1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

CONSENSOS 3.0 - 90's

Tópico em 'Música' iniciado por Thico, 11 Mar 2007.

  1. Thico

    Thico The Passenger

    Quebrei o polegar ontem jogando futebol (da mão mesmo, tava no gol e tal), portanto não vou nem me dar ao trabalho de escrever as regras, apenas citar as do último consenso que serão iguais:



    Bom, essa já é a terceira edição do consenso que eu faço de 2 em 2 anos, pois é um bom tempo para analisar as mudanças que ocorreram no fórum em termos de gosto musical.

    O primeiro está aqui:
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)


    e o segundo:
    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)

    Este conteúdo é limitado a Usuários. Por favor, cadastre-se para poder ver o conteúdo e participar (não demora e não possui custos)



    Qualquer dúvida pode postar aqui, e eu não sei mais ou menos até quando irá durar esse consenso, provavelmente até maio.
     
    Última edição: 11 Mar 2007
  2. Knight

    Knight Rider On The Storm

    Maravilha, acho que minha lista vai mudar bastante.
     
  3. Sister Jack

    Sister Jack Usuário

    Uma dica: já que é só uma lista pequena, não custa nada colocar comentários/anedotas sobre cada disco na sua lista. O ponto positivo sendo que o tópico fica menos tedioso pra todo mundo. Quando chegar a lista final, o Gandalf pode adicionar à ela os comentários individuais de quem falou sobre os discos que venceram (assim deixando também a lista final mais interessante).
     
    Última edição: 11 Mar 2007
  4. ?

    ? Banned

    Sem pensar muito, uma álbum por banda.

    1-Penquila - Djudas Prist
    2-Imeges en Uordis - Drrim Fiarer
    3-Imegineichons From Di Oder Saide - Blaindi Guarian
    4-Paile ov Isculs - Rãnin Uaildi
    5-Équicidenti ov Bãrfi - Bruce Diquinson
    6-Dê Guéderrin - Téstamen
    7-Istiu Laife - Ópef
    8-Intcho De Elétric Quéssou - Êireon
    9-Bléqui in Mainde - Rêige
    10-Mérriege ov Réven en Réu 2 - Vãrgin Istil


    Depois eu edito conforme eu for me lembrando de outros álbuns.
    Edit: Caralho, como pude me esquecer do Opeth. Coloquei o Still Life, mas talvez eu troque pelo My Arms, Your Hearse.
     
    Última edição: 15 Mar 2007
  5. Thico

    Thico The Passenger

    poe o nome direito, por favor.

    não vou ficar me dando ao trabalho de desvendar o nome dos discos (por mais óbvio que seja).

    A idéia do Folco é boa e funciona mais ou menos assim em alguns outros bons sites (aka RYM, Pitchfork, etc).
     
  6. _Kain

    _Kain Preacher

    Apaguem, por favor.
     
    Última edição: 17 Mar 2007
  7. Phantom Lord

    Phantom Lord London Calling

    Parabéns Gandalf,por organizar mais um consenso.

    Terá o consenso das outras décadas mais pra frente?

    E fica a sugestão de realizar um consenso só com álbuns nacionais,já que poucos álbuns nacionais foram citados nos consensos anteriores.
     
  8. Krebain

    Krebain Banned

    1- Nightfall in Middle Earth (Blind Guardian)
    Atualmente eu prefiro o Imaginations. Mas fazer o que, esse ai é disparado o disco que eu mais escutei na vida e porra, é foda pra caralho. Foi o ponto máximo da evolução do Blind, o que melhor aliou a agressividade com o ar épico que depois tomaria o rumo da banda em defnitivo. Junto com o Live at Donington, o album que me fez gostar de música.

    2- Painkiller (Judas Priest)

    Painkiller é a melhor definição de Heavy Metal já feita. Na verdade, é a perfeição nesse termo. Se uma banda quer fazer Heavy Metal, é isso que ela busca. Não estou falando que não existam melhores discos que esse, o Judas mesmo tem alguns, mas esse é o que melhor representa o espírito da coisa toda.

    3- Rust in Peace (Megadeth)

    Para mim, o melhor disco do Megadeth. Ou seja, o melhor disco da melhor banda de Thrash da história. O Peace Sells chega perto, mas não dá. O Rust in Peace tem riffs, solos e músicas simplesmente DOENTES. Tornado of Souls pow. Melhor música de Thrash da história. Enfim.

    4- Black in Mind (Rage)

    Porra, tá aí. Não existe coisa mais viciante que Rage, e o Black in Mind é a melhor coisa que eles já fizeram. Ele consegue representar tudo o que o estilo é, mas sem ser repetitivo, enjoativo ou cansativo. Justamente porque é direto. Metal é assim mesmo, riffs, solos, porrada, refrão. E tudo isso rápido. Esse e o Imaginations são as melhores coisas do Power TRU.

    5- Thrak (King Crimson)

    A principio não gostava, mas depois de um tempo ouvi e ai foi foda. E dai? Foda-se essa explicaçao pow

    6- Pile of Skulls (Running Wild)

    Provavelmente o album mais dificil de escolher do consenso. Running Wild é sensacional, no mínimo 3 discos deles poderiam estar nessa posição que taria perfeito. Por essas coisas que eu decidi não repetir bandas, se não seria impossível. Mas acabei escolhendo esse, opinião mesmo, prefiro esse aos outros. De qualquer jeito, um PUTA album de uma PUTA banda que deveria ser mais valorizada.

    7- Human (Death)

    Acho que todos aqui preferem o Sound of Perseverance, mas eu não se porque. haha Esse para mim é nitidamente melhor, mesmo que o SoP seja foda pra caralho também. Enfim, é Death. É foda. A melhor banda do gênero, no seu melhor album. Obra prima mesmo, dá vontade de sair destruindo tudo o que você vê pela frente, sensação que deve sempre ser sentida ao final de um album de metal.

    8- Night Of The Stormrider (Iced Earth)

    Fiquei em uma duvida monstruosa entre esse e o Burnt Offerings. Enquanto esse tem um lado mais thrash que me atrai, o outro tem todo um clima e um dos maiores épicos do Metal, a Dante's Inferno. Mas como um todo eu prefiro mesmo a brutalidade deste, o que deve prejudicar o Iced Earth já que ficaram divididos entre o NotS, BO e SWTWC... Mesmo sem o Barlow (para isso existe o Days of Purgatory), é uma aula essa porra. O conceito tbm é bem legal.

    9- Coma of Souls (Kreator)

    Kreatoooooooooor :loko: Ai ó, os filhos da puta RETORNAM com um TORNADO de RIFFS que dizem tudo o que o Thrash deveria ter sido nessa década. Pena que a partir deste album as coisas tenham ido ladeira abaixo, mas enfim, quase todas as bandas de Thrash foram. Não chega a ser um Pleasure to Kill, mas pucas coisas são.

    10- Heart of Darkness (Grave Digger)

    Ahh tinha que ter um do Grave Digger... Os anos 90 foram fodas pro power mesmo. Eu acho esse o melhor do Digger mas assim como o Iced Earth e o Running Wild devem sair prejudicados por terem vários albuns fodas para escolher. Nem dá muito para falar sobre esse, tenho preguiça e pow, é Grave Digger. É bom.


    Mencão Honrosa: Images and Words (Dream Theater)

    Olha ele ai! haha Já idolatrei e escutei muito isso, mas perdi o tesão. Ainda acho os caras fodas, por mais biba que seja o som, respeito eles pra caralho. E de qualquer jeito, o album é foda mesmo, com vários clássicos. Eu tava em dúvida entre ele e o Scenes, mas para dar uma força ai eu vou deixar este. Não pormt tempo, porque o Thrak vai entrar em quinto, mas enfim, TÁ AÍ.

    -----------------------

    Bem, eu não gosto de nada dos anos 90 do Rock, infelizmente. Vou tentar ouvir o do Bloody Valentine só para falar que tentei, mas enfim, não devo mudar muito ai não. Talvez depois eu comente os albuns, tenho teste de ANALISE COMBINATORIA amanhã. CUH.

    Edit: Entra Death - Human, que eu misteriosamente esqueci. E o Arise cai (trocadilho hein). Bloody Valentine é legal.

    Depois eu edito de novo e ponho explicações. E nossa, a minha lista mesmo com DT é disparada a mais TRU daqui.

    Edit 2: Perdi 1 hora dando explicações que ning vai ler.


    Consenso final:
    1- Nightfall in Middle Earth (Blind Guardian)
    2- Painkiller (Judas Priest)
    3- Rust in Peace (Megadeth)
    4- Black in Mind (Rage)
    5- Thrak (King Crimson)
    6- Pile of Skulls (Running Wild)
    7- Human (Death)
    8- Night Of The Stormrider (Iced Earth)
    9- Coma of Souls (Kreator)
    10- Heart of Darkness (Grave Digger)
     
    Última edição: 28 Mai 2007
  9. Thico

    Thico The Passenger

    Sim, iremos descendo, até anos 60. E por último faremos 00's.

    pois é, você meio que acabou com a minha surpresa... mas tudo bem. :mrgreen:

    aguarde, em breve novidades quanto a isso. :)
     
  10. Silenzio

    Silenzio Visitante

    Por que ir só até 1960? Em 1400 teve muita coisa boa, poxa.
     
  11. Thico

    Thico The Passenger

    cadê o Khansc nessas horas para dar um apoio por aqui. :osigh:
     
  12. Tapio

    Tapio Usuário

    É, Jedan e podemos compilar tudo em álbuns?
    Não misture as coisas.
     
  13. Curunír

    Curunír Usuário

    Devo me decidir entre esses:

    Images & Words - Dream Theater (1992)
    Awake - Dream Theater (1994)
    Scenes From a Memory - Dream Theater (1999)
    No More Tears - Ozzy Osbourne (1991)
    Cowboys From Hell - Pantera (1990)
    Vulgar Display of Power – Pantera (1992)
    Raimundos - Raimundos (1994)
    Rust In Peace - Megadeth (1990)
    Countdown To Extinction - Megadeth (1992)
    Mamonas Assassinas - Mamonas Assassinas (1995)
    Painkiller - Judas Priest (1990)
    Nightfall In Middle-Earth - Blind Guardian (1998)
    Streets: A Rock Opera - Savatage (1991)
    Handful of Rain - Savatage (1994)
    The Wake Of Magellan - Savatage (1998)
    The Divine Wings of Tragedy - Symphony X (1997)
    Flower Power - The Flower Kings (1999)
    Fear Factory - Demanufacture (1995)
    Angels Cry - Angra (1993)
    Holy Land - Angra (1996)
    Fireworks - Angra (1998)
    Accident of Birth - Bruce Dickinson (1997)
    The Chemical Wedding - Bruce Dickinson (1998)
     
    Última edição: 15 Mar 2007
  14. Knight

    Knight Rider On The Storm

    Pq não o Dead Winter Dead, do Savatage? É o meu favorito.
     
  15. Maglor

    Maglor Lacho calad! Drego morn!

    Poderia rolar um consenso de bandas e um de albuns. Corrige um pouco a discrepância de bandas com muitos votos mas em albuns diferentes, que acabam fora da lista.
     
  16. Curunír

    Curunír Usuário

    Eu conheci o álbum a pouco tempo. Atualmente, entraria num top 20 fácil, mas pode ser que ainda melhore de posição. ;)
     
  17. Jedi Solo

    Jedi Solo The Greatest Jedi

    É, acho que vou participar em um destes Consensos.

    1 - Nightfall in Middle-Earth - Blind Guardian (1998)
    2 - The Wake of Magellan - Savatage (1997)
    3 - Painkiller - Judas Priest (1990)
    4 - Handful of Rain - Savatage (1994)
    5 - Imaginations From the Other Side - Blind Guardian (1995)
    6 - Visions - Stratovarius (1997)
    7 - Theater of Salvation - Edguy (1999)
    8 - Angels Cry - Angra (1993)
    9 - Dead Winter Dead - Savatage (1995)
    10 - Land of the Free - Gamma Ray (1995)
     
  18. Maglor

    Maglor Lacho calad! Drego morn!

    Gandalf, foi mal, só agor ali com calma as regras, então meu comentário sobre bandas e discos foi sem sentido.

    Aí vai uma lista não definitiva, em ordem (editado em 15/04 - em 16/5):

    (Sem contar os ao vivo citados mais abaixo)

    1 - Nightfall in Middle-Earth - Blind Guardian 1998

    Muitos não percebem o grande mérito do Blind Guardian, que é a estética. Não é uma banda de virtuosos, de músicos excepcionais. É uma banda que, melhor do que nenhuma outra, conseguiu juntar música antiga e metal. Isso escapa a percepção, muitas vezes, porque eles não fogem/fugiam demais do básico guitarra/baixo/bateria/vocal (embora haja milhares de linhas vocais e de guitarra, e isso não seja tradicional). Mas é justamente isso: o mérito do Blind Guardian foi a estética; não precisou de firulas, a música folclórica está nas linhas de guitarra mesmo. O Nightfall foi o ápice criativo tanto do ponto de vista musical como lírico.


    2 - Megadeth - Rust in Peace 1990

    Thrash metal, Dave Mustaine, Marty Frieman, Holy Wars, Angar 18, Polaris, Tornado of Souls. O ápice do Megadeth e do Thrash. Só perde pra discos do nível do Master e Ride the Lightning (embora haja alguns dos anos 80 que fiquem no mesmo nível, vide Slayer). Ninguém toca guitarra como o Mustaine, e poucos têm a criatividade do Marty Friedman.


    3 - Therion - Theli 1996

    Não tem muito o que dizer sobre o Theli, é simplesmente foda. O Theli é um divisor de águas, tanto pra banda como pra o metal, assim como o Images and Words. O Death Metal limitava o potencial do Sr. Johnsson, que se mostrou uma das pessoas mais talentosas do rock nos anos 90. Fez com o metal sinfônico o que o DT fez com o metal-prog, em uma obra-prima.


    4 - Dream Theater - Images and Words 1992


    Não é o meu disco preferido do Dream Theater, mas é o disco que fez uma grande revolução no pequeno mundo do metal. Alguns acham que para o mal, outros acham que para o bem. Eu fico em cima do muro: bandas filhotes do DT pipocaram a partir dessa época, e algumas pegaram o espírito da coisa, fazendo música, e outras (talvez por falta de talento pra compor, mas com habilidade no intrumento), fizeram música chata. De qualquer forma, é um album espetacular.


    5 - Death - The Sound of Perseverance
    Se me perguntarem quem foi realmente a maior perda do metal nos últimos anos, não dá pra ter dúvida em dizer que foi Chuck Schuldiner. Era um músico no sentido amplo da palavra, que via a composição e a música com a alma. Consegui ser relevante em um estilo como o death metal até nas letras. Infelizmente um gênio que morreu antes do tempo.


    6- Opeth - Still Life 1999
    O tipo de banda que não deve fazer sucesso em consensos assim, porque não é do tipo que tem hits, nem faz música convencional, digamos. Mas é do tipo que faz boa música, e isso é o suficiente. Escolhi o cd de 99 porque é o meu preferido, mas não é o mais representativo da banda - todos são.


    7 - Radiohead - Ok Computer 1997
    Me rendo, é mesmo foda. Estou em terreno pantanoso, porque não é minha área, mas acho que sei reconhecer música boa. Costumo torcer o nariz pra música com "barulhinhos", mas eles aqui funcionam, e não sâo à toa. Criam ambiência. As dissonâncias e até as desafinadas do Thom Yorke acrescentam esteticamente.


    8 - Judas Priest - Painkiller 1990
    Esse disco é quase a definição prática de heavy metal. É puro, destilado, sem nada sobrando.


    9 - Metallica – Metallica 1991

    Não estava na lista por birra minha. O último disco realmente bom do Metallica, embora já cheio de sinais de decadência. Eu destacoWherever I May Roam como a melhor, mas isso acaba servindo mais pra evidenciar a queda tanto da banda quanto da década como um todo, porque está bem longe da maturidade do antecessor.


    10 - Savatage - Edge of Thorns 1993
    Uma pena que talvez nenhum entre, porque uns 3 ou 4 discos do Savatage podem e provavelmente serão votados. Esse é o meu preferido, de uma das bandas mais subestimadas de Eä. Tinha um puta vocalista, um compositor talentosíssimo com um feeling absurdo, e muita maré pra remar contra. Mas, no que depender de mim, qualquer dúvida de que merece estar nessa lista não sobrevive a uma audição. Eu poderia ter colocado o Wake of Magellan, o Dead Winter Dead ou o Handfull of Rain também.


    Quase entraram mas ficaram fora:

    Pink Floyd - Pulse 1995[/B]

    Metallica - Live Shit: Binge & Purge 1992[/B]

    Iron Maiden - A Real Dead One 1993
    Não ia ter nada do Iron, até eu ver nas regras que os ao vivo estavam dentro. Aí não tem como, é uma das poucas bandas lendárias que ainda caminham sobre a Terra, num ótimo momento.

    Dio - Lock Up The Wolves 1990
    Um dos melhores cantores que existe, no melhor trabalho da carreira solo desde o Don't Talk to Strangers. Uma voz de vinho, que melhora ao invés de decair, um excelente instrumental, muitas ótimas composições, suficiente pra um consenso dos anos 90. O melhor do Dio está no Don't Talk, no Sabbath e no Rainbow, mas esse aqui é ótimo também.

    Cradle of Filth - Dusk and Her Embrace
    Dimmu Borgir - Enthrone Darkness Triumphant
    Opeth - My Arms, Your Hearse
    Metallica - Metallica
    Megadeth - Countdown to Extinction
    King Crimson - Thrak
     
    Última edição: 16 Mai 2007
  19. Regente

    Regente Serenity Painted Death

    Dos 90's eu ouvi pouquíssimo, droga =/

    Tenho condições de participar só dos futuros consensos 80's e 00's, infelizmente.
    Há pevisão para quando o consendo dos 80's será feito, Gandalf? Por volta de Julho/Agosto?
     
  20. Thico

    Thico The Passenger

    Maglor, tá em ordem de melhor pra pior? Seria lega vocês porem a numeração, porque isso vai me facilitar muito na hora da contagem e as coisas ficam mais organizadas.
     

Compartilhar