1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Datafolha: Lula perderia para Serra em 2006

Tópico em 'Atualidades e Generalidades' iniciado por Ecthelion, 12 Ago 2005.

  1. Ecthelion

    Ecthelion Mad

    Sexta, 12 de agosto de 2005, 00h49
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    Atualizada às 08h06
    Datafolha: Lula perderia para Serra em 2006


    Pela primeira vez desde o início da crise política, uma pesquisa eleitoral indica que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva não seria reeleito se disputasse o pleito de 2006. Segundo pesquisa do instituto Datafolha publicada na edição desta sexta-feira do jornal Folha de S.Paulo, Lula (PT) perderia no segundo turno para o prefeito de São Paulo, José Serra (PSDB), derrotado pelo petista nas eleições de 2002.


    De acordo com o levantamento, Lula venceria Serra no primeiro turno pela margem apertada de 30% contra 27% (empate técnico), porém o tucano conquistaria a Presidência da República no segundo, com quase 10 pontos percentuais de vantagem: 48% dos votos contra 39% do candidato do PT. Na pesquisa anterior do Datafolha, realizada em 21 de julho, o presidente bateria Serra por 45% a 41%.

    Serra seria o único adversário listado na pesquisa capaz de derrotar Lula, porém a diferença entre Lula e os demais possíveis candidatos caiu em todos os cenrários ao longo dos últimos dias. Geraldo Alckmin (PSDB), governador de São Paulo, perderia no segundo turno por 45% a 35%, enquando o ex-presidente da República Fernando Henrique Cardoso (também tucano) seria derrotado com placar quase idêntico: 45% a 36%. Diante do ex-governador do Rio Anthony Garotinho (PMDB), Lula venceria por 46% a 32%.

    Quanto ao primeiro turno, em 2006 Serra seria o único a encostar em Lula: FHC e Alckmin seriam capazes de atingir, no máximo, metade das intenções de voto dirigidas ao atual presidente.

    Deveria se candidatar?
    A pesquisa do Datafolha também revela que os brasileiros estão divididos se Lula deveria se candidatar à reeleição no ano que vem: 50% aprovam a iniciativa, enquanto 46% a rejeitam. Porém 75% acreditam que o presidente tentará, sim, um novo mandato de quatro anos em 2006. Um terço das pessoas entrevistadas (31%) diz que Lula é, dos candidatos apresentados, aquele com mais chances de vencer o pleito; em seguida, aparecem Serra (22%), Alckmin (11%), FHC (10%) e Garotinho (7%).

    Impeachment
    Em meio à enxurrada de denúncias que começa a se aproximar do Palácio do Planalto, 63% dos brasileiros afirmam que não há motivos que justifiquem um eventual processo de impeachment contra Lula, porém 29% declaram que já deveruia ter sido aberto o ritual de cassação do presidente no Congresso. Ainda que ocorra o processo, a maioria dos cidadãos questinonados (73%) não acredita que o chefe de Estado será afastado do cargo, enquanto 17% apostam que o petista não terá condições de terminar seu mandato. Outros 15% acreditam que Lula deveria renunciar (mesmo índice daqueles que defendem o afastamento temporário do presidente até o término das investigações).

    Corrupção
    Para 83% dos consultados, existe corrupção no governo Lula. A taxa, que era de 78% no último levantamento, tem crescido desde junho, quando estourou o escândalo do "mensalão". No último ano da gestão FHC, a avaliação nesse sentido do governo era de 69%. Em março do ano passado, apenas 32% viam corrupção de petistas no Palácio do Planalto.

    Quanto à culpa que Lula teria nas irregularidades apuradas pelas CPIs dos Correios e do Mensalão, 29% dizem que o presidente tem "muita responsabilidade". Este número se mantém estável ao longo das últimas pesquisas do Datafolha.

    Avaliação do governo é a pior desde a posse
    Após pouco mais de dois anos e meio de mandato, Lula atinge a pior avaliação de seu governo, principalmente entre a faixa mais pobre e escolarizada da população - aquela que mais tem apoiado o petista. Segundo 31% dos brasileiros pesquisados, o governo atual é "ótimo ou bom" - uma queda de quatro pontos percentuais em relação a 20 dias atrás. Subiu para 26% (antes o índice era de 23%) o percentual de entrevistados que consideram "ruim ou péssimo" o desempenho, mantendo a tendência de reprovação verificada na pesquisa anterior. Subiu de 40% para 41% o índice daqueles que afirmam que Lula é "regular" à frente da Presidência da República.

    A nota média da gestão Lula caiu de 5,8% para 5,6%.

    Avaliação do Congresso
    A imagem do Congresso, diretamente envolvido nas denúncias que acusam parlamentares de receberem "mesada" para votarem em favor do governo, continua fortemente prejudicada. De acordo com a pesquisa, 48% dos entrevistados consideram a atuação dos deputados e senadores "ruim ou péssima". Trata-se do mais baixo índice desde 1993, quando ocorreu o escândalo dos "Anões do Orçamento". Na ocasião, 56% das pessoas ouvidas deram o mesmo verdicto. O Datafolha realizou o levantamento em 10 de agosto (coincidentemente, dia do depoimento do empresário Marcos Valério, acusado de ser o operador do "mensalão", no qual ele comprometeu diversos políticos ligados ao PSDB mineiro). A pesquisa, no entanto, se deu antes do explosivo depoimento do publcitário Duda Mendonça, o qual afirmou que a campanha do presidente foi financiada com recursos de caixa dois providenciados pelo empresário Marcos Valério, incluindo dinheiro enviado para um paraíso fiscal. Foram entrevistadas 2.551 pessoas em 127 municípios de todo o Brasil, e a margem de erro é de 2% tanto para mais como para menos.


    Redação Terra


    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
  2. O Sujo de Sangue

    O Sujo de Sangue Usuário

    Ha! E nós paulistanos estamos ainda mais fudidos.

    Esse careca viado vai se candidatar, senão a presidente a governador no mínimo, e vai largar a prefeitura de São Paulo na mão do PFL.

    Que lindo não? PFL mandando em São Paulo.

    Meu, PFL!!! Será que as pessoas não tem noção do que significa o L? Esses caras são netos dos cafeeiros!

    Paulistano é um bicho muito idiota. Para mim isso era (é) claro como a neve.

    Ah, mas também ninguém tá nem ai para quem são os vices, não é mesmo?

    Classe média de merda, pobres dos diabos! Paulistanos suckers :loser:
     
  3. Lordpas

    Lordpas Le Pastie de la Bourgeoisie

    :lol:, vale lembrar que o PFL possivelmente indicará o Vice de *insira um nome do PSDB*.


    Mas falando de forma breve sobre a pesquisa... eu duvido muito que isso sirva como base para o ano que vem. Estamos em agosto de 2005... a Campanha começará pra valer por volta de Março de 2006.

    Ah sim, Garotinho não é candidato nem aqui nem na China. Urgh. :omfg:
     
  4. Nessa Numenessë

    Nessa Numenessë Twilight Princess

    Realmente os resultados das intenções de voto vão mudar até 2006,mas o q mais me admira e q mesmo depois de todo esse escândalo do mensalão, Lula continuem tao bem nas pesquisas.
    Depois disso tudo q aconteceu eles ainda teriam q ir p/ segundo turno pro Lula perde!
    O povo é muito tonto, votar nele de novo é estupidez e mais estúpido é ele de tentar reeleição, muito cara de pau.
     
  5. Lordpas

    Lordpas Le Pastie de la Bourgeoisie

    Uhum.

    Estupidez votar no cara que administrou o país de maneira a fazer a média mensal de criação de empregos subir de 8.000 para mais de 100.000.

    Repito o que já falei em uns 10 tópicos por aqui: não cabem pré-julgamentos. Lembrem da eleição de Collor, da famigerada bandeira petista atrelada aquele estúpido sequestro... Isso me deixa desapontado que as crises pelas quais o país passa não seja nem um pouco pedagógica a alguns.
     
  6. Eönwë

    Eönwë Usuário

    O Serra prometeu que ia cumprir o mandato de prefeito até o fim. Vamos ver se vai aguentar.

    Presumindo que a crise não vá durar até as eleições, até lá a situação deve ficar um pouco menos ruim pro Lula.
     
  7. Lordpas

    Lordpas Le Pastie de la Bourgeoisie

    Fora que querendo ou não a opinão do povo é muito, digamos, vai e vem, entendem?

    Não é porque é o Lula, se fosse qualquer outro seria a mesma coisa... o povo esquece, perdoa...
     
  8. TT1

    TT1 Dilbert

    Hohoho, ainda acho que vai pintar um Alckmin/ Cesar Maia em coligação, pra 2006. Quem viver verá.

    O sujo falou do PFL aí... eu nao vejo problemas com o César Maia, aqui no Rio.


    E Lorpas... voce tá sendo altamente parcial nas suas afirmações. Cadê o senso crítico, filho?
     
  9. Lordpas

    Lordpas Le Pastie de la Bourgeoisie

    Ã? Mostra donde tetê, mostra donde a minha parcialidade.

    E vc cai no velho erro de escolher cabeça... cabeça não governa sozinha tetê, tem que olhar o partido... tem que olhar o partido...
     
  10. TT1

    TT1 Dilbert

    Que bela frase, pra um petista, nesse momento :lol:
     
  11. Lordpas

    Lordpas Le Pastie de la Bourgeoisie

  12. Ecthelion

    Ecthelion Mad

  13. Lordpas

    Lordpas Le Pastie de la Bourgeoisie

    Falando em frases so momento, (até porque eu não vou ficr dando bola pro que o TT1 fala :hihihi: ), tem outra em voga agora: "a estrela pode ter apagado, mas o Sol está nascendo".


    Como eu comentei com alguém (acho que foi com o Maglor) hoje, eu tenho a mais profunda admiração pela Heloisa Helena, :grinlove: .
     
  14. Meriadok Malkav

    Meriadok Malkav Pssst...You're gonna die soon

    Nem Serra nem Lula me agradam.

    O Serra não sabe administrar - sabe cuidar de certo modo da Saúde mas administrar ele não sabe...

    E o Lula, bom..sensação de desilusão... Não votaria mais nele (não que eu tenha votado, porque não tinha esse direito, mas teria votado) nem que me obrigassem...
     
  15. Takuan

    Takuan Usuário

    To com medo do PFL em São Paulo
    Se eu tivesse votado ano passado esse seria um grande motivo pra nao votar no Serra... Agora eh só esperar ele sair...

    Bom, no segundo turno o Lula ainda tem meu voto...
    Soh nao sei por qto tempo...
     
  16. Vovin

    Vovin Steve Vai, The Mars Volta

    Meu, PFL é podre, quem não ve problema com o Cesar Maia no Rio é porque mora na Zona Sul/Barra e ta deslumbrado com o Pan enquanto os hospitais estão caindo pelos pedaços, e deve adorar as obras do CM também que no fim não servem pra porra nenhuma, tudo isso pra dar dinheiro publico pras empreiteiras num sistema de corrupção tão grande quanto o tal valerioduto.

    Sem contar os factoides, e as propostas do tipo "tacar fogo em mendigo na rua", Cesar Maia e PFL são podres.

    Mas a cupula do PT é tão podre quanto, pois graças a esses desgraçados teremos a volta triunfal do PSDB ao poder, estou preocupado pelo Brasil que pode ter perdido uma grande chance agora, e vai ficar dificil pra esquerda se erguer depois dessa, e ainda tem a Heloisa Helena fazendo o jogo da direita, achando que vai sobrar algo pra ela depois disso.

    E tem gente feliz com isso tudo, claro, com essa crise, quem comemora são os de sempre. Aqueles que construíram o Brasil da miséria e da desigualdade social. Quem comemora a corrupção da cúpula do PT é a Veja e seus amigos da Direita parasita e entreguista.
     
  17. Logan Mcloud

    Logan Mcloud Usuário

    Garotinho vai pra Presidente sim... (vcs deviam ver os anuncios q estao rolando aki no rio) O Alkimim vai, o Serra eu acho q nao vai nao.. ele vai esperar... o Cesar Maia se for esperto vem para governador.... (e se ficar entre ele e a Rosinha voto nele sem pestanejar) o Ciro (q tinha meu voto ate o mensalao) eu nao sei acho q ele pindurou as chuteiras nesse quesito.... ehhh o negocio tah feio...


    Dwarf

    ps.: se o Garotinho ganhar eu e mais um monte de gente q conheço vao embora do Brasil... e eu falo serio.. prefiro morar na Argentina !!! (arg)
     
  18. ombudsman

    ombudsman O Eto'o brasileiro

    O que eu acho engraçado é a repudia que as pessoas tem com os nomes dos candidatos e dos partidos, mesmo sabendo que no final das contas, é a continuidade que está em jogo.
    Ou alguém aqui duvida que se o vencedor sair de PSDB, PT, PFL, PTB, PMDB, PSB, PP ou PL a administraçao publica será de alguma forma diferente?
    Eu acho graça dos criticos do atual governo porque parece que nao perceberam que o PT fez o que a administracao passada fez, e a anterior e assim vai.
    E acho tambem graça nas declaracoes do Lord porque ele defende a atual gestao e critica as passadas muito embora o Lula e cia tenham feito exatamente a mesma coisa e assim vai.

    Na verdade, enquanto a porcaria da populacao brasileira nao tomar consciencia da necessidade de participacao politica atraves de movimentos sociais e pela pressao popular, teremos um modelo padrao de governabilidade: podre, corrupto, fisiologista e neoliberal. E isso vale para todos os partidos.
     
  19. Engethor

    Engethor Son of Jango

    Belo discurso, mas eu já vi esse filme. Essa é exatamente a descrição do PT e seus objetivos, uns 20 anos atrás. Foi um partido que surgiu dos movimentos sociais, que naqueles dias levantava essas bandeiras e encantava os idealistas.

    A grande crítica ao PT é que deveria ter sido o governo da mudança, dos novos valores. Mas perdeu-se pelo caminho e afastou-se de seus objetivos.
    O PT não surgiu em 2002 com as características de 2002. Portanto, jogar o PT no mesmo saco agora que a situação dele está feia é um tanto malicioso.

    Ignorar 20/25 anos de história e repetir o mesmo discurso de 1 geração atrás é pedir para a História se repetir. Não estou insinuando que os mesmos desvios vão ocorrer com o PSOL ou o PSTU, que agora se posicionam como os ungidos da causa popular. Eles podem passar a vida toda como nanicos, à margem dos governos, ou podem conquistar seus objetivos, vai saber. Mas estou dizendo que algo pode sair errado, que ninguém pode afirmar "isso nunca vai acontecer comigo".

    É preciso olhar para o passado para aprender. Descobrir por que um partido de base popular se desviou, como isso pode ser evitado. E não agir como se o idealismo por si só fosse resolver tudo.

    Eu lamento muito isso que ocorreu, é frustrante. Uma geração de amadurecimento político do país ficou comprometida. E agora uma nova geração vem bancar a sabe-tudo e ignorar o passado, para bater a cabeça na mesma parede, correr os mesmos riscos.

    E isso é ainda mais frustrante.
     
    Última edição: 13 Ago 2005
  20. Lordpas

    Lordpas Le Pastie de la Bourgeoisie

    Não. Tem uma série de diferenças que são notórias. Isso em termos de realização de projetos específicos.

    Talvez a grande moral da história seria apenas olhar alguns marcos dos anos 90, mas a de mais atual que foi divulgado e é exemplo do ponto onde quero chegar são os números da Vale do Rio Doce, 5,1 bi de lucro, huh? Algo comparado com os lucros do Bradesco + Itaú juntos. Infelizmente isso foi algo que entrou para história, como diz a ex-excelência FHC quando se refere ao seu governo.

    Um neoliberalismo do tipo não-tão-rígido alguns diriam... Pode ser se comparar com o de Thatcher, entretanto as consequências no final de 8 anos foram evidentes, um nível absurdo de desemprego e uma dívida estrondosa.

    Sabe que a decepção dos cults e afins com FHC foi quase tão grande que a decepção do povo com Lula. FHC tinha uma visão crítica sociológica de alguns aspectos em relação ao atrelamento do Brasil com mecanismos e potencias internacionais. Nunca me esqueço de certa afirmação dele, dizendo que havia cometido alguns equívocos em suas idéias no passado... fruto do momento, penso eu... Mas que o tal do "Paradigma Globalista" ou algo que o valha existiu, ah existiu... Entretanto isso até que é discutível, alguns mais capacitados afirmam que é tudo uma questão de interpretação.

    Enfim, não funciona da mesma forma, eu acho (ainda) descabido afirmar que o governo PT é igual ao de FHC.

    Sim, eu concordo, entretanto existe uma luta ferrenha para se colocar o PT como antes, torna-lo popular de novo. Essa é uma avaliação que indica que uma minoria pode ter acabado com um Partido inteiro, o que obrigaria a remanescentes fiéis começar de novo. Em ambos os casos tem que se aprender com o ocorrido, mas é difícil lidar contra a máquina.

    Particularmente eu não sou tão radical a ponto de bradar contra as forças ocultas. Btw, é interessante como isso serviu ao interesse de alguns. Eu poderia dizer que meios como a Veja e a Globo são motores do modelo consolidado Tucano, mas isso pode ser uma alta implicancia minha, né mesmo? Então botemos a nossa mente no modo imparcial e pensemos um tantico.

    O governo tucano foi claramente falho no quesito "povo", FHC saiu desacreditado, se reelegeu com base no Real sendo que o mesmo é muito mais obra do Malan do que dele, FHC é sociólogo. (O senhor Malan e o senhor Franco tinham uma ligação íntima com o Bird e com o FMI, fato curioso e que garantiu a pele do Malan, mesmo quando a loucura da taxa de câmbio quebrou no meio do caminho, mesmo quando em 95 a crise já tivesse saculejado as estruturas)

    Mas o que eu queria falar mesmo? Ah sim... o PT se achou esperto ao ganhar as eleições em 2002, votações estupendas e tudo o mais. Mas não era negócio para a burguesa girondina ganhar a presidencia ali não... O modelo vigente já estava consolidado (por isso vocês não vão me ver bradando contra o Palocci e sua "suposta ortodoxia"), entretanto precisavam de alguém pra tocar o povo... Entra Lula, a esperança de barba e sotaque.

    *Percebem que os ataques a política econômica não surtiram efeitos, o fato é que o Brasil voltou a crescer, em ritmo sustentado sem abalar a sua infra e supra estrutura a longo prazo, uma tática quase "quinquenal", eu diria.

    Quando Lula entra o papel da direita fica muito mais fácil, tudo que se tem a fazer é mostrar para o povo que o governante dos sonhos não tem capacidade e não é diferentes dos outros, dos autores do Sistema. A facilidade se atesta através das burradas astronômicas da administração do Partido, da falta de maioria do congresso, nos acordos políticos que são vendidos em busca da utópica revolução. O Partido ficou numa sinuca de bico.

    Entendem que o PT enquanto oposição só tinha a crescer, colocar mais 4 anos de Tucano, 16 anos no total, seria criar um monstro quase literalmente comedor de tucaninhos. Involuntariamente o esquema começou desde o princípio favorecendo os que supostamente defenderiam a Social Democracia.

    E o PSDB não vai permitir o impeachment, o que o Partido precisa é de eleitores, ele precisa tomar a frente como partido de centro-direita, colocar-se em uma votação esmagadora em 2006 e lavar a alma. É analógico ao tal NEP de Lenin, aquela história de andar dois passos e recuar um. É esperto, natural e inteligente.

    O desfecho previsível e anunciado é a volta dos mesmos dos anos 90, ASAP. Pelo menos esse é o plano, a estratégia principal e é justamente para evitar que isso alcance o sucesso que o PT precisa se reestruturar, do contrário: tchau e benção.
     

Compartilhar