1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Desabafo de uma má leitora.

Tópico em 'Generalidades Literárias' iniciado por Luisa Oliveira, 8 Jun 2012.

  1. Luisa Oliveira

    Luisa Oliveira Usuário

    Olá, amigos. Faz muito que eu visito o fórum Meia Palavra, mas decidi desabafar sobre algo que percebi, acontece comigo.

    Eu leio bastante, como a maioria aqui, mas não consigo fazer nenhum comentário sobre o que li, nem mesmo uma resenha. Como se eu fosse uma leitora passiva, recebesse a informação (decifrando o código, ou seja, linguagem) sem questioná-la. Como fazemos quando assistimos à um filme.

    Fiz dezoito anos há um mês. Lia Agatha, Sidney Sheldon e etc, agora eu leio clássicos da literatura universal.

    Como eu disse, eu leio sem problemas, mas não consigo exprimir o que leio. Na verdade não costumo pensar muito na leitura, leio um livro pensando em outro. Me sinto isso mesmo: uma má leitora.

    Não sei, talvez vocês possam me ajudar, eu quero deixar de ser uma má leitora.

    Att

    Luisa Oliveira.
     
  2. Liv

    Liv Visitante

    Mas isso não tem nada a ver, com ser má leitora, Luisa. Aliás eu acho que esse termo nem deveria existir. Já li diversos livros onde os comentários eram péssimos e eu adorei. Ou que acharam "x" e eu entendi "y". Ou simplesmente, livros clássicos maravilhosos que eu não entendi lhufas e abandonei na página10. Você tem 18 anos, não se cobre. Enquanto pessoas da sua idade leem gibis, você está entrando nos clássicos da literatura mundial, né.

    Continue seguindo as suas leituras, de acordo com seu ritmo. Participe do fórum para exercitar a sua escrita em relação as opiniões, aqui todo mundo é de boa. Aliás, seja bem-vinda =]
     
  3. Anderson N.

    Anderson N. Órfão Meia Palavra In Memoriam

    Eu penso que o fato de você ler por prazer já basta. Por enquanto. Como a Anica disse, não se cobre.

    Sabe que eu percebi que não costumo escrever nada lendo seu post? Criticas, resenhas, comentários... nada. É algo que eu nunca dei a minima, e você deveria fazer o mesmo.

    Leia , leia e leia.
     
  4. Mavericco

    Mavericco I am fire and air. Usuário Premium

    Talvez o que esteja acontecendo é que você não achou seu modus operandi para escrever resenhas. Eu particularmente gosto do método de selecionar trechos que eu acho interessantes e analisá-los primeiro separadamente e depois conjuntamente, quando me parece que o livro está difícil demais de ser analisado no todo. Outro exemplo seria o de você ler uma resenha sobre o livro e tentar complementar essa tal resenha com suas visões, se você discorda, se isso, se aquilo... Ou, quem sabe, você começar uma resenha simplesmente partindo do básico, que seria tentando resumir o enredo e destacando os fatos importantes?

    Existem várias outras táticas, e, se você for lendo as resenhas da galera do Meia, vai perceber que todos são mestres nesse gênero e têm muito a te ensinar. Outra ideia é a de postar aqui no fórum mesmo, nos tópicos dedicados aos livros que você já leu ou quer ler, e perguntando o que o pessoal achou, e tentando dizer você também as suas impressões. O Meia Palavra é basicamente pra isso mesmo: pra você discutir um livro sem ter de escrever necessariamente uma resenha. E não se acanhe se você achar que seus comentários "não adicionam nada" ou que um outro membro tenha opiniões "melhores que as suas": nenhuma opinião, aliás, será melhor do que a sua, de uma leitora ou de alguém que está lutando nessa tarefa difícil de ler um livro.
     
  5. abylos

    abylos Usuário Usuário Premium

    Isso mesmo :sim:

    Talvez a unica coisa que voce citou que poderia ser trabalhada até pra ajudar voce a construir argumentos sobre as suas leituras é o fato de ler um livro pensando em outro... Mas ai é uma questão de concentração e não se ser "má leitora".

    Quando estiver lendo, procure ao mesmo tempo imaginar como o personagem esta se sentindo, os locais por onde ele passa, etc...
    Se voce souber desenhar(ao contrario de mim :P), desenhe as paisagens até, assim voce vai entrar mais no universo do que está lendo e então com certeza vai conseguir exprimir melhor depois de ter lido ;)
     
  6. Luisa Oliveira

    Luisa Oliveira Usuário

    Será que ler e somente ler basta mesmo, pessoal? Eu queria tanto escrever aquelas resenhas enormes sobre livro x e autor y. Mas eu não consigo dizer algo do tipo "Dostoévski é um autor muito xxxx". Não consigo. Então sinto que estou lendo de forma errada. Quando eu leio, faço porque gosto e também porque quero evoluir intelectualmente, claro. Não sei, eu sou muito mais madura que a maioria das pessoas da minha idade, mas o problema é que tenho a impressão de que não capto a mensagem do autor, e vocês devem saber que isso é o mais importante quando se ler, sei lá, Dostoiévsky, Gabriel Garcia Márquez, Sthendal, Machado etc. A impressão que eu tenho é de que eu apenas decifro as letras, com isso não tenho problema, mas não creio que seja capaz de analisar o estilo de um autor, ou comentar sobre os principais temas de tal autor.

    Eu leio e gosto, leio às vezes com pressa, pensando no próximo livro, mas isso não atrapalha.

    Penso que o normal é: Ler> Refletir (durante e após a leitura) > escrever sobre o que leu > me tornar alguém melhor.


    Mas como eu disse, há algo entre uma etapa e outra. E isso me incomoda muito. Você não tem uma dica para que eu seja uma leitora critica, analítica, ativa?

    Obrigada pelas boas vindas ;)
     
  7. Liv

    Liv Visitante

    O único autor que eu me sinto menos insegura em falar sobre "estilo" é o Gabriel García Márquez, e olha que foi depois de ler pelo menos metade do que ele já escreveu.

    Quando eu vou resenhar pro blog do Meia Palavra, costumo ir anotando trechos, ideias e inspirações que vão surgindo durante a leitura. Outra coisa, ler mais que três/quatro livros por mês? Só nas férias ou livros com menos de 200 páginas. Sou bastante lerda com a leitura e já cheguei a voltar da página 50 para o início porque tinha perdido o fio da meada.

    E mesmo me esforçando pra dar tudo certo sempre dá a sensação que eu poderia ter feito melhor. Escrever é um constante exercício. Quando eu tinha 18 anos, tinha vários blogs que eu escrevia qualquer coisa e nunca mostrava pra ninguém. Hoje eu vejo que eles me ajudaram bastante =]
     
  8. Luisa Oliveira

    Luisa Oliveira Usuário

    Leio uns 6 livros por mês. Leio rápido, eu acho. E sempre leio antes de dormir, uma da manhã, por aí. Será que isso não influencia também?

    Vou tentar ler devagar e me concentrar apenas no livro. Se tiverem dicas, eu as aceito de coração. Ler é a melhor coisa que faço na minha vida, e se eu não o faço da melhor forma, qual a graça?

    Como vocês eram como começaram a ler? de preferência os clássicos. ..
     
  9. abylos

    abylos Usuário Usuário Premium

    Como o Mavericco disse, comece do mais simples. Faça um resumo do livro citando o que voce considerou importante essencial, como costumavamos fazer na escola.
    Ai leia o livro novamente pra ver se deixou escapar algo e assim voce vai desenvolvendo ^^

    Creio que a parte de analise tecnica, de falar que um escrito escreve desse ou daquele jeito, separar os estilos, etc é algo para o qual talvez seja necessario estudar os estilos e diferenças...

    Eu também não costumo escrever resenhas... geralmente classifico os livros em gostei e não gostei :P
    Tenho até como dizer alguns motivos pelos quais gostei ou não, mas nada muito tecnico.

    Porém o essencial é voce fazer tudo de forma leve e natural ^^
     
  10. Liv

    Liv Visitante

    O que exatamente você gosta de ler? Você citou Gabriel García Márquez e isso já ganhou um ponto comigo, haha! Tem gente aqui no fórum que já leu mais de sessenta livros só esse ano, cada um é cada um, né? No seu caso, Luisa, eu acho que o problema é concentração. Se você reduzisse o ritmo (só esse mês, faz o teste) para três livros, teria em teoria pelo menos uns bons dez dias para refletir sobre o que leu. No meu caso, lá no sexto livro, não lembraria da história do primeiro. Aí complica a vida! ><'
     
  11. Luisa Oliveira

    Luisa Oliveira Usuário

    Vocês estão sendo tão bons comigo :rofl:

    Eu leio clássicos, de forma geral. Gosto muito de Dostoíevsky, mas não li um romance grande dele, só novelas.

    Será que o fato de eu ter pulado de Sidney Sheldon (rei dos romances da cultura de massa) para os clássicos não influenciam? Acho que eu fui com muita sede ao pote. Talvez eu seja apenas uma leitora imatura.

    Vou fazer como vocês disseram, lerei mais devagar, em outros horários e vou escrever algo depois da leitura. Enfim, agora eu preciso ir trabalhar. Mas volto hoje à noite para ler os comentários de vocês (espero encontrar dezenas deles, mesmo:happyt:) e ajeitar esse perfil (foto, etc, etc). Obrigado, amigos, beijo:tchauzim:
     
  12. Lizzie

    Lizzie Usuário

    Luisa, também tenho 18 anos e passei (e acho que ainda estou passando) por um momento EXATAMENTE igual ao seu. Sempre li pra caramba, mas não tinha o costume de escrever resenha nem comentário nenhum sobre os livros, e achava um pouco complicado falar sobre eles. Quando realmente me dei conta disso, fiquei mal, e matutando a minha cabeça com esse tipo de pensamento, "sou uma má leitora". Ver as resenhas imensas pela internet muitas vezes só ajudava a aumentar ainda mais essa sensação de inferioridade.

    Mas você já tentou de fato escrever suas resenhas? Eu me achava uma péssima escritora, mas pouco me esforçava para melhorar. Ano passado, entrei, meio receosa, no Desafio Literário (
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    ), em que os participantes leem livros dos assuntos determinados em cada mês e escrevem sobre eles. Eu jurava que ia acabar desistindo, mas entrei mesmo assim; não só fui até o final como melhorei demais como escritora, minhas notas na escola provam isso. Quem sabe você não pode tentar fazer o mesmo? É uma brincadeira, uma obrigação sem ser necessariamente uma obrigação. É claro que você vai precisar fazer um esforço, sentar e pensar no que falará; no começo pode não ficar tão bom como você esperava ou gostaria, mas também não pode parar no meio. A gente só aprende a escrever escrevendo! :D Em pouco tempo já fica mais fácil falar sobre as leituras.

    E talvez a história de ler um livro pensando no outro não seja mesmo a melhor ideia...pense no outro, depois leia o atual! XD Mas não force você mesmo a entender o que o autor quis dizer e essas coisas. também fico um pouco irritada quando leio um clássico super aclamado e não consigo ver muita coisa entre as entrelinhas ou algo assim, mas isso não é exatamente obrigatório, sabe? Você lê por prazer, certo? Então continue a fazer isso, sem perturbar você mesma com pensamentos ingratos - pode ter certeza de que isso vai acabar piorando tudo. Leia, leia, leia; se quiser, pegue um caderno (ou abra o Word) e anote tudo o que vier na sua cabeça sobre a história que estiver lendo no momento, fazer isso me ajuda muito.

    Espero ter ajudado de alguma forma!
     
  13. Liv

    Liv Visitante

    Quem nunca leu Sidney Sheldon aos 18? :rofl: Peguei uma febre de Sidney Sheldon que fiquei as férias de verão inteiras sem conseguir ler outra coisa.
     
  14. Raphael_Dias

    Raphael_Dias Usuário

    Não acho que importa se você lê clássicos ou livros mais simples, o que importa é gostar da história nele. O primeiro livro que eu li inteiro, por vontade própria foi aos 19 anos (antes disso lia resumos pra escola e enrolava bem), foi Misto Quente do Bukowski. Não é um livro complexo, mas também não é popular, não agrada a muita gente por causa do vocabulário e da forma explícita que ele descreve as coisas mais repugnantes do submundo norte-america, mas é isso que eu gosto e foi com esse tipo de literatura que eu me identifiquei. Aos poucos fui me jogando em outros estilos e conhecendo novos autores e é assim com tudo na vida. Aconteceu o mesmo comigo com a música e o cinema.
    Quanto a analisar o livro, isso é mais complicado. Eu não consigo descrever o estilo técnico de autor nenhum, porque não tenho o conhecimento para isso, não faço ideia do estilo, simbolismos, formas, nada, só a história. Quero aprender mais sobre isso, mas um passo de cada vez.
    Sugiro apenas que, quando estiver lendo (independentemente do horário), apenas leia. Tente esquecer do mundo a sua volta, música, problemas, tudo isso só vai atrapalhar.
     
  15. JLM

    JLM mata o branquelo detta walker

    acho q vc precisa desencanar, lu.

    ond tá escrito na bíblia q vc precisa resenhar e comentar os livros q lê? escrever só por escrever ou p aparecer é a coisa + chata e inútil do mundo. eu já escrevi dezenas d resenhas mas hj me enche o saco. agora só resenho ou comento os livros q d alguma forma sacodem a minha cachola. e ñ é q ñ saiba escrever, simplesmente ñ vejo graça. e talvez seja isso q esteja acontecendo contigo, vc (ainda) ñ se motiva ou entusiasma a resenhar/comentar. e isso ñ é pecado.

    afinal, vc ñ será menos leitora se ñ for escritora ou comentarista. pelo contrário.
     
  16. Bel

    Bel Moderador Usuário Premium

    Seguindo o raciocínio da Luisa, sou má leitora até hoje :calado:
     
  17. Luisa Oliveira

    Luisa Oliveira Usuário

    Tenho até hoje os livros dele aqui, haha.
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
    Última edição por um moderador: 6 Out 2013
  18. Anderson N.

    Anderson N. Órfão Meia Palavra In Memoriam

    Pois é, eu também. Nunca escrevi uma resenha na minha vida, ao menos não me lembro.:hahano:
     
  19. Luisa Oliveira

    Luisa Oliveira Usuário

    Hmm, prometo que vou tentar fazer isso
     
  20. Luisa Oliveira

    Luisa Oliveira Usuário

    Pois é, mas eu nunca assumi fazê-lo. :maizem:

    Com certeza você ajudou, Lise. Eu vou tentar um cadastro nesse site, tudo é útil.
     

Compartilhar