1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Declaração de Ridley Scott sobre a duração de filmes

Tópico em 'Cinema' iniciado por Skywalker, 8 Abr 2005.

  1. Skywalker

    Skywalker Great Old One

    No Cinema em Cena, falando sobre o filme Cruzada, saiu a seguinte notícia sobre uma declaração do Ridley Scott:

    (11:16) Ridley Scott deixou uma hora de filme fora da edição final de Cruzada, que chega aos cinemas em 6 de maio. O cineasta revelou que as cenas cortadas poderão ser vistas no DVD, que trará a “versão do diretor” com quase três horas de duração.



    “O mundo do DVD é uma experiência diferente. O público de cinema sai para ver o filme e eu acho que há um nível de tolerância. Você acha que óperas tendem a ser um pouco longas? Você acha que peças de teatro tendem a ser um pouco longas? Você pensa, ‘Oh, meu Deus, outro ato!’”, disse Scott à imprensa, segundo o site Dark Horizons. “Você poderá dizer porque colocamos certas cenas somente na versão estendida. A que vai para os cinemas é a melhor versão, não há dúvidas sobre isso na minha opinião,” concluiu.



    Eva Green acrescentou que as cenas cortadas são mais focadas nos personagens e incluem uma subtrama envolvendo o filho que ela tem com Orlando Bloom. A atriz disse que a princesa que interpreta é mais complexa na versão estendida e passa por uma “jornada de autodescoberta”.



    Então, o que acham? Quem vai ao cinema é pra ver filmes pipoca ou ainda há espaço para a arte? Eu fiquei com a bunda dura assistindo às versões estendidas do SdA, mas saí de lá contente por ter visto o quanto as cenas adicionais acrescentaram ao filme...
     
  2. V

    V Saloon Keeper

    Os filmes realmente bons dificilmente têm mais de duas horas.

    E a questão da "arte" não tem nada a ver com a duração. Alguns curtas do Stan Brakhage são minúsculos ("Eye Myth" tem 9 segundos, aprox.) e não deixam de ser obras de arte por causa disso (ou talvez eles sejam justamente por isso).

    "The Heart of the World", do Guy Maddin, é um épico de 6 minutos. "Puce Moment", do Kenneth Anger, tem a mesma duração, e é indubitavelmente uma obra de arte.

    Etc.
     
  3. Boreli

    Boreli .

    Acredito que a qualidade da "arte" não está relacionado ao tempo de duração do filme. Contudo, em grandes histórias isso pode ser um problema, acho... Como desenvolver com muito para contar em um tempo relativamente curto?
     
  4. Sister Jack

    Sister Jack Usuário

    Os cortes das versões extendidas simplesmente NÃO foram feitos pro cinema. O próprio PJ falou que as versões oficiais de SDA são as do corte original de 3 horas, e que as versões extendidas tem um ritmo errático e ruim, e que são feitas pra assistir em casa, onde você pode parar quando quiser, devido a natureza episódica dos cortes longos. As versões extendidas foram para os "fãs" e só. Eu mesmo vi os filmes no cinema e confesso que fiquei impaciente em várias partes.

    Anyway...

    Eu acho que ainda há espaço pra arte e liberdade artística, mas eu também acho que os próprios artistas devem ter consciência do que estão fazendo. Não podem fazer um filme de 9 horas e esperar que todo mundo compareça com obediência. Não é assim que funciona. Eu não acredito que a mente consiga se envolver ativamente num filme por mais de 3 ou 4 horas, e mesmo assim, com muito esforço.

    E sem falar que um dos aspectos mais importantes de escrever roteiros é ser econômico.
     
  5. V

    V Saloon Keeper

    Um cara que tem a manha nesse aspecto é o Larry Cohen. Por Um Fio, Celular, etc - roteiros bem econômicos, narrativa ágil, quase nada explicado por meio de exposição, etc.

    Se todos os thrillers tradicionais tivessem roteiros assim...
     
  6. Boreli

    Boreli .

    Então a questão não pode ser generalizada. Vai tudo depender...
     
  7. Gondorian Blade

    Gondorian Blade Usuário

    Mas uma coisa é fazer filmes de mais de 3 horas só pra encher linguiça, sem ter história pra contar. Já outra completamente diferente é picotar um filme pra ele caber numa duração "assistível" para o público, priorizando os momentos de ação e esquecendo o desenvolvimento dos personagens. Esta declaração de Scott se encaixa exatamente na segunda opção, pois vai ser uma versão feita para as massas (ou seja, muita ação e pouca história). A própria Eva Green confirma q sua personagem é melhor desenvolvida na versão estendida. E depois, não estamos falando de uma versão estendida com quase 4 horas d filme (como é o caso de SdA), mas d um filme de 2:45 no máximo (pelas declarações do cineasta). Isso é longo????????????? Pelamordedeus, isso é preguiça e medo de Scott de não agradar. Acontece q esse povo se esquece q RdR teve mais de 3 horas e mesmo assim quebrou a barreira de 1 bilhão de dólares, provando q quando há história, há interesse, não importa a duração. Realmente fiquei muito decepcionado com essa declaração de Scott, e as poucas esperanças q eu tinha para Cruzada diminuíram mais ainda. :roll:

    E discordo completamente da declaração do V. Os filmes realmente fodas tem mais de 2 ou até de 3 horas de duração: Spartacus, A Queda do Império Romano, Ben-Hur, SdA, isso só pra citar os épicos.
     
  8. Strider

    Strider Usuário

    Os filmes fodas são fodas não importa a duração. Andrei Rublev, sei lá, do Tarkovsky tem umas 4 horas e é foda; assim como Pickpocket, do Bresson, tem menos de 1h20, e é melhor ainda.
     
    • Ótimo Ótimo x 1
  9. Sister Jack

    Sister Jack Usuário

    A diferença é que SDA já tinha um trilhão de fãs nerds que iam pagar pra ver o filme 100 vezes. "Cruzadas" não. Sem falar que SDA teve uma máquina de hype gigantesco na publicidade, sem falar em monstros, hobbits, magos, elfos, todo tipo de coisa pra agradar os "Dungeons and Dragons". "Cruzadas" não. Eu não discordo se a qualidade do filme é boa, a duração não importa muito, mas eles não podem brincar com um negócio de 200 milhões de dolares (ou seja lá quanto custou).


    Os filmes "realmente fodas"? Segundo quem? Você não quer dizer que você prefere filmes longos? Ou você está insinunado que há algum consenso sobre "maior duração = maior qualidade"?

    E você só citou épicos aí. Os épicos são os "filmes realmente fodas"? Eu nem gosto de épicos em geral, então eu teria que discordar com você. E a grande maioria dos meus filmes favoritos tem menos de 2 horas, alguns até menos de 1 hora e meia.
     
  10. Engethor

    Engethor Son of Jango

    Decerto que há filmes que duram 90 minutos e parecem se arrastam por uma eternidade e há filmes que duram 2:30h que parecem passar até rápido. Independente disso, a declaração do Ridley Scott pode ser lida de outra forma: "eu não fiz outra versão pro DVD apenas pra ser caça-níqueis". Afinal, hoje em dia, os diretores já gravam pensando no DVD versão estendida.

    Mas a declaração da Eva Green pede a pergunta: se as cenas cortadas focam nos personagens etc, então o que ficou na versão do cinema? Várias e várias cenas de batalha longas demais e sem propósito na trama? Diálogo exposicional desnecessário? Então talvez o problema não seja a duração do filme, mas sim estabelecer prioridades...
     
  11. Fosco

    Fosco Usuário

    Discussão irrelevante. Arte no cinema não tem duração "padrão".

    Mas se o Ridley Scott acha que a melhor versão é a menor, o problema é dele e a escolha é dele.
     
  12. Sister Jack

    Sister Jack Usuário

  13. Boreli

    Boreli .

    Folco, depois de tempos você continua qualquer nota!
    :lol: :lol: :lol:

    Não acho irrelevante não cara.
    E como se estivesse conversando com meus amigos aqui em casa sobre cinema.
    Pode não ser essencial para a vida de ninguém, mas é discussão normal de quem gosta.

    Quanto ao Ridley, vejo parecido com uma banda de eletrônico underground que eu amava e que revolucionou a estética do estilo, mas que em seu último CD, não sei se devido ao "fame virus" , fez um disco igual a qualquer dance farofa jovem pan. Ao meu ver Ridley já não faz coisa boa há algum tempo. Quem sabe ele não possa rever seus respectivos conceitos de cinema, incluindo esse de tempo / $ / mercado de exibição.
     
  14. Fosco

    Fosco Usuário

    Estão perdoados. Mas da próxima vez... :lol:

    Hm... Ok. Está certo.
     
  15. Gondorian Blade

    Gondorian Blade Usuário

    Na verdade, fui um pouco radical aí. Não quis dizer q só os filmes longos são realmente fodas, pois tenho plena noções q há uma grande quantidade d filmes com menos de 1:30 q são verdadeiras obras-primas. Apenas quis reforçar a minha opinião de q admiro mais ainda os filmes longos (3 horas ou mais), pois conseguem prender nossa atenção por todo esse tempo e no final ainda ficamos querendo mais. Minha principal revolta foi o Ridley Scott dizer q cortou o filme dele apenas para agradar o público, o q pra mim é um desrespeito com o próprio material. Acho q isso é realmente um problema hoje em dia, quando vários cineastas encurtam a duração de seus filmes não para aumentar a sua qualidade, mas para entrter as massas. Isso sim é revoltante!!! :evil:

    E, Folco, tenho certeza q também vão investir pesado na publicidade de Cruzada e q este tem apelação junto ao público, afinal a maioria das pessoas adora grandes batalhas épicas (coisa q não vai faltar em Cruzada). Exatamente por isso, ele vai esquecer os personagens e só investir na ação. :roll:
     
  16. Khansc

    Khansc Banned

    Filmes deviam ter, no mínimo, 40hs, IMO.
     
  17. Engethor

    Engethor Son of Jango

    Esses já existem e chamam-se novelas. :mrgreen:
     

Compartilhar