• Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Confronto entre o Rei-bruxo e Gandalf

Finarfin

Usuário
Continuano la com o Finarfin...Mas se a principal arma deles era o medo, por que mesmo Gandalf tinha medo de infrenta-los??? Sera que os nazgul nao dispunham da mais nenhuma arma alem de espadas e maças????(tipo magia??)
O Rei Bruxo conhecia alguma magia negra, se não me engano sabia um pouco de necromancia tbm, mas nada que se equiparasse ao poder de um maia vestido em seu fána...



A profecia de Glorfindel se aplicava também ao mago, Flamner. Gandalf e todos os Istari, ao serem enviados para a T-m, foram "vestidos" com trajes mortais justamente para limitarem seus poderes. Nem mesmo Saruman ousava desafiar os Nazgûl quando estes batiam na sua porta. Gandalf era um homem mortal e mesmo sendo O Branco poderia ser morto no campo do Pelennor.

Não não... Gandalf, o Branco não era um homem mortal, era uma Maia vestindo um fána, e não poderia ser morto no campo do Pelennor a menos que o próprio Sauron fosse lá...
 

Tronco

Banned
Não não... Gandalf, o Branco não era um homem mortal, era uma Maia vestindo um fána, e não poderia ser morto no campo do Pelennor a menos que o próprio Sauron fosse lá...

Arrisco a dizer q se Sauron fosse la poderia começar uma batalha sem fim e naum que gandalf seria derrotado.:cerva:
 

Istui Gil-Eredh

Elder Elda
Sauron contra Gandalf, receio que se Sauron possuísse o Anel, Gandalf morreria.
Acabo de lembrar de mais um ponto para Gandalf, e contra o Nazgûl. Lórien foi atacada muitas vezes, mas no SdA é dito que ela não cairia, a menos que o próprio Sauron fosse invadir.
Vejamos, se Lórien com elfos e um Anel do Poder não poderia ser vencido, quem dirá um Maia com um Anel do Poder.
 

Ninleth Englorian

Amo a minha senha!
Sauron estava sem o Um mas era um Maia, porém sem limitações de poder. E Gandalf, que também era um Maia, tinha um anel de poder, Narya, O Grande para ser mais precisa... E mesmo assim!

No capítulo "A Pira de Denethor" diz assim:
'Gandalf revelou a força que nele se ocultava, mesmo quando a luz de seu poder se escondia sob seus mantos cinzento.', e ele já era O Branco nesses tempos.

Acho que, se a profecia se referise a um indivíduo da raça dos homens, Gandalf derrotaria o Rei Bruxo, como derrotou o Balrog(que também era um Maia) e derrotaria Sauron, se este não estivesse com o Um.

Gandalf era O cara!!! É por isso que ele é um dos meus personagens preferidos!!!

"Muitos que vivem merecem morrer e muitos que morrem merecem viver. Voce pode dar-lhes a vida? Então não seje tão ávido para julgá-los!"
 

Istui Gil-Eredh

Elder Elda
Acho que, se a profecia se referise a um indivíduo da raça dos homens, Gandalf derrotaria o Rei Bruxo, como derrotou o Balrog(que também era um Maia) e derrotaria Sauron, se este não estivesse com o Um.

Gandalf era O cara!!! É por isso que ele é um dos meus personagens preferidos!!!

Muito bem lembrado, Gandalf acabou com o Balrog enquanto era Cinzento e seus poderes não estavam tão amostra, pelo menos ele não os usou. Que chance vocês acham que o Nazgûl teria contra Gandalf, O Branco; um Maia em Fána usando um Anel do Poder. Acreditar que Gandalf poderia ser destruído por um Nazgûl.:disgusti:
Acho que Gandalf só poderia ser derrotado pelo próprio Sauron, isso se Sauron usasse o Anel, e mesmo assim só depois de muita luta.
 

Tronco

Banned
Muito bem lembrado, Gandalf acabou com o Balrog enquanto era Cinzento e seus poderes não estavam tão amostra, pelo menos ele não os usou. Que chance vocês acham que o Nazgûl teria contra Gandalf, O Branco; um Maia em Fána usando um Anel do Poder. Acreditar que Gandalf poderia ser destruído por um Nazgûl.:disgusti:
Acho que Gandalf só poderia ser derrotado pelo próprio Sauron, isso se Sauron usasse o Anel, e mesmo assim só depois de muita luta.

CONCORDO Q se ele fosse derrotado seria depois de muita luta mesmo, mas acredito q o poder do gandalf nunca foi realmente revelado...ate onde tolkien pirou fazendo o gandalf, acredito q seria uma luta eterna essa só por causa do um. e viva o Gandalf...:cerva:
 

Elring

Depending on what you said, I might kick your ass!
Usuário Premium
Estava lendo a Carta 210 onde Tolkien espinafrava um roteiro de um desenho sobre o SdA e tenho de dar o braço a torcer, Gandalf destruiria o Rei-bruxo. O único poder dos nove era o terror que colocavam nas pessoas, e o chefe nazgûl ganhou uma força demoníaca adicional de Sauron para a batalha.
 

Istui Gil-Eredh

Elder Elda
Carta #210, Tolkien sobre os Nazgûl.
Os cavaleiros se arrastam lentamente a pé na escuridão, e não “correm�?. Não há luta. Sam não “crava a sua lâmina na coxa do Espectro do Anel�?, nem seu golpe salva a vida de Frodo. (Se assim fosse, o resultado teria sido exatamente igual ao da pág. 891-894: o Espectro teria caído e a espada teria sido destruída.)

Ao que indica então, Sam poderia acabar com o Nazgûl? Isso derruba a teoria de que somente uma mulher poderia matá-lo.
Vou a afirmar que a profecia apenas nos conta que seria uma mulher que o faria, e não que um homem não pudesse.

Novamente nas Cartas:
O perigo deles é quase completamente atribuído ao medo incontrolável que inspiram (como fantasmas). Eles não têm nenhum grande poder físico contra os corajosos; mas o que eles têm, e o medo que eles inspiram, é aumentado consideravelmente na escuridão. O Rei-Bruxo, o líder, é o mais poderoso que os outros de todas as maneiras; mas ele não deve contudo ser elevado ao nível do RdR. Lá, posto no comando por Sauron, para ele é dada uma força demoníaca adicional. Mas até mesmo na Batalha dos Campos do Pelennor, a escuridão tinha só enfraquecido.

Acho que isso encerra o assunto, Gandalf obviamente não teria medo do nazgûl, e com força de Maia com um Anel de Poder poderia acabar com ele. A profecia, creio eu, já foi discutida.

Olha, viva a Valinor por ter algumas Cartas em seu arquivo.
 

Lyvio

Usuário
sim gandalf derrotaria o rei bruxo mas o que me dexa encucado é:

Gandalf o Brnca e Saruman são da mesma ordem teoricamente deveriam ter um poder equilibrado, eu nao sei muito da historia dos dois mas no retorno do rei versão extendida gandalf tenta convencer saruman a ir pro lado do bem ja que os entes o tinham derrotado ele recusa e usando suas palavras tenta controlar manipular gandaf e os e nao consegue dai gandalf perde a pacoiencia e saruma se retira gandaf grita: "Volte Saruman" e um poder puxa saruma deixando-o quase dependurado na janela de orthac dai gandalf expulsa saruman da ordem dos magos ecom um grito destroi o cajado de saruma facilmente isso sem contar com a bola de fogo desferida por saruman contra gandaf e facilemnet gandalf defende. agora eu me prgunto:

POR QUE GANDALF SENDO DA MESMA ORDEM E CLASSE DE SARUMA É TÃO MAIS PODEROSO DO QUE ELE, QUANDO CINZA ELE PERDEU E BRANCO ELE GANHO FACIL POR QUE ISSO???????:tsc:
 

Istui Gil-Eredh

Elder Elda
Quando Gandalf e Saruman foram enviados à Terra-Média eles já tinham pequenas diferenças, Saruman era o mais forte e poderoso e Gandalf o mais sábio e até maior que Saruman. O que ocorre é que quando Gandalf volta Branco, foi dado para ele maior poder, e quando ele chega a Saruman, este quebra o Cajado de Saruman e "retira" todo seu poder, só ficando a sua voz.

O poder de Saruman foi aniquilado pela fúria dos Ents, o valor dos Rohirrim e dos Huorns, e a sabedoria de Gandalf. Isengard foi destruída pelos Ents, seu exército exterminado pelos Rohirrim e os Huorns, seu bastão quebrado, e seu poder mágico tomado por Gandalf, que se tornou "O Branco" assumindo o antigo lugar de Saruman. Saruman caiu tão baixo que na sua derrota buscou por uma vingança mesquinha no Condado, mas foi assassinado pelo Gríma Língua de Cobra.

Quando Saruman morreu seu corpo ficou forma descarnada, rapidamente tornou-se pele-caveira e ossos envoltos em uma capa esfarrapada da qual surgiu uma coluna de névoa cinzenta. É dito que, por um momento, a forma nevoenta do espírito Maia de Saruman pairou acima de seus restos mortais, olhando para o oeste, mas um vento veio recusando seu pedido e ele desapareceu.

Espero ter ajudado.
 

Tikuhn

Usuário
Tem umas coisas erradas aí.
Primeiro: os poderes dos espectros não se resumiam ao terror. O terror era seu MAIOR poder. O rei-bruxo possuía muitos tipos de magia. Ele não seria tão famoso e poderoso se só conhecesse um pouco de magia. Por último, é difícil determinar qual poder suplementar Sauron poderia ter dado ao Rei-bruxo, posto que é difícil saber de onde vinha seu poder naquele momento. Se era apenas o poder de um Maia ou se, de alguma forma, ele podia acessar os poderes do Anel remotamente. Uma vez que ele começou a se tornar poderoso novamente significa que ele acessava remotamente e acumulava, o que pode se levar a crer que ele tinha muito mais poder do que um simples Maia, afinal o anel acessava os poderes do próprio "elemento Morgoth" cristalizados no mundo. Não digo que ele fosse mais forte do que Gandalf, mas, com certeza não era tão fraco como se leva a crer.
 

Ragnaros.

Usuário
Tem umas coisas erradas aí.
Primeiro: os poderes dos espectros não se resumiam ao terror. O terror era seu MAIOR poder. O rei-bruxo possuía muitos tipos de magia. Ele não seria tão famoso e poderoso se só conhecesse um pouco de magia. Por último, é difícil determinar qual poder suplementar Sauron poderia ter dado ao Rei-bruxo, posto que é difícil saber de onde vinha seu poder naquele momento. Se era apenas o poder de um Maia ou se, de alguma forma, ele podia acessar os poderes do Anel remotamente. Uma vez que ele começou a se tornar poderoso novamente significa que ele acessava remotamente e acumulava, o que pode se levar a crer que ele tinha muito mais poder do que um simples Maia, afinal o anel acessava os poderes do próprio "elemento Morgoth" cristalizados no mundo. Não digo que ele fosse mais forte do que Gandalf, mas, com certeza não era tão fraco como se leva a crer.
Acrescento à sua resposta: O Rei Bruxo de Angmar na caça à Frodo não era o mesmo em nível de poder no cerco à Minas Tirith.

A sua derrota tática no Topo do Vento, por exemplo, não fora pela ação de Aragorn (como mostrada no filme), mas sim o ataque repentino de Frodo e uma "oração em prol de Elbereth/Varda" repudiante aos fantasmas de Sauron, e que deu uma força e coragem repentina (e inesperada) ao personagem:

Naquele instante, Frodo se jogou para frente em direção ao chão, e ouviu a própria voz gritando alto: Ó Elbereth! Gilthoniel! Ao mesmo tempo, golpeou os pés dos inimigo.

Tanto que o Rei Bruxo evitou (eu acho) tal assertiva nos Vaus:

Por Elbereth e Lúthien, a Bela - disse Frodo num último esforço, levantando a espada - Vocês não terão nem o Anel, nem a mim!

Então o líder (witch king), que já tinha atravessado o Vau até a metade, levantou-se nos estribos, ameaçador, e ergueu a mão. Frodo foi tomado por uma espécie de adormecimento. Sentia a língua aderindo à boca, e o coração batendo com dificuldade
Aqui já temos o uso de um feitiço pouco lembrado na obra: além de ter dado um "silence" lv 2, ainda fez o Frodo perder os sentidos. Para quem tem uma vide D&D 5e, podemos fazer uma lista de algumas habilidades do Rei Bruxo:

A) O hálito negro:
Eu o encontrei, senhor — acrescentou N ob. — O Sr. C arrapicho
me mandou com uma lanterna. Desci até o Portal Oeste, e depois subi de
novo até o Portal Sul. Bem na altura da casa de Bill Samambaia, tive a
impressão de ver alguma coisa na Estrada. N ão poderia jurar, mas me
pareceu que dois homens estavam se agachando sobre alguma coisa, para
levantá-la. Dei um grito, mas quando cheguei ao lugar, não vi sinal deles; vi
apenas o Sr. Brandebuque, deitado à margem da Estrada. Parecia estar
dormindo. “Pensei que estivesse numa enrascada”, disse-me ele, quando o
sacudi. Estava muito esquisito, e assim que o despertei, ficou de pé e correu
para cá como uma lebre.
— Receio que seja isso — disse M erry. — M as não tenho ideia do que
falei. Tive um sonho feio, do qual não me recordo. Fiquei em frangalhos. Não
sei o que aconteceu comigo.
— Eu sei — disse Passolargo. — O H álito N egro

B) Uma aura de Terror Inexplicável a ponto de expulsar os exércitos de Gondor e gerar um frenesi de luta às forças aliadas:
Alguns diziam que era visível, na forma de um grande cavaleiro
negro, uma sombra escura sob a lua. Onde quer que ele aparecesse, nossos
inimigos ficavam furiosos, enquanto o medo dominava nossos guerreiros
mais corajosos, de modo que homens e cavalos cediam e fugiam. Apenas
uma parte restante de nossa força no Leste voltou, destruindo a última ponte.

C) Controle do clima a ponto de gerar uma tempestade de vento e uma nevasca:

Apesar disso, por acaso ou devido a algum poder de previsão, o
conselho dos lossoth tinha valor; pois o navio ainda não tinha alcançado o
alto-mar quando uma grande tempestade de vento se ergueu, e chegou do norte com uma nevasca que não permitia enxergar nada; o navio foi
arrastado de volta na direção do gelo, que se empilhou ate cobri-lo por
completo. Até os marinheiros de C irdan ficaram sem ação, e durante a noite
o gelo rompeu o casco, e o navio afundou. Assim pereceu Arvedui Último
Rei, e com ele ospalantíri foram sepultados no mar.

Criar e desmanchar gelo - talvez algum poder sobre o inverno ou sobre a temperatura do ambiente:

Alguns destes ele encontrou acampados na praia; mas eles não
se dispuseram a ajudar o rei, pois ele não tinha nada para lhes oferecer,
exceto algumas joias às quais os H omens das N eves não davam valor; e os
lossoth tinham medo do Rei dos Bruxos, que (segundo eles) podia produzir
gelo ou desmanchá-lo conforme bem quisesse

E uma tempestade de raios em Minas Morgul:

Picos de rocha e montanhas, como espadas chanfradas, surgiram
negros e assustados contra a chama crescente de Gorgoroth. Então ouviu-se
um enorme estrondo de trovão.
E M inas M orgul respondeu. H ouve um clarão de relâmpagos lívidos:
garfos de fogo azul saltando da torre e das colinas ao redor para dentro das
nuvens sombrias. A terra rosnou e da cidade veio um grito. M isturado a
vozes roucas como as das aves de rapina, e ao relinchar agudo de cavalos
alucinados de raiva e medo, veio um guincho dilacerante, que foi
rapidamente aumentando num tom agudo, ultrapassando o alcance da
audição. Os hobbits se viraram na direção dele, e se jogaram ao chão, com as
mãos nos ouvidos

D) Uma certa capacidade de necromancia para aprisionar espíritos malignos para criação das criaturas tumulares:
Foi nessa época que os dúnedain de
Cn ardolan se extinguiram, e espíritos malignos de Angmar e Rhudaur
invadiram os túmulos abandonados para ali morar.
"C onta-se que os túmulos de Tyrn Gorthad, como eram antigamente
chamadas as C olinas dos Túmulos, são muito antigos e muitos foram
construídos nos dias do mundo antigo da Primeira Era pelos antepassados
dos edain, antes que atravessassem as M ontanhas Azuis chegando à região
de Beleriand, da qual apenas sobrevive Lindon atualmente. Portanto essas
colinas foram reverenciadas pelos dúnedain após seu retorno, e ali muitos
de seus senhores e reis foram enterrados. [Dizem alguns que o túmulo no
qual o Portador do Anel foi aprisionado fora o túmulo do último principe de
Cardolan, que pereceu na guerra de 1409.]"

E) Controle sobre o fogo - para acionar um feitiço de explosão em Grond:

Então o C apitão N egro se ergueu nos estribos e gritou numa voz
apavorante, pronunciando em alguma língua esquecida palavras de poder e
terror capazes de estraçalhar coração e pedra.
Três vezes gritou. Três vezes o grande aríete retumbou. E de repente,
no último golpe, o Portão de Gondor partiu-se. C omo se sob o efeito de
algum feitiço explosivo, ele caiu aos pedaços: houve um clarão de luz
cortante, e as portas se espatifaram no chão.

E criar uma espada de fogo:

Velho tolo! — disse ele. — Velho tolo! Esta é a minha hora. N ão
reconhece a morte ao deparar com ela? Morra agora e pragueje em vão! — E
com essas palavras ergueu a espada, de cuja lâmina escorriam chamas.


Sobre o confronto de Witch king vs Gandalf, o branco. Há um escrito de Tolkien que fala (na carta 210) dos "Demonics force" que anabolizaram o rei feiticeiro, a ponto de torná-lo uma arma ativa além do medo inato que gerava nos adversários, tanto quê ele conseguiu se aproximar de uma região "em chamas" (sendo o fogo uma arma contra os Nazgûl) no cerco a Minas Tirith, mas continuou assim mesmo:

O Rei-Bruxo, seu líder, é mais poderoso do que os outros de todas as maneiras; mas ele ainda não deve ser elevado à estatura do Vol. III. Lá, colocado no comando por Sauron, é conferida a ele uma força demoníaca adicional. Mas, mesmo na Batalha do Pelennor, a escuridão recém acabara de irromper. Vide III 1143.

Lembrar também que Sauron parece ter aberto mão de ter feito esse acréscimo ao Rei de Angmar quando os 9 Nazgûl irromperam em Eriador em busca do Portador do Anel. E isso é óbvio, pelo segredo da missão em confronto a "vigilância" dos Sábios, bem como o poder de Sauron (e na verdade de nenhum ser em Eä) não serem "Ex-nihilo" ou Mana/energia perpétua, como vemos por aí nas Hqs, filmes e afins. O poder Saurônico depende da captação do "Elemento Morgoth" que está espalhado na Terra-Média, e provavelmente no Universo, mas uma vez utilizado, aquela porção não teria (supostamente) retorno. Uma vez, e sem retorno. Talvez a principal capacidade do Elemento Morgoth é a anulação dos poderes alheios:

Em sua extrema necessidade, puxou mais uma vez o frasco de Galadriel, mas ele estava pálido e frio em sua mão trêmula, e não jogava luz alguma naquela escuridão sufocante. Sam chegara ao coração do reino de Sauron, e ás forjas de seu antigo poder, as maiores da Terra-média; ali todos os outros poderes eram subjugados.

Três vezes Lórien fora atacada por Dol Guldur, mas, além da coragem dos elfos daquela região, o poder que lá morava era forte demais para ser derrotado por quem quer que fosse, a não ser que o próprio Sauron atacasse Lórien.

Talvez essa fosse a esperança do Rei Bruxo numa confrontação com Gandalf.
 
Última edição:

Valinor 2021

Total arrecadado
R$400,00
Meta
R$4.800,00
Termina em:
Topo