1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Diário da Queda (Michel Laub)

Tópico em 'Literatura Brasileira' iniciado por Pips, 24 Mar 2011.

  1. Pips

    Pips Old School.

    Na tradição judaica, na comemoração de um Bar Mitzvah o aniversariante senta numa cadeira na hora dos parabéns e é levantado 13 vezes (correspondente a sua idade) com desejos de boa sorte. Só que para João, um jovem goi (sem origem judia), é sabotado pelos seus convidados durante o parabéns em sua festa de aniversário - que imita um Bar Mitzvah para fazer com que o jovem possa ao menos parecer judeu por um dia -, e desce em queda livre em direção ao chão. As consequências desse ato resultam em fisioterapia para João e reflexões morais e rememorações para nosso narrador em Diário da Queda, quinto romance de Michel Laub, lançado esse mês pela Companhia das Letras.

    A queda de João, o único personagem nomeado na obra, e a clamação por perdão de um dos responsáveis é que dispararão tudo que o narrador sente pelo seu avô, pai e por si mesmo. Todas as memórias entraram em colapso entre as atitudes do narrador no passado (e no passado do avô e do pai) e seu presente – aos 40 anos de idade, no terceiro casamento que está prestes a acabar como os anteriores.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
  2. Diana Passy

    Diana Passy Usuário

    Vou dizer uma coisa: de tempos em tempos, aparece um livro na editora que vai passando pelo boca-a-boca de um funcionário pra outro. E quando você vê, a editora inteira está empolgada pelo lançamento, torcendo pra dar tudo certo pro livro.
    "Diário da queda" foi um desses livros.
     
  3. Thriller Dude

    Thriller Dude Usuário

    Nem precisa ser da editora para notar o frenesi em torno desse lançamento. De todos os lados, vem comentários sobre o livro. Curioso...
     
  4. Pips

    Pips Old School.

    E o lançamento estava cheio!
     
  5. Thriller Dude

    Thriller Dude Usuário

    Resenha de O Globo:

    http://oglobo.globo.com/blogs/prosa/posts/2011/04/02/resenha-de-diario-da-queda-de-michel-laub-372455.asp
     
  6. Anica

    Anica Usuário

    mais uma resenha do livro >> http://www.gazetadopovo.com.br/cadernog/conteudo.phtml?tl=1&id=1112308&tit=A-inviabilidade-da-experiencia-humana
     

Compartilhar