1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Crânio de 126 mil anos tem primeiro registro de violência entre humanos

Tópico em 'Ciência & Tecnologia' iniciado por Morfindel Werwulf Rúnarmo, 21 Nov 2011.

  1. Morfindel Werwulf Rúnarmo

    Morfindel Werwulf Rúnarmo Geofísico entende de terremoto

    Ferimento foi causado por pancada feita com objeto pesado.
    Vítima sobreviveu, mas precisou de ajuda de outros.


    Cientistas descobriram indícios do que pode ser o mais antigo registro de violência entre seres humanos em um crânio de 126 mil anos encontrado na China. O anúncio foi feito nesta segunda-feira (21) na revista da Academia Nacional de Ciências dos Estados Unidos, a PNAS.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Detalhe do pedaço amassado do crânio de 126 mil anos (Foto: University of the Witwatersrand)

    O pedaço de osso apresenta uma lesão parecida com a que ocorre quando a cabeça recebe uma pancada forte com um objeto pesado.

    Não é possível saber se o ferimento foi um acidente ou intencional, mas, segundo os pesquisadores, há uma boa chance de que tenha sido mesmo causado por outro humano.

    A lesão de 14 mm mostra a depressão de um pedaço do crânio e a cicatrização que ocorreu a seguir. Isso indica que a vítima sobreviveu ao ataque. De acordo com os cientistas, ela teria precisado de apoio e cuidados de outros humanos para poder se recuperar de um ferimento como esse.
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     

Compartilhar