1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Daniela Cicarelli perde ação contra Youtube

Tópico em 'Atualidades e Generalidades' iniciado por TT1, 25 Jun 2007.

  1. TT1

    TT1 Dilbert

    Toma! :clap:


     
    Última edição: 25 Jun 2007
  2. Shazan

    Shazan siscapuliu

    :sabia:

    hahaha, sabia que ela ia perder essa causa.

    Agora eu quero ver alguém aprontar alguma realmente grande pra insuportável Luana Piovani. :dance:
     
  3. Tisf

    Tisf Delivery Boy

    Acho difícil viu, mas não impossível.

    Com essa decisão aí, o pessoal vai ficar muito mais esperto em não dar bola fora :lol:
     
  4. Anna Cwen

    Anna Cwen Ourificada

    Eu tb achei inacreditável alguém cometer atentado violento ao pudor e ainda querer pedir indenização por isso :lol:

    E Shazan, você tem toda razão. A Luana Piovanni é insuportável. Eu tinha ficado toda feliz com a estória da música do Caetano, mas agora parece que o mico ficu todo para ele... :disgusti:
     
  5. Marco

    Marco may the force be with... wait

    Coiatda da Cica, será que as pessoas não tem mais o direto de fazer um sexozinho em lugar público sem correr o risco de ter sua performance publicada na Internet? Onde esse mundo vai parar?
     
  6. Ishtar Lillith

    Ishtar Lillith Usuário

    :jive: demorô...
    pois é, a historia da luana eu tinha achado mto bem feito o fora q ela, supostamente, tinha levado
    O caetano tb, ficasse de boca fexada ja q tinha negado... ou entao assumisse logo no começo... vai entender esse povo...
     
  7. Estranho

    Estranho Dancer

    Vai entender esse povo.


    Mas também, ninguém mandou processar algo que é do Google. O Google é onipotente, onipresente e onisciente. O Google é meu pastor e nada me faltará.



    Só o Google salva!

    Aleluia!
     
  8. ExtraTerrestre

    ExtraTerrestre Usuário

    Bem... se ferrou XD... agora só falta ela assinar um contrato com a Brasileirinhas e processar a mesma logo em seguida...
     
  9. Ishtar Lillith

    Ishtar Lillith Usuário

    :pray: Amém!
     
  10. Huitzilopochtli

    Huitzilopochtli Usuário

    Já saiu outra notícia depois dessa, dia 28 de Junho mesmo. Essa história ainda não acabou.

    YouTube tem de impedir acesso ao vídeo de Cicarelli

    O Tribunal de Justiça de São Paulo vetou a exibição na internet do video com as imagens picantes do namoro da modelo Daniella Cicarelli numa praia da Espanha. O site de videos YouTube está obrigado a instalar um sistema de rastreamento e eliminação dos vídeos com imagens da apresentadora flagrada em uma praia da Espanha em cenas de sexo com seu namorado à época Tato Malzoni, o empresário Renato Malzoni Filho. O site tem prazo de 30 dias para fazer o rastreamento e, no caso de descumprimento, estará sujeito a multa diária de R$ 250 mil.

    A proibição vale só para o Youtube. O video continuará livremente em circulação em centenas de outros sites da internet onde foi copiado e colado.

    A decisão foi tomada nesta quinta-feira (28/6), por unanimidade, pela 4ª Câmara de Direito Privado. Os desembargadores atenderam em parte recurso (agravo de instrumento) apresentado por Tato. Votaram os desembargadores Ênio Zuliani (relator), Carlos Teixeira Leite e Fábio Quadros. O relator sublinhou que o caso ganhou destaque pelo questionamento que se faz da capacidade da Justiça de resguardar o direito de intimidade e a honra das pessoas, quando acontece violação pela internet.

    O recurso foi contra a decisão do juiz de primeiro grau que negou o bloqueio de acesso ao vídeo no YouTube. Tato Malzoni pretendia que o TJ paulista determinasse a interdição do site até que fosse implementado o sistema para impedir a exposição do vídeo com as imagens dele e de Cicarelli, na praia de Cádiz, na Espanha.

    “Não se justifica perpetuar esse castigo moral que está sendo impingido aos autores (Cicarelli e Tato), porque não é justo ou jurídico manter, indefinidamente, uma parte da vida deles exposta ao público, como se estivessem expiando um pecado digno da execração pública”, afirmou Ênio Zuliani.

    O relator destacou que anteriormente não determinou o bloqueio do YouTube e que esse fato foi motivo de interpretação equivocada do juiz de primeiro grau, que traduziu de forma errada o despacho. Ressaltou que seu nome foi citado indevidamente como defensor da censura, o que, na sua opinião, foi uma leviandade.

    “Censura é a restrição indevida da consciência cívica, que, pela sua extraordinária capacidade de interação, verdadeiro espetáculo da evolução humana, é irrestringível. Cancelar o que é ilícito, no entanto, não ofende o valor relevante da liberdade de pensamento e de comunicação; pelo contrário, consagra a sua eficácia”, completou Zuliani.

    Para o desembargador, o grande dilema da Justiça no caso é o que fazer diante de um site que se diz impotente no controle dos conteúdos exibidos para milhões de pessoas. Zuliani descartou o bloqueio. Para ele, o site que permite que o vídeo do casal seja visto hospeda esse e milhares de outros e termina prestando um serviço social de entretenimento. “O YouTube não produz somente banalidades e pornografia”, afirmou.

    Mas Zuliani ressaltou que é inadmissível que o YouTube nada faça para retirar as imagens clandestinas do ar e crie, com isso, um clima de insegurança social pela falsa impressão de que tudo é possível ou permitido na internet. “O seu dever é o de limpar o site do material que ofenda direitos da personalidade ou pagar a multa por não fazê-lo”, completou o relator.

    Os trechos da decisão (que também é provisória) estão aqui:

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    E os trechos da decisão que ela perdeu a primeira vez podem ser lidos aqui (não vou colar porque é muita coisa, mas vale a pena ler a fundamentação do juiz):

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Espero que sirva de lição também pra carinhas como Edir Macedo, que estão tentando fazer a mesma coisa.
     
  11. Ben Kenobi

    Ben Kenobi Aprendendo com um

    tinha que ter perdido mesmo foi d**:censu:na praia e os outros que acessam o site que se f****:censu:
     

Compartilhar