• Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Copa América Brasil 2019 [oficial]

Quem será o campeão?

  • Argentina

    Votes: 0 0,0%
  • Chile

    Votes: 0 0,0%
  • Colômbia

    Votes: 0 0,0%
  • Paraguai

    Votes: 0 0,0%
  • Equador

    Votes: 0 0,0%
  • Peru

    Votes: 0 0,0%
  • Bolívia

    Votes: 0 0,0%

  • Total voters
    7
  • Poll closed .

Béla van Tesma

Blood-sucker
Encontrei a informação que eu queria. Eu realmente andava noutro mundo porque nunca tinha me ligado que havia convidados de fora desde 1993... kk.



Seleções convidadas
Desde 1993, a Confederação Sul-americana de Futebol (Conmebol) começou a convidar seleções de fora da América do Sul para participar da Copa América. Os primeiros foram os Estados Unidos e o México. Em 2016, a Copa América Centenário teve, excepcionalmente, seis equipes convidadas: Costa Rica, Estados Unidos (anfitrião), Haiti, Jamaica, México e Panamá.

19 países já disputaram a Copa América

10 seleções filiadas à Conmebol: Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Colômbia, Equador, Paraguai, Peru, Uruguai e Venezuela.

7 seleções filiadas à Confederação de Futebol da América do Norte, Central e Caribe (Concacaf): Costa Rica (1997, 2001, 2004, 2011 e 2016), Estados Unidos (1993, 1995, 2007 e 2016), Haiti (2016),

Honduras (2001), Jamaica (2015 e 2016), México (1993, 1995, 1997, 1999, 2001, 2004, 2007, 2011, 2015 e 2016) e Panamá (2016).

2 seleções filiadas à Confederação Asiática de Futebol (AFC): Japão (1999) e Catar (2019).



Fonte: http://agenciabrasil.ebc.com.br/ger...obre-copa-america-2019-que-comeca-nesta-sexta
 

Fúria da cidade

ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ
Usuário Premium
É desde 1993 mesmo

Mas como durante muito tempo convidavam mais das Américas do Norte e Central, esse detalhe de convidar seleção do próprio continente americano, isso até passava desapercebido, mas com Catar e Japão aí não tem como disfarçar.
 
Última edição:

Béla van Tesma

Blood-sucker
É, acho que foi isso mesmo. Eu achava que os países da América Central e do Norte tinham direito a alguma vaguinha, nunca imaginei que entrassem por convite para encher lacuna. Agora vou prestar atenção a quem mais eles convidam daqui pra frente, só de curioso.
 

Fúria da cidade

ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ
Usuário Premium
O mais bizarro é que temos 3 países geograficamente sulamericanos (Guiana, Suriname e Guiana Francesa), mas que futebolísticamente falando nunca disputaram absolutamente nada em nosso continente. Até amistoso entre eles e um país sulamericano qualquer é algo muito raro.

A exceção da Guiana Francesa que ainda é território francês, os outros dois só disputam eliminatórias com países do Caribe e América Central e do Norte, mas como o nível do seu futebol é muito fraco, acabam sempre eliminados logo na primeira fase, nunca sequer tendo a possibilidade de ameaçar tirar a vaga daqueles que normalmente vemos nas Copas (México, EUA, Costa Rica, etc).

Aí fica aquele pensamento que se o problema é apenas completar duas vagas, poderia-se pensar em convidar pelo menos uma vez na vida esses dois pra se ter uma competição 100% legitimamente sulamericana e o problema estaria resolvido

Mas aí acabam sendo facilmente descartados, não apenas pela desculpa de serem seleções muito fracas, coisa que o Catar na atual edição também é com sobras, mas no fundo sabemos que as relações diplomáticas e comerciais entre os sulamericanos que falam português e espanhol com esse pequeno bloco que fala inglês, holandês e francês até hoje nunca foi das melhores. O Brasil que faz fronteira com os três que o diga.

Então se é pra convidar seleção inexpressiva, pra Conmebol é melhor convidar um peso morto como o Catar, que ao menos eles injetam dinheiro na competição. Assim é a Copa América.
 

Ranza

Macaco
O mais bizarro é que temos 3 países geograficamente sulamericanos (Guiana, Suriname e Guiana Francesa), mas que futebolísticamente falando nunca disputaram absolutamente nada em nosso continente. Até amistoso entre eles e um país sulamericano qualquer é algo muito raro.

A exceção da Guiana Francesa que ainda é território francês, os outros dois só disputam eliminatórias com países do Caribe e América Central e do Norte, mas como o nível do seu futebol é muito fraco, acabam sempre eliminados logo na primeira fase, nunca sequer tendo a possibilidade de ameaçar tirar a vaga daqueles que normalmente vemos nas Copas (México, EUA, Costa Rica, etc).

Aí fica aquele pensamento que se o problema é apenas completar duas vagas, poderia-se pensar em convidar pelo menos uma vez na vida esses dois pra se ter uma competição 100% legitimamente sulamericana e o problema estaria resolvido

Mas aí acabam sendo facilmente descartados, não apenas pela desculpa de serem seleções muito fracas, coisa que o Catar na atual edição também é com sobras, mas no fundo sabemos que as relações diplomáticas e comerciais entre os sulamericanos que falam português e espanhol com esse pequeno bloco que fala inglês, holandês e francês até hoje nunca foi das melhores. O Brasil que faz fronteira com os três que o diga.

Então se é pra convidar seleção inexpressiva, pra Conmebol é melhor convidar um peso morto como o Catar, que ao menos eles injetam dinheiro na competição. Assim é a Copa América.
Acho que o Catar veio por ser a próxima sede da copa, só acho.
 

Fúria da cidade

ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ
Usuário Premium
Acho que o Catar veio por ser a próxima sede da copa, só acho.
A escolha do Catar como sede de copa do mundo não foi algo meramente técnico. Existem outros interesses embutidos, entre eles o fato que o país é muito interessante do ponto de vista do dinheiro e a Conmebol foi uma das federações que votaram em peso na sua escolha. Então nada é feito ao acaso.
 

Fúria da cidade

ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ
Usuário Premium
Antigamente a Venezuela era um país promissor, mas com uma seleção de merda que sempre levava goleadas.
Agora é o país que está na merda graças ao presidente que tem, mas é uma seleção minimamente promissora que lentamente vem melhorando.

Confesso que fiquei com uma enorme saudade da primeira opção.
 

fcm

galináceo voador
Usuário Premium
Zaga boa e atacantes bons. Gostei do time da Venezuela.
Já o time do Brasil faltou velocidade para definir o jogo.
Os laterais foram mal e o centroavante também.
 

Eriadan

Usuário
Usuário Premium
Tite vai morrer abraçado com suas convicções. Ontem poderia ter mudado o esquema de jogo, mas fez o mesmo que na eliminação contra a Bélgica: nada.
Sim. Casemiro tava mal e já tinha amarelo, ok. Mas pra que zorra botar Fernandinho no lugar, com a Venezuela toda fechada? Ele teve uma ótima oportunidade para botar Lucas Paquetá ali, era jogo para ele. Até Marquinhos já estava jogando mais de volante que de zagueiro, de tão pouca necessidade que havia de homens de contenção no jogo. Esse foi o maior dos erros, mas Tite cometeu vários outros: manter Firmino, sem render nada, até o fim; demorar uma eternidade para pôr um ponta quebrador de linha em grande fase, como o Everton, que foi de longe o melhor do Brasil em campo; tirar Richarlison, que dos três de frente era quem estava melhor, e poderia até jogar como centroavante para dar mais mobilidade ao ataque. Horrorosa a atuação do Brasil, e Tite tem muita responsabilidade nisso. Ingresso mal pago do cacete.
 

Loveless

Well-Known Member
Usuário Premium
Sim. Casemiro tava mal e já tinha amarelo, ok. Mas pra que zorra botar Fernandinho no lugar, com a Venezuela toda fechada? Ele teve uma ótima oportunidade para botar Lucas Paquetá ali, era jogo para ele. Até Marquinhos já estava jogando mais de volante que de zagueiro, de tão pouca necessidade que havia de homens de contenção no jogo. Esse foi o maior dos erros, mas Tite cometeu vários outros: manter Firmino, sem render nada, até o fim; demorar uma eternidade para pôr um ponta quebrador de linha em grande fase, como o Everton, que foi de longe o melhor do Brasil em campo; tirar Richarlison, que dos três de frente era quem estava melhor, e poderia até jogar como centroavante para dar mais mobilidade ao ataque. Horrorosa a atuação do Brasil, e Tite tem muita responsabilidade nisso. Ingresso mal pago do cacete.
Faço das suas palavras as minhas. Fernandinho foi uma substituição inexplicável. Vamos ver se contra o Peru ele ousa um pouco mais, mesmo sendo um time mais perigoso.
 

Fúria da cidade

ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ
Usuário Premium
Dos dois jogos que já aconteceram, só consegui até agora ver no máximo meia hora do segundo tempo de ambos, mas tá osso de acompanhar. É uma seleção que após a última copa quase nada mudou e o Tite tem uma parcela de colaboração muito grande nisso.
 

Béla van Tesma

Blood-sucker
Só vi os dez primeiros minutos e tive a intuição de que não valeria a pena ver os demais oitenta. Daí fui jogar Bloodborne no PS4 e não me arrependi. Não posso opinar sobre o jogo, mas tenho a vaga impressão de que, se continuarmos com o Tite, passaremos mais vergonha na Copa de 2020 com o já passamos em 2016... Vão vendo.
 

Fúria da cidade

ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ
Usuário Premium
Nunca imaginei ver que a forma de jogar desse time lembra muito a última vez que o Brasil sediou a Copa América em casa trinta anos atrás, mas com um técnico bem medíocre (Larazoni). A diferença é que mesmo taticamente jogando mal, ao menos tínhamos Bebeto e Romário mais jovens que resolviam quando era preciso.
 

Fúria da cidade

ㅤㅤ ㅤㅤ ㅤㅤ
Usuário Premium
Dois jogos disputados e nos critérios de desempate a Argentina está com apenas 1 ponto na lanterna do grupo. A sorte dela é que a Copa América é um dos torneios mais generosos que existem, permitindo dois terceiros colocados se classificarem.

Se não ganhar do inexpressivo Catar, que diga-se de passagem até que não está indo tão mal quanto imaginei.. já era.. Ficou reservada uma rodada de drama pro final de semana.
 

Valinor 2020

Total arrecadado
R$1.470,00
Meta
R$4.800,00
Termina em:
Topo