1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

De que raça era Tom Bombadil ?

Tópico em 'J.R.R. Tolkien e suas Obras (Diga Amigo e Entre!)' iniciado por Feanor the Noldor, 2 Jan 2006.

  1. Feanor the Noldor

    Feanor the Noldor Legendary Noldor

    É ...eu tentei achar a raça do Bombadil , mais eu não encontro ...ele não pode ser humano , nem elfo e nem qualquer raça comum , no maximo ele podia ser Maiar , mais eu acho que não.
    Vocês sabem galera do Valinor ? Aproveitem e responde ai a origem de Tom Bombadil tambem.
    Um abraço,
    Feanor the Noldor


    Do amigo de Tolkien para vocês XD
     
  2. Dwain

    Dwain Banned

    :jornal: Você nunca se perguntou se balrogs tem ou não asas?

    :lol:

    Amigo, esta está entre as perguntas mais dificeis de se responder e já tem uma cacetada de tópicos sobre isso :think:
     
  3. Maglor

    Maglor Lacho calad! Drego morn!

    Ah, mas ele tem todo o direito de responder, Dwain! Eu descarto logo a idéia de que o Tom seria um maia ou Vala, porque ele diz que está no mundo antes mesmo de Melkor!

    Eu recomendo um texto do site do
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    que é realmente muito esclarecedor:
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Além disso, há um tópico recendo em que estávamos falando do Tom:
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
    Última edição: 2 Jan 2006
  4. Feanor the Noldor

    Feanor the Noldor Legendary Noldor

    Obrigada,
    Maglor
    Isso me ajudou muito a entender.
    E...desculpe pela pergunta tola...
    Naum sabia que todo mundo tinha essa duvida...pensei que era só eu :lol:
     
  5. Maglor

    Maglor Lacho calad! Drego morn!

    Ora, justamente porque todos têm essa dúvida é que ela não é tola. Pergunte sempre que tiver alguma dúvida, sem receio nenhum.
     
  6. Dwain

    Dwain Banned

    Ela não é Tola apenas uma das mais dificeis e que possuem várias hipoteses, já disseram uma vez que Bombadil era Iluvatar....Pois é....por isso que achei engraçado.....
     
  7. Feanor the Noldor

    Feanor the Noldor Legendary Noldor

    Mais mesmo assim , obrigado :obiggraz:
     
  8. Acredito que Bombadil seja um espírito das florestas...como um protetor...ou representante do Valar na terra-média...mas de qualquer modo...nem Tolkien havia respondido essa pergunta... :cerva:
     
  9. N'liärien

    N'liärien Banned

    Cavalheiros e damas, permitam-me pretender - junto com o que Maglor disse acima - apontar a "solução" (já que não existe solução definitiva para "o problema Tom"...) para a pergunta:

    Na sua Carta 144, para Naomi Mitchison, datada de 25 de abril de 1954, Tolkien diz
    “Cara Sra. Mitchison,
    “Eu tentarei responder suas perguntas, e posso dizer que elas são muito bem-vindas. Gosto das coisas desenvolvidas em detalhes, e de respostas fornecidas a todas as perguntas razoáveis. (...)
    “Existe é claro um conflito entre técnica 'literária', e a fascinação de elaborar uma Era mítica imaginária em detalhes (mítica, não alegórica: minha mente não trabalha alegoricamente). Como uma história, eu penso que seja bom que houvesse muitas coisas inexplicadas (especialmente se uma explicação na verdade existe); e tenho talvez deste ponto de vista errado em tentar explicar demais, e mostrar muita história passada. (...) Tom Bombadil é um (intencionalmente).
    ...
    “Tom Bombadil não é uma pessoa importante - para a narrativa. Eu suponho que ele tenha um pouco de importância como um 'comentário'. Eu quero dizer, eu realmente não escrevo assim: ele é apenas uma invenção (que apareceu primeiro na Revista de Oxford por volta de 1933), ele representa algo que eu sinto ser muito importante, embora não esteja preparado para analisar este sentimento precisamente. Porém, não o teria deixado lá, se ele não tivesse algum tipo de função. Poderia pôr isto deste modo: a história é projetada em termos de um lado bom, e um lado mau, beleza contra feiúra desumana, tirania contra monarquia, liberdade moderada com consentimento contra compulsão que perdeu há muito tempo qualquer objetivo exceto mero poder, e assim por diante; mas ambos os lados em algum grau, conservador ou destrutivo, querem uma medida de controle. Mas se você tem, como isto foi tirado 'um voto de pobreza', controle renunciado, e tira seu encanto em coisas para eles mesmos sem referência para você, assistindo, observando, e até certo ponto sabendo, então a questão dos certos e errados do poder e controle poderia ficar totalmente sem sentido, e os meios de poder bastante sem valor. É uma visão pacifista natural que sempre surge na mente quando há uma guerra. Mas a visão de Valfenda parece ser que esta é uma excelente coisa para se ter representada, mas que há de fato coisas que não se pode enfrentar; e das quais sua existência todavia depende. No final das contas só a vitória do Oeste permitirá a Bombadil continuar, ou até mesmo sobreviver. Nada seria deixado para ele no mundo de Sauron.”
    “Tom não tem nenhuma conexão na minha mente com as Entesposas. Qualquer que tenha sido o destino das Entesposas, ele não está resolvido neste livro. Tom é, de certo modo, a resposta para elas no sentido que ele é quase o oposto, sendo digamos, Botânica e Zoologia (como ciências) e Poesia como oposto a prática da Pecuária e Agricultura.”
    Seu sinceramente,
    J. R. R. Tolkien.”

    E então, caríssimos: ajudei?... Ou compliquei?...
     
  10. Aracáno Elessar

    Aracáno Elessar Nietzsche

    Creio que citar as cartas ajude.
    Mas nem tudo resume-se as cartas. Essa realmente é uma dúvida complicada de sanar.
    Mas meu caro Fëanor, um Maiar ele não seria, a menos que fosse mais de um, o que não está em questão. [Maiar é o plural de Maia, em quenya, Os Belos, divindades menores, auxiliares dos Poderes, Valar.]

    Abraços.
     
    Última edição: 3 Jan 2006
  11. Li...em uma revista...que Bombadil foi só criado...sem impoirtância para a história...porque foi o jeito de Tolkien de repreender...na época....que tinha gente desmatando as florestas da Inglaterra .....
     
  12. Aracáno Elessar

    Aracáno Elessar Nietzsche

    É uma tese interessante, mas creio que no conteúdo das obras poderíamos especular extaordinariamente. Não acham? Para que ater-se somente a fatos, que infelizmente nem mesmo certeza são? Sei que nem todos agradam-se com isso, mas creio ser um modo mais interessante de discutir as obras, pelo conteúdo, e não só pela biografia de Tolkien, e especulações do que poderia tê-lo influenciado.

    Abraços.
     
  13. Bagrong

    Bagrong RaG

    Tolkien afirmava escrever sem alegorias, o que não é verdade, como bem sabemos. Tom Bombadil pode ser sim uma crítica ao desmatamento, essa é uma colocação interessante, mas eu nunca vi nada sobre isso antes.

    Um bom texto sobre Tom é a
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    dele na Dúvendor.


    Concordo e ao mesmo tempo discordo de você. Vejo que é realmente importante discutir o conteúdo das obras, com base no contexto dos livros e da mitologia que Tolkien criou, como você disse. Mas também não é inválido perceber que várias coisas no mundo de verdade influenciaram Tolkien e é muito útil discutir a obra sobre esse aspecto.

    Eu considero muito interessante pensar no que existe por trás das letras, das páginas, talvez até o mais importante num livro seja ver seu sentido - e os motivos que levaram o autor a querer dar esse sentido a obra.

    Portanto, creio que o melhor é abordar ambos os aspectos da obra, o que dá mais liberdade para todos de discutirem como querem e torna o estudo mais completo :grin:
     
  14. Não me lembro....já faz algum tempo que li....mas pelo que me lembro era da revista SuperInteressante... :mrgreen:
     
  15. N'liärien

    N'liärien Banned

    Caro Aracáno E., permita-me discordar de vc: citar as cartas faz toda a diferença...

    Nas Cartas está o pensamento do autor, de Tolkien e este pensamento que deve responder às perguntas feitas com base no que ele criou...

    Se eu quiser saber o que vc pensa, Aracáno, perguntarei a vc; se vc estiver morto (Deus te livre disto - a não ser q vc seja elfo...) eu buscarei alguém que te conheceu e se este alguém disser que vc deixou cartas, falando do que pensava, eu procurarei,nelas, o entendimento que busco, sobre ti mesmo e sobre tuas criações...

    Até mais, caríssimos colegas.
     
  16. Glaurung- o pai dos dragões

    Glaurung- o pai dos dragões Lagarto de Morghoth

    definir o Tom Bombadil é fácil: ele é um mistério
     
  17. lomendil

    lomendil Usuário

    creio que ele seria mais que um maia, creio eu que ele seria algo parecido com um valar mas não daqui.
     
  18. Stu

    Stu This is Spartaaaa

    Talvez pelo fato de Tom Bombadil não ser parte ativa da narrtiva de Senhor dos Anéis, o professor Tolkien tenha deixado essa interrogação. Faz parte da vida literária, uma espécie de easter eggs.

    Só acho que ele não esperava que Tom Bombadil fizesse tanto sucesso entre os leitores...
     
  19. Menegroth

    Menegroth Bocó-de-Mola

    E assunto que da pano pra manga...

    Tom, pelo que me parece, é muito voltado a natureza e ligado a ela de um forma bem mistica. Dai podemos pensar que ele é um espirito protetor das Florestas. Podemos, mas tem várias outras coisas a serem ponderadas.
    Uma delas é o fato do anel não ter nenhuma influência sobre ele. Isso já nos leva a achar que ele não era humano. Certo? Bem, não ao todo.
    Penso assim, quando ele colocou anel no dedo todos esperavam que ele ficasse invisivel certo? Pelo menos era o que acontecia. Mas Sauron quando usava o Um ficava bem "aparecido". Então porque Tom não poderia fazer o mesmo. E quem disse que o Anel não deu poder a ele?

    Prefiro achar que ele viu o poder do anel e pensou. Ah isso não é pra mim, nem dá pra plantar uma figueira com ele, nem ao menos dar pra minha linda esposa, esse anel é muito comum. (heheheheehe, patz que viagem..rsss)

    O que nos sobra? Bem, ele eras importante pois no final Gandalf foi até ele para, além de contar que o anel foi destruido, pedir conselhos.
    Um Valar? Um Maia?
    Podemos dizer que ele é bem mais forte que Gandalf pois o próprio mago sentia medo de ser tentado pelo anel. Já Tom não.

    O que podia ser mais forte que o Velho mago? Um Maia mais antigo ou até mesmo um Valar...
    Como temos certeza que os Valar nã voltaram mais para TM e tb não havia nenhum que morava lá, a opção mais "Fácil" é:

    Ele era um Maia.

    Apliquei aqui a Teoria de Ockham que diz assim: que entre duas teorias que explicam igualmente os mesmos fatos, a mais simples é a correta.

    Mas honestamente? Não dá pra afirmar que ele era um Maia
     
  20. Bagrong

    Bagrong RaG

    A questão do Anel não ter sutido efeito em Tom Bombadil pode ser pelo poder, mas também pode ser pela ambição. Tom era segura de si e não tinha qualquer ambição no sentido de ter poder, controlar os homens, etc. Ele nem queria sair de sua floresta. Talvezpor isso o Anel não tenha agido nele, ele não sucumbiu ao poder do Um.

    E os Valar tinham liberdade de ir e vir, apesar da maioria deles nunca ter voltado à TM, alguns apareciam sempre por lá, como Ulmo. Um vala poderia sim viver na TM.

    Mesmo assim, não fica explicíto em qualquer lugar que Tom é um Vala ou é um Maia e nem se tem como descobrir isso. Eu discordo veementemente de qualquer pessoa que classifique Tom Bombadil numa raça conhecida de Arda. Tom é Tom e nós nunca saberemos se Tolkien o imaginou como pertencente a uma raça.
     

Compartilhar