1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

D&d 4e

Tópico em 'D&D 4ª Edição' iniciado por Death Revenant, 8 Set 2009.

  1. Death Revenant

    Death Revenant Trovador Justiceiro

    Ola pessoal sou novo por aqui mas tenho pensado em um assunto que acho que da uma boa disussão!

    Vocês já perceberam como a 4E deixa o bom e velho RPG de mesa de muitas formas parecido, senão igual a um MMORPG ???

    Não me entendam mal, e adoro D&D e acredito que a 4E trouxe um ótimo upgrade para as regras e mecanicas do jogo, e concerteza se usado da forma correta é um rpg sim! Mas o fato de misturar o eletronico e o "de mesa" talvez atrapalhe o roleplay de alguns jogadores.

    Começei a mestrar uma campanha para um grupo de amigos da faculdade, e um deles, que so conhecia RPG como World of War Craft, ou Lineage II entre outros, não teve muitas dificuldades para se adaptar as regras (uma das propostas da 4E - trazer jogadores de MMORPG para o RPG), mas tambem não consegue se livrar delas.

    Toda hora ele me pergunta "mas qual a classe que causa mais dano?" ou "qual o nivel maximo pro personagem?" ou a pior: "de nivel 99 eu consigo matar o tarrasque sozinho neh?" ... O problema, ou não, é que ele achou muitas semelhanças entre a 4E e os seus MMORPGs de forma que é dificil mostrar pra ele que ele tem que interpretar e não se preocupar se ele tem a "melhor espada pro nivel 3" ou coisa parecida.

    Aos poucos eu estou conseguindo tirar esse "tabu" dele e mostrando o roleplaying do game! Mas eu estava pensando em como as regras foram feitas, e rlendo elas percebi que a 4E eh um enorme e infinito MMORPG sem roleplay nenhum, SE E SOMENTE SE, não se tomar os devidos cuidados... como provavelmente todo sistema de regras que ja fora criado... O que acham?
     
  2. KingElessarEledwhen

    KingElessarEledwhen Elder Dragon

    Eu concordo plenamente. Mas assim a mecânica do jogo sugere um MMO tanto na 4ª como na 3.5(sistema de níveis, etc. Apesar de constar menos semelhanças).

    Mas acho muito melhor a 4ª edição pois facilita a vida do mestre e dos jogadores retirando alguns conceitos complexos ou mecânicas chatas da 3.5.

    Eu particularmente discordo do jogador querer saber mais de números do que da interpretação por causa da 4ª edição. Isso não diz respeito ao sistema, mas sim ao fato dele ser um jogador iniciante. Essa preocupação de se fazer o personagem mais forte é apenas uma fase que todo iniciante passa quando vislumbra as classes e magias(eu já fui assim), e esse fato é completamente desatrelado do sistema(Seja D&D, GURPS, Storyteller[sim, neste eu procurei qual raça seria a mais forte tals, porém fiquei levemente frustrado na época]).

    Cabe ao mestre ir mostrando que a graça do jogo está no combate sim, mas na interpretação também e também que isso não é MMO(ou seja... quanto mais forte o personagem for, grande porcaria, mais forte é o inimigo, então ele NUNCA vai conseguir ficar "fodão" treinando com inimigos mais fracos, diferente do MMO onde vc pode voltar numa floresta do comecinho e matar qualquer um com lvl baixo com um golpe e ir upando). Com o tempo ele vai ver que ficar se matando pra fazer o mais forte apenas o faz perder tempo, pois o mestre colocará desafios sempre equivalentes, e toda a "vantagem" que aparentemente ele ia ter não ai servir pra nada.

    Logo, procure moldar o jogador, mas não deixe de colocar combates(no começo geralmente eles gostam mais disso para conhecer os poderes, ai quando passa essa parte eufórica eles começam a interpretar). E essa coisa de números não decorre da edição ou sistema, mas do fato de ser um iniciante que achava que RPG era definido como um jogo onde o personagem tem nível. Apenas uma fase, depois ele desenvolve a narrativa com o tempo.
     
    Última edição: 10 Set 2009
  3. vinicius_limpe

    vinicius_limpe Usuário

    na minha opinião o 4°Ed e um lixo sou fã da 3.5
    pois a quarta leva muito pro lado do MMO
    não me entendam mau cada qual com sua opinião mas no de Death Revenant eu concordo
    que ele e apenas um iniciante no meu grupo tem um jogador de Tibia e Ragnarok
    e sempre pergunta sobre quests magias para todas as classes e se Paladino so pode atacar com arma de distancia .
    Quem conhece Tibia sabe do que estou falando


    Death Revenant não se preocupe com o tempo o seu jogador vai se acostumar
     
  4. Death Revenant

    Death Revenant Trovador Justiceiro

    Eu concordo com os dois em parte...

    Eu acho que as semelhanças entre a 4ªE e um MMORPG acaba dificultando para o jogador perder essas manias, mas tenho certeza que vou conseguir levar uma boa campanha e moldar o jogador!

    Obrigado pelas dicas
     

Compartilhar