1. Caro Visitante, por que não gastar alguns segundos e criar uma Conta no Fórum Valinor? Desta forma, além de não ver este aviso novamente, poderá participar de nossa comunidade, inserir suas opiniões e sugestões, fazendo parte deste que é um maiores Fóruns de Discussão do Brasil! Aproveite e cadastre-se já!

Dismiss Notice
Visitante, junte-se ao Grupo de Discussão da Valinor no Telegram! Basta clicar AQUI. No WhatsApp é AQUI. Estes grupos tem como objetivo principal discutir, conversar e tirar dúvidas sobre as obras de J. R. R. Tolkien (sejam os livros ou obras derivadas como os filmes)

Comentários sobre o final da trilogia no cinema

Tópico em 'O Senhor dos Anéis - os Filmes' iniciado por Terrapardense, 15 Jan 2004.

  1. Terrapardense

    Terrapardense Usuário

    Para muitos foi o fim de uma espera. Para outros, um pesadelo que finalmente acabou. Mas será que acabou mesmo? As especulações sobre “O Hobbit” nos cinemas estão cada vez mais emocionantes... para o bem ou para o mau. Enquanto a “Indústria das Fofocas” entra em fase de “retomada do crescimento” – como diria o Companheiro Frodo Lula da Silva - , gostaria de tecer alguns comentários sobre o “final da trilogia” apresentado no cinema e seu sentido.

    Recapitulando: Foram mais de 9 horas de exibição (sem contar as versões estendidas); dezenas de personagens; milhares de figurantes (mesmo sendo digitais); centenas de cavalos; cenários gigantescos (de tela azul), nomes belos, estranhos e bizarros (principalmente para os não iniciados nas obras de Tolkien); seres terríveis, fantásticos e nojentos; batalhas campais monumentais que deixariam Alexandre, O Grande com inveja; clichês aos milhões (apesar de terem sido escritos antes dos clichês); paisagens oníricas e luxuriantes; sons, luzes e imagens em cadência doentia e intermitente... em suma.... uma overdose de estímulos e sensações.

    E tudo isso para quê? O quê levou aqueles dois “nanicos” e aquele “magrelo esquisitão” até o “inferno” para destruir um “simples” anel? Qual o sentido de todas aquelas mortes nas inúmeras batalhas? O quê eles estavam defendendo e o quê eles queriam? O quê eles estavam temendo perder?

    Muitos podem dizer que era a luta do “bem contra o mau”. Outros, podem dizer que era a história de um Rei que voltaria a governar os homens e prepara-los para o “futuro”. Outros ainda pode dizer que era apenas um “conto de fadas”. Essa pergunta pode ter milhares de respostas completamente diferentes.

    Entretanto, eu gostaria de usar os últimos segundos das mais de 9 horas para responder:

    Nós vimos o bom e velho Samwise Gamgi... caminhando lentamente para sua casa... passos lentos, curtos, porém firmes e decididos... passa pelo portazinho e no meio de seu pequeno jardim, ele vai para os braços de sua amada Rosinha Vila e de seus dois lindos filhos, fruto de sua união com Rosinha e com certeza, o seu maior tesouro. Por instantes ele se lembra de seu velho amigo “Senhor Frodo” e de suas aventuras, suspira, entra em sua “toca” e fecha sua redonda porta amarela.

    Eis aí o que eu considero a mais bela e comovente cena de toda trilogia. Após uma “epopéia” indescritivelmente terrível e estafante (que somente Tolkien conseguiria descrever com palavras), com Reis e seus Reinos, Nobres e sua heráldica, Magos e seus Feitiços, Elfos e sua Áurea, Anões e seus Túneis Magníficos, Monstros e seu flagelo, Seres do Mau e suas Hordas, Exércitos e seus Capitães, Poderes Ocultos e a Luz que os destruiu, o filme termina com um pacato pai de família fechando sua portinha e voltando para sua vida junto aos seus filhos e esposa.

    Que mensagem nós podemos tirar disso?
    Qual o sentido do “O Senhor dos Anéis”?
    Deixo para vocês responderem.

     
  2. Grucks

    Grucks Usuário

    Essa parte eu achei legal, mas uma coisa eu nao gostei no final. Eles cortaram uma parte muito grande... O reencontro com Saruman. Essa parte me prendeu mais ainda no livro. Fez falta, mas o resto eu achei perfeito.
     
  3. **Aragorn**

    **Aragorn** Usuário

    Eu acho que uma mesnsagem boa que podemos tirar e que "Todo sonho tem um fim"
    Eu sei que todos queriam saber como ira acaba a demanda do anel, mas em parte foi ruim por saber que agente naum vai mais esperar um ano para ver a continuação!
    Um sentido no senhor dos aneis e de que todos nos temos que cumprir uma demanda que nos e dada!
     
  4. Rosselin

    Rosselin Usuário

    Foi super legal, mas deu um vazio no final... Pode ser que façam o Hobbit, mas não vai ter o Frodo, o Aragorn, Pippin... Já ouvi ate dizer que a New Line Cinema tem o direito de criar uma continuação para o SDA, imagine! Uma continuação que não tenha sido escrita por Tolkien.
     
  5. **Aragorn**

    **Aragorn** Usuário

    Eu acho que não ficaria legal não
    a New line ciraria uma historia ate que legal, porem foi Tolkien que nos cativou com seu jeito de escrever...
    eu acho que o unico capaz(eu acho) de escrever a continucção seria seu filho
    mas se a new line quiser tentar o que podemos fazer!
    Quem sabe fique bom!
     
  6. Finarfin

    Finarfin Usuário

    Acho que você mesmo ja respondeu isso aqui....

    A aventura vivida no Senhor dos Aneis serviu exatamente para isso.... para que um pacato pai de familia possa viver junto com seus filhos e sua esposa.... pois se o "nanicos" e aquele "magrelo esquisitão" naum tivessem ido até o "inferno" e destruirem um "simples" anel que naum era tão simples assim..... nem esse pacato pai e nem tantos outros como ele poderiam ter suas familias e viver em paz com ela...

    O sentido daquelas mortes e inumeras batalhas é que naum se concegue algo numa boa, sem que haja sacrificios.... é preciso lutar para atingir os sonhos...

    Eles estavam defendendo a vida, a paz, a liberdade, e era isso que tinham medo de perder.... queriam continuar tendo suas vidas pacatas e desfrutar dos prazeres que ela lhes proporciona....
     
  7. Nandorë

    Nandorë Usuário

    Foi bom pra caramba, mas deu uma sensação de vazio muito grande de saber que acabou, que não tem mais um ano de espera e de ansiedade. Putz... já tá fazendo a maior falta...

    Acho que há muitas mensagens que podem ser tiradas do Senhor dos Anéis. Posso dizer que me passa muitas lições de força, amizade, confiança, perseverança, sacrifício, etc. Mas acho muito bonito o fato do Frodo o tempo todo querer salvar o condado, mesmo que não seja pra ele. E realmente ele foi o único que não pode aproveitar isso, além do fato de que os hobbits nem deram importância para o papel dele na história toda. Acho muito triste o Frodo indo para os Portos Cinzentos.
     

Compartilhar