1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Contos Maravilhosos (Lord Dunsany)

Tópico em 'Literatura Estrangeira' iniciado por Tilion, 1 Jun 2011.

  1. Tilion

    Tilion Administrador

    A editora Arte e Letra lançou hoje o livro
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    , com tradução minha, do escritor anglo-irlandês Edward John Moreton Drax Plunkett, mais conhecido como Lord Dunsany (1878-1957). Dunsany foi uma das maiores referências da literatura fantástica na primeira metade do século XX, influenciando escritores como Tolkien, H. P. Lovecraft, Robert E. Howard, Jorge Luis Borges e Neil Gaiman, entre outros.

    O volume traz as traduções de duas coletâneas de contos: O Livro das Maravilhas ("The Book of Wonder", de 1912) e O Último Livro das Maravilhas ("The Last Book of Wonder", de 1916), que contêm alguns dos contos mais famosos dele.

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    O livro já está à venda no
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    , assim como na
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    ,
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    e
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    .

    Para os fãs de fantasia, eis uma boa oportunidade para conhecer um dos autores clássicos mais relevantes do gênero. =]
     

    Arquivos Anexados:

    Última edição: 5 Nov 2012
    • Gostei! Gostei! x 5
  2. Excluído046

    Excluído046 Banned

    Amiguinhos, aceito o presente. :mrgreen:
     
  3. Ana Lovejoy

    Ana Lovejoy Administrador

    nhai, queria ter pegado para resenhar, mas tive que ser menos fominha e oferecer para outra pessoa do meia palavra, aí o sortudo foi o pips. mas estou louca para conferir esse aí :yep:
     
  4. Ilmarinen

    Ilmarinen Usuário

    Fiz uma
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    sobre Tolkien em um post no fórum das influências.

    Tolkien emprestou The Book of Wonder pro Clyde S. Kilby quando ele foi pra Inglaterra pra auxiliá-lo na composição do texto definitivo do Silmarillion.

    As implicações de tal gesto não foram esmiuçadas até hoje mas, presume-se que a mitopéia do autor irlandês foi um dos impulsos iniciais de Tolkien na criação do seu próprio Legendarium. Alguns personagens do primeiro livro do autor como o deus da água Slid parecem ter sido referências não tão sutis assim em cima de criações de Tolkien como o vala Ulmo. O próprio Destino dos Perpétuos, criação não de Gaiman mas do escritor dos Novos Titãs, Marv Wolfman, parece ter sido criado em cima de um deus muito similar do Gods of Pegana, com direito a livro com o destino do cosmo e tudo.

    Sem dúvida o saramento de uma pusta lacuna na publicação de literatura fantástica em português. Podemos esperar que The Worm Ouroboros vá receber o mesmo tratamento junto com Voyage to Arthurus e King of Elfland's Daughter tb do Dunsany ( a provável fonte pra espada de ferro meteórico do Túrin Turambar)?

    Faz lobby pra isso acontecer Tilion. Meus parabéns pela publicação do trabalho. :cheers:

    Aí embaixo o deus Mung de Gods of Pegana, talvez o germen pro vulto encapuzado da forma de Mandos quando ele foi proferir a sentença dos Noldor?

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Comparem com essa ilustração clássica promocional de Sandman destacando a primeira aparição da Morte.Reparem na inversão de posições em relação à picture do livro do Dunsany refletindo o comentário do Morpheus pra irmã: "sou muito mais assustador do que você"

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
     
    Última edição: 12 Jun 2011
    • Gostei! Gostei! x 1
  5. Tilion

    Tilion Administrador

    Vontade não falta e há sempre uma possibilidade de acontecer, ainda mais agora com a porta aberta pelo Dunsany. No momento estou trabalhando com outros autores de fantasia e gêneros relacionados, mas é só darem o sinal verde que encaro os romances citados.
     
    Última edição: 3 Ago 2011
  6. Clara

    Clara Que bosta... Usuário Premium

    Terminei ontem a leitura e fiquei com vontade de ler mais histórias como essas. =(

    "Como essas histórias ainda não tinham sido publicadas no Brasil?"
    Foi o pensamento que me veio à mente várias vezes durante a leitura dos contos.

    Os contos são "maravilhosos" mesmo, em todos os sentidos.

    Alguns são assustadores: "Como Nuth teria praticado sua arte contra os Gnoles" (não sei por que o final desse conto me deu calafrio!) e "O Saque de Loma";

    Outros são tristíssimos, de dar nó na garganta: "A coroação do sr. Thomas Shap", "A janela maravilhosa";

    Tem alguns poéticos: "Um conto do Equador", "Como alguém chegou, como fora previsto, à Cidade do Nunca";

    Todos têm um aroma de ironia, às vezes sutil: "O pássaro do olho indócil" "A torre de vigia"; às vezes forte e descaradamente: "Um conto de Londres" e "Como Ali chegou à Terra Negra".

    Sem esquecer dos engraçados: "As preces imprudentes de Pombo, o idólatra" e "Chu-bu e Sheemish", este último imaginei o tempo todo como um curta metragem em desenho animado. =]

    As referências são várias, das que me lembro agora:

    "A janela maravilhosa" remete a "A Música de Erich Zann" de Lovecraft;
    assim como "A cidade na Charneca de Mallington" => um pouco de a "A sombra sobre Innsmouth" e bastante de "A busca onírica por Kadath", mas esta história traz várias outras referências a Dunsany, segundo o próprio Lovecraft declarou.

    E não tem como não lembrar de "Deuses Americanos" do Gaiman, ao ler "O clube dos exilados".
    Tenho certeza de que, quem não leu e não sabe nada sobre "Deuses Americanos" vai achar o final desse conto surpreendente, mas quem conhece a história, logo no começo já vai ficar: "Será? :think: " .
     
    • Gostei! Gostei! x 1
    • Mandar Coração Mandar Coração x 1
  7. Tilion

    Tilion Administrador

    Não duvido que possa ser uma influência no Gaiman, mesmo que inconsciente. Ele gosta de Dunsany e creio que é um dos escritores que o influenciou sobre toda a questão do fantástico. A edição atual pela Del Rey de The King of Elfland's Daughter, o romance mais famoso do Dunsany, traz inclusive uma introdução do próprio Gaiman.
     
    • Gostei! Gostei! x 1
  8. Ilmarinen

    Ilmarinen Usuário

    Dunsany é uma influência bastante reconhecida pelo Gaiman, com certeza,
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)
    .

     
    • Gostei! Gostei! x 1

Compartilhar