1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Da Morte e dos Filhos de Eru, e da Desfiguração dos Homens

Tópico em 'J.R.R. Tolkien e suas Obras (Diga Amigo e Entre!)' iniciado por Gildor, 29 Ago 2002.

  1. Gildor

    Gildor Usuário

    Da Morte e dos Filhos de Eru, e da Desfiguração dos Homens - O Diálogo de Finrod e Andreth, por J.R.R. Tolkien

    Um longo diálogo entre um Elfo, Finrod Felagund, e uma mulher, Andreth, sobre vida, morte e destino. Indispensável. Talvez o mais tocante e belo texto produzido por J.R.R. Tolkien e originalmente publicado no HoME 10. Tradução: Reinaldo "Imrahil" Lopes.
    Texto completo disponível em
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

     
  2. Swanhild

    Swanhild Usuário

    Não sei do que eu gosto mais neste texto: se do que ele informa a respeito da preservação das tradições dos povos Edain entre as mulheres-sábias, se da relação do pensamento de Finrod com dogmas católicos (alguns de vocês podem não gostar desse tipo de argumento, mas aquela história de Eru entrar no mundo e permanecer de fora ao mesmo tempo... sei não... ..... aquilo cheira um pouco a Trindade...), se do diálogo, que é tão agradável de ler e tão carregado das nuances dos sentimentos de Finrod e de Andreth, ou mesmo se da qualidade da tradução. É um dos melhores disponíveis na Valinor.
     
  3. Ilmarinen

    Ilmarinen Usuário

    Não só cheira como é a própria Swanhild :) :D :P

    Mas o conceito de Trindade não é exclusivo da religião/mitologia judaico/cristã. Ele também ocorre em outros contextos como por exemplo nos mitos de origem hindu. Vishnu o preservador faz o mesmo que Eru por lá e é integrante da tríade conhecida como Trimurti.
     
  4. Deriel

    Deriel Administrador

    Existe uma corrente de estudo da Mitologia Comparada, da qual Campbell é o expoente maior, que defende que todas as mitologias tiveram uma origem comum e única, assim como a raça humana teve uma origem comum e única.

    Outros defendem que o ser humano, por ser humano, não tem como se afastar do mesmo imaginário básico, afinal são todos seres humanos, estejam onde estiverem.
     
  5. Swanhild

    Swanhild Usuário

    Eu imaginava mesmo que fosse, Ilmarinen.

    (EDITADO)
     
  6. Dyeison

    Dyeison Usuário

    Bah tche q-que lindo, me emocionei, Tolkien é realmente um genio :tsc:
     
  7. [Glorfindel]

    [Glorfindel] Usuário

    sei que estou desviando do assunto, neste primeiro momento, porem...
    acho que nós todos (humanos) somos de certa forma compostos por uma "trindade"...
    pois vejo de forma a sermos formados por 3 elementos...
    - Corpo: parte fisica, aquela que carrega nossas descendencia genetica, é responsavel pelos nossos instintos e desejos mais basicos para a sobrevivencia do mesmo...
    - Mente: esta eu vejo quase como uma ferramenta, aquela que pondera entre as causas e consequencias, aquela que elabora o meio e pondera, muitas vezes, entre as outras partes de nosso proprio ser, mas geralmente não passando de uma ferramenta a aquilo que desejamos, etc...
    - Espirito: parte ligada aos sentimentos, aquilo que não é essencial, necessario a sobrevivencia, as necessidades fisicas. parte que talvez hoje esteja mais esquecida pelas pessoas, em detrimento das necessidades e vontades do corpo, que muitas vezes parecem racionalmente mais "corretas" (simples)...


    agora quanto ao texto...
    os argumentos da Andreth me pareceram um tanto "egoistas"... vagos.. não me parecia que as coisas que ela dizia eram tão fundamentadas, cheios de armaguras, sempre procurando uma tentativa de acusar, nunca de aceitar....

    Namarië....
     
  8. Dyeison

    Dyeison Usuário

    Sem duvida Andreth é egoista e mostra m pouco de reverencia a Morgoth como a maioria dos homens mesmo os Edain como cocequencia da desfiguração e quanto a Eru entrar em Arda, talvez apenas isso realmente curase a desfiguração e nos sauvace da sombra da morte (digo isso no sinal de sombra que Melkor lansou em nossa dadiva) :(
     
  9. [Glorfindel]

    [Glorfindel] Usuário

    ...a uma parte neste mesmo texto, onde, segundo os pensamentos os quais a discução levava, Finrod chega a conclusão de que os homens, com sua passagem para fora de Arda o fariam de tal forma a purificala, levando assim, consigo seus Hröa.... é um tanto interessante. . . .

    acho que não ha uma sombra da morte a sermos salvos...
    a morte é uma consequencia, uma necessidade, talvez de nossa propria alma, a qual talvez nossa mente, racional e presa a carne não consegue ter compreensão da mesma, em grande parte devido ao medo do desconhecido a qual tanto temos...

    e aqueles de espirito forte, acho que Eru deu um dom muito maior que aquele da subcriação, da "eternidade" o qual fora ofertado aos quendi.... o dom de poder atraves de seus atos mudar seus proprios destinos...
    algo que sempre parecera quase impossivel para os eldar.....
     
  10. Dyeison

    Dyeison Usuário

    Concordo, sem duvida, mas e aos especiais, como Turin, Malbeth e outros que não me lembo agora. :)
     
  11. [Glorfindel]

    [Glorfindel] Usuário

    se vc se lembra da historia de Turin, vc vera que houve chance dele mudar o que o "futuro" reservava a ele... as atitudes dele o prendiam a aquele destino. . . . .
    lembre-se da passagem onde Turin esta em Nargothrond.....
    agora.... Malbeth.... perde-me a ignorancia.. mas quem é/foi Malbeth....?! realmente não me recordo nem sutilmente deste nome. . . .
     
  12. Dyeison

    Dyeison Usuário

    O magrão que previo a historia de Arvendui, que Aragorn passaria pelas Sendas dos Mortos ta ligado.
    Le o SdA Feito :D
     
  13. [Glorfindel]

    [Glorfindel] Usuário

    eu não quis dizer que não ha "destino" para os homens....
    somente me referi que ele não eh de certa forma "fixo" como tende a ser para os eldar....

    hehehehe...
    quanto a ler o SdA eu quero e muito... mas todos os meus livros estão "rapitados" no momento....
     
  14. Dyeison

    Dyeison Usuário

    Sem duvida, ele é mutavel, e tambem duvidosso.
    Mas quanto a Turin quem não garante que ele foi ter esse comportamento exatamente porque Eru quis, issoé o comportamento de Turin foi previsto para ser esse porque se não ele não se tornaria o mito que ele é hoje. :)
     
  15. [Glorfindel]

    [Glorfindel] Usuário

    e ai ele demonstraria o dom que fora dados aos homens de mudar todo o destino de si, assim como o de varios pelos seus atos e escolhas. . . . . :D

    hehe... sem querer delongar, isso ira cair em uma questão que beira redundancia em termos conceito-filosoficos sobre escolha-destino, ato e desejo de agir, etc... :wink:
     
  16. Dyeison

    Dyeison Usuário

    Enfim viraria parodia de Matrix
    :lol: :lol: :lol: :lol: :lol: :lol: :lol: :lol: :lol: :lol: :lol: :lol: :lol: :lol: :lol:
    É né
     
  17. Glorfindel

    Glorfindel Usuário

    Eu acho que há destino para os homens só que além dele existe o livre-arbítrio onde eles podem fazer a própria escolha. Acho que alguns como Tuor, Aragorn, etc vêm a terra com o objetivo de ajudar os povos mas eles mesmos são humanos e tem dificuldades e escolhas em suas vidas (que ainda são mais complicadas). Quanto a trindade acho que Tolkien realmente a colocou em sua obra.
     

Compartilhar