1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

De máquina de escrever a internet 'discada': museu online disponibiliza 'sons em extinção'

Tópico em 'Nostalgia' iniciado por Fúria da cidade, 11 Fev 2016.

  1. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ


    É bem possível que todos os adultos ainda se lembrem do som feito por Pac-Man, ou ainda do primeiro toque dos celulares Nokia. Mas quanto tempo passará até que estes sons sejam esquecidos?

    Brendan Chilcutt, um geek que vive no Tennessee, Estados Unidos, está decidido a evitar que isso ocorra.
    Por isso, criou um museu virtual de sons que fizeram história, batizado Museu dos Sons em Perigo.
    "Imagine um mundo em que você nunca possa ouvir o som do Windows 95 sendo inicializado", escreve Chilcutt em sua página na internet.

    Ele reconhece que a tecnologia avança dia a dia e que é inevitável que novos aparelhos eletrônicos façam os antigos serem esquecidos.

    "Quando todos adotarem aparelhos com interfaces tácteis silenciosas, onde encontraremos o som?", questiona.

    Reprodução
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Os muitos sons que o museu apresenta

    Perguntas como essa levaram Chillcutt a idealizar, em 2012, um plano de 10 anos para reunir todos os sons de que gosta.

    Aparelho de vídeo e caixa registradora

    Alguns desses sons "pré-históricos" já foram disponibilizados na página do museu. Ouça aqui.
    Entre eles, estão sons de:
    • Caixa registradora
    • Câmara Olympus Trip 35
    • Máquina de escrever
    • Nintendo 64
    • Fax
    • Pac-Man
    • Tamagotchi
    • Internet discada
    Um dos sons favoritos de Chillcutt é o ruído mecânico da operação de uma fita de vídeo VHS sendo "engolido" pelo videocassete, especificamente o modelo HR-7100 da JVC, lançado em 1983.

    "É um som maravilhosamente complexo. Mas, com o streaming tornando-se cada vez mais comum, é muito provável que o mundo não volte a escutar as máquinas antigas como a HR-7100".

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)



    Startac, discman e agenda eletrônica: lembre os gadgets que já foram sonho de consumo

    O karaokê ""Meu Primeiro Gradiente"" (dir) foi sonho de consumo de muitas crianças entre o final dos anos 80 e início dos 90. O sucesso fez com que a fabricante brasileira o relançasse em novembro de 2013 (foto à esquerda), 24 anos após a primeira versão. Michael Pimentel, o mesmo designer do produto original, foi responsável pelo redesenho do gadgets (que agora, no lugar da fita cassete, vem com um pendrive com canções infantis e toca arquivos MP3. O público alvo são crianças a partir de 4 anos. Preço: R$ 499 (na loja online da Gradiente) Divulgação

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    --------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
     
    • Gostei! Gostei! x 5
    • Ótimo Ótimo x 1
  2. Reverendo

    Reverendo Usuário

    Eu não sinto saudades do som dos teclados da minha antiga Olivetti Lettera 32. Eu ainda ouço ele todo dia.
     
  3. Snaga

    Snaga Usuário não-confiável!!!

    Quando estava na faculdade de RTV, li um livro que tratava sobre o assunto, chamado "A Afinação do Mundo". Em uma das partes do livro, chamada "A Paisagem Sonora Pós-industrial", o autor R. Murray Schafer tratava sobre esse assunto, a extinção dos sons. O cara era maestro e dedicou a vida estudando sons. Se ainda me lembro, ele citava vários sons que as crianças da época (o livro não é muito recente) jamais escutariam: sons em extinção.

    É interessante ver alguém tomando a iniciativa de preservar esses sons.
     
  4. Tek

    Tek Girls tend not to like me

    Ahh, o emocionante som da internet conectando. Como esquecer?
     
  5. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    Adoro esse modelo. Pequeno, mas prático para transporte.
    Eu tenho uma usava até bem pouco tempo quando a Nota Fiscal Eletrônica não era obrigatória.
     

Compartilhar