1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Descoberta

Tópico em 'Clube dos Bardos' iniciado por G., 8 Dez 2011.

  1. G.

    G. Ai, que preguiça!

    No silencio entre a densa bruma...
    espero.
    Encanto há em olhar ao nada à frente,
    com a expectativa de um servo,
    obediente.
    Jornada fútil: gastar passos −
    aglomerados,
    cegos,
    atropelados −
    porém ao lugar inicial voltar!
    Verdadeira expedição − essa sim! −
    permitir ajuntar, tal qual do vapor
    em múltiplas gotículas d'água se condensar −
    assim amontoar os impulsos, quão secretos,
    escondidos estão − então deixar
    a viva torrente fluir − tão certo o fará
    navegar rumo − não à resposta − logo
    à profundo incógnita em si!
     
  2. ricardo campos

    ricardo campos Debochado!

    “Verdadeira expedição − essa sim! −
    permitir ajuntar, tal qual do vapor
    em múltiplas gotículas d'água se condensar −
    assim amontoar os impulsos, quão secretos,
    escondidos estão”


    Descoberta.

    Você descobre a poesia ou a poesia acaba descobrindo você . O poeta é um expedicionário, sempre está em busca de algo. Deixa condensar e virar poesia :sim:
     
  3. G.

    G. Ai, que preguiça!

    Obrigado pelo incentivo!
     
  4. Mavericco

    Mavericco I am fire and air. Usuário Premium

    Encanto há em olhar ao nada à frente,

    Adorei esse verso =D
    Lembra-me aqueles versos horacianos...
     

Compartilhar