1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Da decadência dos Dunedain

Tópico em 'J.R.R. Tolkien e suas Obras (Diga Amigo e Entre!)' iniciado por Eru- o Ilúvatar, 29 Jun 2003.

  1. Eru- o Ilúvatar

    Eru- o Ilúvatar Usuário

    Da decadência dos dunedain.

    Alguns dados são precisos quanto a decadência dos dunedain desde que a hoste de Elendil fugiu de Numenor e passou a viver sobre a menos abençoada Terra Média. O sangue numenoriano se diluiu e misturou, as graças e bençãos dos valar os abandonara, passaram a viver rusticamente e o conhecimento se desvaneceu...

    Se mesmo quando a sombra se abateu sobre Numenor, ainda se viviam mais de 200 anos ( Tar Palantir, ultimo q morreu de morte natural, viveu 220 anos), parece que o tempo de vida dos dunedain diminuiu consideravelmente, apesar de Aragorn ter falecido apenas com 210 anos (do lado da Arwen tb né?)...

    Em Contos Inacabados, faz-se uma alusão a maior velocidade em que andavam os homens quando em marcha no tempo da Ultima Aliança, quando descrevem a Tragédia do Campo de Íris. Também se menciona que os homens viam mais longe, e eram dotados de dádivas que se perderam para sempre com Numenor, outras que se perderam com os anos e a decadência de Gondor sobretudo no tempo dos mordomos.


    Estou abrindo esse tópico para falar exclusivamente do declínio dos dunedain na Terra Média, física e culturalmente. Postem a vontade. :wink:
     
  2. Riff

    Riff Usuário

    Física foi por causa da perda de Númenor, q ficava perto de Aman, e culturalmente foi pq Numenor afundou, e A Tm não era tão protegida como a ilha, havia guerras, boa parte da sabedoria deve ter ido pro saco msmo com a queda de Arnor, e outra parte foi pra Valfenda, Gondor preservou mto pouco.
     
  3. LHRagone

    LHRagone Usuário

    Numenor era isolada no meio do mar e ninguem a atacava, entaum os numenorianos prosperaram. Quando Numenor afundou e Elendil partiu para a TM, as varias guerras impediram um desenvolvimento como foi alcansasdo em Numenor e o sangue puro dos numenorianos se misturou comos dos homens inferiores, fazendo com que a raça entrasse em declinio
     
  4. Olwë

    Olwë Usuário

    Talvez algumas dessas dádivas físicas (como ver mais longe) fossem decorrência do sangue élfico vindo de Elros. Quanto mais diluído, menos influente.

    Agora, a decadência cultural se agravou de verdade quando houve guerra civil em Gondor e quando os Reis Bruxos de Angmar fizeram guerra e arrasaram com Arnor. No meio daquele caos, a maior parte dos palantiri se perderam, as estradas se tornaram desertas e perigosas e, assim, as províncias periféricas dos reinos se isolaram, mais ou menos como o Condado, que virou uma quase-anarquia.

    Além disso, o sudeste da Terra-média era muito mais populoso que o oeste, pelo que dá para perceber nos relatos das guerras entre Gondor e os povos daquelas regiões. Os reinos dos dunedain foram aos poucos sendo absorvidos pelos forasteiros, mais ou menos como o império romano foi corroído de baixo para cima, e aos poucos, pelas invasões bárbaras.
     
  5. Fëaruin Alcarintur ¥

    Fëaruin Alcarintur ¥ Alto-rei de Alcarost

    Droga, eu ia dizer isso. :disgusti: :mrpurple:


    Bom, eu acho que a gente pode dizer que a fagulha do declínio da raça numenoriana, dos "homens superiores", se deu quando quando os mesmos começaram a questionar a proibição do avanço de embarcações para o Oeste, e questionar, também, os ensinamentos e leis dos elfos e dos Valar. Acho que a primeira parte da Queda se deu aí; devido à fraquezas que os homens mortais têm: ambição e a curiosidade, pra não dizer necessidade, de quebrar uma proibição.

    Os numenorianos tornam-se possessivos; vivem muito e vêm que os frutos de sua longa vida, a glória, a sabedoria, a beleza, para ele, aquilo um dia acabará, já que eles são ainda mortais; e eles querem viver mais e mais, para poderem aproveitar mais suas realizações; aqueles grandes senhores de homens, de um dia buscavam sabedoria e felicidade, foram tornando-se gananciosos e mesquinhos, e lentamente, desejando uma imortalidade que de fato nunca poderiam ter; e Sauron foi muito astuto de perceber isso e se aproveitar disso. Mas Sauron nunca conseguiria causar tamanha desgraça se no âmago da maioria dos homens não houvesse essa tola idéia de imortalidade, essa mesquinharia que coloca homens contra homens, irmão contra irmão. Enfim, a desgraça se deu pela fraqueza essencialmente humana, não porque Sauron era um grande dominador de mentes.

    PS: Bom tópico. 8-)
     
  6. Minduim

    Minduim Suburban Kid w/ Biblical Name

    E, além do mais, Númenor ficava isolada no meio do mar; era próspera, nada lhe faltava, nem ninguém a atacava; aí, os númenorianos não tinham nada com o que se preocupar (excetuando-se, lógico, as preocupações básicas que eles tinham). Assim, com a cabeça vazia, essas dúvidas forma surgindo em suas mentes, eles começaram a questionar as leis dos Valar. "Cabeça vazia, oficina do diabo (ou melhor, oficina de Sauron)" já dizia o ditado. E deu no que deu!
     
  7. Eru- o Ilúvatar

    Eru- o Ilúvatar Usuário

    Uma das maiores referências na obra quanto a perda do saber pelos gondorianos consta na descrição das muralhas de Minas Tirith, apresentadas como algo feito nos tempos antigos, quando Gondor era próspera e os saberes dos numenorianos ainda não tinham se perdido... :wink:
     
  8. Tar-Telperiën

    Tar-Telperiën I hate Mondays!!!!

    A decadência física foi devido à diluição de seu sangue, perdendo gradativamente as habilidades que vinham do sangue élfico que estava presente nos dias de Númenor.

    Quanto à decadência cultural, a guerra dve ter contribuído e muito para seu declínio, já que muitos dos seus sábios devem ter perecido nela e também muitos dos seus registros tb. Assim, o conhecimento de outrora foi se perdendo.
     
  9. Pearl

    Pearl Usuário

    A 1a decadencia física que eu me lembre foi em Númenor mesmo. Em que os Numemorianos passaram a adoecer. Foi como disseram, a decadencia aconteceu quando os Numemorianos se afastaram dos Valar. E isso também levou a decadencia cultural, em que os homens passaram a ser mais arrogantes, a negligenciar a Meneltarma, enfim, a modificar grande parte da cultura devido a inveja que tinham pelos elfos.
     
  10. Eru- o Ilúvatar

    Eru- o Ilúvatar Usuário

    Sim. Em Contos Inacabados é descrito que, com a chegada da sombra, há uma queda considerável no tempo de vida dos homens, que passaram a temer a morte e querer se agarrar aos seus corpos mesmo quando seu tempo já era chegado. Os reis numenorianos passaram a viver consideravelmente menos. Tomando por referência Elros, que viveu cerca de 500 anos e o último rei numenoriano a morrer de causa natural, Tar Palantir, com 220 anos, isso se torna mais do que evidente. O medo que tomou conta deles fez com que se apegassem aos próprios corpos e se afastassem dos Valar e do convívio com os Eldar, que passaram a invejar e rejeitar, ainda em Numenor.
     
  11. Fernanda

    Fernanda Andarilho de Eriador e

    Acredito que a queda de conhecimentos seja também muito afetada pela queda física dos remanescentes do numenorianos. Com uma vida de 400 anos eles podiam produzir e aprender muito mais do que com uma vida de 100, ainda mais que depois da chegada da sombra nos corações deles eles passaram a envelhecer mentalmente, ao invés de simplesmente chegarem ao fim de seu tempo ainda lúcidos.
    Acredito que muito conhecimento se perdeu porque as novas gerações não tinham tempo de aprender tudo, Gimli comenta isso quando entra em Gondor, ele diz algo sobre os trabalhos mais antigos serem melhores que os mais novos.
    Além de terem menos tempo eles estavam envolvidos em guerras, o que diminuía mais ainda o tempo deles, sem contar a devastação e mortandade que provocavam.
    Interessante a ironia de desejara a imortalidade e com isso diminuir seu tempo de vida de inúmeras formas.
    Em algum lugar comenta-se que os últimos reis de Gondor estavam mais interessados em heráldica do que em construir para o futuro, acredito que quando perceberam que estavam se tornando menores se apegaram mais ao passado grandioso, acelerando mais ainda sua queda.
    Aragorn é diferente, apesar de ter consciência da importância do passado do seu povo ele vive no presente, buscando o crescimento do povo. Seu nome afinal era Estel.
    Talvez tem sido esse o início da queda, quando os homens perceberam que não eram imortais perderam a esperança.
     
  12. LHRagone

    LHRagone Usuário

    Que nem dizia o velho deitado... cabeça vazia oficina do diabo
     
  13. Goba

    Goba luszt

    O início de toda e qualquer decadência dos druedain se deu em Númenor ainda, quando Sauron começou a envenenar a mente dos numenoríanos. Muito da cultura se esvaiu ali, na minha opinião. Muito do que poderia ainda ser passado para outros morreu dentro de uma mente já envenenada. Quanto à influência na decadência física, bem, fora a queda de Númenor, Sauron não influêciou em muito mais, porém me corrijam se errei.
     
  14. Olwë

    Olwë Usuário

    Não sei se concordo com vc nesse ponto Letisgu (eu prefiro Letisgu a Túrin Rurambar. :D ).

    Embora seja uma idéia meio estranha, acho que não dá para negar que a decadência física das raças na obra de Tolkien tem algo a ver com a decadência espiritual.

    É estranho e não teria base científica. Mas que tá na obra, tá. Pelo menos é o que eu sinto.
     
  15. LHRagone

    LHRagone Usuário

    Um corpo forte não sobrevive sem uma alma forte.
    Acho que isso esplica tudo.
     
  16. LHRagone

    LHRagone Usuário

    Um corpo forte não sobrevive sem uma alma forte.
    Acho que isso explica tudo.
     
  17. Eru- o Ilúvatar

    Eru- o Ilúvatar Usuário

    É a máxima grega: Corpo são, mente sã. E essa decadência física-espiritual é flagrante mais na descrição dos numenorianos e seus descendentes do que de qualquer outro povo.
     
  18. Menello

    Menello Usuário

    As obras de Tolkien são muito inspiradas em fatos historicos. A relação de Numenor com a Atlantida por exemplo. E hoje, muitos estudiosos, acreditam que povos antigos, eram tão avançados quanto nós hoje em alguns assuntos. Historiadores, dizem que os egipcios, faziam cirurgias a trocentos nos atras. Mas em algum ponto, a civilização parou de evoluir, começando tudo denovo. Tolkien que não era nem um pouco bobo, talvez tenha se inspirado(como no caso atlantida/numenor) em coisas desse tipo pra enriquecer sua obra ainda mais. Deixando um misterio, de como a evolução de um povo se perdeu durante os anos? Mais uma coisa pra ficar matutando!!! E realmente, como já foi exlpicado neste topio, temos como saber, mais ou menos o que aconteceu com os povos.
     

Compartilhar