1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Debaixo da máscara de Thorin – entrevista com Richard Armitage!

Tópico em 'O Hobbit - os Filmes' iniciado por Administração Valinor, 5 Mai 2013.

  1. Administração Valinor

    Administração Valinor Administrador Colaborador

    Você já se perguntou o que seria necessário para fazer um homem considerado bonito se parecer com um anão? Três horas na cadeira de maquiagem, dez rostos de teste, uma peruca, barba, alguns enchimentos almofadados em volta do corpo, oito semanas de treinamento anão e mais de um milhão e meio de dólares em próteses [...]

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
    • Gostei! Gostei! x 3
  2. Clara

    Clara O^O Usuário Premium

    Fofo! :grinlove:
     
  3. Grimnir

    Grimnir Usuário

    E olha que o Thórin é o menos "transformado". O livro do filme (da Weta) tem várias imagens de esboços sobre os outros anões. É bem interessante ver o processo criativo e as possibilidades que pensaram para o filme. No caso do Thórin, tinha uma versão alternativa dele com um bigodão português. Até mesmo o Kili, com aquela barba raspada e anão adolescente rebelde, tinha uma versão bem melhor - ou pelo menos, mais barbuda.
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  4. Yulien

    Yulien Usuário

    O Richard Armitage sem toda a maquiagem é lindoooooooooooooooo demais, okay até como Thorin ele é rsr :grinlove: .... deve dá um trabalhão tira tudo depois .
     
  5. Ana Lissë

    Ana Lissë Nazgûl boazinha

    Nossa, é um trabalho árduo além da conta tanto para a equipe quanto para Armitage. Paciência de ambos os lados e perícia extrema da equipe de maquiagem.

    Parabéns a essas feras! :cerva::clap:
     
  6. Grimnir

    Grimnir Usuário

    Por falar em maquiagens, eu vi ontem na Livraria Cultura do aqui do RJ o segundo livro da Weta sobre o filme O Hobbit.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Tem um capítulo muito bom sobre a produção dos anões. O livro também fala mais sobre o trabalho de computação gráfica dos orcs, trolls e wargs. Além disso, tem umas ilustrações em alta qualidade muito bonitas (gostei das imagens mais detalhadas de Thráin e Thrór). Não gostei tanto quanto o primeiro livro, que traz principalmente rascunhos e artes conceituais envolvendo a pré-produção do filme.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Mais informações:

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
    • Gostei! Gostei! x 2
  7. Elendil

    Elendil Equipe Valinor

    Você teve a oportunidade de folhear o "Creatures & Characters", e apesar de ter gostado mais do "Art & Design" (eu adoro esse, pois a temática abordada me interessa muito), você recomenda o "azul"? No "marrom" tem mesmo muitos rostos de teste de todos os anões, e é frustrante ver que tinham alternativas bem mais interessantes para o Kili e Fili do que o visual final que escolheram.
     
  8. Grimnir

    Grimnir Usuário

    Elendil, eu realmente precisaria ver o livro novamente. O primeiro volume eu olhei uma vez e comprei na hora, pq eu também gosto muito de artes conceituais e achei muito interessante ver o processo de criação de personagens e as alternativas de anões que foram descartadas. Eu olhei o segundo volume e não senti aquela vontade de comprar logo, sabe? Eu percebi que tem bastante informação sobre a criação de Azog (que não aparece no primeiro livro), dos wargs e dos orcs (tanto os genéricos quanto aqueles que tem seus segundos de fama no filme).

    Enquanto o primeiro livro tem muitas imagens da pré-produção e da fase de criação, o segundo traz muitas imagens bem detalhadas e de alta qualidade do filme em si e também dos bastidores. Como eu falei, tem umas imagens muito boas das próteses faciais dos anões. Infelizmente eu acho que maiores detalhes sobre Erebor ficarão para outros livros sobre os outros filmes. Acho que no final das contas eu vou acabar comprando mesmo... :mrgreen:
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  9. Grimnir

    Grimnir Usuário

    Comprei o segundo livro, como já esperava que fosse acontecer! :mrgreen:

    Realmente o primeiro é muito melhor, facto. Como o nome já diz, cada capítulo do livro é sobre uma raça ou criatura. Não achei os capítulos sobre hobbits, magos, elfos e anões muito interessantes. As exceções: explicações sobre o desenvolvimento de Radagast, imagens e descrições das esculturas e próteses dos anões, informações e detalhes sobre Thror e Thráin (que mal aparece no filme) e as explicações sobre o treino de movimentação dos elfos e anões. Um dos capítulos traz algumas cenas de Dale e é possível ver uma anã vendendo jóias, possivelmente de Erebor. Achei curioso isso, já que as anãs teoricamente vivam protegidas e escondidas dentro das montanhas. Gostei dos capítulos sobre goblins e orcs, em especial das imagens bem detalhadas do filme e das próteses. Aliás, se no filme ficou alguma dúvida, o livro deixa bem evidente a distinção entre goblins e orcs (o que não existe na concepção de Tolkien, pelo o que já li aqui no fórum). O capítulo sobre os wargs também é interessante, já que fala sobre a diferença que ficou bem marcada em relação aos filmes anteriores (os wargs eram mais parrudos e parecidos com hienas) e também sobre a tecnologia de captura de movimento (eles usaram um cachorro e eu nunca tinha visto isso). Descobri também que o warg branco de Azog na verdade é uma fêmea, descrita como "A Matriarca" (informação meio inútil, mas tudo bem).

    É isso. Gostei do livro, embora não tenha lido tudo ainda. Com certeza o primeiro é mais interessante, mas acho que vale a pena comprar esse sim.
     
    • Gostei! Gostei! x 2
  10. Elendil

    Elendil Equipe Valinor

    Legal, Grimnir!

    Procurei hoje na livraria Cultura do Villa Lobos, em Sampa (a mesma onde comprei o Art & Design), mas não tinha. =/
     

Compartilhar