1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Como era a vida dos anões em Moria?

Tópico em 'J.R.R. Tolkien e suas Obras (Diga Amigo e Entre!)' iniciado por V, 4 Nov 2002.

  1. V

    V Saloon Keeper

    Como eles se organizavam?

    Havia comércio/troca com o mundo exterior?

    O que eles comiam?

    Eles criavam animais? Como?

    Que tipo de aparelhos/ferramentas eles usavam?

    Eles tinham asas?
     
  2. Maglor

    Maglor Lacho calad! Drego morn!

    O grande problema em falar dos anões é justamente que eles eram muito reclusos, não falavam muito da sua organização, quase nada da própria língua deles, tinham até nomes alternativos pra serem usados por "não-anões". Mas isso está longe de impedir conclusões lógicas.

    Sobre o comércio é uma das poucas coisas que se sabe relativamente bastante. Eles eram excelentes comerciantes. Thorin e Gandalf se conheceram em Bri, porque o anão estava fazendo uma pausa em uma viagem de comércio. O Condado e as redondezas eram rota constante dos anões que iam e vinham das Montanhas Azuis. O comércio dos anões de Erebor com os homens de Valle também é famoso; Gloin fala sobre como ele ia bem para Frodo em Valfenda, e n'O Hobbit a gente vê como eram ricas as coisas por lá antes de Smaug. Se lembrarmos de Moria então... a oeste de lá ficava a grande cidade de Ost-in-Edhil, habitada majoritariamente por Noldor, que não tinham a raiva dos anões que os sindar tinham. Pelo contrário, eles se davam relativamente bem, pois partilhavam de interesses parecidos, gostavam de trabalhar os minerais, da forja e lapidação. Essa troca representou o auge do desenvolvimento de Moria.

    Eles comiam... sei lá, comida. Provavelmente igual à dos homens, ora. Deviam ter criação de animais e agricultura no exterior das minas. Nos tempos de guerra armazenavam e pronto. Como é bem possível que a produção não fosse suficiente pra população inteira, eles conseguiam pelo comércio. Gosto de imaginar que eles se preocupavam mais com atividades mais interessantes do que a cultura de verduras; por exemplo, a fermentação da cerveja e a produção do vinho. :mrgreen:

    Aparelhos... bom, pra esculpir e entalhar, você quer dizer? Não sei, mas certamente bem mais evoluídos que os dos homens.

    E eles não tinham asas, do contrário não cairiam de pontes e de montanhas. :mrgreen:
     
  3. Barlach

    Barlach Verde. E arqueiro

    sempre tive dúvida de como os anões conseguiam comida debaixo da terra. acho que era principalmente pelo comércio mesmo...
     
  4. Curunír

    Curunír Usuário

    Vai ver que eles cultivavam algum tipo de fungo que não necessita de luz (acho que vi isso e algum lugar...)
     
  5. Skywalker

    Skywalker Great Old One

    Eu sei que eles tinham uma relação mto boa com os elfos de Lórien,o que poderia acatar numa troca de servicos....
     
  6. Swanhild

    Swanhild Usuário

    Vinho?! Duvido. Vinho era coisa de elfo. Cerveja... capaz. Mas acho que eles deviam mesmo ser chegados é numa gasulina. :mrgreen:

    Certo, afinal eles não esculpiam pedra com machados, nem com as unhas dos dedos... :mrgreen:

    E os Orcs? Como era mesmo que eles arranjavam comida em Moria? Se até os Orcs conseguiam (acho que eles não tinham evoluído para o capitalismo naquela época ainda, portanto não devia ser via comércio!), para os anões devia ser uma moleza... :mrgreen:
     
  7. Sir Galaaz

    Sir Galaaz Usuário

    Os orcs deviam comer os anõezinhos. Mas eu acho que os anõezinhos não comiam eles. :)
    Bom talvez houvesse lagos subterraneos com peixes cegos.
     
  8. Barlach

    Barlach Verde. E arqueiro

    vc leu isso no livro do mestre do d&d (pelo menos foi onde eu li um negócio assim)

    é uma possibilidade, mas naum acho q eles viviam só de peixes...
     
  9. -=|Nemesis|=-

    -=|Nemesis|=- Usuário

    Hum....ai vai a minha opinião.
    A vida dos anões eram trabalhar. eRa exatamente isso que os fazia feliz. Empilhar tesouros, escavar lindas cavernas. Portanto, diversão e lazer era uma coisa que eles tinham demais debaixo da terra.
    Criar animais? Provalvemente sim. Acho que Burros e Cavalos, para facilitar o transporte de materias-primas, materiais e alimentos pelas cavernas e nas caravanas de comércios.
    O que comiam? Com certeza alimentos vegetais eram conseguidos através de comérico. Mas eles deviam manter a criação de animais para manter um estoque de carne em lugares próximos as minas. Ou você acha que um anão passava a vida inteira enterrado? Ele não tinham medo de sol não. Deviam criar animais, caçar e quem sabe até pescar. Mas com certeza eles não se dedicavam a agricultura.
    Organização? Algo parecido com os humanos, só que muito mais recluso. Acho que o sistema de "clãs" era mais aplicado que o de "familias" ou "casas". Provalvemente o clã do rei seria o mais alto e superior. Talvez o lider do clã mais forte fosse o lider dos anões.
    Ferramentas? Qualquer coisa ligada a pedra e formões. Os anões deviam sobreviver apenas de extrativismo mineral e da Forja de armas, de bem que a ultima era mais por prazer do que por trabalho, acho eu.
    Se eles tinham asas? Claro que sim! Todos sabem que os anões adoram voar por ai ao lado dos passarinhos. É suspeito que Thorondor fosse um anão gigante vestido de águia. 8-)
     
  10. Maglor

    Maglor Lacho calad! Drego morn!

    Por que "com certeza"? O seu post foi muito legal, principalmente quando fez questão de dizer que eles não passavam o tempo todo debaixo da terra, como eu já vi gente pensando que era. Justamente por isso eu acho muito provável que eles tivessem algumas plantações sim. Muito provavelmente não era suficiente para todos, o comércio traria o restante e até mais do que a população precisava.
     
  11. Curunír

    Curunír Usuário

    Ah, valeu, Barlach, acho que foi isso mesmo... :mrgreen:

    Então venho com outra pergunta, se o sr. V me permite: Eles tinham algum tipo de culto aos seu deus e criador, o Aulë(certo?)? Tinham templos, faziam adorações, veneravam esse Valar de alguma forma? :o?:
     
  12. Maglor

    Maglor Lacho calad! Drego morn!

    Nunca li nada sobre isso, e provavelmente isso não existia. Havia muito respeito por Mahal, que eles chamavam erradamente de "O Criador". Mas sobre cultos, templos... eu acho que devia ser uma adoração como a dos elfos por Elbereth.
     
  13. Elrond Meio-Elfo

    Elrond Meio-Elfo Usuário

    Existe algum posicionamento do momento aproximado da construção de Moria em relação por exemplo com eventos conhecidos como a criação das árvores, ou a prisão de Melkor, ou a fuga dos Noldor?????

    Eu sei que foi construída antes do surigmento sol e da lua... mas pra mim isso sempre foi muito pouco...
     
  14. Maglor

    Maglor Lacho calad! Drego morn!

    Aqui nos apêndices, ó o que eu achei:
    "Ele(Durin I) dormiu sozinho até que, nas profundezas do tempo e no despertar do seu povo, veio para Azanulbizar, e fez sua morada nas cavernas do Kheled-Zâran, na parte leste das montanhas Sombrias, onde depois se situaram as Minas de Moria, celebradas nas canções".

    Acho que foi só o tempo entre os anões despertarem e Durin chegar lá pra começar a cavar. :)
     
  15. Elrond Meio-Elfo

    Elrond Meio-Elfo Usuário

    Ah... encontrei mais algumas coisas no Encyclopedia of Arda (Deus os abençoe :-P):

    "The History of the Dwarves Before the First Age

    Ilúvatar promised Aulë that he would awaken the Fathers of the Dwarves 'when the time comes'. We must assume that he did so shortly after the Awakening of the Elves at Cuiviénen (very approximately between 9,000 and 10,000 years before the beginning of the First Age).

    It seems that not long passed after their awakening before Durin the Deathless, eldest of the Fathers, founded Khazad-dûm (later called Moria) in the Misty Mountains. Certainly it was well established as their chief citadel by the time the first Dwarves crossed the Blue Mountains into Beleriand. This event is dated only as 'during the second age of the Captivity of Melkor', which would place it (approximately) between 3,000 and 6,000 years before the beginning of the First Age."
     
  16. -=|Nemesis|=-

    -=|Nemesis|=- Usuário

    Eu acho que é aporquê os anões simplesmente não tinham tempo para se dedicar a agricultura. Não é uma coisa fácil. Exige toda uma tradição e experiência. Se existisse plantações entre os anões, seriam coisas pessoais e pouca, feitas pela vontade dos próprios anões. Se duvidar, um vegetal podia valer muito nas áreas mais profundas de Moria.
    Quanto a idade de Khazad-Dûm, ele existe desde o começo da primeira era, sem duvida alguma.
     
  17. Bem, acho q "raizes" faziam parte da dieta dos anões (vai dizer q não notaram a barriguinha zegzy deles :lol: )
    Lembro de uma passagem (ou do silma ou dos contos) que fala daquele anão (o anão-pequeno, que pra variar eu não sei o nome :| ). Menciona-se algo como um "pão-da-terra". É dito algo como "os altivos do oeste (elfos) são altivos demais pra procurar...". Tipow, divia ser uma raiz que crescia nos ermos, que eles comiam em viajens longas.
     
  18. alfredo182

    alfredo182 Usuário

    A vida dos anões em Moria

    Os anões viviam sob a terra, escavando atrás de pedras e metais preciosos, por isso sua economia era basicamente da extração de preciosos, além da cervejaria, lapidação de pedras preciosas e forja de armas e armaduras. Suas casa eram como as nossas só que feitas com pedras em meio a grandes salões. AS casa deviam ser ricamente decoradas com pedras preciosas e ouro por usa apreciação a esses objetos. E tinham ruas onde eles andavam (apesar que eu acho que usavam trilhos para percorrer tantas distâncias e carregar o extraído das minas). Os anões gostavam muito de usaro machado, o martelo, a picareta e a maça como armas, gostavam de beber bebidas fortes e de grandes barbas. As mulheres eram raras de se ver fora da área dos anões e tinham poucas delas.
    Bem acho que é só isso que eu posso deduzir sobre a vida dos anões. falows!!
    Que sua barba nunca se torne rala!!!
     
  19. alfredo182

    alfredo182 Usuário

    Vida dos Anões! Parte II

    Os anões viviam da caça, da colheita mas dificilmente viviam da pesca. Os anões não gostam de água de jeito nenhum e não tem jeito para essas coisas. O comércio de cerveja, armas, armaduras, e preciosos(metais e pedras) era a economia dos anões.
    Os anões gostavam de vinho sim, geralmente aqueles mais abastardos, vinho num é só coisa de elfo não. Vamos para com esses esteriótipos!!!
    Falows!
     
  20. Samantha ^^

    Samantha ^^ Usuário

    esse anaumzinho naum seria o Mîm ????
    e qnto a fabricação de Cerveja.... onde eles conseguiam a Cevada e a Levedura????
    Comercio e Plantio???
    e aproveitando a pertinencia do Assunto... o escambos entre as raças só permitiam itens manufaturados e materias-primas????
    kero dizer... naum haveria aí a tentativa de qualquer uma das partes para sair lucrando algo alem provisões e comida?????

    hmmmm... me prolongando um poko mais... eh possivel q, já q são um povo ganancioso e avido por rikezas, que eles tenham mantido empresas de troca com os povos de alem-montanha pedindo ouro e prata ao invés de mantimentos????? eles VEndiam armas, Cerveja e afins sim ou naum???
     

Compartilhar