1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Culinária do local visitado

Tópico em 'Atualidades e Generalidades' iniciado por Fúria da cidade, 21 Mai 2011.

?

Culinária do local visitado

  1. Eu aprecio e procuro experimentar.

    84,2%
  2. Indiferente

    15,8%
  3. Não curto.

    0 voto(s)
    0,0%
  1. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    Quando você viaja experimenta e/ou valoriza a culinaria do local visitado?

    Eu procuro no mínimo experimentar, tendo sempre um "plano B" caso não goste.
     
  2. Fingolfin

    Fingolfin Feitiço de Áquila

    Eu experimento mas nada super exotico. Aqui na Malasia eu percebi que gosto da comida asiática não malaia. Já comi bem em restaurante chines, vietnamita e koreano. Malaio é mais dificil. Foda é q é tudo bem porco por aqui
     
  3. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    Higiene é algo importante pra se relevar. Tem lugar que você passa sente aquele cheirinho bom, mas se não há o mínimo de cuidado na preparação, eu passo longe.
     
  4. Vëon

    Vëon Do you know what time it is?

    Tirei essa foto ontem em um mercado de Granada, prato típico aqui na Espanha.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Sou fresco com comida, qualquer coisa um pouco mais exótica, passo longe.
     

    Arquivos Anexados:

    • caracol.jpg
      caracol.jpg
      Tamanho do arquivo:
      223,7 KB
      Visualizações:
      235
  5. Pim

    Pim God, I love how sexy I am!

    Nossa, eu mega experimento tudo (ou quase) dos lugares que viajo. Às vezes dou sorte de gostar, outras vejo meu dinheiro ir pro lixo.

    Quando fui pra Maceió no casamento de uma prima nunca tinha comido tapioca. Experimentei uma vez, achei meio sem gosto, depois insisti e hoje só de falar em tapioca eu já salivo. Inclusive estou salivando agora. :babar:

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Meu tio é fazendeiro em Goiás (sou natural de SP fronteira com MS, MG e GO) e por uns 5 ou 6 anos, quando menina, eu ia com meus primos passar todas as férias lá. Lá provei e amei o arroz com pequi, picadinho de carne com quiabo e traira (o peixe) fritinha, pratos que nunca tinha visto e que são difíceis de encontrar no Rio de Janeiro. Inclusive, quando a moça da fazenda estava fritando o corpo das traíras, ela servia uma rodada de cabeças bem fritinhas. Parecia que estávamos comendo batata-frita, tamanho o estapeamento pelas cabeças.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Continua no próximo post...


    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
    Última edição: 22 Mai 2011
  6. Vëon

    Vëon Do you know what time it is?

    As ibagens não estão aparecendo aqui.
     
  7. Pim

    Pim God, I love how sexy I am!

    Vou salvar no meu PC e anexar.

    EDIT: Vou colocar a segunda parte aqui porque os posts só suportam cinco anexos.



    __________________________________________


    Já quando fui pra Buenos Aires experimentei o 'asado' (churrasco) argentino e lá tinha carnes deliciosas e carnes nojentíssimas. A tal morcilla (uma linguiçona preta recheada com carne e muito sangue coagulado) mesmo é horrível, assim como o chinchulin, que é o intestino delgado e parece que a gente tá comendo lula recheada com resto de comida mal digerida da tripa não limpa.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Ainda na Argentina, a moça que servia nosso café da manhã sempre falava pra gente experimentar o famoso dulce de leche argentino e eu ficava só no "no, grazie" (é, eu falava italiano na argentina com os argentinos, pq não sei espanhol :loserdance:). Com o tempo ficamos mais amiguinhos dela, porque os turistas de lá são um porre e nem davam moral pra tiazona.

    No último dia ela me trouxe um potinho de doce de leite argentino pra eu provar na.sua.face. Quem me conhece sabe que não curto muito doce, mas tive que pegar uma tostada, passar o dulce de leche nela e provar. Gente, sério, parecia que eu estava sendo levantada por anjos renascentistas até o céu e seria agraciada diretamente por Deus com uma vaca argentina que dá dulce de leche quando ordenhada. Até comprei pra trazer pra minha mãe.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Enfim, a questão não é falar o que comi ou não, até porque ainda não almocei e só de colocar as fotos neste tópico eu fiquei com MUITA FOME... O negócio é dizer pra quem viaja muito, e principalmente que viaja pouco, que é super válido provar todo tipo de prato da culinária do local que vocês estão. Mesmo que seja algo que usualmente tu não goste (tipo eu & dulcito de leche), boas surpresas podem aparecer. Pras ruins tu simplesmente vira a face e passa a régua. As morcillas e chinchulines sobraram todas. :lol:



    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
    Última edição: 22 Mai 2011
    • Gostei! Gostei! x 1
  8. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    Morei poquissimo tempo a trabalho no planalto central entre Goiânia e o DF, mas esse arroz com pequi dos goianos pra mim é tudo de bom!
     
  9. Pim

    Pim God, I love how sexy I am!

    Pronto, Vëon.

    Fúria, você comia os pequis no final? São deliciosos, mas tem toda uma técnica, porque ele é cheio de espinhos NA POLPA da fruta.
     
  10. Drum

    Drum Forum Lurker Usuário Premium

    Minha família é toda de Pernambuco, então viajamos com uma certa frequência para lá (a cada 2 ou 3 anos). Dá última vez eu engordei 3 quilos em um mês. :mrgreen:

    Gosto muito da comida, sarapatel, buchada, tripa de porco frita, tapioca, tudo muito bom. E aqui em Rondônia, em geral, é até fácil de achar essas coisas.
    Pequi também não é difícil encontrar.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Aqui a moda agora é açaí na tigela, eu experimentei e achei sem gosto.
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
  11. Pim

    Pim God, I love how sexy I am!

    Só de ver o sarapatel cheiíssimo de óleo me deixa louca de vontade! E açaí é uma das maravilhas do Brasil, sério. :babar:
     
  12. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    Sem chance mesmo, é uma fruta que só dá pra comer pelas beiradas.
     
  13. Fingolfin

    Fingolfin Feitiço de Áquila

    Pim, eu tb gosto de experimentar, mas aqui é tenso. A gente colocou a regra de 1 restaurante asiático por semana pelo menos, mas o foda da comida Malaia é que é tipo, MUUUUUUUUITO APIMENTADA. E eu não gosto de pimenta. Por muito apimentada significa que se vc pedir sem pimenta pra eles vem sem pimenta malagueta mas com outras pimentas q eles nem consideram pimenta.

    Além disso é muito frango ensopado (com curry, pimenta, etc) que eu odeio.

    E por ultimo ainda tem o fato de que os restaurantes, muitas vezes parecem lavanderia. A cozinha não tem parede nem pra rua. Tipo, vc passa atras do restaurante e a cozinha é aberta. Tudo sujão.

    Ainda assim já experimentamos muitas coisas aqui.
     
  14. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    Comida apimentada sou obrigado a passar longe não porque eu não goste, mas meu organismo reage muito mal a temperos e pimentas fortes. Passo mal a beça.
     
  15. Maria Pretinha

    Maria Pretinha Usuário

    Essa questão da higiene é foda mesmo. Tem país que não tem essa cultura. Mesmo restaurante chinês por aqui, se é controlado por chineses mesmo eu fico com o pé atrás.

    Quando eu viajo experimento tudo, até coisas nojentas. Tipo essas lesminhas aí do vëon, já comi. Não gostei, mas já comi.

    Acho que experimentar coisas novas e típicas da região faz parte da experiência de viajar em si. É impossível ter uma boa ideia do que é o país que você está visitando sem experimentar o que eles comem. A comida é uma parte muito importante, embora negligenciada Às vezes, da cultura de um povo.

    Fora que rola a surpresa agradável que a Pim falou.
     
  16. Fingolfin

    Fingolfin Feitiço de Áquila

    Eu to pensando ainda se vou experimentar os escorpiões, besouros e gafanhotos da vida qdo for a Bangkok
     
  17. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    Eu não digo que jamais eu comeria isso, mas se não é uma situação extrema de sobrevivência de comer inseto "in natura", a principio eu provaria essas iguarias exóticas primeiro se tiver uma versão a milanesa.
     
  18. Pim

    Pim God, I love how sexy I am!

    Ah, Fingol.... Hakuna Matata!

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
    Última edição por um moderador: 6 Out 2013
  19. Skywalker

    Skywalker Great Old One

    Eu sempre procuro experimentar a cozinha local. Mas tem que ver que nunca fui a um lugar muito exótico, né?
     
  20. Fúria da cidade

    Fúria da cidade ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ

    E sempre lembrando que não é preciso viajar até a Ásia pra se experimentar pratos exóticos.

    No interior do nosso país e do continente sulamericano já existe uma variedade enorme, principalmente quando você se dispõe a conhecer de verdade o verdadeiro povo nativo de nosso país que são nossos indígenas.
     

Compartilhar