores. A filosofia Black Metal consiste em destruir tudo e colocar fogo em igrejas (porque o Count Grishnakkk fez, pra punir o que a igreja católica fez na Idade Média com os pagãos nórdicos), isso sem contar machadar seu melhor amigo, porque marketing pouco é bobagem.
    A música é uma variação de grunhidos ou riscação de vidro, guitarras medonhamente distorcidas e baterias a todo vapor.
    O estilo se divide em Symphonic Black Metal (feito pras fadinhas), o New school Black Metal (pros BMzinhos no casulo - ver mais a frente), o Vampiric Black Metal (feito pros chupa-sangue), o Unblack metal (feito pra cristãos-pagãos).
    A estética é caracterizada por alguns quilos de fundição nos braços e cintos, e corpse paint, um tipo de maquiagem tribal feita com graxa, guache e pomada Minancora (se você não tiver, pode usar Hipoglós e brilhar no escuro).
    Pra finalizar, a carreira de black metaller consiste em começar a ouvir Cradle of Filth e Dimmu Borgir, ser chamado de poser por um TrueFuckingEvilBlackMetaller, e apanhar feio por isso. Depois, o BMzinho sai do casulo, vende a alma pro diabo em troca de uma caneta Bic, esfaqueia a mãe e passa a ouvir Marduk, Immortal e Mayhem, SEMPRE falando que Cradle of Filth e qualquer outro banda de outro estilo de música é coisa de viadinho poser.
    Isso tudo prova que o Black Metal é um estilo coerente, sincero e de caráter construtivo.
    PS: Não se espante se o significado de "Doom Metaller" só mudar o nome das bandas citadas acima.

    Carpe Noctem - Termo latino que tem para os mixiricas o mesmo significado de uma latido de saudação ou um relincho de despedida.

    Cherrita (do Bajubá, "consolo, apoio") - sf. Artefato tribal usado desde o século VIII pelo círculo interno do Comitê Gótico Internacional para condecorar os novos truegoths, abrindo seu terceiro olho.

    Crucifixo - sm. Acessório feito de latão (ou folhado a prata para os mais "boutiquinhos"), geralmente adquirido por R$2,00 (dois reais) na Galeria do Rock ou camelôs, utilizado fielmente pelos mixiricas. Alguns acreditam fervorosamente em algum significado das forças do espaço para tal artefato, outros passam décadas pesquisando para que possa ter "o direito" de usar tal artefato, e outros mais espertinhos sabem que não quer dizer porra nenhuma e só usam.

    Dança - sf. Artíficio que as góticas usam quando estão no cio pra procriarem a desgraça. Geralmente feita num palco comido por cupins, para evitar que muitos subam em cima para abusar da gutiquinha. Existem vários tipos de dança já registrado por nossos zoólogos de plantão:
    Dança do Ventre - (É claro que não estamos falando da dança original, e sim de uma apresentação medonha onde alguma mixirica meche os pneus da cintura e sacode os braços pra cima ao som de Dead Can dance ou Enya). Também chamada de "Dança da pança"
    Dança da gótica côcha - Dancinha pra frente e pra trás que simula os movimentos de uma bicha manca.
    Dança da borboleta - Dança hilária onde a mixirica dança sacudindo os bracinhos pra cima como se quisesse pegar alguma coisa. As performers que dançam esse consagrado rito geralmente são as mais cuidadas, e que depilam o suvaco de vez em quando.

    Glowstick - sm. Artefato tribal que os(as) clubbers infiltrados em casas góticas usam para serem localizados, agarrados e cuidadosamente depenados.

    Gótica Mendiga - sf. Aquela que não tem nem um real pra entrar no cemitério. Um tipinho bastante comum, mas que por motivos desconhecidos ainda conseguem entrar nos clubes de graça falando que é de uma equipe de reportagem. Vivem pedindo pro povo bebida; "aí mano, mé dá um pouco do seu goró". Note que "fazer parte de uma equipe de reportagem", ao meu ver, é na verdade escrevinhar textos falando de quem vomitou na pista, puxando saco de algum guru, com palavras repetitivas e com um monte de fotos pessimamente tiradas dos amigos dos "repórteres". As góticas mendigas são tão interessantes que merecem um destaque. Se dividem em alguns clãs:
    Gótica do Mau - Aquela que paga um pau pro Maurício da Thornsbajara nas "reportagens".
    Gótica clássica - Aquela bicha que se amarra em babadores e moda vitoriana. Fala que decende de Lords e Ladies, mas na verdade nasceu na zona leste.

    Hail - "Ave!", em versão infernal.

    Heterossexual - adj. Um gótico com sério distúrbio sexual.

    Imbecil - sm. O mixirica, sobre o ponto de vista de uma pessoa sem seqüelas.

    LaCremosa - Banda de true goths, de alta hierarquia e tenebrosidade. Note que essa é uma das bandas básicas dentre várias que você têm que amar pra se tornar um Grão-mestre.
    Lei da banda famigerada
    1 - é gótica aquela banda cujos membros tiverem cara feia, cabelo sujo e comprido, e uma baranga com carinha de anjo e voz de ratinha entre eles. Exemplo: Tristania, Theatre of Tragedy, The Sins of thy Beloved, e milhares de outras bandas de metal que já repetiram a fórmula e continuam enchendo o rabo de dinheiro.
    2 - é muito gótica aquela banda que faz metal mas diz que faz a TGM (true gothic music). Exemplo: Love Like Blood.
    3 - é funestamente gótico se essa banda fala sobre satanismo, vampirismo e misantropia, e mais ainda se for uma banda de RTSBM (Really True Symphonic Black Metal). Exemplo, respectivamente, Immortal, Cradle of Filth, Marilyn Manson; e Dimmu Hamburger.
    4 - é true-fucking-escabrosamente-macabro se o nome dessa banda é LaCremosa (com as possíveis variações de LaMimosa, Lagrimimosa, Lacrimenta, Dárquimosa).

    Lesbianismo explícito - sm. Tipo de performance barata onde duas mixiricas heterossexuais do sexo feminino se dão uns beijinhos de amiga, dançando música celta pertinho uma da outra, balançando os peitos e as banhas, e pisando nas baratas que correm pelo palco. A fauna das Lésbicas-heterossexuais-explícitas geralmente surge com muito amor pra dar em noites de Vamp Festival e Dark Celebratum, em troca de uma entrada VIP e/ou vinagre "free a noite inteira". Os donos das casa geralmente acabam com as performances quando a fila do banheiro com metaleiros punheteiros chega a interditar a entrada da casa. Assim, as morceguinhas, assustadas, saem correndo e voltam na próxima versão do festival, lipoaspiradas.

    Madame Satã - sm. Estabelecimento que funciona como "Poço de Vômito" nas noites do Bebum de sábado e "Ninho de urubus" nos demais dias. O Madame Satã ficou conhecido pelos seus anos de ouro da década de oitenta, e suas pecinhas engraçadas, como um cara que está pregado na escada faz uns 10 anos e outro que colou um chapéu na cabeça e boqueja com qualquer um que se diz "gótico". Ele sim é fucking true, acreditem.

    Michêrica - sm. Góticos mixiricas homossexuais e viciados que se prostituem no Salame Satã em troca de farinha. "My name is Rica, Michêrica"

    Mixirica - adj. ou sf. Entidade que bateu a cabeça num túmulo e perdeu a noção da realidade. Uma mixirica pode ser identificada de várias maneiras:
    I - Pelo cheiro de mofo de seu sobretudo surrado comprado no brechó da esquina
    II - Alto teor cítrico
    III - Eterna menstruação
    IV - Pelo modo de se vestir e se comportar
    V - Pelo número de letras do LaCremosa que ele(a) decorou em português, alemão, inglês, francês, braile, latim e tupi
    VI - Pelo orgulho deste de mostrar os cantos do Madame Satã onde ele(a) já vomitou, o número de cruzes quebradas no cemitério e número de cicatrizes no pulso (pode ter sido uma picada de mosquisto, ele(a) fará questão de dizer que foi uma navalha numa noite sombria).
    VII - etc.

    Mixirica Podre - sf. Gótico que frequentou o Salame Satã nos anos dourados e não se livrou do trauma até hoje, persistindo na mesma bobagem até os dias atuais. (Vide o cara que colou o chapéu na cabeça).

    Parede - sm. (1) Estrutura de cimento com significado simbólico no meio gótico.
    (2) Lugar preferido dos performers para darem de cara.
    Parede preta - O parzinho do gótico na pista de dança.
    Parede branca - O parzinho que segura o impacto da cara do gótico na presença de um skinhead.

    Performance - sn. Ritual tribal executado em eventos de baixa categoria onde um(a) mixirica sem vergonha fica em uma roda na pista de dança cuspindo ou pegando fogo; se esfregando em alguém ou sendo esfregado(a); rodando numa barra ou caindo de cara no chão.

    Poser - adj. Nome que os mixiricas usam pra ofender alguém que usa menos spikes que ele, ou uma cruz de envergadura menor. Ou vice-versa.
    Poser (2) - sm. Pessoa que faz pose melhor que você, chamando a atenção que você tanto queria.

    Rateio - col. Gíria adotada pelos mixiricas do centrão e do Madame (se bem que dá quase na mesma) para juntar certa quantia de dinheiro e comprar determinada quantidade de vinho barato e quente, beberem debaixo do sol e pensarem que são Baudelaires... (um dos únicos autores conhecidos dos mixiricas além do "Báiron" e do Maurício de Souza).
     
  2. MaxDirty

    MaxDirty Firefox Enthusiast

    putz, pra la de engraçado
    e aidna por cima instrutivo :wink:
    termina ai o dicionario ou tem mais coisas???
     
  3. Vovin

    Vovin Steve Vai, The Mars Volta

    Esqueceu o...

    NightWish - Banda dos que-se-acham-góticos, se vestem de preto e odeiam os pais, os fãs dessa banda são discriminados pelos total-fucking-true-gothics.
     
  4. ?

    ? Banned

    fiquei com preguiça de ler tudo
    mas que é engraçado é :lol:
     
  5. Adorei ! Principalmente a avacalhação em cima do Lacrimosa....
    :lol:
     
  6. Gallows Pole

    Gallows Pole Usuário

    faz uma decada que eu nem entro aki mais a Morwen me passo um link
    pra esse topico e eu fikei me perguntano...

    quem foi o filho duma prostituta q escreveu isso? :x



    seja quem for foi um idiota....um dakeles q da o cu pelo stratovarius...
     
  7. Metal Extremo

    Metal Extremo Usuário

    Ae quem foi o filho da puta que escreveu essa porra??? será q essa bicha ja ouviu o metal real?? vai em algum show e entra na roda de black metal pra ve se eh como vc fala !!! vai se esfakeado lah !!! Vc merece ser empalado em praça publica, seu estrume !!! Feladaputa bem q vc queria ser o Grishnack pra ter um pouco de reconhecimento e fica metendo o pau no kra sendo que sua vida é resumida a comer a porca da sua mulher (se é q vc pega alguma) e ficar escrevendo essas merdas q vc naum tem conhecimento !!!! QUEIME NO INFERNO !!!
     
  8. Vovin

    Vovin Steve Vai, The Mars Volta

    Hahahahahahhahahahaahhahahahahaha... :lol:
    O melhor é a reação do pessoal :lol:
     
  9. jean

    jean Shhhzup!

    Com certeza...
    O pior de tudo é que o cara critica fazendo exatamente o que tá escrito... :doh:
     
  10. Silenzio

    Silenzio Visitante

    :lol: :lol: :lol: :lol:
    Esta foi uma das mensagens mais divertidas que já li aqui.
    Infelizmente não foi eu quem escreveu, mas eu gostaria de ter escrito isso.
    Pena que se algum moderador ver essa mensagem não teremos mais o prazer de dar risada de você :?
     
  11. Lord Ashram

    Lord Ashram Denny Crane

    :lol: :lol: :lol: :lol: :lol: :lol:

    Fazia tempo que o Música não trazia alguma diversão. :lol: :lol: :lol:
     
  12. Urd Sama

    Urd Sama I can't contain myself anymore

    Poxa, eu já fui algumas vezes ao Madame Satã, lugar bizarro...
     
  13. Pips

    Pips Old School.

    Parece mais dicionario gótico que de metal metal, anyway...

    Madame Satã é legal mas só para ir acompanhado :|
     
  14. Kanawati

    Kanawati NI!

    A quantidade de baixarias por post neste topico deve ter batido todos os recordes. Isso nao pode dar mesmo em nada bom. O tópico será trancado e os que postaram estejam avisados que aqui nao é lugar pra esse tipo de comportamento. Se eu encontrar mais algum post desse tipo o autor vai levar cartao na hora.

    Nao há graça alguma em textos preconceituosos e cheios de palavrao.
     
Situação do Tópico:
Fechado para novas mensagens.

Compartilhar