1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

CPI das Privatizações

Tópico em 'Atualidades e Generalidades' iniciado por Fafa, 18 Jan 2006.

  1. Fafa

    Fafa Visitante

    Câmara cria CPI das Privatizações


    "FHC: só não vendeu a mãe", denunciava a União da Juventude Socialista (UJS)

    O presidente da Câmara, Aldo Rebelo, assinou ontem a criação da CPI das Privatizações, que vai investigar as privatizações que ocorreram na gestão de Fernando Henrique Cardoso (1995-2002). A comissão também deverá averiguar os critérios adotados pelo BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) nas operações de crédito com empresas que participaram dos processos de licitação.

    A partir de agora, os líderes dos partidos têm o prazo de 48 horas para indicar seus integrantes. Aldo pode prorrogar o prazo, mas já avisou que irá determinar os membros da CPI caso os partidos não indiquem ninguém.

    As privatizações da era FHC foram marcadas por inúmeras denúncias – mas o presidente tucano, que tinha maioria no Congresso e apoio da mídia, jamais permitiu qualquer tipo de investigação. O caso mais escandaloso aconteceu no setor de telecomunicações. Grampos telefônicos divulgados à época mostraram o envolvimento de lobistas com autoridades do primeiro escalão do governo e o jogo de cartas marcadas para beneficiar determinadas empresas. Num dos grampos, o próprio FHC aparece sendo consultado sobre o assunto.

    As fitas mostravam que informações privilegiadas eram repassadas aos escolhidos pelo governo federal para vencer as licitações. Particularmente grave foi o preço que as empresas estrangeiras e nacionais pagaram pelo sistema Telebrás, cerca de R$ 22 bilhões. O detalhe é que, nos dois anos e meio anteriores à “venda”, o governo tinha investido na infra-estrutura do setor de telecomunicações mais de R$ 21 bilhões.

    Já o BNDES nas mãos do tucanato financiou ainda metade dos R$ 8 bilhões dados como entrada do meganegócio. A privatização do sistema Telebrás – assim como da Vale do Rio Doce — foi marcada pela suspeição. Ricardo Sérgio de Oliveira, ex-caixa de campanha de FHC e do então senador José Serra, além de ex-diretor da Área Internacional do Banco do Brasil, é acusado de pedir propina de R$ 15 milhões para obter apoio dos fundos de pensão ao consórcio do empresário Benjamin Steinbruch, que levou a Vale, e de ter cobrado R$ 90 milhões para ajudar na montagem do consórcio Telemar.

    Durante a privatização do sistema Telebrás, grampos no BNDES flagraram conversas de Luiz Carlos Mendonça de Barros, então ministro das Comunicações, e André Lara Resende, então presidente do BNDES, articulando o apoio da Previ para beneficiar o consórcio do banco Opportunity, que tinha como um dos donos o economista Pérsio Arida, amigo de Mendonça de Barros e de Lara Resende.

    Até FHC entrou na história, autorizando o uso de seu nome para pressionar o fundo de pensão dos funcionários do Banco do Brasil. Além de vender o patrimônio público a preço de banana, o governo FHC, por meio do BNDES, destinou cerca de R$ 10 bilhões para socorrer empresas que assumiram o controle de estatais privatizadas.

    Quem mais levou dinheiro do banco público que deveria financiar o desenvolvimento econômico e social do Brasil foram as teles e as empresas de distribuição, geração e transmissão de energia. Em uma das diversas operações, o BNDES injetou R$ 686,8 milhões na Telemar, assumindo 25% do controle acionário da empresa.

    Com agências.


    Fonte:
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
  2. Edrahil

    Edrahil Usuário

    Fallen, eu acho que deva ser investigada cada privatização ocorrida. No entanto, está claro que se trata de mais uma manobra política.

    Uma pena ser por isso, mas mesmo assim, concordo com a investigação.

    Deixo claro que aqui não me importa quem seja o investigado ou o investigador, mas sim acho ruim a manobra política.
     
  3. TT1

    TT1 Dilbert

    A UJS perdeu a credibilidade há muito tempo. Bando de baderneiros hipócritas.

    Essa é uma CPI claramente política pra tentar inviabilizar a candidatura do PSDB a presidente. Acho que a CPI deve investigar sim, mas fica feio pro governo jogar essa logo num ano eleitoral e logo após centenas de denúncias na própria casa. Ridículo, e só vai servir pra tentar tirar o foco da CPI do mensalão e dos correios.
     
  4. Fafa

    Fafa Visitante

    Não existe CPI do Mensalão. Na verdade, nem mensalão, mas isto é outra história.

    O Lula já disse que sabe da existência de rolos e mais rolos de FHC, mas eles são tantos que se fosse investigar, ele gastaria o mandato inteiro por conta disso e não poderia ter criado 5 vezes mais empregos (em 3 anos contra 8) do que a gestão anterior.

    E se for uma manobra política, e daí? O importante é que venha "a público" (isso se a mídia burguesa deixar) as irregularidades já evidentes nas privatizações. Como que se vende uma estatal pela mesma quantia que se investiu nela em um ano?


    Enquanto isso, a imprensa divulga as antigas lorotas do cassado Roberto Jefferson, sobre um suposto repasse de 20 milhões para a base aliada do PT... Tenha dó, as contas do caixa 2 do Eduardo Azeredo e Aécio Neves já passa da casa das centenas de milhões, e as privatizações, bilhões.

    20 milhões!? Isso é motivo de escândalo? Os latifundiários da minha cidade devem sonegar muito mais que isto em imposto a cada ano.

    O pior de tudo é que a anedota do mensalão não faz o menor sentido, para que o governo iria usar esse dinheiro para votar a reforma da previdência (que interessa muito mais ao PSDB/PFL)?
     
  5. Bruce

    Bruce eu

    Ou seja, as CPI's que ainda estão aptas a resolver incoerências atuais.

    É a CPI certa no momento errado, IMO.
     
    Última edição: 18 Jan 2006
  6. Bellcross

    Bellcross Ei, Ó o Auê aí ó !

    Com certeza é manobra politica... e muito provavelmente vai acabar em pizza... mas infelizmente a CPI, hoje em dia, é uma ferramenta para fazer principalmente acusações (muitas delas falsas) que já são o suficiente para denegrir qualquer um.

    A verdade é que a CPI é a maior ferramenta de manobras políticas que existe !!
     
  7. TT1

    TT1 Dilbert

    Onde voce estava em 2005, Marte? Porque ou você tá totalmente desinformado ou chamou ao povo de bobo. É absurdo que os petistas ainda tentem esconder o mensalão, ao invés de admitir e tentar limpar os erros pra reconstruir o partido. Qual é, você tá dizendo que todo o escândalo de compra de votos pra aumento da bancada governista é mentira? Meu deus, como é que voce pode insinuar que não existiu nada? Existem dezenas de saques das contas do Marco Valério que dão todas as pistas pra comprovar que as pessoas que receberam dia X votaram a favor do governo (ou foram engordar a bancada de partidos como o PPS) no dia Y. Só não vê quem nao quer.


    Cadê as denúncias? Cadê as provas? Se um presidente sabe de alguma coisa ilícita que foi feita em governos anteriores ele tem que falar, ou ele está cometendo crime obstrução de justiça e de improbidade administrativa Isso se chama crime de prevaricação, exatamente o que fez o velho bêbado barbudo fez em 25/02/2005, quando disse que um "alto companheiro" lhe contou que ocorreram irregularidades em privatizações. E cadê? Já se passou um ano e até agora nada. E nem vão achar nada, porque esse é o mais novo jogo do PT pra desviar a atenção das outras CPI´s e poder salvar seus "companheiros" em paz.


    Ah sim, isso é verdade. A burocracia no Brasil nunca foi tão absurda, porque o governo do bêbado barbudo criou milhares de empregos para os companheiros do partido. Nunca se viu um aparelhamento da máquina pública tão absurdo, tão desnecessário, tão incopentente. Quantos ministérios são mesmo? 35? :clap:

    O governo abriu as pernas pra todo tipo de cidadão de esquerda, militante, bolchevique... era só adorar o Che Guevara e ter uma estrela do PT no peito. E não é só isso! Até julho serão mais 66 editais de concursos públicos pra encher ainda mais as estatais de gente e atrair mais votos. Esperto, ele.


    Burguesia? O que é isso, voltamos aos velhos bolcheviques x mencheviques? É risível pensar que a "burguesia" quer atrapalhar o governo, sabe, WTF,que tipo de afirmação é essa?

    Quanto às irregularidades, a CPI vai investigar. Vamos ver no que dá.


    Me mostre os dados da onde voce tirou essa informação, por favor.


    E você acha isso normal? É... acho que o povo deveria mais é fechar o olho, né? :roll:

    Essa sua afirmação é um tanto estranha, já que foi o deputado João Paulo Cunha (PT-SP) - na época presidente da Câmara - que levou a PM para dentro do congresso nacional para assegurar que a reforma seria votada. O PFL tinha tentado obstruir a votação e o seu querido deputado fez o inacreditável, inédito e histórico absurdo de levar a polícia para dentro da câmara. Aliás, isso é cirme... Vou lembrar melhor a você: foram votações partidárias e não nominal. Nove partidos a favor e três CONTRA a reforma da previdencia: Prona, PFL e PDT. Isso aconteceu em 24/07/2003, se você quiser verificar.
    (
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    )

    Ou seja, o PFL era contra e o PT a favor da reforma da previdência, exatamente o contrário do que voce afirmou.
     
    Última edição: 18 Jan 2006
  8. Fafa

    Fafa Visitante

    CPI do "mensalão", ao contrário do que você disse, nunca existiu, nem vai existir.

    E daí receber dinheiro das contas de Marcos Valério? É crime receber dinheiro de Marcos Valério? Coitados dos fornecedores que trabalham com as empresas de publicidade, coitado do deputado que prestou serviços de advocacia para ele.

    Estão no tópico "O Valerioduto é tucano", criado por mim.



    O Brasil realmente precisa de uma burocracia bem maior do que atual. FHC deixou os órgãos públicos em completa defasagem de empregados, e ainda hoje estão em falta. Faça uma visita ao INSS, Banco do Brasil, hospital do SUS, etc.


    Os Candidatos do PSDB estão pensando em acabar, se eleitos, com um único Ministério: o da reforma agrária. Não há ninguém que contribua tanto para os planos de revolução. :cerva:
    Os velhos mencheviques eram socialistas.

    Risível é imaginar que a burguesia NÃO queira atrapalhar o governo. Quem é que patrocina a Veja? São os mesmos megaempresários que bancavam a ação
    perversa contra prisioneiros políticos. Mundança sutil de métodos.

    Quero mais é que abram o olho e busquem uma fonte informações seguras, em vez de tratarem a "fábula do mensalão" como uma verdade absoluta só porque puviram falar em denúncias...
    Se tivéssemos uma população concientizada (como acontece em Cuba) os partidos facistas e neoliberais (eles se misturaram tanto que fica até difícil de distinguir) como PFL e PSDB, juntos não obteriam 1% dos sufrágios.


    Então leia de novo o meu post. Eu disse que a reforma da previdência interessava muito mais ao PFL/PSDB. Não que eles tenham votado a favor.
    Na verdade qualquer proposta do PT eles iriam contra, a idéia é inviabiliazar o governo.


    Mas eu posso ter me enganado quanto a esse "interesse" dos fascistas & liberais na reforma da previdência. Se fosse na gestão passada, votariam com certeza nessa reforma, para ter vantagens eleitoreiras, mas agora talvez não.
    Afinal que importa pra eles se a previdência quebrar? Vão é dar gargalhadas, multimilhonários não precisam de aposentadoria, nem pensão. Aliás os acionistas de multinacionais (a quem a Direita realmente representa) nem usam a previ porque nem são brasileiros, né? :roll:
     
  9. Lordpas

    Lordpas Le Pastie de la Bourgeoisie

    O TT1 é mó engraçado. :g: Tucanão de carteirinha e tudo o mais, esse ano vai ser foda, huh? :hihihi:

    Isso me lembrou Jango, movimento da legalidade, etc... :think:

    E Concurso público não implica em politização da máquina, logo... não sei aonde vc quer chegar, nobre companheiro. :lol:

    É... A burguesia não existe. :eek:

    Vamos lá né TT1... que absurdo isso... Vc mesmo fala em menchevique vs. Bolchevique e vem dizer que Burguês não existe? ACM, caudilhismo, etc e mais etc são frutos do folclore popular?

    E olha que eu nem tô interessado nesse papo estranho (nem tive tempo de ler tudo) de vcs aí de cima... só peguei as partes que eu achei mais legal... hehe
     
  10. TT1

    TT1 Dilbert

    É crime quando sua vontade política está ligada a esse dinheiro, o que está sendo provado claramente pelos saques dos deputados. E, poxa, o Marcos Valério precisa mesmo de muitos serviços de advocacia, né? Porque nao faltaram deputados da esquerda-mamateira pra pegar saques com ele.

    Chame a CPI do que voce quiser. CPI do mensalão, dos correios, do fim do mundo, do valerioduto... é tudo a mesma coisa.

    Pelo amor de deus, Fallen, voce é tão esquerdista que se nega a ver o óbvio. Pode admitir, vai: "Meu partido é corrupto e mamateiro". :obiggraz:



    Vejamos:

    É uma hipótese, não há provas. Se voce acha que uma reportagem serve de provas, então vai ter que aceitar tudo que a Veja tá publicando sobre o PT, e eu nem usei nada disso aqui.

    E mais, todo mundo está cansado de saber que o controle da Carta Capital é do PT, assim como a Veja é do PFL, então, me arranje outro órgão mais confiável, ok?


    Ah sim, claro. Vamos contratar, virou festa!


    Bullshit, não fala besteira. Nenhum candidato no PSDB se pronunciou sobre isso até agora. A única declaração sobre o assunto veio do Alckmin:

    O que rola de comentários no PSDB é que o número de ministérios passaria para 12, mas isso é apenas boato de corredor.


    E quem é a burguesia, o PFL e o PSDB só porque voce nao gosta deles? Depois que o PT rompeu e foi enterrado em 2004 a coisa já não é mais assim. Hoje em dia é o PT quem come criancinha. :squid:


    Ok, eu vi seu perfil no orkut e percebi que voce é um menino que adora a esquerda, ama o che guevara, adora o Lula e odeia o psdb e o pfl. Mas eu relevo isso. Não banque o bobo com essas bobagens que voce escreveu aí. Se a população de Cuba fosse conscientizada eles já teriam percebido que estão sob uma ditadura e teriam deposto o Fidel há muito tempo. Os que acordam, inclusive, pulam fora da ilha e vão viver suas vidas.


    Ok. O que voce disse foi o seguinte:

    E o que eu respondi foi o seguinte:

    Então eu nao entendi. O que voce quer me dizer é que o PFL votou contra a reforma mas ela interessava a ele?? :roll:


    No mais, voce ainda tem jeito já que o seu próprio nome tem FH no meio. :cerva:




    Sim, vai ser ótimo! Já estou preparando o arsenal pra te bombardear :lol:

    Não, não, voce me entendeu mal. Eu quis dizer que os companheiros estavam sendo empregados em cargos indicados.

    O pessoal concursado é outra coisa. Eu quis enfatizar que o governo está abrindo zilhões de concursos, mas isso nada tem a ver com a politização da máquina. Desculpe se me expressei mal :D

    Existe, Lord, mas afirmar que toda a burguesia é PFL/PSDB é falar bobagem. Não dá pra pensar sempre que "a burguesia tucana", "a burguesia neoliberal"... isso é bobagem. Vai ver a campanha financeira pra eleição do Lula que a gente sabe que muitos empresarios famosos e milionários o apoiaram. Eles não são burgueses? Ora, então, qual é? Parem de enchergar o mundo pelos olhos da URSS ou essas teorias doidas que a esquerda inventa. O mundo não é feito de proletário x burguesia.
     
    Última edição: 18 Jan 2006
  11. Anigel

    Anigel Eu atropelo duendes!


    Imagina TT1, você chamar uma parte do programa "Tapa Buraco" de eleitoreiro. Esse é o único modo que o governo arrumou de tentar tapar o buraco da CPI dos correios. É aquela velha história, no Brasil um escândalo só dura até o aparecimento do próximo.

    Uma dúvida: se tudo isso é verdade então porque cargas d'água o PT não usou isso nas campanhas do Lula em 1998 e em 2002?
     
  12. TT1

    TT1 Dilbert

    Nossa, só agora que eu vi a fonte da matéria do primeiro post. Nem sei porque eu ainda respondi ao tópico... Fala sério, vou começar a postar as coisas que saem no site do PSDB :think:
     
  13. Fafa

    Fafa Visitante

    Se eu estivesse fazendo parte de um esquema de corrupção para desviar dinheiro para campanha de Eduardo Azeredo, trataria de arranjar advogados mesmo.


    Há provas, sim. Ao contrário do denuncismo anti-PT, além de indícios óbvios existem provas materiais de que Eduardo Azeredo usou dinheiro público em sua campanha para reeleição.
    Farei um resumo: tudo começou com as denúncias de um lobista, que teve um desentendimento com o PSDB-MG (por causa de uma dívida não paga). O então governados promoveu um "Enduro da independência" patrocinado pelo estado e empresas estaduais... O lobista, apresentou documentos que mostram que estes recursos públicos NÃO FORAM USADOS no evento, mas na campanha do tucano. Estes documentos foram registrados em cartório, neles não foi encontrada nenhuma fraude (na investigação da PF), logo, as denúncias são verdadeiras.

    Fora isso, Azeredo só declarou 8,5 milhões dos 100 mihões usados na tentativa malfadada de reeleição. Um Caixa 2 e tanto, apesar de não criticá-lo unicamente por isso, mas pelo desvio de verba pública.

    Investiga-se também irregularidades na privatização do Bemge (Banco do Estado de Minas Gerais).

    Carta Capital é uma revista apartidária, ao contrário de Veja, cujo diretor é filiado ao PSDB, e amigo de FHC.


    Os partidos tradicionalmente burgueses no Brasil são PFL e PSDB. Um originário da UDN, outro de setores retrógados do MDB.

    A população de Cuba é altamente concientizada. Cuba é tão democrática quanto os EUA (um adota sistema unipartidário, outro bipartidário). Fidel é sempre o candidato porque o Partido Comunista Cubano sempre o aponta.

    E ei, acho que não coloquei o orkut no meu perfil público. Onde você arranjou?


    O que quero dizer é que a reforma da previdência INTERESSARIA sim o PFL, mas que como a proposta é governista, eles votam contra.

    Depois, fiz uma reflexão, da qual concluí o seguintes: Talvez o Partido dos Fascistas Liberais (nome mais apropriado a esta ignominiosa agremiação) não queira reforma na previdência, pois a elite nacional não precisa de aposentadoria, nem pensão, seus lucros são provenientes da exploração da massa trabalhadora. E os acionistas das multinacionais, não precisam da previdência porque não são nem brasileiros.

    O mundo é, sim, feito de proletários e burgueses, desde que você considere estes termos em seus sentidos amplos:

    Burguesia: detentora dos meios de produção.
    Proletariado: Vendem sua força de trabalho à buguesia, como mercadoria qualquer.

    A História é construída através da luta de classes.
     
  14. TT1

    TT1 Dilbert

    Fallen, as tuas respostas foram tão apaixonadas pela sua ideologia e tão sem argumentos concretos que eu tive dificuldade em responder sem ser ofensivo. Perdoe se o soou em algum momento, mas vamos lá:

    Ele arranjou. E o PSDB nao passou a mão na cabeça, como faz a esquerda inconsequente. Tudo será investigado e se ele for culpado será punido. Ninguem tá tentando esconder nada, ao contrario das absolvições do conselho de ética :obiggraz:

    Vou ilustrar meu post:

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)



    Ou seja, o esquema mensalão é mais palpável do que voce diz ser lenda


    Eu conheço a historia, nao precisa resumir.

    Ah, mas é bem menor que o caixa 2 do PT. Parodiando o que voce mesmo disse: "os mamateiros do pt/pps/ptb/pc do b pegaram bem mais"

    Apartidária? Tá brincando, né? :lol:

    :roll:


    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    :roll:


    Desculpa, mas isso não faz o menor sentido. O próprio PSDB votou a favor.

    :roll:

    Bela frase, mas pena que é mentira.
     
    Última edição: 18 Jan 2006
  15. TT1

    TT1 Dilbert

  16. Tisf

    Tisf Delivery Boy

    Bom, ao meu ver, o desvio nessa época deve ter sido bilionário, mas concordo que foi uma manobra bem eleitoreira.

    O PT quer colocar o manto da merda sobre o PSDB junto pra provar que não é só eles que praticaram corrupção. Por um lado isso é até válido pra quem se esqueceu das coisas que ocorreram aqui na época e ficar julgando o PT do jeito que foi, principalmente a imprensa de direita (aliás tem uma matéria ótema essa semana na Carta Capital sobre o Valerioduto na época da reeleição, que logicamente não vai ter o estardalhaço), dizendo que o povo foi iludido, aquela papagaiada toda. Mas por outro lado, abrir essa CPI só agora, comprova que o PT não quer só mostrar a corrupção do PSDB, mas se favorecer com isso. Ao meu ver, essa CPI deveria ter sido feita assim que o PT assumiu o governo, já que antes era inviável. Fazer isso agora é como estar dizendo: bom, nós roubamos também, então se todo mundo ficasse quietinha continua como está, como pegaram a gente, vão pegar os outros também. Estou cheio de críticas com o PT e o PSDB :tsc:
     
  17. Fafa

    Fafa Visitante


    O problema é que não há provas contra o PT, o que não é o caso do PSDB e Azeredo.

    Se houve "corrupção" (e é provável que não houve), deve ter sido recursos de empresas privadas destinados à campanha, sem contabilização. Nada anormal, nada prejudicial.
     
  18. Edrahil

    Edrahil Usuário

    Mas ilegal. Ou não é mais?
     
  19. Fafa

    Fafa Visitante

    Ilegal é. Mas o problema localiza-se na lei, não na prática. Daí a reforma do sistema eleitoral.
     
  20. Edrahil

    Edrahil Usuário

    Não Fallen. O problema não está só na lei, mas quem a descumpre também. E isso não importa qual partido seja.

    O que infelizmente o PT demonstrou é que é igual aos demais, pois comete (ou cometeu) os mesmos erros. Apesar de toda negativa inicial, depois reconheceu que fazia caixa 2, e ainda, o PRESIDENTE DA REPÚBLICA vem defender isso como uma coisa normal.

    Não interessa se é o Lula, FHC, JK, ou a PQP, um presidente não pode defender uma coisa ilegal. E ainda mais: o PT não podia cometer as mesmas coisas que os demais, já que sempre disse que era diferente.
     

Compartilhar