1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Crise na VARIG parece não afetar o setor aereo.

Tópico em 'Atualidades e Generalidades' iniciado por Omykron, 15 Mar 2006.

  1. Omykron

    Omykron far above

    conforme as noticias, a crise da varig está atingindo seu auge, porem, inaugura uma nova linha em code-share com a air china.

    porem, em outro lado, o mercado aereo no brasil está em plena expansão.
    e ainda contra a maré de azar que levou a transbrasil e a vasp, e transformou a VARIG em um verdadeiro elefante branco no quesito recuperação (uma divida atualmente estimada em 10 Bilhões de reais), segue a informação que uma nova empresa aerea vai entrar em serviço em ABRIL agora (acho que está muito em cima, mas veremos), chamada Platinum Air (
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    .
     
  2. Metz

    Metz ...

    Infelizmente a gol já deixou de ser uma empresa de tão baixas tarifas, já que desde o ano passado as passagens deles aumentaram consideravelmente. Se a Varig não aguentar mais eles vão estar feitos, só prescisariam criar um novo segmento na empresa sobre mais conforto.

    Omykron, esse link que você deu aí não abre, a única coisa que eu encontor de platinum air é uma empresa de cargas. Você tem algo sobre os luvros da bra?
     
  3. Omykron

    Omykron far above

    olha, custo depende do tempo que vc compra com antecedencia sua passagem e a disponibilidade de assentos com o desconto.
    quanto mais perto da data do voo, mais caro.
    se a varig quebrar o mercado externo que comemora, o interno não.

    se for ver, é menos concorrencia, logo, podem aumentar o preço, vc não quer isso, quer?!
    muito menos eu, que torço para a varig retornar... sabe como é, meu futuro emprego.... :mrgreen:

    tenho algo mais sujo sobre a BRA, se vc quiser....
    um é do dono da falida soletur falando sobre a bra, outra são acusações de tripulações sobre as falcatruas dos donos e desrespeito com funcionários...
     
  4. Eö Calmcacil

    Eö Calmcacil Tirem as crianças da sala!

    Putz, e agora que eu tou com passagem marcada para Brasília pela VARIG? Torço pra não ter greve...

    E pior que isso deve prejudicar a manutenção do avião, isso é que me dá mais medo..
     
  5. Metz

    Metz ...

    Antigamente mesmo vendo com pouco tempo antes da viagem eu não achava os preços tão caros quanto hoje, é claro que os aviões ainda não eram tão cheios como foi no ano passado mas ainda acho que houve um aumento um pouco grande devido a empresa aproveitar o crescimento de sua credibilidade.
    Eu também torço para que a Varig não acabe, por ser gaúcho (mesmo não tendo mais nada a ver) e por medo da dominação total da gol que pelo que ví em algumas críticas ainda deixa a desejar em qualidade de funcionários, organização , etc.

    Quanto a bra não é novidade nenhuma que eles são safados (o que me importa é que eles vendem mais barato :lol:) gostaria de saber se em % ela ou a gol cresceu mais esse ano.
     
  6. Omykron

    Omykron far above

    Olha, caro está pq tb o petroleo ta nas alturas...
    mas com relação a dominação de mercado, tema mais a TAM. ela tem 43% do mercado contra 29~28% da gol.
    eu digo isso por conhecimento de causa.
    funcionarios da gol são de alto gabarito, tendo maior parte dos comandantes ex-funcionarios da VASP e TransBrasil...
    temos de lembrar que avião não é lanchonete, ou restaurante. o lanchinho é um agrado ao passageiro. :D

    uma coisa é ser safado, outra é canibalizar o mercado e tirar TODAS as vantagens que é obrigatória aos tripulantes... e vai por mim, colocar comida no porão é tudo menos higienico.

    a gol começou o ano de 2005 na casa dos 22%... fechou em 28%
    a BRA tem 6% do mercado... começou a operar regular em 2005...
    e a VRG despencou de 29% a 18%...

    tem a ocean air tb, que tem na casa de 2% ou menos...
     
  7. Larissa

    Larissa Usuário

    A principal concorrêcia é mesmo entre a GOL e a TAM. A TAM não quer abaixar o preço das passagens aéreas pra não abrir mão do alto padrão dos seus vôos. E mesmo assim continua a crescer, aumentando a malha aérea, a frota. E a GOL aposta no "low cost, low fare", e é destinada à classe média, financiando suas passagens em até 36 vezes sem juros. Você não pode exigir Whiskey em um vôo da GOL porque você simplesmente não vai ter! A GOL voa pra puramente transportar passageiros. E o mercado, por enquanto, é da TAM. Veja esse gráfico, extraído do site do
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    :

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
  8. leon85

    leon85 H, N, O, C, Ca, P, K, S, Na, C

    ...mas fim de semana desses na GOL pedi um guardanapo extra...ele veio com cheiro de banheiro...reclamei e disseram que era o desumidificador...mifu pq bananão é isso mesmo...
     
  9. Metz

    Metz ...

    É dose:

    Em crise, Varig gasta R$ 6 milhões por ano com caviar.

    Apesar do prejuízo anual da Varig beirar o R$ 1 bilhão por ano, a empresa gastou cerca de R$ 6 milhões com caviar no ano passado. Boa parte do produto, no entanto, era desviada para abastecer festas da elite carioca.

    A acusação é do promoter Bruno Chateaubriand, citado em reportagem da revista Exame. Chateaubriand diz que comprava o caviar da Varig a um preço cinco vezes menor que o de mercado. O playboy pagava cerca de R$ 90 por lata.

    O promoter chegou a declarar que só fazia festas com o caviar da empresa. Em contrapartida, a companhia gastava por ano R$ 6 milhões com produto.

    Mesmo com uma dívida de mais de R$ 10 bilhões, a Varig manteve custos altos e sem controle, informa a reportagem da Exame.

    A desorganização na companhia foi apontada em relatório elaborado pela Lufthansa Consulting no ano passado, que revelou falta de articulação crônica entre os diversos setores da Varig e apontou dificuldades na comunicação entre os departamentos financeiro, de recursos humanos, comercial e de informática.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
  10. Metz

    Metz ...

    Assembléia aprova venda da Varig em leilão

    Com Reuters
    Atualizada às 17h13

    Os credores Varig aprovaram nesta terça-feira em assembléia a venda em leilão da parte operacional da companhia, que deve ser realizada em 60 dias. O preço mínimo proposto em acordo, que também envolveu o governo, é de US$ 860 milhões para a venda de todas as rotas e 46 aviões da empresa, segundo projeto apresentado pela consultoria Alvarez & Marsal, responsável pelo plano de recuperação judicial.

    "Fomos capazes de conciliar interesses e demos um grande passo para a solução da Varig", disse o presidente da Varig, Marcelo Bottini.

    A primeira tentativa será a venda integral da companhia e, se o preço mínimo não for atingido, serão vendidas apenas as operações domésticas no mesmo dia por um preço mínimo de US$ 700 milhões e que englobará 30 aeronaves.

    O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) deverá fazer um empréstimo de US$ 100 milhões para manter as operações da companhia até o leilão e também poderá financiar o futuro comprador da empresa. Segundo a assessoria do BNDES, valores e percentuais deverão ser fechados em uma reunião marcada para quarta-feira com a consultoria Alvarez & Marsal.

    A Varig tem dívida de mais de R$ 7 bilhões. Parcela desse montante ficará com a unidade comercial da empresa que será uma prestadora de serviços aeroportuários para a parte operacional da Varig. Essa parte comercial, que será vendida mais para frente, será responsável pelo programa de milhagem Smiles, vendas de passagens e marketing da companhia aérea.


    segue:
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    De agora pra frente só a pintura dos aviões pode ser chamada de brasileira acho eu, não entendo porque chamam isso de "parte do plano de salvação" da empresa.
     
  11. Omykron

    Omykron far above

    salva o nome varig, e deixa as dividas esquecidas....


    agora o mais vergonhoso da assembleia foi o que o Jornal da Globo mostrou ontem, funcionarios vaiando as demais empresas.... quem garante que elas nao podem comprar a varig (domestica)? e eles la vaiando.......
    tem coisas que nem a logica me responde...
     
  12. Edrahil

    Edrahil Usuário

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Assim fica fácil.
     
  13. Omykron

    Omykron far above

    ha, como diz um colega meu funcionario da VARIG no galeao...

    esses interesses obscuros por tras da varig... sei nao....
     

Compartilhar