1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Criminalidade

Tópico em 'Atualidades e Generalidades' iniciado por Eönwë, 28 Fev 2003.

  1. Eönwë

    Eönwë Usuário

    (Esse era pra ser um tópico do Clube da Insônia, mas como eu não posso mais postar lá, vai aqui mesmo... :tsc: )

    O que vcs acham que é a solução pro problema da criminalidade, princiapalmente no Rio? O que vcs acham dessa situação no Rio?

    Eu acho que o que tem no Rio não apenas criminalidade, é terrorismo. A criminalidade comum deve ser comabatida com projetos sociais e com a policia, mas o que tem no Rio deve ser combatido com o exercito. A policia carioca não tá mais conseguindo comabater os traficantes, então tem que colocar o exercito na rua mesmo, e ocupar os morros com soldados. Duvido que algum traficante tenha coragem de enfrentar um tanque de guerra...
     
  2. Cloud

    Cloud Usuário

    É... com certeza o exercito ajudaria mto no rj... tipow, mas axo q tinha q c uma coisa relampago pra pega os maneh desprevinido... tipow invasao em massa nas favela...
    jah o crime menor eu axo q tinha q aumentar o policiamento... isso pelo menos ia diminuir axo....
     
  3. Dante Aqueronte

    Dante Aqueronte Usuário

    Exército pra ajudar no RJ? Eu hein, exército não serve pra isso. Ele é treinado pra guerrear, pra matar, e não pra tratar com a população. O que poderia fazer com o exército é invadir favelas que estão completamente tomadas pelos bandidos, mas isso pode ser feito com a polícia, se ela for bem equipada. Se bem que já vi bandido equipado até com lança mísseis, aí sim precisaria de uma mãozinha do exército. :mrgreen:
     
  4. Primula

    Primula Moda, mediana, média...

    :roll: :roll: :roll:

    E duvido que você conseguisse colocar esse bicho lá! :lol: :lol: :lol:

    Cadê os estrategistas de campo de plantão pra explicar porque não dá pra usar exército nessa brincadeira? :mrgreen: :obiggraz:

    Bem o bandido "pode" usar lança mísseis. Afinal ele sabe que o helicóptero lá em cima é da polícia. Também "consegue" usar metralhadora, porque ele sabe quem é policial no meio da multidão de civis.

    Mesmo que o exército entrasse no jogo, os soldados tão de uniforme e são facilmente spotted. Ou seja, vamos brincar de tiro ao alvo, onde os alvos são os soldadinhos.

    Sem falar que SE essa medida falhar, a merda vai ser muito maior. Vai ser o caos mesmo, pois se nem essa medida desesperada der certo, vai parecer que mais nada resta a fazer.
     
  5. Skylink

    Skylink Squirrle!

    De qualquer forma, essa medida já vai intimidar muitos traficantes. Mas o ideal seria colocar soldados a faizana, e não escandalizar como fizeram.

    Acho díficil falhar mas existem várias possibilidades.
     
  6. Primula

    Primula Moda, mediana, média...

    Terra pra Sky (:mrgreen:)

    Vamos pensar estrategicamente.

    Falhar não significa "olha deu certo hoje, vai dar certo amanhã"

    Intimidou hoje. Não amanhã.

    Pq? É porque o exército está lá pra intimidar, mas não para sair matando nem prendendo.

    E porque o soldado non faz isso você me pergunta?

    Beeeeeem... se bala perdida de tiroteio de polícia-bandido pega em civil já causa o maior auê, imagine de soldado contra "acho que era bandido".

    Tem muita gente boa... mesmo daqui do fórum que já é abordado na rua por policiais por serem considerados suspeitos. E isso por polícia. Imagine por gente que não é treinado para desconfiar de atitudes suspeitas (e não apenas de "cor" suspeita :disgusti: Se bem que tem muito polícia que não sabe isso também!!! )

    Então chegamos à conclusão que o exército vai ficar lá só de enfeite...

    OK... quanto tempo você acha que os bandidos vão levar para perceber o limite ridículo do alcance do poder de fogo do exército?

    (porque acha que dei risada em usar Tanque em favela? De que adianta uma Uzi se você não sabe EM QUE usar???)

    Quanto tempo para os bandidos e a própria população perceberem o ridículo que é o soldado lá de enfeite? Mesmo que ele veja uma transação ilegal, qual o real poder dele em interpelar e prender? E como ele vai lidar com essa "tarefa" que não lhe ensinaram nos exercícios militares?

    E mesmo que ele vá lá E FAÇA O TRABALHO DA POLÍCIA. Imagine quase todas as ocorrências provarem ser enganos (o soldado não tem treinamento, lembram? Como é que podem cobrar dele para saber quem é suspeito e quem é inocente?), quantos supostos perigosos traficantes na verdade eram pedreiros voltando cansados para casa que nem ouviram a ordem do "seu autoridade" porque pensaram que não era com eles?

    (Se for só prisão tudo, bem, mas quantos inocentes vão pro saco por engano? Isso descontando-se as balas perdidas)

    Mesmo com soldados à paisana... A maioria do pessoal que serve tem o mesmo perfil biológico: moreno, pardo de mais ou menos 20 anos de idade. O mesmo tipo físico encontrado nos morros. Noooossa! Vai ser engraçado um soldado matando outro por engano... (já acontece entre policiais :disgusti:)

    Falhar pra mim é quando uma medida mostra-se inócua e os bandidos começarem a RIR da cara de quem teve essa idéia, e a população ficar revoltada com a morte dos seus entes queridos.

    Mas o pior mesmo é se os bandidos RIREM do GOVERNO, RIREM do exército.

    E logo vem o próximo desafio "isso é o melhor que eles podem fazer?"

    Falhar pra mim, é tomar uma medida que depois torne os criminosos muito mais ousados. Muito mais confiantes de que ELES É QUE TEM O PODER.

    Veja o caso de Beira-Mar. Ele chega todo prepotente em Presidente Bernardes exigindo seus direitos. Apenas quando viu que não seria paparicado ficou humilde. O galo baixou a crista.

    Mas se a segurança bobear, ele vai voltar a ficar prepotente. Se apenas UM dos seus carcereiros se dobrar para chantagem, ele vai voltar a ficar prepotente. Pior do que antes até... pois ele conseguiu quebrar a "segurança máxima".

    Isso que é o importante: manter a ordem e a autoridade, faze-los respeitar o Estado.

    Mas de nada adianta se apenas fazem isso por um dia e relaxam. Só piora a situação!

    Presidente Bernardes tem um padrão de qualidade invejável, pois já está em funcionamento há um tempo. E por isso é necessário que não se permita que os funcionários sejam corrompidos, nem que a indolência os domine. Vigilância sempre, não apenas dos presos, mas dos funcionários. Do presídio como um todo.

    O exército é uma péssima escolha estratégica. Só é boa em UM ÚNICO CASO: para despistar os bandidos do real estratagema. Se houver um plano em andamento, a formação de um exército de policiais especiais para servir em diferentes pontos do Brasil. Infiltração deles entre os criminosos, monitoramento 24 horas para pegar os desgraçados (e vigiar pra que não se corrompam)

    Mas se o governos só tem ESSA carta para jogar, se isso é o melhor que o governo pode fazer, estamos perdidos.
     
  7. Eönwë

    Eönwë Usuário

    Realmente, o exercito é feitom pra guerrear, mas em casos especiais (como esse), ele pode e deve ser usado pra proteger a população.

    Os bandidos tem até lança-misseis, e a policia do Rio é fraca, mal-equipada e corrupta. Dentro do Brasil, só o exercito tem capacidade de combater os traficantes.

    E já estão sendo usados 2.000 soldados do exercito pra patrulhar o Rio no carnaval. Mas só patrulhar é mto pouco.. tem que invadir os morros com tanque de guerra, e com toda a força que o exercito puder. Vão haver vítimas inocentes, mas é o único jeito de o governo retomar o controle do Rio.
     
  8. Primula

    Primula Moda, mediana, média...

    Ai, meu deus... :roll:

    Não é por nada não, e nem quero humilhar ninguém... mas já andaste por uma favela?

    Qual é a largura padrão das "ruas"? Você não desconfia nem um pouco porque as ruas são tão estreitinhas? Com certeza não é pros barracos pegarem fogo rapidinho quando um mané esquece a vela acesa e vai pra missa. Neguinho pra "sumir" no meio do labirinto é pá-pum!

    Daqui a pouco você vai dizer para simplesmente passar por cima dos barracos. :roll: Nossa, já tou até vendo os bebês que os traficantes propositalmente vão deixar nos barracos a serem destruídos, os corpinhos carbonizados sendo escancarados em nossas TVs para acender nossa indignação contra tal barbárie.

    Outra coisa: a grande maioria das favelas localizam-se em morros, certo? Em um combate real, essa é a melhor posição estratégica... principalmente quando lá de cima eles vêem um tanque enorme vindo na direção da favela... Acho que eles vão ter um bom uso para lança-misseis.

    De novo, chamo a atenção sobre o exército falhar. Imagine quão baixa a moral do governo e do exército vai ficar quando alguém tiver a brilhante idéia de usar tanques?

    Um tanque intimida? com certeza... imagine quão desesperado vai ser a imagem de um tanque EM CHAMAS porque os traficantes jogaram um míssel (ou coquetel molotov, ou explosivo plástico... bolas, ninguém assistiu O resgate do Soldado ryan???) e explodiram o bicho.
     
  9. Riff

    Riff Usuário

    Quero ver se tu morasse na favela ia achar isso legal, po, se invadir o morro vai matar os traficantes de hje mas depois ia surgir outros q iam continuar com o problema, essa é uma solução de curtíssimo prazo. Tlvez se as pessoas verem a droga como um problema de saúde e não um problema de polícia, e parassem de mitificar o traficante tenha mais sucesso de que invadir os morros.

    Bem, digamos q dois corpos não podem ocupar o msmo lugar no espaço :roll:
     
  10. Eönwë

    Eönwë Usuário

    A principal razão de usar o exercito pra combater os traficantes é a intimidação. O exercito tem equipamentos mto mais poderosos que a policia, e não está corrompido como ela. Além disso, o exercito sempre intimida bastante, impôe respeito, mesmo para os traficantes.

    Nos morros do Rio, há um Estado paralelo, e ele tem seu proprio exercito, um exercito de bandidos. Para combater um exercito, só outro exercito.

    O que acontece no Rio é uma guerra para descobrir qual é o Estado mais forte: o Estado Legitimo ou o Estado dos bandidos.

    O Estado Bandido está usando todo o seu poder militar, mas o Estado Legitimo não está, e precisa usá-lo o mais rapidamnte possivel, pois está perdendo a guerra. E o maior poder militar do Estado Legitimo é o exercito.

    A policia não funciona nesta situação, pois foi treinada para agir dentro do Estado Legitimo, e não para combater outros Estados. O exercito, sim, é treinado para isso.

    Se esta guerra não for vencida logo, o Brasil vai virar uma Colombia, e vai precisar pedir socorro para os EUA, como a Colombia. E isso significaria a rendição e o fim do Estado legitimo, pois admitiria que não consegue vencer a guerra, e que outro poder tomou conta do país.

    Pode parecer meio dramatico, mas o que está em jogo é isso: a sobrevivencia do Estado Brasileiro. Dentro das favelas do Rio ele já está morrendo...

    (Quanto à historia dos tanques... eu não tinha pensado que as ruas das favelas são bem estreitas... então, quando eu falo pra usar tanque de guerra, entenda no sentido figurado: usar todo o poder possivel)
     
  11. Riff

    Riff Usuário

    Acontece q alguns dos lideres do ''Estado Legítimo'' lucram muito com os negócios do ''Estado Paralelo'', boa parte do dinheiro conseguido pelo tráfico de drogas para na mão de políticos,alguns até foram eleitos na última eleição, sendo assim, a elite do ''Estado Legítimo'' não quer acabar com o estado pararlelo pq perderia dinheiro com isso. E eu não acreditaria tanto assi q o exército não é corrompido, militares não são mtos confiáveis, não devem gostar da idéia de ficar tanto tempo longe do poder.
     
  12. Primula

    Primula Moda, mediana, média...

    Seu argumento, Eonwe, não convence... repito só usa-se um meio tão escandaloso, se for para encobrir o plano real de combate ao crime. Pra isso recorre-se ao teatro, drama, comédia e o que mais for preciso... drama por si só é besteira.

    É o desespero de classe média falando. Eu sei disso porque eu convivo com isso faz mais de 15 anos.

    Os atos do governo não dão indicação de que haja um plano em paralelo sendo elaborado. É o mesmo desespero (de perder o poder) quem rege as ações do governo.

    Ou seja, já perdemos essa guerra.

    Sinto muito se isso te irrita. Mas usar o exército é gastar dinheiro do contribuinte para absolutamente nada. Se estourar uma guerra com o exército envolvido, todo o dinheiro que podia ser usado para o projeto de um plano de emergência (ou como o pessoal da inteligência chama, plano B) vai pro saco.

    Esse tipo de atitude é a do comandante que percebendo que vai perder a guerra, quer cometer ato suicida... só que levando seus subordinados junto. (quem viu Legend of the Galactic Heroes sabe do que estou falando - de quando Yang WenLi tomou a fortaleza Isenlorh)

    Se a intenção é ter uma morte gloriosa a ser lembrada, mas a derrota tática, pois bem, usem o exército e deixem os soldados morrerem em vão...

    Se a intenção é vencer a guerra, tem de se investir pesado na elaboração de uma força de combate policial, pegar os cadetes e formandos na fonte e NÃO COLOCÁ-LOS na estrutura corrupta vigente. Preparar um contigente para SUBSTITUIR a estrutura que está podre.

    E esse contigente não pode se basear apenas em vantagem bélica. O crime organizado está vencendo porque eles tem um contigente ESTRATÉGICO, que parece faltar até mesmo NESTE fórum!

    O simples fato deles aproveitarem a geometria das favelas, dos esquemas para avisar a chegada da polícia ou do pó, é prova suficiente que há pessoas PENSANDO lá dentro.

    E pessoas pensantes logo PERCEBEM que o exército não vai mudar absolutamente nada. Eles logo vão saber que tipo de discurso psicológico passar para seus soldados para que eles não tenham medo do "poder" do exército.

    Como disse, a única coisa boa de usar o exército (apesar de que vai ser um prejuízo enorme em termos humanos e materiais, sem falar de uma pusta propaganda negativa contra o governo) é se HOUVER esse plano B, plano C, plano D, de emergência.

    Esses planos de emergência são grandes e precisam de uma forma de despistar, senão serão sabotados no começo.

    Minha esperança é que da mesma forma que Presidente Bernardes foi levantada sem grande alarde da imprensa, haja algo parecido sendo feito nos fundos do Palácio da Alvorada.

    Senão, podem perder as esperanças nesse plano. Aliás, esse tipo de situação de estresse devia servir para vocês para pensar em planos alternativos. Afinal, um dia todos nós precisamo usar a cabeça pra algo mais do que ser manipulados.

    O fato de que vocês só conseguem pensar no exército é um indicativo preocupante. Que diabos vocês andam aprendendo (sem ser na escola) que não pensam em nada que seus avós caducos não pensariam?
     
  13. Eönwë

    Eönwë Usuário

    Primula... esse "plano B" de que vc falou provavelmente tb não funcionaria. A policia do Rio é podre. Pra aplicar este "plano B", ela teria que ser limpa. E pra limpá-la, vão demorar anos, e já vai ser tarde demais. E está obvio que, por enquanto, nenhum plano B está sendo desenvolvido.

    Eu ainda acredito que o Estado Legitimo é mais forte do que o Estado Paralelo. Eu realmente acredito que o Estado Legitimo ainda tem mais pessoas inteligentes, mais poder bélico e mental. Mas vc, Primula, parece não acreditar. Parece que o Estado Paralelo já te tirou a esperança...
     
  14. Skylink

    Skylink Squirrle!

    Ei eu não sou satélite. :x
    Concordo com quase tudo o que você disse. Talvez seja como você falou, talvez isso seja apenas parte de um plano maior. Se bem que pra mim o principal motivo disso se chama propaganda social, pra depois não dizerem que o governo não fez nada.

    Acho difícil isso, por mais que vigiem sempre há alguem que se corrompe (inclusive os vigias) e dai o plano vai todo por água abaixo. Sabendo dele, os traficantes podem organizar planos e estratégias pra acabar com o plano facilmente. O único jeito de acabar com o narcotráfico seria um trabalho de concientização das pessoas. Acabando com os usúarios, acabaria com os traficantes, pois mesmo se acabasse com o narcotráfico agora com um plano desse tipo, ele surgiria de novo se não houvesse a conscientização. Mas para haver essa consciência, seria necessário uma reforma drástica em todos os setores da sociedade (infelizmente no momento isso é impossivel de se fazer de uma vez só). Então a saida é prolongar o tempo com tudo que estiver ao alcance
    do governo (incluindo nosso ridiculo exército :twisted: ) para tentar fazer isto. Mas ao meu haver isso é meio impossível de acontecer, considerando os interesses mesquinhos e gananciosos de todas as pessoas envolvidas nisso. No fim estamos perdidos. :|

    Pra mim a unica esperança de salvar o Brasil neste momento seria uns 50 battousais. :mrgreen:

    Bem acho que consegui resistir a tentação de dizer simplesmente concordo (embora talvez eu tenha escrito várias besteiras). :wink:
    ___________________________________________________________

    Considerando esse fato, eles não pensariam na possibilidade do governo estar enconbrindo o verdadeiro plano?
     
  15. Primula

    Primula Moda, mediana, média...

    Mas quem está em órbita está no Céu... logo como vc não especificou onde usei o termo genérico.

    Existem outras formas de fazer algo, sem recorrer a um drama que pode voltar-se contra eles.

    Pra isso que chamam de serviço de inteligência. Só não funciona se as pessoas interessadas não se propõe a fazer as mudanças.

    Como a mudança na saúde em Sampa. Se a nossa ameba de prefeita quer voltar à estaca ZERO colocando o pessoal do antigo regime, depois que o secretário fez o favor de limpar tudo...

    Primeiro: o narcotráfico não vive apenas com drogas... existem os meios de lavar o dinheiro e não mexem absolutamente com nada ilícito.

    Meus palpites: bingos, camelos...

    Segundo, atacando em várias frentes, e tendo consciência de quais são essas frentes é possível fazer melhor do que simples estardalhaço. Usar o exército é paliativo e a longo prazo vai dar o sentimento de que não adianta mais nada. E como acabar com o consumo é difícil e demorado, até lá já era!

    Lá vem a solução "salvador da pátria" :evil:

    É isso que eu digo de se deixar levar pela emoção.. no fim não deixamos aflorar as reais idéias de nossa mente. Recorremos à figuras mitológicas do passado. O herói que vem nos salvar, etc...

    Não que você tenha feito isso. Mas é recorrente e o uso do exército tem o mesmo efeito catartico.

    Escrever besteira contanto que seja original não tem problema... tá eu sei que é difícil a gente perceber quando tá sendo original ou não... eu mesma parece que falo "eu concordo", e só percebo beeem depois...

    Não se eles subestimarem o governo. Que é o que acontece atualmente: ninguém respeita a autoridade do Executivo.
     
  16. Green Arrow

    Green Arrow Usuário

    Primula, parece que vc vai me citar também, e vai dar mais uma de suas "chamadas" de atenção. Mas eu concordo com vc. Inteiramente. Não tenho o que dizer. Só quero apoiar vc (essa de tanque de guerra na favela foi demais :lol: ).

    >Som do Momento - Louis Armstrong - What A Wonderful World< (pela paz mundial e nacional)
     
  17. Green Arrow

    Green Arrow Usuário

    Primula, parece que vc vai me citar também, e vai dar mais uma de suas "chamadas" de atenção. Mas eu concordo com vc. Inteiramente. Não tenho o que dizer. Só quero apoiar vc (essa de tanque de guerra na favela foi demais :lol: ).

    >Som do Momento - Louis Armstrong - What A Wonderful World< (pela paz mundial e nacional)
     
  18. TurKo

    TurKo Usuário

    Meu Deus!!! Essa primula escreveu uma Bíblia ai! acabou com o teclado :lol: :lol:
     
  19. Wendëmahtar

    Wendëmahtar Heh. Supershake.

    Pra começar, reformular totalmente o nosso Código Penal.
     
  20. **Mayumi**

    **Mayumi** Usuário

    falou e disse!

    seria uma boa tbem criar + cursos tecnicos e centros de esporte e lazer de qualidade (naum qualquer coisa, soh pra dizer q "tem") pra comunidades da periferia :D (ressaltando q nem tds os marginais sao da periferia, eh claro q naum )
     

Compartilhar