1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Crônica de uma Morte Anunciada - GG Márquez.

Tópico em 'Literatura Estrangeira' iniciado por Liv, 31 Jan 2009.

  1. Liv

    Liv Visitante

    Crônica de uma Morte Anunciada (título original em espanhol: Crónica de una muerte anunciada) é um livro de Gabriel García Márquez publicado em 1981. A obra conta, na forma de uma reconstrução jornalística, a história do assassinato de Santiago Nasar pelos dois irmãos Vicario.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    ***

    Daquele tipo de livro que mosta a que veio na primeira página. Você sabe o que vai acontecer desde o início, mas quem disse que dá vontade de soltar antes de chegar á última página? Como bem diz o título, é uma crônica de uma morte anunciada nas primeiras linhas da história, mas Gabo nos prende até o fim dela. Pra quem gosta do gênero, é um prato cheio! Li em dois dias =}
     
  2. alidifarfalla

    alidifarfalla Usuário

    Li rapidinho também, uma edição em português de Portugal, mas isso não prejudicou em nada a leitura. Muito bom. Deixa você ansiosa para chegar logo ao final! Adoro quando os livros fazem isso!
     
  3. Marcileia

    Marcileia Usuário

    Mais um dele que tenho que ler!
    Enfim todos os livros dele são maravilhosos.
     
  4. Alan Pitrokvitch

    Alan Pitrokvitch Usuário

    Gostei muito, ainda mais, porquê esse livro foi fruto de um de minhas escapadas de "Boris".

    Gabo arquiteta a narrativa de forma que você não solta o livro até chegar a conclusão daquele prefácio que ele te deu em determinada parte do livro, em Cem anos de solidão, acontece o mesmo.
     
  5. Liv

    Liv Visitante

    Marci, leia sim! Como eu sei que você gostou de Cem Anos de Solidão, vai gostar de saber que tem aqui uns belos traços do realismo mágico! :grinlove:
     
  6. Marcileia

    Marcileia Usuário

    Amei!!! Simples assim....
    Depois de Cem Anos de Solidão, o melhor livro do Gabo...
    Uma história que se sabe o que vai acontecer e que mesmo assim faz com a gente não desgrude dela de jeito nenhum.
     
  7. Thambem

    Thambem Usuário

    O que eu acho interessante nesse livro é a forma como a história é contada.

    Se pararmos para pensar, é uma história bem simples: Santiago deflorou (ou não - vai saber...xD) a Ângela, que foi devolvida. Aí os irmãos dela vão matar Santiago (anunciando a morte p/ geral, para que talvez tentassem impedi-los do trabalho) pela honra da Donzela.
    Porém a forma como o GGM vai contando a história, revelando todo o mistério ainda no início do livro, e contando o dia sob a ótica de várias personagens e os acontecimentos paralelos, tudo isso vai florindo a história.

    A Narrativa de GGM é tão primorosa que transformou uma história banal em uma relíquia! Um diamante bruto que foi dilapidado, transformando-se em joia rara!
     
  8. Mi Müller

    Mi Müller Usuário

    É por isso que ele é tão genial né? Adorei a tua descrição concisa da trama e a tua conclusão não poderia expor de maneira mais correta o que sinto por este livro!

    estrelinhas coloridas...
     

Compartilhar