1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)
  1. Ulmo- o grande

    Ulmo- o grande Não quero + passear com esse

    Eu tava me perguntano aqui depois de ter lido um dos topicos do forum...Se nada se escapa do pensamento de Eru e todas as coisas que acontecem foram planejadas por ele, porque ele colocou Melkor no mundo ja sabendo que el ia se tornar mal e que poderia por em risco a existencia de seus filhos???
     
  2. Tilion

    Tilion Administrador

    Porque, na percepção de Eru, Melkor é um "mal necessário" para o desenvolvimento de Arda e de Seu Plano Inefável. Ele parece ser uma parte tão vital quanto as partes assim chamadas "boas", mas o porquê exato só Eru saberia dizer, e tudo mais é pura especulação.

    Dê uma olhada no "Ainulindalë" naquela parte em que Melkor começa a interromper a Música e Eru intervém. Ali ele diz que tudo que é feito e cantado, por mais dissonante que o cantor queira ser, apenas contribui para a grandeza da obra dele (= Eru).
     
    Última edição: 12 Nov 2006
  3. Vivi

    Vivi Parmandili of Thrones

    Isso mesmo..
    É preciso grandes dificuldades pra valorizar.
    E se não houvessem os malvados, não haveriam os mocinhos e consequentemente não haveria SDA!!


    Agradeça aos malvados.
     
  4. Calimbadil Thálion

    Calimbadil Thálion We eat the wounded ones

    Pra que colocar a culpa na entidade superior?
     
  5. kytarkiton-eru

    kytarkiton-eru Usuário

    A desobediencia na grande música é sim planos de Eru, Mas a maldade cometida por Melkor contra as criaturas de Eru (no caso também os anões que são de Aulë) não foram planos de Eru.
    Eru sabe sim de tudo, mas não interfere, pois ele sabe que está tudo dentro das escolhas. Basta ver no Matrix (não tem nada ver com Tolkien só que também é uma pbra muito boa) n[os já fizemos a escolha, agora só precisamos entender.
    Eru não pode interferir nas escolhas, mas sabe no que as escolhas interfirão no mundo.

    Eru não é culpado de nada. Tudo o que ele fez foi por amor, do mesmo jeito que Aulë.
     
  6. Falassion

    Falassion Usuário

    Ontem eu recomecei a tentar ler (NOVAMENTE) O Silmarillion e, incrivelmente, essa pergunta me surgiu!

    E pensar que, para o bem imperar, são necessárias várias pessoas, enquanto que, para o mal, uma pessoa só pode fazer todo o trabalho.. o_O
     
  7. Calimbadil Thálion

    Calimbadil Thálion We eat the wounded ones

    Se Eru tivesse que meter a mão toda vez que alguma coisa desse errado, ninguém faria qualquer esforço para impedi-las.
     
  8. Alcarinollo

    Alcarinollo Usuário

    Olá, pessoal, acredito que o buraco é um pouco mais embaixo. Já se discutiu muito no Fórum sobre o tal do livre arbítrio das criaturas, sobre predeterminação, sobre a onisciência de Eru e sobre o maniqueísmo (bemXmal) que impera não só em Tolkien, como na cultura européia (e de suas colõnias) até hoje.
    Na minha opinião, a coisa não se dá tão simplesmente assim, pois havia sim, uma disputa entre Melkor e Manwë, os Valar se intrometeram sim no destino de elfos e de homens (Aulë, por exemplo, "criou" a raça dos anões) e modificaram Arda, quer com sua ação direta, quer por conseqüência de sua inércia.
    Alguém já pensou na história narrada a partir do ponto de vista de um orc, de um haradrin ou mesmo de um dragão? se Melkor tivesse prevalecido sobre os Valar (o que quase aconteceu), quem seriam os mocinhos e quais seriam os bandidos?
     
  9. Calimbadil Thálion

    Calimbadil Thálion We eat the wounded ones

    "Os vencedores ditam a história".
     
  10. Vivi

    Vivi Parmandili of Thrones

    Seria interessante do ponto de vista de outra criatura.. quem sabe Sauron.
    orcs são burros.. hihihihi
     
  11. kytarkiton-eru

    kytarkiton-eru Usuário

    Mas existe um livro assim, mas não fora escrito por Tolkien.
    Se eu não me engano existe um livro chamado o "Livro Negro da Terra-Media" ou algo do genêro. Foi escrito por uma garotas russas, só que não foi traduzido para o português.
     
  12. Peonia Cachopardo

    Peonia Cachopardo Supercalifragilisticament e

    Concordo com várias das pessoas acima que disseram que Eru "deixa as coisas rolarem". Se ele concertasse tudo o que há de errado (ou mal) não teria graça, pois a graça está na superação. E pensando bem, se não existisse Melkor, não existiria o Sauron que conhecemos nem ele teria criado o anel. Enfim, nem estaríamos aqui, porque não teríamos o SdA para discutir!
    Viva a liberdade que Eru confiou aos seus!
    :joy:
     
  13. Rufgand

    Rufgand Venus, Vina, Musica


    Alca...acho q não é bem assim não!! Tolkien deixa claro a visão de o que é o bem e o que é o mal!! Independente de quem narra a história, na concepção de Tolkien, Morgoth/Sauron/Orcs/Haradrim serão sempre os maus, enquanto todo o resto é bom!!

    Concordo com vc que os Valar interferiram diretamente na história de Arda, mas isso se encerrou com a Queda de Númenor...a coisa mais parecida que fizeram com uma intervenção na 3a Era, foi mandar os Istari para aconselhar os Povos Livres.

    E depois de mto ler as discussões e tb participar delas, resolvi pensar como alguns: o paradoxo entre Onisciência e Livre Arbítrio só é para ser entendido por quem os criou, ou seja, Eru...com nosso compreendimento limitado, não conseguimos perceber a extensão desse problema!!

    O que sei é que Eru criou Arda de forma completa, com todas as vertentes q poderiam existir: naturais, divinas, emocionais...para completar, é necessário a vertente malígna, daí a importância de Melkor!!
     
  14. Calimbadil Thálion

    Calimbadil Thálion We eat the wounded ones

    É fanfic, Tolkien não deixou claro o ponto de vista dos orcs, e isso é desnecessários pois são apenas seres vis controlados por Sauron.
    Seria interessante o ponto de vista de Melkor, mas vindo do próprio Tolkien e não de interpretação alheia.

    Bem e mal são conceitos relativos demais para possuirem uma definição fixa.


    Leia-se contribuição importantíssima. Mas se esqueceu que as águias de Manwë ainda estavam em exercício e que Aragorn achou uma muda da árvore branca que não era encontrada a sabe-se lá quanto tempo.

    Tanto no universo de Tolkien onde sabiam que as divindades existiam quanto para nós(não vou dizer se existe ou não e nem no que acredito pois aqui é irrelevante).

    1-Eru criou com o auxílio dos Ainur.
    2-O correto é vertente dissonante, Mas mesmo essa contribuía para a riqueza de Arda.
     
  15. Breno C

    Breno C Quack

    Ulmo, meu filho, qual a sua vizão sobre o bem e o mal?
    Para eu te explicar minha vizão vou precisar de alegorias, tipo: "Coloque uma luz forte, cheme a de bem. Agora coloque defrente para essa luz um bonequinho (raças e povos) de cera. O que ira aparecer atráz do bonequinho? Sobra, que logo sendo o inverso da luz (bem), será o mal", traduzindo para sua pergunta: "Eru sempre soube que Melkor iria fazer o que fez, e por isso mesmo o criou. Penso que mesmo um ser completo como Eru, sofre do maior mal: a falta de objetivo. Ele criou Melkor, pois precisava de algo para ver, algo que o divertisse, e esse algo para ver era a batalha que haveria entre os povos e que seria causada por Melkor". Mas essa é apenas a minha vizão.
     
  16. Calimbadil Thálion

    Calimbadil Thálion We eat the wounded ones

  17. Edu

    Edu Draper Inc.

    Então você acha que Eru se daria ao trabalho de criar os Ainur e da Música dos Ainur plasmar Eä e em Eä criar Arda para lá pôr os elfos e homens, e também permitir que os filhos de Aulë vivessem, só para brincar de War?
     
  18. Calimbadil Thálion

    Calimbadil Thálion We eat the wounded ones

    Desconhecemos os propósitos e particularidades dos seres que não compreendemos.
    (Vai ver Eru quer uns direitos sobre o BfME)
     
  19. kytarkiton-eru

    kytarkiton-eru Usuário

    Eru tem sim um objetivo: o de ensinar e amar suas criaturas e fazer com que elas partilhem a sua criação.
    Eru jamais criaria os elfos e homens para sofrerem nas mãos de Melkor e Sauron...o desejo de Eru é que todos sejam felizes e que todos o adorem.
    Só que Eru não é um excravista e dominador. Eru quer o bem de todos e por isso deu a liberdade para as suas criaturas.
     
  20. Menegroth

    Menegroth Bocó-de-Mola

    E também não tentem entender todos os desejos e significados dos atos de Eru.
    Nem os Valar sabiam...
     

Compartilhar